História BTS; Sobrenatural - Capítulo 15


Escrita por: ~ e ~Kettynha17

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, HyunA, IKON, Minzy, SHINee, Super Junior
Personagens BamBam, Bobby, D.O, Heechul, HyunA, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lisa, Mark, Minzy, Park Bom, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Sandara Park, Sehun, Suga, Taemin Lee, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Magia, Sobrenatural
Visualizações 22
Palavras 1.708
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu queria agradecer pelos 70 favoritos estou muito muitoo feliz! Muito obrigada ❤❤ Boa leitura!

Capítulo 15 - Príncipe Park Kim Jiwon;


Fanfic / Fanfiction BTS; Sobrenatural - Capítulo 15 - Príncipe Park Kim Jiwon;

Jimin;

Estavam chegando ao palácio quando dois guardas pararam na frente dos cavalos e ficaram ali pairando com as espadas em punho.

Um deles disse:

- Proibido ultrapassar.

- Por que? - perguntou Tae.

- Vocês não tem autorização - explicou o outro garoto.

Uma voz feminina falou: 

- Esperem rapazes, eles podem sim entrar tem minha autorização.

Uma mulher desce as escadas. Sua pele era pálida, seus cabelos eram escuros, brilhantes, e seus olhos eram cor de café. Olhava para todos sem demonstrar qualquer expressão depois que olhou para Mira e Jimin, abriu um enorme sorriso.

- Mira minha querida! Que bom que veio e posso saber porque trouxe seus amigos. 

- Precisamos conversar com o príncipe. - Jimin responde sério fazendo Sandara ficar quieta por um minuto.

- Entendo, seu irmão com certeza vai querer te ver Park Jimin. - disse a mulher. - É bom saber que você voltou do mundo dos mortos. - Ela da uma risada provocando.

- É bom te ver também Sandara! - Jimin fala forçando um sorriso.

- Quem é ela? - Namjoon pergunta confuso.

- Minha tia - Mira respondeu revirando os olhos.

- Venham mas já vou avisando o principe não tem sido muito gentil com visitas ultimamente, mas vou levar vocês a sala do trono. - Ela fala subindo as escadas.

- Ei - disse Hoseok, tocando em seu braço. - Fica calmo estamos aqui com você.

- Obrigada!

Ele estava feliz por ter seus amigos ao seu lado. 

No final do corredor chegaram a uma porta dupla de carvalho com um desenho de um rei matando um vampiro e um lobisomem.

A Sandara virou se para eles.

- Esta é a sala do trono, podem entrar - disse Sandara. E as portas de carvalho se abriram revelando um homem sentado em um trono. Era forte e vestia um elegante terno preto. Os cabelos bem cortados e barba feita, suas sombrancelhas arqueadas faziam no parecer mal humorado. 

- Bem vindos - disse o príncipe. - Eu sou Park Kim Jiwon o príncipe. E vocês?

Jin deu um passo à frente e fez uma reverência ao príncipe, dizendo: 

- Sua Majestade, eu sou Kim Seokjin filho da diretora todo colégio Imperial, esses são meus amigos. 

- Sim conheço sua mãe uma maga bem poderosa. Então posso saber o motivo da visita de vocês?

- Primeiramente gostaríamos de saber por que os guardas não estão sendo pagos. 

- Não acho que isso seja assunto para eu discutir com vocês. - Ele fala sério.

- Somos magos do reino temos o direto de saber oque está acontecendo - Yoongi fala bravo.

O príncipe solta um longo suspiro e Sandara fez um movimento com a mão, e uma placa de gelo aparece. Imagens de uma batalha se formaram naquela superfície... Um rei aparece envolta de vários soldados ele parecia estar fazendo discurso mas Jimin não conseguia entender oque ele falava.

- Esse é o Rei Lee da região Norte - Explicou o Bobby (apelido que chamava seu irmão quando eram crianças). - Da primeira fez ele tentou derrotar meu pai Rei Park mas suas tropas foram derrotados pelo nosso e pelos magos sagrados do reino.

- Mas, sua majestade - disse Jin -, o que que tem haver com os guardas e a cidade?

O príncipe deu de ombros.

- Como todos sabem meu pai entrou em um sono profundo, chamamos vários médicos magos que o ajudaram com magia para não morrer mas seus trabalhos não eram baratos assim tive que deixar de pagar vários guardas. Quando essa notícia se espalhou muitos guardas acharam que o nosso reino estava acabado então eles se juntaram as forças do Rei Lee os poucos guardas que sobraram estão vigiando a fronteira impedindo que monstros mais grandes entrem no reino.

Seguiu-se um silêncio nada confortável.

- Era só isso que vocês queriam saber? Pronto, agora podem ir embora. Kim Seokjin fala que eu mandei um beijo pra sua mãe..

- Não! - disse Jimin, com toda a força que pôde. - Viemos aqui por outro motivo queremos que você tire a acusação sobre os lobos e os vampiros. Não foi eles que mataram o príncipe Park Jimin.

Ele soava bem mais confiante do que realmente se sentia. E conseguiu atenção de todos. Sandara baixou a espada. E olhou pro meu irmão, confusa.

O príncipe se levantou. Deusceu do trono. Enquanto se aproximava, Sandara fez uma reverência. Jin e o pessoal seguiram o exemplo menos Jimin.

- Hum como você ousa... - disse Bobby, e seus olhos piscaram, mas Jimin não saberia dizer se de raiva ou divertimento. - Vocês magos são muitos ousados. - Quem é você? Me parece familiar.

- Engraçado que a Sandara me reconheceu e você não. Irmão!

O príncipe ficou quieto por uns minutos e logo depois sorriu e bateu palmas, claramente maravilhado.

- Jiminnie?! Fico feliz que você esteja vivo, agora eu posso te matá-lo.

Seu irmão o ataca com chamas Jimin rapidamente se defende com uma barreira de água fazendo uma grande fumaça de vapor.

- Você esteve vivo todo esse tempo e não voltou para o Reino?! - Ele fala bravo e logo abraça Jimin fortemente. - Nós achamos que você estava morto! Sandara por favor vá chamar minha mãe...

- Não precisa me chamar já estou aqui. Do que você precisa?

Jimin estava paralisado, uma mulher entra na sala tinha cabelo preto longos, usava uma tiara de ouro mostrando que era a rainha. Seu rosto tinha aspecto de que não dormirá bem há dias, e seus olhos eram brilhantes. Jimin sentiu sua respiração falhar. A mulher parece ter percebido que Jimin a olhava fixamente.

- Desculpa, mas eu conheço você? - perguntou ela.

Jimin respirou fundo e deu um passo pra frente. 

- Sua Majestade eu sou... - Jimin fala com a voz trêmula. -... Eu sou Park Jimin, seu filho.

Por um minuto ela ficou o olhando. Mas logo sua mãe correu e o abraçou.

- Jimin meu filho você está vivo! Todos me falaram que você estava morto mas eu sempre soube que você estava vivo! - Ela agarrou o rosto de Jimin, apertando seu rosto. 

- Mãe você está me machucando! - falo com dificuldade por ela estar apertando minhas bochechas.

- Ha me desculpa. - Ela da risada. - Aonde você estava esse tempo todo? 

Jimin então sentiu sua mente se apagando. Mas Hoseok o salvou. Relatou a seu irmão e sua mãe toda a história, muito mais melhor e mais rapidamente do que Jimin poderia ter contado.

- Os lobos e os vampiros não tem culpa, tudo que pedimos é que tire a acusação deles. - concluiu Hoseok.

O príncipe passou a mão em seu cabelo. E arrumou seu terno.

- Eu sempre soube da inocência deles! - Sua mãe fala sorrindo.

- Eu posso tirar a acusações - disse o príncipe. - acredito no que vocês estão falando.

- Então, você vai nos ajudar? - perguntou Tae ao príncipe.

Bobby se zangou.

- Eu não disse isso.

- Por favor, Bobby- pediu Mira.

Todos os olhos se voltaram para ela. Só Jimin sabia esse apelido do seu irmão como Mira sabia?

- Eu estava tentando lembrar da aonde eu te conhecia mas agora tenho certeza sim é você Bobby meu tio Dong-yul o treinava. Quanto tempo você nunca me contou que era filho do Rei!

- Mira - murmurou Bobby e a abraçou Mira e deu risada. - Você não cresceu nada!

Mira revirou os olhos.

Jin olhou para Jimin, e suas sombrancelhas estavam contraídas, como se perguntasse: Tá beleza, Mira é amiga do seu irmão?

- Então, vai nos ajudar senhor mal humorado?

- Eu vou ajudar mas vocês vão me ajudar também. - disse Bobby com um sorriso.

- Ajudar? Como? - Yoongi pergunta confuso.

Jimin não sabia ai certo o que seu irmão queria dizer com "ajudar" mas não gostava da forma como Sandara sorria. Provavelmente divertindo-se com tudo aquilo.

- Um dos meus magos sagrados foi capturado pelas tropas do Rei Lee, caso sejam capazes de resgata lo, vou tirar a causação sobre os lobos e os vampiros. Se  por um milagre conseguirem isso, digam ao Lee que mandei um beijo.

- Tá bom. - disse Jimin. 

- Filho - disse minha mãe para meu irmão -, você não pode simplesmente mandar eles combaterem um exército enorme...

- Eu posso fazer o que quiser - disse ele em um tom mais duro. - Ainda sou o mestre por aqui, não sou?

- Você não pode falar assim como nossa mãe! - Jimin grita.

- Vocês vão ficar bens afinal são magos poderosos! - Seu irmão dá risada e se dissolveu em uma névoa junto com a Sandara.

- O.k. Vamos, pessoal! Vamos atrás do Rei Lee, tentar não ser destruídos.

- Vou ajuda los, essa é uma esfera guia mágica vai leva los até o palácio do Rei Lee. - disse sua mãe.

- Obrigada Rainha - Tae fala pegando a esfera.

- E se cuide meu pequenino - disse sua mãe, sorrindo e dando um beijo em sua testa. - Passei anos sem ter você. Quando você voltar quero te encher de carinho - Ela fala apertando novamente suas bochechas.

- Mãe! - Falo fingindo estar bravo. - Não se preocupe somos magos fortes!

- Eu sei que você e seus amigos são fortes, boa sorte!

Hoseok;

Hoseok não relaxou até que o reino tivesse ficado completamente para trás. 

Jimin dormia em suas costas. Jin lhes ofereceu sanduíches que tinha em sua bolsa. Estiveram em silêncio desde que contou para seus amigos o que escutou na casa da antiga babá do Jimin.

O jeito em que o irmão do Jimin governava o reino o preocupava. Talvez sua babá estivesse certa Jimin deveria voltar para o reino e ajudar seu povo que estava sofrendo.

- Bobby era uma pessoa tão boa - falou Mira. - Ainda não consigo acreditar.

- Mas Jimin não quer ser rei - disse Jungkook. 

Comeram os sanduíches enquanto cavalgavam. Hoseok não tinha ideia de como Jin conseguira tudo aquilo, mas ele tinha se lembrado, até mesmo, de não colocar milho para ele. 

- O sanduíche estava delicioso! - Falo e todos confirmam fazendo Jin sorrir.

Ninguém disse nada. Independente do que fossem encontrar no Reino Lee, sabiam bem que Bobby só havia aceito ajuda los porque precisava que eles resgatassem um dos seus magos.

Aguente meu lobinho!, teria gritado sua mãe. Você é mais forte que imagina.

- Mira pegou as coisas da sua mãe? - Tae pergunta.

- Sim era só um diário e umas fotos nossa guardei em minha mochila vou dar uma olhada quando voltarmos para casa. - Mira responde.






Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui e espero que tenham gostado! Eu to pensando se faço algum especial não sei se vão responder mas se puderem falar se querem ou não eu ficaria muito feliz! ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...