História Stranger Things - Estrada da Vida - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Drama, Mileven, Romance, Sexo, Stranger Things
Visualizações 236
Palavras 1.505
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Mistério, Misticismo, Sci-Fi, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vamos que vamos !!

Capítulo 3 - Uma noite


Ela estava pensando, mas no meio do pensamento ela olhou para o lado e Mike estava lá e ela, na hora, disse:

- Como você parou aqui? Minha porta está trancada.

- Eu desejei estar do seu lado e, do nada, apareci aqui, do seu lado – Ele diz confuso.

- Tenta voltar! – Eleven pede

- Não consigo, só se eu quiser mesmo estar em casa e, agora, eu quero estar ao seu lado. – Mike diz e Eleven o beija – Porque tenho que voltar para casa, o que aconteceu?

- Eu contei a minha mãe sobre o que aconteceu no porão e ela ficou estressada, mas, logo, ela disse que tudo bem, mas tem que se proteger. Quando nós chegamos a casa, ela pegou Will e Jasmine na cama dele, ela ficou estressada de novo e ela disse que tem medo que eu me arrependa de perder a virgindade com você e ela me mandou para o quarto refletir sobre o meu futuro. – Eleven diz e Mike fica concentrado na voz dela e de como ela é bonita, porém entendeu tudo perfeitamente.

- O que iremos fazer? – Mike pergunta ainda concentrado em El.

- Vamos falar com Will sobre o anel – Eleven diz – fique aí que eu vou verificar o local – ela sai do quarto e volta uns minutos depois – Pode vir tá limpo – Eles caminham até o quarto de Will.

- Will, este anel me fez teleportar até o lado de El – Mike diz – e agora não consigo voltar.

- Você Dorme aqui, eu explico pra mamãe amanhã de manhã – Will diz.

- E se nossa mãe pensar que eu e Mike transamos – Eleven diz

- Eu dou meu jeito – Will diz – Mike não vai a pé para casa, são 11h30min da noite e a casa dele é do outro lado da cidade. Você vai dormir aqui ou no quarto de Eleven?

- No dela – ele responde

Mike e Eleven vão para o quarto dela e Eleven tranca a porta e ele tira o pijama e fica pelado e ele fala:

- Você quer aproveitar o que não aproveitamos essa manhã – Eleven faz uma cara maliciosa e, também, tira a roupa, os dois ficam um ao lado do outro na cama de El. Ele tinha visto mais do que antes, ela não tinha muito peito,

- Você quer dormir ou aproveitar a noite? – Mike pergunta e El não sabe de onde ele tirou esse fogo, mas ela quis aproveitar o fogo dele.

- Aproveitar – na hora, ela põe a mão na parte íntima de Mike, que ficou excitado com o primeiro toque de Eleven.

- Eleven, mais rápido! – ele pede a namorada para acelerar o trabalho, ela acelerou e ele soltou um gemido baixo.

Ele foi tocado por ela na parte mais íntima dele, ele já queria fazer mais, ele queria muito mais. Ela percebeu o que o namorado queria, e, na hora, ela pega a camisinha, que roubara do irmão e fala:

- Mike eu sei que você quer! – Eleven diz.

- Você quer, mesmo? – ele pergunta.

- Sim, quero. – ela responde.

Ele coloca a camisinha e vira de frente para ela que estava deitada. Ela olhava para ele com desejo e medo ao mesmo tempo. Ele pensava que a partir desse dia tudo pode mudar. Ele quis começar e o fez e, olhando para os olhos dela, colocou para dentro e, primeiramente, pensou que não fosse entrar, mas ele fez força e ela gemeu alto e disse:

- Mike, esta doendo! – Eleven reclama.

- Você quer que eu pare? – Mike pergunta preocupado

- Não, posso continuar, eu quero ir até o fim! – Eleven responde

Ele continuou, ele inclinou-se para beija-la, Mike, ainda dentro dela, diz:

- Eu te amo

- Eu também te amo – diz dolorida

Ele deu a deixa para continuar e ele foi mais rápido, ela estava fazendo força para não gemer, mas não conseguiu, foi bastante alto, pelo menos, não acordou Joyce. Eles continuaram e eles estavam pensando, “eu estou perdendo minha virgindade”, Mike beijou Eleven e ela sorriu, com ele ainda dentro dela. Mike e Eleven não queriam dar fim. Então ele foi cada vez mais rápido. Mike disse:

- Nós temos que dormir – Mike diz e El o olha

- Sim. – El confirma.

Ele tirou a camisinha, deu um nó e jogou no lixo do quarto de El, eles colocaram seus pijamas e viram o relógio e eles estavam há 15 minutos naquela posição e ela se deu conta que havia perdido a virgindade.

Eleven dormiu abraçada com Mike, Eleven acordou primeiro, “aquilo tinha sido um sonho?” Era o que ela se perguntava e, quando abriu os olhos, ela estava abraçada a Mike e ela começou a lembrar da noite passada. Ela quando se deu conta do horário acordou o namorado:

- Mike, acorda!

- Oi, que horas são? – Mike pergunta

- 10 horas da manhã – Eleven responde e Joyce bate na porta

- Will, Eleven e Mike venham tomar o café da manhã – Joyce os chama.

Eles desceram, foram à mesa do café da manhã, Will estava estranho e Hopper havia voltado. Joyce se sentou à mesa, parecia estressada com alguma coisa e pergunta:

- Vocês fizeram alguma coisa ontem de noite?

- Não. – Os dois falam em uníssono

- e o que é isso? – Will tira um gravador de voz do colo e solta a fita na parte que ela geme e diz que está doendo, Mike e El ficaram corados – Isso é nada?

- Eleven, eu durmo um pouco e você e Mike perdem a virgindade. – Joyce fala com stress

- Mas, o que aconteceu enquanto eu estava fora? – Hopper pergunta com stress – Vocês vão ter que se explicar, AGORA! – Hopper grita

- Nós nos encontramos no porão da casa dele e eu fiquei nua na frente dele, ele tirou a blusa, ele ia tirando a calça, mas Mamãe buzinou, nós colocamos a roupa, chegamos a casa e Will estava em cima de Jasmine, mamãe deu uma bronca, fomos pro quarto, eu estava pensando na cama, quando ele apareceu, por conta do anel com poderes que ele achou e nós acabamos transando. – Eleven diz com seriedade e Hopper à medida que ela falava ele ficava mais estressado.

- Que anel é esse? – Hopper fala tentando se acalmar

- Esse – Mike diz apontando para o anel no seu dedo anelar da mãe esquerda

- O governo está à procura dele, é o artefato mais poderoso que eles tinham – Hopper fala. – Onde você achou

- Na rua de minha casa – ele disse estranhando Hopper, já que ele havia tirado a virgindade da filha dele.

- Pode usar esse anel, mas cuidado, que o poder é chamativo. – Hopper diz.

- Eu sei que isso é errado, mas porque é tão errado eu transar com Mike se nós nos amamos. – ela sorri para Mike e ele retorna?

- O errado é você estar transando com seu melhor amigo. – Hopper responde

- Nós estamos namorando – Mike diz

- Calma, Hopper, ela só está vivendo a adolescência. – Joyce diz

- Como você pode defender eles? – Will pergunta

- Eu não quis te crucificar quando vi você em cima de Jasmine – Joyce responde – Eleven, você pode, mas com camisinha.

- Tá. – El diz e faz um sorriso malvado em direção a Will

- Mike, se você ama Eleven, a proteja de todas as formas. – Joyce diz e Hopper estava a encarando.

- Sim, Joyce. – Mike diz fazendo um sorriso em direção a Eleven e ela retorna.

- Joyce, você vai deixar barato assim? – Hopper pergunta

- Nós fomos assim quando adolescentes e não gostávamos quando nossos pais se metiam em nossas vidas – Joyce diz

- Mas... – Hopper diz e é interrompido por Joyce

- Mas, nada. Nós vamos os deixar aproveitarem a adolescência deles e vamos resolver maiores problemas, já que, agora, somos adultos. – Joyce diz – Hopper, eu sei que você quer arranjar algum motivo para dizer que isso é errado, mas sua filha está crescendo e você não pode impedir.

Depois daquela fala de Joyce, Hopper não quis falar, mas sabia que Eleven está crescendo, não é mais aquela menina que ele cuidou, ela cresceu. Eleven e Mike foram falar com Will:

- Will, você nos enganou – Eleven diz.

- Você disse para mamãe o que eu fiz no carro e, agora, ela sabe do que você fez no quarto. – Will diz e Mike com os poderes do anel empurra seu amigo para dentro do quarto dele e tranca a porta.

- Me tire daqui! – Will grita

- Eleven, vamos ao cinema? – Mike diz ignorando os gritos do amigo

- Sim, que tal às 19h00min - Eleven responde.

- Passo aqui para te pegar – Mike

- Em quais sentidos? – El pergunta

- Em vários! – ele responde beijando a namorada – Pode sair Will! – diz ele abrindo a porta com o anel.

Eles estavam com o poder nas mãos, literalmente, Mike acabara de se tornar mais poderoso do que Eleven que continuava sendo muito poderosa. Eles são o casal mais poderoso da cidade.


Notas Finais


Tenso, hein?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...