História Sonhos de Um Vampiro - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Alice Cullen, Aro Volturi, Bella Swan, Bonnie Bennett, Caius Volturi, Carlisle Cullen, Caroline Forbes, Charlie Swan, Damon Salvatore, Demetri Volturi, Edward Cullen, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Emmett Cullen, Enzo, Esme Cullen, Felix, Isobel Flemming, Jacob Black, Jenna Sommers, Jeremy Gilbert, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Mason Lockwood, Matt Donovan, Mikael Mikaelson, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood, Vicki Donovan, Victoria
Visualizações 22
Palavras 930
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


DPS de MT tempo, estou aqui de novoooooo!!!
Espero que gostem ♡♡♡

Capítulo 8 - Sede de vingança...


Fanfic / Fanfiction Sonhos de Um Vampiro - Capítulo 8 - Sede de vingança...

Encaro o chão por alguns segundos, tentando pensar em algo em que eu poderia fazer naquele momento. Mas não havia nada em minha mente.

Olho para a porta, e vejo que alguém se aproxima. Alguém abre a porta e diz:

- Klaus precisa de você agora!

- Não vou a lugar algum... — digo recuando

- Não perguntei se queria vir ou não, apenas venha! Ou sofrerá as consequências!

- Eu não vou sair daqui!

- Olha garota, não temos tempo pra lidar com as suas criancices! — ele diz pegando em um de meus braços

Ele me puxa com força, e me leva para fora da sala. Ele me arrasta por um corredor com várias portas. 

Ele entra na última porta do corredor, e diz: 

- Boa sorte senhorita. — zomba ele

- Sente - se. — diz Klaus

Permaneço de pé perto da porta.

- Pode se sentar, eu não irei morder você... A menos que você queira ser uma vampira...

Me sento lentamente na cadeira a frente da mesa do híbrido

- Por que eu estou aqui? 

- Bem, digamos que eu precise de algumas informações sobre os vampiros mais famosos de Mystic Falls

- Já disse que não lhe darei nenhuma informação sobre isso!

- Não trabalhamos com o que as pessoas preferem. Ou elas dizem, ou elas dizem! Você não tem escolha.

- O que você irá fazer? Me transformar em uma de vocês? — pergunto me alterando

- Como eu disse, te observo a meses, sei que o que mais quer e ser uma vampira, pra viver pra sempre com Damon Salvatore...

- Independente do que você disser, não irei falar nada a você! Que isso fique claro! — digo me levantando.

Sinto uma mão em meus braços, me empurrando em direção a cadeira, me forçando a sentar novamente

- NÃO TRABALHAMOS COM O QUERER DAS PESSOAS, AQUI EU FAÇO O QUE EU QUERO! EU MANDO AQUI! — grita ele me olhando com os olhos avermelhados de ódio

Encaro ele por alguns segundos, até que digo:

- Isso é problema seu! Arranje outra forma de colocar medo em uma garota, pois essa com certeza não foi a melhor!

- Acha que não posso ouvir seu coraçãozinho bater bem rápido? Sei o quanto te deixei assustada... — ele diz se aproximando do meu rosto

- Você seria uma bela vampira para mim... Imagine só, como ficaria Damon em saber que você foi transformada em uma não é mesmo? Ficaria furioso... E nada melhor do que despertar a fúria de um vampiro... — diz ele se afastando

- Nem pense em fincar seus dentes em mim!!! Damon te mataria.

- Não se eu o matar primeiro... — ele diz caminhando até a janela

- Por que isso? O que ele te fez? — pergunto me levantando

- Ele me roubou uma coisa valiosa... 

- O que foi essa coisa? 

- Bella Swan... Ela era minha noiva... Mas Damon Salvatore apareceu, e estragou tudo... Ela estava junto a mim... Mas ele a levou embora... E a transformou

- Com certeza ele não fez por que quis... Ele não a tiraria de você de propósito — respondo me aproximando

- Não tente defende - lo, você está noiva dele! Não me adimira você tentar defende - lo 

- Não faço isso por ser noiva dele... Mas é para você pensar um pouco...

- Mais do que eu já pensei? Por que acha que você está aqui? Eu pensei muito nisso antes de fazer isso

- E depois? Se mata - lo, o que irá fazer? 

- Matarei você... — ele diz se virando e caminhando em minha direção

- Mas oque eu te fiz? — pergunto assustada

- Não foi você. E sim ele, quero que ele sinta na pele a dor que eu senti.

Encaro o chão. Até que tudo começa a girar e só ouso apenas a voz de Klaus bem longe perguntando: 

- Por que seu coração está batendo assim? 

Tudo escurece, e não vejo nenhuma luz...

Rapidamente me levanto. Olho ao redor e não vejo ninguém. Caminho até uma porta em minha frente.

- Alguém aí? — pergunto na esperança de ser correspondida

- Olá Bela Adormecida! — responde Klaus

- Ah meu Deus! Por que eu estou neste quarto? 

- Bem... Há dezesseis horas atrás, você caiu. E eu te trouxe aqui...

- Se quer minha morte, por que não me mata logo? — pergunto chegando perto do híbrido

- Damon tem que te ver aqui ainda... Irei te usar para atrai - lo — ele responde se levantando da poltrona

- Se você me matar, oque irá fazer depois? — pergunto colocando as mãos nos bolsos de minha calça

- Comemorar minha vitória — ele diz sorrindo

- Só isso? Por que não procura outra pessoa? Ou vai pra longe? 

- Você ainda não entendeu meu objetivo não é? Quero mata - lo  — diz Klaus

- Tenho pena de você, está pendendo tempo com essa idéia estúpida

- Não me tire do sério garota! — ele diz me prensando contra a parede do quarto

- É muito fácil te tirar de si não é mesmo? Você é sensível, apesar dessa máscara de vilão... Solitário, sozinho e sem amigos. 

- Você é corajosa. Impressionante como você me desafia... Não tem medo? — pergunta ele aproximando seu rosto ao meu

- Não... Apenas enfrento meu próprio medo.

- Não tem medo? Seu coração está acelerado, e sua respiração está cada vez mais profunda. Típico de alguém assustado — ele deduz

- Está pensando errado... 

- Acha mesmo? — pergunta surrando em meu ouvido

Fecho os olhos e respiro fundo, até que ele diz:

- Eu já sabia Candice. Esta se fazendo de durona. Quando na verdade está morrendo de medo...

- Até quando vai fazer isso? Chame Damon logo aqui, e acabe com tudo isso...


Notas Finais


Espero que tenham gostado ♡♡♡
Um bjo, um queijo e tchau ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...