História Stay With Me - Park Jimin - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga
Tags Bts, Comedia, Park Jimin, Romance
Visualizações 69
Palavras 2.255
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


> Volteeeii

> Boa Leitura

> Trailer: https://youtu.be/0EyeHLSDQTc

AURORA É ESSA GOSTOSURA NA FOTO

Capítulo 13 - Recepção


Fanfic / Fanfiction Stay With Me - Park Jimin - Capítulo 13 - Recepção

~ Posso entrar?

- Hoshi? - arqueio a sobrancelha surpresa.

~ Olá moça! - andou até a lateral da cama. ~ Essa que é minha irmãzinha? - tentou olhar para Aurora que estava no berço que o hospital disponibiliza.

- É ela sim! - sorri terna e peguei a mesma para ele ver melhor. - Você está sozinho? - olho em direção a porta.

~ Não, minha mamãe está lá fora… - segurou a mãozinha da Aurora.

- E por que ela não entra?

~ Ela disse que está com vergonha…

- Aigoo… - dou uma leve risada. - Mande ela entrar!

~ Tá, já volto! - correu até o lado de fora. ~ Vem mamãe, larga de ser bobona…

~ Hoshi, eu estou bem aqui… - empurrou a mãe até a porta. ~ O-oi S/N… - sorriu sem graça.

- Olá Rosé! - sorri para a mesma. - Se aproxime…

~ O Hoshi descobriu que a irmã nasceu, ficou louco pra vim, tentei convencer o mesmo, para deixar quando ela saísse do hospital, mas a pestinha insistiu tanto, que resolvi trazer… Por que se não ele colocava minha cabeça e a casa virada do avesso! - sorrimos.

- Fico feliz que veio, e tenho certeza que a Aurora também! - beijei a bochecha da menor.

~ E você? Como está se sentindo? - olho na direção da mesma.

- Feliz, realizada… Nunca achei que uma gravidez ia me fazer tão bem! - suspiro rindo.

~ Gravidez é uma das melhores coisas da vida de uma mulher! - se ajeitou na ponta da cama.

- Agora eu sei que sim! - olho o rostinho da Aurora.

~ Ela teve sorte de puxar mais seus traços do que do Chung… - olhou rindo.

- Eu agradeço a Deus por isso todos os dias! - nos gargalhamos e Aurora começou a resmungar com biquinho de choro.

~ Xiii… Tá vendo, vocês assustaram minha irmã! - Hoshi brigou com nós duas.

- Aish… - sorrimos.

~ Chung vai vir ver vocês, ele teve que ficar até mais tarde no trabalho, mas deu a palavra que vai vir! - segurou minha mão acariciando a mesma.

- Obrigada, por ter tirado um tempo e vindo aqui ver nos duas, mesmo depois de tudo que lhe fiz… - aperto sua mão.

~ Águas passadas… - sorriu pra mim. ~ Agora o que importa é que, você está feliz, eu estou feliz, e nada pode nos abalar! - me abraçou desajeitadamente.

- Exatamente… - dei Aurora para que a mesma segure.

~ S/N… - Jimin entra no quarto mas logo recua tímido.

- Jimin! Essa é a Rosé e esse é o Hoshi! - apresento os dois para os mesmo.

~ Prazer! - comprimentou os dois e parou do meu lado. ~ Vou em casa, tomar um banho e trocar de roupa… Você quer que eu trago algo para você?

- Se possível, chocolate por favor! - faço biquinho.

~ Tá bom sua manhosinha! - beijou minha testa, despediu das visitas, e saiu.

~ Boy novo é? - Rosé olhou maliciosa para mim.

- Digamos que sim! - dou um sorriso digno de pessoa apaixonada.

~ Tá apaixonada S/N? Olha isso Aurora, sua mamãe está apaixonada! - começou me zuar pra Aurora.

- Aish… - gargalho. - Mas não tem como não se apaixonar pelo Jimin… Ele é maravilhoso, atencioso, e ao mesmo tempo um crianção…

~ Fico feliz, que conseguiu seguir em frente! - sorriu terna para mim.

- Eu também! - sento mais confortável na cama.

~ Mas já é oficial? Ou vocês ainda estão se conhecendo melhor?

- Bom, tem 4 meses que a gente se conhece… Não teve pedido de namoro, porém a gente já se considera - da minha parte - um casal…

~ Vocês moram na mesma casa né? Chung chegou um dia lá, revoltado, por que você mudou pra casa do Jimin… Aí eu fiquei meio sem entender o motivo, mas ele explicou, que não poderia ver Aurora, por que Jimin não ia deixar! - rolou os olhos rindo. ~ Ai eu falei pro mesmo largar de ser idiota, que o Jimin não vai impedir ele de nada…

- Não vou mentir, que Jimin no começo achou ruim… Por que ele não tem uma relação muito boa com o Chung, mas aí bastou termos uma conversa e ele aceitou, ainda meio emburrado, mas aceitou… - sorri e mesma assentiu.

~ Mamãe? Quero segurar minha irmãzinha um pouquinho… - fez biquinho.

~ Sente ali na poltrona, que coloco ela no seu colo! - apontou para a poltrona e o mesmo correu e sentou. ~ Cuidado viu! Ela é frágil, qualquer coisinha machuca ela. - colocou a Aurora no colo do mesmo.

~ Ela é tão fofinha! - acariciou a bochecha gordinha da mesma.

- Você acha que ela se parece com quem?

~ Com você, mas os olhinhos dela, são do papai! - falou apontando pro olho dela.

- São sim! E você acha ela bonita?

~ Não sei! Ela parece um joelho… - começamos a sorrir do seu comentário. ~ Mas, eu acho que ela vai ser muito bonita! Assim como eu.

Esse garoto nem é convencido né? Já sei até quem puxou…

~ Seu bobão… - Rosé bagunça o cabelo de Hoshi.

~ Licença... Olha eu interrompendo suas visitas novamente! - a enfermeira entra sorrindo, e nós sorrimos para a mesma. ~ O horário de visitas acabou…

~ Ah… Que pena. - Hoshi fez biquinho.

~ É sim, uma pena, mas depois você vem visitar elas de novo! - a enfermeira sorri para o mesmo, e ele assentiu sorrindo.

~ Tchau, tia S/N, cuide da minha irmã! - beijou minha bochecha e a da Aurora.

~ Tchau S/N... Tchau Aurora! - me abraçou e beijou a testa da Aurora.

- Tchau… E muito obrigada pela visita! - acenei e depois peguei a mãozinha da Aurora e balancei dando tchau para os dois.

~ Agora está na hora de amamentar essa gostosura! - a enfermeira veio me ajudar a retirar a camisola.

{…}

Como o parto foi normal, no outro dia 12:00 já me liberaram para levar a Aurora pra casa. Com a mesma em meus braços, esperava Jimin tirar o carro do estacionamento, para irmos embora.

- Vamos pra casa meu amor? - beijo sua bochecha de leve.

~ Pronto! Deixa eu ajudar você com essa bolsa… - Jimin veio ao meu encontro, retirando a bolsa de Aurora do meu ombro e colocando no fundo do carro.

- Estou com tanta fome... - digo após colocar Aurora na cadeirinha e sentar na cadeira ao lado do motorista.

~ Lua está lá em casa fazendo o almoço! - ligou o carro. ~ Disse que você precisa repousar, e cuidar da Aurora, então ela que vai cozinha... Por quê, na opinião dela, eu não cozinho bem… - fez uma careta e eu gargalhei.

- Você cozinha bem sim seu bobo… - aperto sua coxa. - Você sabe que Lua sempre quer tirar onda com a sua cara né? - o mesmo assentiu sorrindo.

~ Eu ainda vou cozinhar e esfregar na cara dela minha comida! - deu um leve murro, de brincadeira, no volante.

- Louca pra chegar em casa, e deitar na minha cama…

~ Nossa…

- NOSSA cama… - rolo os olhos rindo. - Por mais que a do hospital seja confortável, a gente sempre vai preferir nossa caminha né? - escoro minha cabeça na janela e fecho os olhos.

~ Você vai ter o resto do ano para dormir na nossa cama. - deu de ombros.

- Avá... Fica aí achando que vamos continuar como estávamos! - me ajeito no banco.

~ Por que diz isso? - estaciona o carro.

- Esqueceu que temos um bebê agora? - saio do carro e vou em direção ao banco de trás, pegando Aurora e arrumando a mesma em meus braços.

~ Não acho que ela vá, dá muito trabalho! - deu de ombros pegando nossas malas e alarmado o carro.

- Se arrependa antes que seja tarde… - brinco e o mesmo sorri.

~ Escreve o que eu tô dizendo, Aurora vai ser uma pessoa tranquila. - apertou o botão do elevador.

- Espero que seja viu! - olho o rostinho sereno da pequena. - Eu meio que entro em desespero, quando um bebê começa a chorar.

~ Não precisa fica desesperada… - entramos no elevador e Jimin apertou o botão do nossa andar. ~ Tem eu aqui, irei ajudar você em tudo! - beijou minha cabeça.

- Então vamos separar as coisa… Você limpa o cocô dela e o resto eu faço, beleza? - mordi o lábio sorrindo.

~ Eca… Você me deixa com o mais nojento! - cruzou os braços emburrado.

- Ueh? Mas você não disse que ia me ajudar? - arqueio a sobrancelha.

~ Menos limpando bosta de bebê! - abriu a porta do apartamento e deu passagem para que eu entre.

~ Auroraaaaaaa… - Hobi vem correndo em nossa direção.

- Olha aí Aurora, seu tio babão! - entrego a mesma para Hoseok e vou atrás de Luana na cozinha. - Humm... O cheiro tá maravilhoso! - abraço a mesma por trás e beijo sua bochecha.

~ Valeu cabrita! - bato em sua costas rindo.

- Me respeita. - sento no balcão observando a mesma.

~ Está com muita fome? - olhou pra mim.

- Da pra esperar. - acalmo a mesma.

~ S/N sua filha fez questão de golfar na minha pessoa… - Hobi aparece a cozinha. ~ Que nojinho… - me entregou a mesma.

~ Claro, você ficou balançando ela parecendo que a menina era de pano! - Jimin entrega uma camisa dele pro Hoseok.

~ Eu só estava brincando… - fez biquinho. ~ Sua nojenta! - deu língua pra Aurora.

~ Acho que é melhor você tomar um banho, vai ficar fedendo golfo do mesmo jeito! - Lua vira pro mesmo.

~ Já vou tomar… - saiu em direção ao banheiro.

- Vou dar um banho nela também... - saio em direção ao quarto da Aurora.

Seu quarto era do tamanho de um quarto normal, onde as paredes eram em um tom de rosa claro, com as prateleiras e o guarda roupa em tons de azul, assim como o berço. Do lado direito havia uma porta onde fizemos um banheiro de criança, para que a mesma usasse até seus 10 anos - quanto menos perigo, mais tranquila eu fico - e o chão era de cerâmica branca.

- Agora vamos dar um banho nessa pequenina, pra ficar cheirosa...

~ Precisa de ajuda? - Lua aparece na porta.

- Se não for encomodar…

~ Não vai… O que tenho que fazer? - aproximou da cama.

- Fica com ela até eu encher a banheira?

~ Vou tirando a roupa dela? - pegou a neném no colo.

- Sim, mas mantenha ela aquecida! - assentiu e eu saí em direção ao banheiro.

{…}

~ Já que todos estão tomados banho, vamos comer? - Jimin sugere.

- Vamos! - coloco Aurora no carrinho e levo o mesmo para a cozinha e encosto ele do meu lado na cadeira.

~ Espero que esteja gostoso! - Hoseok brinca.

~ Meu filho, minhas comidas são deliciosas! - Lua deu um tapa na cabeça do mesmo.

~ Eu sei, eu sei! Só estava brincando… - acariciou o lugar onde Lua bateu.

- Bom, vou me servir por que estou morrendo de fome… - pego meu prato e coloco macarrão com queijo parmesão e um pedaço de rocambole.

{…}

- Obrigada pela visita e pela ajuda na cozinha. - abraço Lua e depois Hobi. - Desculpa pela recepção da Aurora! - gargalho beijando sua bochecha.

~ Ah que é isso. - sorriu. ~ Pelo menos, ela me recepcionou de um jeito diferente de todos que já fizeram… - sorrimos.

- Voltem sempre! - os dois saem pela porta. - A casa é de vocês! - jogo um beijo no ar e fecho a porta. - JIMIN? - gritei

~ NO QUARTO… - gritou de volta.

- O que faz? - vejo o mesmo sentado na cama com Aurora no colo.

~ Ela estava chorando…

- Você vai trazer o berço pra cá? - começo a tirar minha roupa e procurar uma camisola soltinha.

~ Sim, estava esperando você chegar, pra pegar ela! - termino de vestir a camisola e vou em direção aos meus produtos de beleza, pegando um creme.

- Coloca ela aí no meio da cama! - sento na ponta da cama e ele coloca ela do meu lado.

~ Volto já! - beijou minha testa e saiu.

Pego o creme e começo a espalhar nas minhas coxas indo em direção ao meu pé, faço o mesmo processo na perna direita. Depois coloco um pouco nos meus braços e espalho, e por último no meu pescoço e rosto.

- Mamãe está cheirosa? - pego a mesma no meu colo. - Huh? - beijo sua mãozinha e a mesma resmunga. - Você não gosta de beijos? - beijo sua mãozinha novamente. - Parece que não! - dou uma leve risada e coloco a mesma sobre meu peito, ninando.

~ Deveríamos ter comprado um berço mais leve... Avemaria acho que arrebentei minha coluna! - deitou na cama, esparramado.

- Então descansa agora… - acaricio suas costas e o mesmo solta um muxoxo de satisfação.

~ Vou tomar um banho primeiro! - levantou e correu em direção ao banheiro.

- E você vai pro seu berço! - beijo a sua testa, e levanto devagar levando a mesma até o berço. - Boa noite, gatinha da mamãe! - coloco ela deitada com a cabeça no travesseiro de unicórnio e a embrulho.

{…}

~ Terminei… - deitou do meu lado.

- Pensei que ia morar lá embaixo! - viro ficando frente a frente com seu rosto.

~ Poderia, a água tava uma delícia, mas a conta ia vir nas alturas! - selou meus lábios.

- Realmente! - encosto colocando minha cabeça no seu peito.

~ Boa noite, minha rainha! - beijou meus cabelos.

- Boa noite, meu rei! - beijo seus lábios. - Ei... Te amo!

~ Também te amo…


Notas Finais


> Voltei no gás KKkkk...

> Não se esqueçam de comentar e aproveitar pra falar o que acharam do Trailer


> Trailer: https://youtu.be/0EyeHLSDQTc


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...