História Spring Trap - Um herói que morreu - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~levevimte

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Golden Freddy, Mangle, Marionette, Shadow Bonnie, Shadow Freddy, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Five Nights At Freddy's
Visualizações 14
Palavras 712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Luta
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


olá pessoal, eu estou aqui para dizer para vocês que: a história não vai se passar somente por um personagem :D
sim, não vai ser só spring bonnie, spring trap, então seu personagem preferido pode aparecer e pode contar a história :D

Capítulo 4 - A chegada do guarda noturno


 

~Fred Bear ~

Eu estava fingindo dormir enquanto um homem parecia ser o dono da pizzaria dizia que iria fechar o estabelecimento por conta da mordida, mas eles não sabiam o que realmente aconteceu, não havia sido minha culpa, mas eu não podia provar, quer dizer, pelo menos eu acho que não, mas isso não importava, já que eles não iriam me escutar, porque eu que causei a mordida, eles achariam que foi tudo desculpa minha.

Mas que porra, por que aquilo estava acontecendo? Estava tudo tão normal e feliz, comigo animando e Spring tocando suas músicas, por que nada pode dar certo?

Quando eles saíram eu decidi falar com Spring.

- Alguma ideia? – Eu assustei-o, pois ele achava que eu estava dormindo.

- AAHH... – Eu cobri sua boca antes que ele chamasse muita atenção.

- Pshh... fala baixo. – Eu avisei enquanto olhava para os lados para ter certeza que ninguém vindo.

- Sim, você também estava fingindo dormir? – Ele falou um pouco ofegante.

- Sim, e por sinal você finge muito mal, alguma sugestão? – Eu esperava um sim, pois Spring era sempre como se fosse meu irmão inteligente que sabia de tudo.

- Bom, tenho 2 ideias.

- Ótimo, me diga. – Eu falei animado, pois poderíamos salvar a Fred Bear Family Dinner.

- A primeira e menos provável de funcionar é o seguinte: a gente teria de atuar tão bem a ponto de todo mundo nos adorar de novo. – Ele falou decepcionado por esse plano ser uma opção.

- Uhummm. – Eu analisei suas ideias.

De repente quando Spring ia falar sua ideia ele foi cortado pelo dono no telefone.

- Alo? É o guarda noturno? Ótimo, eu preciso que você tome conta deles, eu preciso ter certeza se eles são realmente o que parece. Sim, cinco noites, depois eu quero que você nos de seu relatório sobre os animatronics, se eles foram bons ou ruins, eu não quero me desapegar deles tão facilmente. Ok. – Ele falou isso enquanto sussurrava, parecia que não queria que o homem da demolição ouvisse o que ele estava dizendo.

- Bom... novo plano, esse é o melhor até agora, nós temos que provar para o guarda que nós não somos malvados como todos pensam. – Ele falou isso enquanto parecia se aliviar de um peso enorme em seus ombros.

- Ok, vamos fazer esse, mas qual era o plano 2? – Eu perguntei curioso.

- Melhor você não saber. – Ele falou olhando para os lados.

- Ok, amanhã nós iremos conversar com o tal guarda, melhor nós dormimos até amanhã. – Eu bocejava enquanto voltava a dormir.

- Concordo. – Ele bocejou também.

Então na noite seguinte, pelas 12PM (00:00) o guarda chegou, ele parecia assustado, não tirava os olhos da gente até chegar em uma sala, o dono parecia ter reformado sua sala para o guarda ficar lá.

Então após isso eu e Spring fomos até o guarda conversar com ele, porém ele possuía 2 portas e 1 câmera, então ele podia prever por onde iríamos e bloquear, mas se isso acontecesse nós não poderíamos chegar lá e conversar com ele, então nós continuamos até que eu consegui chegar sem ele perceber ou bloquear.

- AAAHHHHHHHHHH!!!! – Ele gritou desesperadamente enquanto se aproximava da outra porta.

- Calma, calma nós não vamos te machucar. – Eu falei enquanto Spring chegava em meu lado.

- Nós só queremos conversar. – Explicou Spring.

- Que conversar o que caralho? Vocês querem me matar!! – Ele falava muito alto.

- Não, aquilo tudo que aconteceu não foi culpa nossa, foi culpa de algumas crianças que mexeram nas nossas configurações, agora elas estão normais. – Disse Spring.

- Ahh... então vocês não vão me matar? – Ele perguntou assustado.

- Não, a gente só quer te provar que a gente não é tudo isso que parecemos, e que na verdade nós podemos ser até mais legais do que você pensa. – Eu falei enquanto sorria.

- Sim. – Spring Complementou.

- Então vocês prometem não me matar? – Ele perguntou esperando por um sim.

- Sim. – Ambos respondemos.

Após isso explicamos para ele a situação, e dissemos que ele precisava dizer que nós não somos malvados, ele concordou e disse que nos ajudaria.

Com aquilo feito nosso plano havia funcionado, agora só nos restaria esperar pela semana acabar para ele relatar.

                                                                                                        Continua...


Notas Finais


obrigado por ler, e se você chegou aqui... você leu a história então :D (eu acho) e não se preocupe amigo... ou amiga, a história vai ter uns "toquezinhos" especiais, não mudara muito mais vai ficar legal futuramente


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...