História Songfics - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, 4Minute, Agust D / Suga, Apink, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, BLANC7, CL (Chaelin Lee), EXID, EXO, F(x), G-Dragon, G-Friend, Girl's Day, Girls' Generation, Got7, HyunA, I.O.I, JBJ, K.A.R.D, Kim Nam-joon / Rap Monster, Lee Sunmi, Mamamoo, Miss A, Monsta X, Park Bom, Park Ji-min (Jamie Park), Park Shin Hye, Red Velvet, Seventeen, Sistar, Stellar, Taeyang, T-ara, TWICE, Wanna One
Personagens Amber Liu, B.M, Baekhyun, BamBam, Boo Seungkwan, Bora, Boram, Chaeyoung, Chanyeol, Chen, Choi Yoo-jung, Cl, D.L, D.O, Daehwi, Dahyun, Dani, Dasom, D-Lite (Daesung), Eunha, Eunjung, Fei, Ga Yoon, Gayoung, G-Dragon, Guanlin, Hani, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hong Yoo-kyung, Hwasa, Hwayoung, Hyeri, Hyerin, Hyoeun, Hyomin, Hyoryn, Hyoyeon, Hyun A, HyunA, Hyung Won, I'M, Irene, J.Seph, Jackson, Jaehwan, Jang Doyoon, JB, Jean Paul, Jennie, Jeon So-mi, Jeon Wonwoo, Jessica, J-hope, Ji Hyun, Ji Yoon, Jia, Jihoon, Jihyo, Jimin, Jin, Jinyoung, Jinyoung, Jisoo, Jisung, Jiwoo, Jiyeon, Joo Heon, Joy, Jung Chae-yeon, Jung Eun-ji, Junghan "Jeonghan", Junghwa, Jungkook, Jungyeon, JunYool, Kai, Kang Daniel, Kang Mi-na, Ki Hyun, Kim Chung-ha, Kim Donghan, Kim Do-yeon, Kim Mingyu, Kim Nam-joo, Kim SangGyun, Kim Se-jeong, Kim So-hye, Kim Yongguk, K-Kid, Kris Wu, Krystal Jung, Kwon Hyunbin, Lay, LE, Lee Chaelin "CL", Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Lee Sunmi, Lim Na-young, Lisa, Lu Han, Luna Parker, Mark, Min, Min Hyuk, Mina, Minah, Minhee, Minhyun, Minji, Momo, Moonbyul, Nayeon, Oh Ha-young, Park Bom, Park Cho-rong, Park Ji-min (Jamie Park), Park Shin Hye, Personagens Originais, Qri, Rap Monster, Roh Taehyun, Rosé, Sana, Sandara Park, Sehun, Seohyun, Seongwoo, Seulgi, Seungcheol "S.Coups", Seungri, Shin Dongjin, Shinwoo, Show Nu, SinB, So Hyun, Sojin, Solar, Solji, Somin, Son Na-eun, Soonyoung "Hoshi", Sooyoung, Sowon, Soyeon, Soyou, Spax, Suga, Suho, Sulli Choi, Sungwoon, Sunny, Suzy, T.O.P, Taeyang, Taeyeon, Taichi, Takada Kenta, Tao, Teno, Tiffany, Tzuyu, Umji, V, Victoria Song, Wen Junhui "JUN", Wendy, Wheein, Won Ho, Woojin, Xiumin, Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing, Yeri, Yerin, Yoon Bo-mi, Yoona, Youngjae, Yu Yeon-jung, Yugyeom, Yuju, Yura, Yuri, Zhou Jieqiong
Tags Escolar, Kpop, Musica, Romance, Shoujo(romantico), Songfic
Visualizações 15
Palavras 1.113
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Musical (Songfic)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Serendipity - Jimin




Obs: as palavras em Negrito são a letra da música
S/N = seu nome
S/A = seu apelido

Capítulo 1 - O garoto com o balão amarelo


Fanfic / Fanfiction Songfics - Capítulo 1 - O garoto com o balão amarelo

Pov's Jimin 

Eu me encontrava no hospital segurando uma bexiga amarela inflada com gás hélio, por quê eu estava ali?  

Bom, eu era voluntário de um programa de ajuda aos enfermos, basicamente eu era um palhaço só que sem as roupas típicas. Eu apenas fazia as pessoas sorrierem e logo depois entregava-lhes um balão amarelo. 

Cada dia da semana eram selecionados 10 pacientes de um mesmo hospital e eu ia lá para fazer o meu trabalho. Agora eu me encontrava apenas com um balão amarelo em mãos, ou seja, só faltava um paciente, era uma garota chamada S/N. 

Eu entrei no quarto e automaticamente um lindo sorriso brotou no rosto da garota e a partir daquele momento eu me apaixonei perdidamente por ela. T

Tudo isso não é coincidência, apenas - apenas eu podia sentir isso O mundo inteiro é diferente de ontem, apenas - apenas com sua alegria 

Eu me aproximei com um sorriso também, entreguei o balão a ela, que me agradeceu, então eu contei-lhe algumas piadas e fiz caretas engraçadas p'ra ela, o meu tempo de trabalho já estava acabando, então eu decidi fazer algumas perguntas p'ra ela só por curiosidade mesmo. 

 "Er... Me desculpe a minha inconveniência mas... Como você veio parar nesse hospital?" Ela ficou meio receosa em responder, pude perceber pela sua cara, óbvio! Eu era um estranho e já estava fazendo perguntas, mas mesmo não me conhecendo bem ela resolveu responder. 

 "Eu estou aqui há 2 meses, meus pais morreram num acidente de carro e só eu sobrevivi, mas desde o ocorrido não sinto minhas pernas, o médico disse que ainda há chances de recuperar os movimentos das minhas pernas" Ela começou a chorar e por impulso eu a abracei, não gosto de ver ninguém triste, agora, especialmente a S/N.

"P-Por que está me abraçando???" Falou ela em meio aos soluços 

 "Porque... Bem, eu não gosto de ver ninguém triste" 

 "O-Obrigado" Respondeu ela timidamente parando de chorar  

 "Você... Tem quantos anos??" 

"Eu tenho 16" 

 "Poxa, você ainda é de menor, você tem algum parente por aqui em Seoul ou em algum lugar da Coréia do Sul?" 

 "Infelizmente não, eu estava morando aqui somente com meus pais" Falou ela com uma carinha triste 

 "Olha nós acabamos de nos conhecer,na seu quero te ajudar, quero ser seu amigo, virei te visitar todo dia, e se você quiser quando melhorar pode vir morar comigo!" 

"Eu ficaria muito agradecida, muito obrigada, muito obrigada mesmo!"   E o belo sorriso brotou novamente em seu rosto me fazendo ficar ainda mais apaixonado por aquela divertida e encantadora garota. 

 "A propósito, qual o seu nome  e quantos anos vc tem?" 

 "Eu me chamo Jimin, Park Jimin, mas você pode me chamar de ChimChim; Tenho 18 anos, moro sozinho, trabalho como personal trainer e tenho uma banda com alguns amigos" 

 "Ok ChimChim!"  Eu apenas sorri e acenei. 

Talvez seja providência do universo, tinha que ser isso, você sabe, eu sei 

Os dias se passavam e eu sempre ia visitar a S/N e levar um presente pra ela, mas nunca tive a coragem necessária para me declarar para ela. Uns 4 meses depois de eu ter conhecido a S/N ela ainda continuava no hospital, o quadro dela vinha se agravando e pelo ué eu soube havia uma bactéria bloqueando os comandos que o cérebro mandava para as pernas e agora essa bactéria estava pondo a vida da S/N em risco e eu estava esubindo pelas paredes de tanta preocupação. 

Tanto quanto meu coração voa, estou preocupado, O destino está com inveja de nós, assim como você estou tão assustado, quando você me vê, quando você me toca

 1 semana depois, recebo a notícia de que a S/N tinha entrado em coma, eu comecei a chorar desesperadamente e logo corri para o hospital vê-la, eu não acreditava que ela ia morrer e eu nem tive como me declarar, mas como diz o meu amigo J-Hope: 'Devemos sempre ter esperança'. E eu tenho esperança de a S/N viverá.  

 Você é minha penicilina, me salvando, meu anjo, meu mundo, eu sou seu gato de chita, aqui para te ver, me ame agora, toque-me agora

Hoje eu fui novamente visitar a S/N p'ra ver se ela já tinha acordado, mas o médico me disse que ela precisaria de uma cirurgia, a  bactéria estava alojada no apêndice agora e tinha que ser retirada o mais rápido possível. Como era uma cirurgia de emergência ela já havia sido encaminhada para a sala de cirurgia. 

E novamente lá estava eu procupadíssimo, acho que não tenho mais unhas, sempre que estou preocupado começo a roê-las, e essas últimas semanas foram bem tensas pra mim. 

Desde que eu comecei a visitar freqüentemente a S/N nós viramos melhores amigos eu agora a chamava apenas pelo apelido, S/A, eu queria que ela melhorasse logo para eu poder me declarar p'ra ela e se ela me correspondesse eu a pediria em namoro e depois casaria com ela e nós seríamos felizes para sempre, o famoso final feliz de todo conto de fadas que pode muito bem não sair como o planejado... 

 *Cirurgia Terminada*

O médico veio até mim com uma cara ótima e um grande sorriso no rosto; ele disse que a cirurgia foi bem sucedida e que agora a S/A podia andar e já estava acordada

Nesse momento eu estava pulando por dentro e gritando, a minha vontade era de sair correndo pelo hospital e gritar : "O AMOR DA MINHA VIDA TÁ BEMMMMMM", mas como eu não posso fazer isso... Hehehe... 

Eu fui p'ro quarto onde ela estava para MATAR A SAUDADE LOUCA que eu tava sentindo. Ao adentrar o local pude vê-la de pé, em frente a janela olhando a chuva que caía, ela ainda não tinha notado a minha presença. 

 " S/A...?"  

 " Hã?... ChimChim!!!" Ela virou-se com um grande sorriso no rosto e veio correndo até mim, ela literalmente pulou em mim e me abraçou bem forte, não sei como não morri sufocado, hahaha. 

 "Senti muita saudade S/A!" 

 "Eu também! Agora eu posso ir pra casa com você!" 

 "Antes tenho uma coisa muito importante p'ra te falar, S/A eu......eu.....er......eu.....eu estouapaixonadoporvocê!!!" Eu falei tão rápido que acho que as palavras sairam juntas, eu logo cobri o rosto com as mãos provavelmente eu estava roxo de vergonha... Aigoo. 

"ChimChim eu...eu... Também te amo!" Ao ouvi-la falar aquelas preciosas palavras eu a olhei com o meu melhor sorriso no rosto! 

 "Então você aceita namorar comigo????" 

 "SIMMMMM" 

Ela me abraçou e logo depois me deu um selinho demorado e nós ficamos ali em frente a janela abraçados, esquentando um ao outro, observando a chuva cair.

Desde a criação do Universo Tudo foi destinado Apenas deixe-me te amar (Deixe-me te amar, deixe-me te amar)      


Notas Finais


Então oq acharam??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...