História Sua prisoneira?- imagine Jimin e Jackson - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~karabella

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jimin, Personagens Originais
Tags Bts, Got7, Imagine Jackson, Jackson, Jackson Wang, Jimin, Park Jimin
Visualizações 52
Palavras 1.929
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Novo dono


7 dias depois

estava nua e chorando, algo que fazia toda vez que Jackson tranzava com migo a força, e ele estava dormindo ao meu lado nmas logo foi acordado por meu choro

J:para de chorar,minha vadiazinha - ele fala sonolento

-eu vou ir tomar água

J: tá mas volta logo senão vou te punir

eu me visto(uma camisa e um sutiã) e vou até a sala mas paro lá mesmo quando vejo uma porta que parecia estar totalmente destrancada

pensando:vou embora ou não

sen exitar abro a porta, eu já podia ver o portão e na tentativa de correr sou pega por dois guardas

Mark: e aí jaebum leva ela pro chefe?

JB: eu soltaria mas sabe como é ele

eles me levam, cada um segurando em um dos braços até o nosso quarto e batem na porta

M:jackson abre a porta

ele abre a porta e me ve, e fica com uma expressão se muita raiva

j:o que foi?

JB:essa daqui tentou fugir,mas a gente conseguio pegar ela

eles me solta e tento fugir,mas rapidamente sou prensada contra a parede

J:você gosta de ser punida

ele da um soco em minha barriga e eu caio no chão,tento me levantar mas Jackson me aperta com seu pé

J:eu te fodo aqui no corredor mesmo sua puta

ele me pega com brutalidade e rasga toda minha roupa

-jackson não...

J:eu faço gostosinho- ele desmanchou a expressão de raiva e logo aparece um sorriso malicioso- eu vou ser seu daddy,que tal?

-NÃO!!!

J:NÃO GRITA COM MIGO SUA VADIA- ele  da um tapa em minha coxa,fazendo eu gemer de dor

ele começa a socar minha barriga,por sorte Mark e JB aparecem e seguram Jackson e o levam para longe,ddepois de um tempo Mark vem e me ajuda a me levantar

M:vem s/n eu te ajudo- ele tenta me levantar só que caio

para tentar me leva tar ele me puxa de uma só vez , nas acabamos caindo e por acidente nos beijando, nmas rapidamente nos separando

-aí me desculpa Mark -falo me lamentando

M:não precisa se desculpar

Logo Mark me pega pelo colo e no caminho tento puxar assunto

- e então onde tá o jackson?

M:ah,o JB levou ele para seu escritório para ele se acalmar, e deixou nos dois aqui

ele me senta no sofá e logo pega um cobertor e me cobre 

M:boa noite s/n

-Mark não me deixa sozinha- falo com uma voz manhosa

M:tabom...

ele vem até mim e inesperadamente me pega no colo e senta me fazendo sentir sua ereção

Eu realmente ia me entregar ao Mark,ele é muito, apesar de jackson ser mais

M:que tal a gente se divertir?

Na hora que eu ouvi isso  eu  fiquei  sem  palavras 

-o que? 

M:o jackson não  tá, a  gente  pode  se  divertir  

Eu realmente  queria  me entregar ele era lindo, em outras palavras um GOSTOSO 

Eu pego sua gravata e a tiro e vejo ele fazer um sorriso malicioso 

S/n off  

Jackson  on 

Hoje  eu resolvi testar a s/n, eu vou ver  se  ela  é  totalmente  fiel  a  mim,  na  verdade  eu  nem  sai  de  casa, apenas estava na minha sala 

Mark  vaí  tenta  seduzir  ela  se  ela se deixar levar eu vou punir tanto ela de um jeito inesquecível 

Mal a vadia  sabe  que eu estou a monitorando 

20  minutos  depois 

Elês já  estavam  se beijando, eu não estava acreditando que aquela vadia estava a fazer aquilo, por mais que Mark estivesse fingindo aquilo me  dava  raiva 

J:eu ia lá  agora, é  hoje  que eu puno  essa vadia 

JB: senhor acredito que isso seja desnecessário 

J: isso é  muito  necessário 

S/n on

Mark eu estavamos nos beijando a minutos até quem eu menos esperava chegou  era jackson 

J:parece que minha babygirl não é totalmente  fiel ao seu daddy 

- Jack...Eu

J:EU  NADA  SUA  VADIA-ele passa  a  mão  pelo  seus  cabelos- pode ir  Mark 

M:tá bom- ele praticamente  me  joga  no  chão e eu  me  encolho 

J:s/no não  adianta  se encolher,eu vou te punir  de qualquer  forma 

Ele me pega violentamente  pelo pulso  e  me  leva até um  quarto e  me  joga no chão

-Jackson para tá me machucando 

J:CALA A BOCA  SUA  PUTA, ISSO NEM CHEGA  PERTO DA DOR QUE VOCÊ  VAI SENTIR  QUANDO EU TE PUNIR 

-eu só  quero  sair 

Ele chega  perto do  meu  ouvido e sussurra 

J:o que eu  fodo  primeiro? Essa sua boquinha deliciosa? Ou essa sua bucetinha apertada? 

-Para...

Ele me pega no colo e me senta na mesa,ficando entre minhas pernas, a mesa estava muito gelada e acabei  soltando um gemido 

J: Guarda  os  gemidos  para  quando esti vermos na cama 

Sinto ele abaixar minha calcinha 

Ele pega  uma algema e prende minhas duas mãos em um cano 

M:já sei,vou começar pela dor seguida de prazer

Ele  tira seu cinto e passa por todo meu  corpo  fazendo com que eu fique arrepiada ,sem exitar ele da uma chicoteada em minha  coxa e eu solto um gemido de dor 

-Jackson...Isso...Isso doi muito

Ele dá mais uma e continua

Depois de umas 20 chicotadas,minha coxa já estava vermelha,meus olhos já estavam se enchendo de lágrimas que acabei deixando algumas cair

J:para chorar vadia 

-por que você é assim comigo? -falo em meio as lágrimas 

J:s/n você só serve pra satisfazer 

Ele me solta e eu continuo  a chorar 

J:tá na hora do prazer 

Ele me pega no colo e por algum motivo eu o abraco fortemente 

J:s/n...O que foi?

-Por...favor-falo em meio  as lágrimas 

J:calma você vai se sentir  melhor depois 

Ele se senta comigo no colo e me da um selar lábios  em um beijo 

J:deixa o seu daddy começar 

Eu realmente não queria aquilo mas que escolha eu tinha

Ele tirou sua camisa e eu pude ver aquele seu abdômen ,e depois de um tempo ele já estava nu com a camisinha 

-jackson por...-Eu nem pude terminar e ele me penetrou 

Suas estocadas eram longas e fundas,por algum  motivo eu finalmente senti prazer de fazer isso, mesmo que fosse com ele

Nossas respirações estavam descontroladas cada estocada nos dois gemiamos

J:porra s/n por que você  é  tão gostosa 

Ele segura em minha cintura  e começa a fazer movimentos de vai e vem com o meu corpo 

Ele continua nesse ritmo até nos dois chegarmos em nosso ápice,jackson  se deita ao meu lado 

-Eu acho  que eu preciso  ir para o  meu quarto -falo já saindo 

J:não, fica-ele puxa meu braço fazendo nos no deixarmos juntos 

Eu estava muito cansada então nem pude sair e acabamos dormindo de conxinha 

Dia seguinte 

Estavamos eu e jackson dormindo,bem na verdade eu já estava acordada a um tempo,o único problema é que eu estava pelada e jackson estava de conchinhha fazendo eu ficar presa ali

Estava tudo bem até o celular tocar,parecia ser uma ligação 

Jackson acordou e foi até o telefone onde atendeu o mesmo bravo

Jackson/ligação on

~alo?-Disse uma voz feminina que logo reconheci 

Era quem eu menos esperava...Minha mãe

~oi...mãe o que que foi?-falei bravo 

~calma é o seguinte, eu e seu pai vamos viajar para uma reunião de negócios, e a lisa (obs:na história a lisa é irmã do jackson)tá doente,será que você é sua namorada podem ir para busan cuidar dela?

~como você sabe que eu tô namorando?

~Eu sou sua mae só pelo jeito que você atendeu Tava rolando alguma coisa,enfim Tchau 

Jackson/ligação off

S/n on

Jackson deixa o celular em cima do criado mudo e me puxa pelo pulso me prensando na parede 

J:então s/n a gente vai viajar pra cuidar da minha irmã lisa e antes eu tenho que explicar umas regrinhas enquanto eu brinco com você -ele da um chupao no meu pescoço e sobe ate o meu ouvido e sussurra -primeira regra,você só vai falar e andar quando eu mandar-ele desce sua mao até meu clitóris - segunda regra:eu e minha irmã gostamos de satisfazer um ao outro as vezes...então ve se não atrapalha

Era isso mesmo que eu acabei de ouvir?ele e a irmã fazem incesto? Que porra de família é essa

J: e tem a última regra: se você me causar algum problema seja com a lisa ou outra coisa eu vou te punir de um jeito diferente, sem prazer,só dor -ele morde o lóbulo da minha orelha e me solta fazendo eu cair no chão 

Horas depois...

Já estamos em busan agora estavamos indo pra casa dos pais de Jackson

O bairro onde estávamos era apenas de casas grandes e de gênte rica imaginava como ia ser a casa de jackson  

Minutos depois 

Estavamos já entrando na casa, aquela casa era de dar inveja,era uma mansão gigantesca provavelmente os pais de jackson eram bem ricos 

Lisa:JACKSON!!!

Ela vem em direção a jackson e os dois começam a se beijar 

Nesse momento eu senti como se meu coração tivesse se quebrado mais do que já estava

L:ah!...Quem é essa vadia-ela fala em um disanimo

J: ah ela é só mais uma coisa pra desviar nos dois, a vezes ela me satisfaz mas nada se compara a você me satisfazendo-jackson pega ela no colo

-eu sei que tá bom o incesto mas da pra falar onde é o meu quarto 

Jackson solta lisa e vem até mim com um olhar mortal e rapidamente me pega no pulso

Ele me leva até um lugar que parecia ser o quarto dele 

J:fica aqui sua vadia,se você sair...bem eu nem preciso dizer 

Ele me joga lá e fecha porta,provavelmente ele trancou  

Não demorou muito para começar escoar pela casa vários gemidos descontroladas pela casa,aquilo realmente me assustava que tipo de irmão eles eram? 

Eu não aguentei aquilo e logo me deitei na cama ali e adormeci 

Tempo depois

Sou acordada por jackson me sacudindo  

J:Acorda vadia 

Ele estava suado e estava sem camisa ,devia ter rolado muita coisa lisa e ele 

-ah,o que foi-falei manhosa 

J:s/n tá na hora de eu fuder essa sua boquinha deliciosa 

Ele me pega pelo braço e me deixa de joelhos,ele tira a calça fazendo seu membro saltar para fora

J:vai chupa -ele fala segurando o membro 

Antes que pudesse sair ele pega em meu cabelo é encaixa seu membro começando a ditar os momentos 

J:assim mesmo s/n da prazer pro seu daddy-ele aprofunda os movimentos - aaah eu acho que eu vou...gozar 

Ele continua assim até que sinto o jato líquido quente e logo o engulo 

Eu pulo de lá e me sento na cama,e logo depois jackson vem por trás e sussurra 

J:se não se importa eu vou tomar banho 

Eu aproveiteo a chance dele ir tomar banho para dormir e não o ver mais essa noite 

Tempo indeterminado...

???-acorda babygirl 

Sou acordada por uma voz que não conhecia, concerteza não era o jackson,eu não conseguia reconhecer quem era ele deve ter colocado alguma coisa tampando meu olho 

Eu tentei me soltar só que estava com os pés e as mãos amarradas 

-aonde eu tô? quem é você?

JM:Eu sou Park Jimin o seu novo dono,mas pode me chamar de daddy, e você  tá na minha casa

Ele tira minha venda e eu posso ve-lo,ele era bem bonito,mas por outro lado ele era meu sequestrador

-por favor me deixa sair-falo já chorando-eu só quero ir imbora 

JM-isso não vai rolar, desculpa minha babygirl 

Ele chega perto do meu rosto e selá nossos lábios em um baixo calmo, eu rapidamente tiro meu rosto de perto do dele, o deixando confuso

JM: ah babygirl pra que se fazer de difícil?O daddy quer tanto se divertir com você

-por favor eu só quero ir pra casa do jackson, me deixa ir 

Ele solta uma gargalhada e vem até perto do meu rosto 

JM:mas por que você você quer ir pra ele?se você não sabe ele te vendeu, ele te colocou nessa situação-ele me puxa para perto e me da chupoes, eu não aguento aquilo e começo a chorar descontroladamente- você não sabe o quanto esperei pra ficar com você babygirl

Ele me desamarra e eu vou para o canto daquele quarto escuro e choro até dormir 



 

 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...