História Sweet brothers - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Incesto
Visualizações 11
Palavras 547
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo para vocês, esperancinhas!
Confesso que tô meio mal por vocês não estarem interagindo tanto como antes.
Preciso da opinião e critica de vocês para dar rumo a história.
Obrigada por lerem s2

Capítulo 12 - Somente nós dois - fim da primeira temporada


S/n: Jimin, preciso ir – me solto de seu abraço. Vê-lo chorando me machuca muito, mas eu preciso fazer isso.

Jimin: Tudo bem. Eu prometi á você quando te pedi em namoro que caso que se nosso relacionamento não estivesse divertido ou você não estivesse gostando iriamos parar.

Flashback on             

Jimin: Você acha que somos bons amigos?

S/n: Sim, é claro. Você é um ótimo amigo.

Jimin: E você acha que eu conseguiria ser um bom namorado como antes? – eu assenti com a cabeça. – Se namorarmos novamente e se não for divertido e você não gostar, a gente para.

Flashback off

Jimin: Se eu prometi eu vou cumprir. Vou te deixar ir, mas saiba que se um dia você estiver passando por problemas ou precisando de companhia, saiba que eu sempre vou estar aqui para você.

 

Assinto e saio dali. Eu tinha que fazer isso, não poderia continuar com ele depois do modo que ele me tratou ontem. Mas mesmo se pudesse estaria o iludindo. De longe avisto Jin sentado do outro lado da rua, provavelmente me esperando. O céu estava claro, mas havia uma acidez no ar, como se um temporal fosse iminente. Caminho até ele e o mesmo tinha no olhar um misto de felicidade e preocupação. Era claro a tristeza em meu olhar.

 

Jin: Como foi? – ele finalmente quebrou o silêncio que se localizava entre nós.

S/n:  Foi... Bom. – o olhei e ele se levantou - Ele até que aceitou, mas insistiu pra eu não fazer tal ato.

Jin: Vamos? – Ele pegou em minha mão mas eu dei um tapa leve na mesma. Se Jimin visse nós dois de mãos dadas seria capaz de entrar em depressão no mesmo instante.

S/n: Vamos! – abaixei a cabeça e suspirei.

Jin: Está triste? – pude perceber por cima do ombro que ele me encarava.

S/n: Um pouco, mas logo passa. – Comecei a caminhar. A caminhada seria um pouco longa, 15 minutos no mínimo. –

Jin: Não vai dar tempo – ele falou em um tom baixo, quase inaudível.

S/n: Como?

Jin: Vai começar a chover antes de chegarmos em casa.

S/n: Vamos fazer o quê então?

Jin: Correr seria uma boa opção – ele pegou em minha mão e começamos a correr como crianças. Todos na rua estavam nos olhando e com certeza pensando “ são loucos com certeza”.

Tentamos correr o mais rápido possível mas a chuva logo caiu. Paramos de correr e olhamos um para o outro. Ele me olhou profundamente, quase perfurando minha alma.

Jin: Você é tão linda, tão minha... – ele segura meu rosto entre suas duas mãos e me beija intensamente. Um beijo cheio de paixão. Nossas línguas brigam por espaço. Estava tudo tão maravilhoso até que tivemos que parar por falta de ar.  – Eu te amo tanto, S/n!

S/n: Eu também te amo Jin, mais que a mim mesma.

Jin: Vamos, não quero que você pegue um resfriado – Ele tirou seu casaco e colocou sobre meus ombros.

S/n: Tem espaço para nós dois aqui embaixo, não? – o olho

Jin: Não mesmo – ele ri

S/n: Claro que tem! – abracei sua cintura e passei o casaco para suas mãos.

Jin: Sempre haverá espaço para nós dois, não é? – ele ergue o casaco por cima de nossas cabeças, que são meramente cobertas.

Era isso. Sempre foi somente nós dois.

 

 


Notas Finais


Obrigada por lerem s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...