História Story Of My Life - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~tatalien

Visualizações 11
Palavras 1.693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hallo, darlings!
Mais um capítulo da fic pra vocês!!
Espero que estejam curtindo bastante, porque estou fazendo o possível para que agrade.
Então chega de enrolação e bora pra mais um capítulo!!
Fuuui!

Capítulo 7 - Apenas amigos


Haviam se passado algumas semanas depois do beijo e parece que minha amizade com Harry só aumentou depois disso. Desde então, isso estava acontecendo frequentemente. Eu já não sabia se éramos apenas amigos,mas também nunca quis perguntar apesar da curiosidade.

Sábado,22 de novembro 10:49 pm.

    Eu estava no meu quarto organizando algumas coisas no meu closet quando ouço o celular tocar. Geralmente,nunca corro pra atender a uma ligação,mas havia um toque que fazia meu coração disparar. O toque era da música "One Way Or Another" da One Direction. Essa música significava que Harry estava me ligando. Corri até o móvel ao lado da minha cama e atendi a ligação.

*Ligação on...

- Fala, Hazza! – eu o comprimentei  usando o apelido que eu tinha dado a ele me jogando na cama.

- Oi! Você está muito ocupada?

- Eu estava arrumando algumas coisas aqui, mas nada de importante. Por quê?

- É que eu queria saber se você vai fazer alguma coisa amanhã.

- Amanhã... Não! 

- Então... Eu tava pensando se... você queria almoçar aqui em casa amanhã. É aniversário da minha irmã e eu queria saber o que você acha. Topa?

- Na-Na sua casa? – me assustei com o convite pois nunca havia conhecido a família de Harry.

- Sim! Algum problema?

-Será que não vou estar atrapalhando? Sua irmã nem me conhece e...

- Não se preocupe. – Harry me interrompeu – Se eu estou te chamando, quer dizer que não há problema.

- Já que diz... – acabei fazendo-o rir do outro lado da linha – Mas eu preciso avisar minha mãe antes.

- Tudo bem. Eu passo aí pra te pegar às 11, ok?

- Certo. Beijos no core! Até amanhã,Hazza! 

- Até! – Harry respondeu, desligando logo em seguida.

*Ligação off...

Fiquei animada com a notícia,mas ao mesmo tempo, com medo por ter que conhecer a família de Harry.

Na hora do jantar,aviso minha mãe que iria almoçar fora e a mesma fica feliz pelo fato de eu estar saindo com outras pessoas e fazendo amigos.

Após o jantar, ajudei minha mãe a lavar a louça e depois fui para o meu quarto escolher a roupa que eu usaria amanhã.

Abri meu closet e fiquei ali parada por um bom tempo, alegando que não tinha roupa para vestir. Mas por fim, acabei escolhendo um vestido florido de fundo branco que batia na altura dos joelhos e um tênis branco, já que odeio salto alto. Após fazer essa difícil escolha, fui para o banheiro tomar um banho e depois de ter terminado, me deitei na cama e fiquei assistindo a "Stranger Things" até altas horas.

          No dia seguinte...      

Meu relógio despertou às 08:00 am. em pleno domingo e de início, fiquei com uma preguiça enorme, mas ao lembrar do almoço na casa de Harry, levantei rapidamente e corri até o banheiro para tomar banho, já que ele passaria na minha casa para me buscar por volta das 11 e porque eu demoro séculos para me arrumar. 

Já eram quase 11:00 am quando ouço alguém buzinar e logo em seguida,minha mãe aparece no meu quarto avisando que Harry havia chegado. Dou uma última olhada no espelho, pego minha bolsa e desço as escadas. Ao descer, me deparo com Harry e ele estava... Lindo. Usava uma calça jeans escura e uma blusa azul de botões.

-Oi, Hazza! — eu o comprimentei com um abraço.

- Fala, baixinha! – respondeu ele com um sorriso maravilhoso no rosto – e a propósito, você está linda.

- Obrigada – respondi um pouco sem jeito – você também não está nada mal! – rimos

– Vamos? – assenti enquanto Harry entrelaçava seu braço no meu, causando um enorme frio na barriga. 

Nós nos despedimos da minha mãe e fomos até o carro de Harry. O mesmo abriu a porta para que eu entrasse, fui até o banco do motorista e logo deu a partida. O caminho a casa de Harry não era tão longo, mas devo confessar que a viagem foi silênciosa, me causando um certo desconforto. De vez em quando ele falava sobre sua família para tentar descontrair, mas assim que terminava o assunto, o silêncio voltava a reinar. Em alguns minutos, chegamos a casa de Harry. Novamente ele abriu a porta para que eu pudesse sair e logo em seguida seguimos até a entrada.

– Droga! Esqueci minhas chaves. – resmungou ele apalpando o bolso – vou ter que tocar a campainha.

Não demorou muito para que pudessem nos atender. Quando a porta abriu, me deparei com uma mulher loira que aparentava ter uns 30 anos.

- Esqueceu as chaves, né?! Eu sempre falo a mesma coisa para você. Confira tudo antes de sair de casa. – Harry repetiu a frase juntamente com ela revirando os olhos. – Qualquer dia desses, você vai esquecer a cabeça e...

- Mãe! – ele a interrompe – Deixe os sermões pra depois. Temos visita, esqueceu?!

- É mesmo! Me desculpe minha filha!

- Sem problemas. Muito prazer em conhecê-la, Sra Styles. – estendi a mão para cumprimentar-la 

- Querida, prazer, só na cama. – Fiquei envergonhada por conta dessa frase – E por favor, não me chame de "senhora". Não sou tão velha assim! Me chame apenas de Anne. 

- Mãe! – Harry chamou atenção da mais velha, mas foi ignorado.

– Tudo bem, senho... Anne – me auto corrigi quando vi seu olhar de reprovação

- Será que podemos sair daqui? Não aquento mais ficar parado aqui. – protestou Harry me puxando.

Anne, Harry e eu seguimos até uma grande poeta de vidro, que nos levava a área de lazer. Ao chegar, reparei que há algumas pessoas na enorme piscina, um homem na churrasqueira e outras pessoas em uma enorme mesa de madeira.

- Gente, essa é a S/N. S/N, essa é minha família. – Harry me apresentou a cada um que se encontrava ali. – Mãe, cadê a Gemma? 

– Está ali na piscina com umas amigas.

- Vamos lá falar com ela? – Harry me perguntou e eu apenas assunto com a cabeça. 

– Hazza! – Uma garota loira de olhos castanhos sai da piscina e corre para abraçar Harry. E... "HAZZA" ?! Achei que só eu o chamava assim!

- Minha baixinha!! – ele disse e ela pulou em seu colo deixando sua camisa toda molhada. – Que saudades!

- Eu também estava morrendo de saudades! – ela diz e logo em seguida desce de seu colo e começa a me encarar – Essa é a famosa S/N ?! Nossa! Ela é linda mesmo. Até mais do que nas fotos!

– Gemma! – exclamou Harry entre os dentes.

- Que foi? Só estou falando a verdade! É por falar em verdade, vocês formam um belo casal!

– Gemma! – Harry exclamou novamente – acho que você falou de mais. E... Olha! Suas amigas estão te chamando! – Harry disse empurrando Gemma para mais perto da piscina. – Me desculpe por isso. Ela não tem idéia do que está falando. Deve estar bêbada. – ele aparentava nervosismo.

- Tudo bem. – respondi sem o encarar já que estava muito envergonhada com tudo que estava acontecendo.

O almoço estava indo muito bem, até que recebo  um convite inesperado.

- O que você acha de nadar um pouco? – Harry pergunta enquanto ajuda seu pai a guardar algumas coisas.

- Nadar? Eu? Claro que não! Nem trouxe biquíni!

– Eu posso te emprestar um dos meus. Tenho  vários que ainda nem usei. – Sugeriu Gemma enquanto se senta ao meu lado em uma das espreguiçadeiras ao redor da piscina.

- Não obrigada. Talvez eu vá depois, mas agora prefiro ficar aqui. – Pra falar a verdade, eu só não me joguei naquela enorme piscina porque estava naqueles dias. 

- Então... Posso te fazer companhia? 

- Claro! Por que não? – Respondi tentando ser o mais simpática possível e depois me calei.

De repente, vejo Harry passar por mim somente com uma sunga branca indo em direção à piscina, mas antes de entrar, ele vem até mim, se enclina e faz uma pergunta um tanto inusitada.

- Gosta do que vê? – ele pergunta ao pé do meu ouvido mordendo o lóbulo da minha orelha em seguida. Logo de depois ele se levanta e vai até a borda da piscina e salta jogando uma grande quantidade de água em mim.

- Há quanto tempo vocês se conhecem? – perguntou Gemma me tirando do transe.

- Acho que faz um mês. 

– 1 mês? Você não acha muito cedo pra começar um relacionamento? – me assustei com sua pergunta

 - Nós não estamos namorando! – respondi rapidamente – Somos apenas amigos.

- "Amigos"... Sei. Mas pelo jeito que ele fala sobre você, parece que está rolando algo entre vocês.

- Ele comenta sobre mim?

- E muito! – corei bruscamente com sua resposta.

Ficamos alí conversando por um bom tempo sobre diversos assuntos e acabei descobrindo que Gemma morava em Oxford (Reino Unido) por conta dos estudos. Ela também contou que Harry só veio para Londres com seus pais porque sua mãe recebeu uma proposta de emprego aqui. Já ela ficou em Oxford por que tinha muitas responsabilidades na escola e não poderia sair de lá no meio do ano.

       [ Quebra de tempo ]

Já se passavam das 8 da noite quando minha mãe me ligou dizendo que eu teria que voltar para casa pois no dia seguinte haveria aula. Avisei para Harry e o mesmo se ofereceu para me levar até minha casa, mas eu neguei dizendo que poderia pegar um táxi. Ele foi tão insistente que acabei cedendo. Então eu me despedi de sua irmã, sua mãe, de outras pessoas que estavam lá e depois fui para o carro com Harry para irmos até minha casa.

O caminho até lá foi bem animado. Harry ligou o rádio e ficamos conversando sobre o que tinha acontecido lá. Comentei que achei sua mãe super engraçada e que sua irmã é um amor de pessoa. Em poucos minutos chegamos a minha casa e Harry me acompanhou até minha porta para que pudesse avisar à minha mãe. Pego minhas chaves e coloco na fechadura, mas ao tentae abrir a porta, Harry se aproximou de mim e tentou me beijar. Nós estávamos tão próximos quando a porta se abre e minha mãe aparece nos obrigando a nós afastar por conta do susto. Então, Harry cumprimentou minha mãe e foi embora me dando apenas um abraço.

Entrei em minha casa e corri diretamente para o meu quarto. Minha mãe tentou saber como foi o almoço me enchendo de perguntas, mas eu apenas respondia com "legal", "interessante" ou adjetivos do tipo.  Após a conversa "super interessante" com minha mãe, tomei um banho e fui para minha cama descansar.






Notas Finais


Então, gente, é isso.
Na minha opinião, esse capítulo foi bem bosta, mas se gostaram, comentem aqui para eu saber.
Kisses no core, beijinhos no ar e até o próximo capítulo!!! ❤❤❤
~Donnely


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...