História Stranger Things - Estrada da Vida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Drama, Mileven, Romance, Sexo, Stranger Things
Visualizações 381
Palavras 1.578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Mistério, Misticismo, Sci-Fi, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Uma história contando o amor de Mike e Eleven, de uma forma mais amorosa, não só, apenas, sexuamente

Capítulo 1 - O Anel e o Beijo


Era verão de 1988, estava tudo normal em Hawkins e como o verão acabara de começar, todos já estão ficando mais tempo na casa de Mike, incluindo Eleven, o que ele adora, pois vivia em solidão naquela casa, o final da semana era a parte gloriosa dela, já que ele quebrava essa solidão passando tempo com seus amigos e Eleven, que ele considerava mais que isso.

El, agora, vive com Joyce e Hopper que se casaram há mais de três anos e vivem com seus filhos na nova casa dos Byers, que foi comprada por uma indenização do governo pelo que deixaram acontecer com Will.

Mike, agora, vive sozinho na casa dos Wheeler, sua irmã, Nancy, está fazendo um intercambio em Londres e Holly, bem, é apenas uma criança e seus pais não são os melhores companheiros.

Quando Mike está perto de Eleven, ele sente um sentimento de completitude, como se estivesse realizando um grande sonho, e, quando está longe, se sente um nada, pois sem ela, para ele, não existe ele. Joyce, que, agora, é a mãe adotiva de El, torce para que Mike se sinta seguro e diga para Eleven que ele gosta dela, Hopper já não gosta de como ela olha pra ele e como ele olha para ela. Eleven sente o mesmo por Mike e ele não sabe, mas adoraria saber.

Mike se sentia triste, pois Will, Lucas e Dustin já namoram e ele está sozinho, sofrendo por não ter Eleven, ele já espera por ela há quatro anos, mas eles nunca tiveram algo sério, só se beijaram algumas vezes.

Lucas está namorando Max, Will namorando Jasmine, colega de turma deles, e Dustin namorando Elizabeth, colega de turma deles.

Mike estava a andar pela rua quando viu um anel com um diamante roxo e foi mexendo nele até chegar a sua casa e quando chegou ao porão colocou o anel e sentiu uma sensação estranha e sua mão gritou, “Abra a porta seus amigos estão aqui”, ele, ainda com o anel, foi abrir a porta, mas antes que pudesse ela se abriu e ele via a sua frente Will, Lucas, Max, Dustin e Eleven, quando, Dustin pergunta:

- Eleven, você abriu a porta?

- Não – Eleven Responde, assustada.

- Bem, eu tenho que falar com vocês – disse Mike, também, assustado. Todos se sentaram em seus lugares na mesa do porão de Mike. – Gente, eu encontrei esse anel na rua achei bonito e fiquei mexendo nele, até quando no porão eu o coloquei e quando eu fui abrir a porta eu senti puxar ela, mas não havia tocado nela ainda.

- Como os poderes de Eleven? – Dustin pergunta.

- Sim, como os poderes de Eleven – Mike responde.

- Você tem uma foto de Nancy na prateleira? – Eleven pergunta.

- Sim, tenho – Mike responde.

- Pegue a foto – Eleven instruiu Mike e ele pegou a foto de Nancy com ele – foque nela e, logo, você estará sabendo o que ela está fazendo.

Ele logo estava aonde Eleven foi para procurar Will, sua irmã, entre outros, mas ele ouvia sons de beijos e ele via Jonathan e Nancy se beijando e ele desejou sair de lá e, na hora, ele estava de frente para Eleven e os outros e ele, surpreso, pergunta:

- Will, seu irmão está aonde?

- Está viajando em Nova Iorque. – Will responde.

- Não, está não, ele está em Londres com Nancy. – Mike diz e na hora Will mostra uma cara de decepção

- Eu terei uma conversa com minha mãe – Will diz

Realmente, Will estava muito estressado com seu irmão, porque ele tinha prometido a ele que pararia de se encontrar com a irmã de Mike. Jonathan e Nancy fazem isso há mais de ano. Jonathan e Nancy têm 21 anos e não querem assumir o namoro deles, para seu irmão é vergonhoso.

Após isso todos estavam conversando, sobre os assuntos de sempre (Fofoca, Filmes, entre outros.), mas havia algo de diferente, Mike estava estressado com Nancy, mas estava olhando para o lindo vestido de Eleven, que estava vestindo o vestido, porque Joyce queria que El se vestisse melhor e usasse maquiagem, para ela ficar mais bonita e Eleven gostava disso. Ele não parava de olhar para ela, mas olhava discretamente. Eleven também não parava de olhar para Michael, eles por estarem cegos no amor, não percebiam o desejo mútuo, mas Will, irmão adotivo de Eleven, percebia e ficava preocupado com os dois.

A família Byers, agora, não tem só Joyce, Will e Jonathan, agora tem, também, Eleven e Hopper. Esta família, no passado, sofreu tanto, mas agora ela já é uma família feliz, não aquela família quando Will sumiu e quando Lonnie os deixou. Agora, a felicidade tocou a família deles.

Após uns segundos de silêncio, Mike os chamou para jogar D&D, mas Dustin, Lucas e Max disseram que é jogo de criança e Will disse:

- Gente, eu tive uma ideia, que tal brincar de verdade ou desafio? – Will Pergunta

- Pode ser – Mike responde e depois olha para Eleven que estava meio dispersa, ainda pensante sobre o anel – Eleven, quer brincar?

- Sim.

- E vocês? – Will diz olhando para Lucas, Max e Dustin.

- Sim – os três disseram ao mesmo tempo.

Todos gostavam dessa brincadeira, porque nela você pode perder e os outros também. Dustin pegou uma garrafa de coca-cola e colocou no centro e girou e ficou no sentido Will para Dustin.

- Verdade ou Desafio? – Will pergunta para Dustin

- Verdade – Dustin responde

- É verdade que você e Elizabeth transaram no banheiro interditado do colégio? – Will pergunta e todos ficam surpresos e assustados, já que Will não é do tipo de fazer perguntas desse tipo, Dustin fica, além disso, corado.

- Bem... – Will e os outros já haviam soltado “uh” – Sim.

- Como foi? – Lucas pergunta

- Prefiro não ir aos detalhes – Dustin diz, quando Will iria perguntar algo ele grita – POSSO GIRAR AGORA? – Antes que alguém respondesse, ele já girou e foi de Will para Eleven.

- Verdade ou Desafio – Will pergunta para Eleven

- Verdade – Eleven diz

- Você gostou de ter beijado Mike? – na hora que Will perguntou, todos gritaram “uh”, menos Eleven e Mike que ficaram corados.

- Sim, gostei e muito. – Eleven diz e Mike sorri para ela e ela retorna o sorriso. Após acabar a barulheira após a revelação, Eleven gira a garrafa e vai de Dustin para Will.

- Verdade ou Desafio? – Dustin pergunta

- Verdade – Will responde e Dustin faz uma carinha maliciosa.

- É verdade que você e Jasmine foram à garagem da sua casa, dentro do carro, para transar? – Dustin fez o mesmo tipo de pergunta que Will fez, mas Eleven é sua irmã adotiva e corre risco de Joyce saber disso.

- Sim, é – Will responde todos gritam “uh”.

- Will, nós entramos nesse carro umas três vezes ao dia e se estiver sujo de, bem, você sabe – Eleven fala assustada com as atitudes do irmão.

- Eleven, na hora, não pensei, desculpa – Will diz.

- Cuidado, porque da próxima vez não serei eu que irei reclamar. – Eleven ameaça Will, após alguns segundos Will gira e vai de Eleven para Will.

- Verdade ou Desafio? – Eleven pergunta

- Verdade – Will responde

- É verdade que você fez, ontem, xixi na sua cama? – Eleven pergunta

- Bem... – todos gritaram “uh” – sim, foi num pesadelo, em que o Demogorgon estava nessa rua. – Ele respondeu, após, ele girou e foi de Max para Eleven.

- Verdade ou Desafio – Max pergunta

- Desafio – El respondeu e Mike já ficou com medo, porque ele já sabe que Max iria fazer um desafio envolvendo ele e Eleven.

- Eu te desafio beijar Mike de língua – Todos gritaram “uh”, menos Mike e Eleven.

- Eleven, não deve querer no momen... – na hora que ele ia terminar a frase Eleven começou a beijar ele, enfiando a língua dela na boca dele, depois de alguns segundos, ele, também, fez, Mike continuou a beija-la, mas, agora, acariciando ela até quase chegar ao traseiro.

- ELEVEN, eu, ainda, sou seu irmão. –Will grita tão alto que até a mãe de Mike, no andar acima, escutou.

- Will, Me deixa – Eleven fala e ela e Mike continuam se beijando.

- Michael! – a Mãe de Mike grita e Mike e Eleven param de se beijar e os outros, menos Will, seguram a risada – Se é pra vocês se beijarem no porão de casa, tem que conversar comigo e com Joyce.

- Tudo bem, mãe! – Mike diz

- Tudo bem, coisa nenhuma. Tchau... – ela bate a porta do porão e todos se assustam e Eleven tranca a porta

- Eleven, você acha que adianta trancar a porta, nossa mãe vai saber de tudo! – Will diz. Eleven gira a garrafa e cai Will para Max

- Verdade ou Desafio? – Will pergunta para Max.

- Desafio – Max responde

- Eu te desafio a beijar Lucas, de língua. – Will desafia Max e todos gritam “uh”, menos ela e Lucas. Mesmo fazendo isso normalmente, é constrangedor quando alguém espera você fazer isso. Assim foi feito, só não foi mais longo que o de Mike e Eleven. Ele fez isso, para provoca-la por fazer o mesmo com Eleven.

- Gente, que tal parar de brincar? – Will pergunta e todos fazem sim com a cabeça.

E assim foi feito, eles conversaram até 20h30min da noite, quando Joyce chegou para buscar Eleven e Will, que teriam bastante conversa em casa, após os acontecimentos da noite.


Notas Finais


Esperem que logo sairá o capítulo dois dessa história.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...