História Such a boy - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags Luke Hemmings
Visualizações 21
Palavras 1.020
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Chapter 8


P.O.V Lisa

Confesso que estava meio receosa de ir em outra festa, a última foi traumatizante. Mas decido ir por conta de Calum que tinha pedido para eu ir com ele, e fazia um tempo que não saía com um garoto a não ser o idiota do Ryan.

Começo a me arrumar pois já estava quase na hora que eu e Calum marcamos para ele vir me buscar. Vou então para o banheiro e tomo uma ducha demorada. Assim que termino meu banho decido passar chapinha em meu cabelo, e logo em seguida visto o meu vestido preto justo e calço meus saltos. Decido passar uma maquiagem leve, passo meu perfume preferido e pronto. Desço as escadas e fico a espera de Calum. Depois de alguns minutos ouço a campainha, me levanto do sofá rapidamente, arrumo meu cabelo e vou em direção a porta esperançosa e com um enorme sorriso no rosto.

- Oi Calum-meu sorriso murcha assim abro a porta e vejo que ao lado de Calum se encontrava Luke.

- Oi-ele olha para luke- ele está sem carro e precisou sair escondido. Desculpa-Calum diz ao ver minha decepção.

- Sem problemas Hood-dou um sorriso solidário.

- Aliás você está linda-ele diz com um grande e fofo sorriso.

- Obrigada, você também não está nada mal.

- Podemos ir logo para a festa?-Luke pergunta.

- Claro! Vamos?-Calum diz pegando a minha mão e me conduzindo até o carro, e Luke foi indo em nossa frente.

O caminho de carro foi silencioso e uma coisa que não pude ignorar foi o forte cheiro de perfume masculino. Depois de alguns minutos de trânsito lento conseguimos chegar na casa de Josh que seria o local da festa. Assim que Calum estaciona o carro Luke abre a porta e sai, em seguida Calum sai e abre a porta para mim.

- Obrigada. 

- De nada- Calum diz com um sorriso bobo estampado em sua cara e logo Luke olha a cena e revira seus olhos.

Eu e Calum entramos na festa juntos. O lugar estava bem escuro com uma música eletrônica muito alta porém boa e nessa festa pude notar que não tinha tanta gente quanto a outra. 

- Quer uma bebida?-Calum indaga.

- Aceito-assim que digo ele vai para onde estavam servindo bebida.

Me sento em um sofá que tinha ali por perto. Começo a olhar por todo o local tentando ver se achava minhas amigas, mas como o lugar estava bem escuro seria quase impossível, então desisto. Depois de alguns minutos vejo Calum vindo com dois copos de bebida.

- Aqui está-ele sorri ao entregar o copo e em seguida se senta ao meu lado.

- Obrigada.

[...]

Eu não fazia a menor ideia de quantos copos de vodka eu e Calum tinhamos bebido eu só sabia que eu e ele estávamos dançando loucamente no meio das pessoas. Estava me divertido muito e pelo visto ele também.

- Quer mais bebida?-Calum pergunta gritando por conta da música extremamente alta.

- Quero sim-talvez eu já estivesse animada o suficiente mas eu queria mais então Calum foi em direção a mesa com bebidas.

Estava dançando freneticamente ao som de algum remix, até que sinto duas mãos em minha cintura que vinham de trás, não raciocinei direito então deixei e continuei dançando, logo depois sinto beijos sendo distribuídos em meu pescoço e essa pessoa se aproxima mais ainda, eu já estava ficando louca com aqueles simples beijos então decido me virar,  logo dou de cara com Luke que me olha  maliciosamente e morde seu lábio. Sem pensar duas vezes ele me puxou para mais perto ainda. Nós estávamos cara a cara e em questão de segundos ele selou desesperadamente nossos lábios, no começo eu tentei resistir mas não consegui, abri passagem para sua língua. Minhas mãos estavam arranhando seu pescoço e suas mãos estavam passeando por meu corpo, nós nos beijavamos desesperadamente. O beijo era com desejo e euforia. Mas não demorou muito a sermos separados violentamente. Assim abro meus olhos vejo Luke caído no chão e Calum montando em cima dele, e foi aí que eu tinha percebido a merda que eu fiz. EU BEIJEI O LUKE. Não demorou muito a vir um monte de pessoas para ver a briga. Calum dava muitos socos em Luke mas logo o mesmo o empurrou com força e ficou por cima, os dois começaram a socar e bater violentamente um no outro até que alguns garotos foram tentar separar. Luke estava com um corte na boca que estava  sangrando e Calum estava com sua mão no olho direito que deve ter sido atingido por um dos socos de Luke. Os dois finalmente foram separados, Calum foi em direção a porta e Luke foi para onde acredito ser o banheiro. Assim que vi Calum saindo pela porta fui correndo atrás dele.

- Calum espera-ele estava andando rápido em direção ao seu carro- vamos conversar!-grito

- Eu não tenho nada pra falar com você.

- Não entendo porque você ficou com raiva.

- Deve ser porque você estava beijando o Luke.

- Eu não pensei direito desculpa, eu sei que eu estava na festa com você, mas eu não consegui me controlar-ele continua andando rápido sem olhar para trás- não entendo o porque de tanta raiva-ele para e se vira.

-Deve ser porque talvez eu sinta algo por você.

- Eu...eu não esperava por isso, me desculpa.

- Não tem problema-ele diz isso em um tom triste e entra em seu carro. Me deixando ali sozinha com meu coração apertado.

Como eu pude ser tão burra, Luke é um idiota, nós nem nos gostamos. Eu estraguei tudo como sempre. Decido não voltar para a festa, então começo minha longa e solitária caminhada de volta para casa. Eu não estava nem aí se era perigoso eu sair pela rua de noite sozinha. Eu não estava nem aí se meu salto quebrou. Eu não estava nem aí sem tinha uns caras fazendo comentários idiotas. Eu não estava nem aí se a maldita chuva estava me deixando ensopada. Eu só queria chegar em casa, deitar na minha cama e tentar esquecer tudo isso.


Notas Finais


Oiiiii genteee! Aposto que vocês nem imaginaram que essa pessoa era o Luke em? Estava tão difícil então não culpo vocês kkkk esse capítulo ficou horrível :( juro que vou tentar fazer os outros melhores.
XOXO♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...