História Sol, onde nem tudo é o que parece - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Drama, Violencia
Visualizações 2
Palavras 479
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi❤
Esta é a minha primeira história por isso gostava que dessem a vossa opinião para ver se está boa😊
Agora o capítulo...

Capítulo 1 - Cap.1- Prólogo


1 ano atrás

Lisboa,Portugal,9 AM 

Narrador Omnisciente:

Sarah acabava de acordar devido a uma insistente chamada de um número desconhecido.                                               ~Quem me estará a acordar a esta hora?~ , pensa

Sarah era facilmente comparada a um koala, estava sempre a dormir, como era sábado, acordar antes das 11 AM para ela era quase um pecado, quem estivesse a telefonar teria que ter um motivo muito forte, se não estava feito.

–Estou? -Diz Sarah com voz de sono.

–Bom dia, pedimos desculpa pela hora, o seu nome é Sarah Ferreira Duarte Nascimento? -Pergunta a voz, aparentemente masculina, do outro lado da linha

–Sim, esse é o meu nome, mas o que se passa? -Pergunta Sarah, agora com pânico e preocupação estampados na sua voz

–Lamentamos informar, mas os seus pais foram encontrados mortos na autoestrada devido a que os travões do carro (...) - a voz, que agora Sarah sabia que pertencia a um médico, continuava a falar e falar, mas a jovem já não ouvia, apenas podia chorar, chorar porque tinha perdido os seus pais, chorar porque estava sozinha, apenas chorar, e agora? Que seria dela? Só Deus sabia...

2 semanas depois

Escola Superior Portuguesa,10 AM 

Sarah estava num canto isolado na escola, era intervalo e ela estava sozinha, desde que recebeu aquela notícia, há 2 semanas atrás, não falava mais com ninguém, excepto com o seu melhor amigo, Francisco de17 anos também. Mas Francisco estudava noutra escola, ou seja, não podia ajudá la.

"Espera por mim"

Espera de Fernando Daniel começa a tocar, avisando a entrada de uma chamada, outra vez de um número desconhecido. Sarah atendeu. É certo que, da última vez que algo igual aconteceu, a notícia foi trágica, mas Sarah pensava que já não tinha mais nada a perder. Estava certa.

–¿Bueno? - "Estou?", disse a voz do outro lado, masculina, exatamente como da outra vez, Sarah agradeceu a Deus saber falar espanhol muito bem, caso contrário não teria percebido nada da conversa, e isso seria mau.

–Hola, ¿quien habla?- "Oi, quem fala?"

–Su nombre es Sarah Nascimento? - "o seu nome é Sarah Nascimento?"

–Si, lo es, ¿porqué?- "Sim, é porquê?"

–Pedimos desculpa, mas sabe falar espanhol muito bem, queríamos lhe fazer uma proposta, sabemos do incidente dos seus pais, e sabemos do seu canal de YouTube, canta muito bem também queríamos saber se queria assinar um contrato connosco, somos da «Edwards Records SA», então, que diz?- Diz a voz

– (...)

Buenos Aires, Argentina 

Nova Casa, 16 PM do dia a seguir

–E esta, é a tua nova casa- Diz o novo chefe de Sarah, Ian, Ian Edwuards.

–U-A-U, isto é enorme- Diz Sarah espantada 

–Amanhã começas a escola- Avisa Ian 

–Ok, estou ansiosa- Diz Sarah, sem ter noção dos problemas que isso iria trazer

–Mas vais ter que te disfarçar, não te podem reconhecer na rua, (...)

E foi aí que tudo mudou, outra vez...

↪Sol, onde nem tudo é o que parece↩


Notas Finais


Este é o prólogo, espero que tenham gostado😊
Um beijo, um queijo e até ao próximo capítulo😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...