História Sweet, But So Bad - NamJin - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster, V
Tags Bangtan Boys, Boyxboy, Bts, Jikook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Namjin, Vjae, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 17
Palavras 641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura '3'

Capítulo 11 - O Peso Das Palavras


Chegamos no andar de baixo e encontramos três crianças de olhos revirados e, no caso de Hoseok, jogados no chão fazendo drama. Ainda me perguntava o porquê daquilo tudo. As únicas pessoas daquela sala que pareciam responsáveis eram Yoongi e Namjoon que estavam concentrados em um jogo qualquer de celular.

- Vamos? - Perguntou Taehyung animado, provavelmente ainda não percebendo os olhares de ódio vindos de Jimin, Hoseok e Jungkook.

Em silêncio, decidimos ir ao carro para não nos atrasarmos mais para ir até aquela festa. Taehyung decidiu dirigir, Jungkook ficou no banco do passageiro com Jimin em seu colo e, nos bancos traseiros, ficaram Hoseok no meio com Yoongi em seu colo, Namjoon atrás do casal de adolescentes com mentalidade de crianças (conhecidos também como Jimin e Jungkook) e eu atrás de Taehyung.

- Vocês demoraram tanto para se arrumar ou sei lá p que estivessem fazendo no quarto de Taehyung... Se não conhecesse vocês acharia que estavam se pegando lá no quarto. - O inconveniente do Jimin falou, levando um empurrão forte de seu namorado, Jungkook.

- Vindo de Jin eu não duvido de mais nada que possa acontecer. - Falou Namjoon com o rosto com traços de criança emburrada por não ganhar doces antes do almoço, ganhando meu olhar confuso.

- O que quer dizer com isso, Namjoon? - Perguntei com indignação com o motivo de ele não poder falar assim de mim quando mal me conhece direito.

- Como assim, gente? O que está acontecendo aqui? - Taehyung perguntou claramente confuso com a situação do momento.

- Não sei o que quero dizer. Talvez MinJae saiba responder melhor, pergunte para ele já que sabe pronunciar tão bem seu nome e dizer o quanto ele é bom no que faz. - Namjoon me respondeu olhando em meus olhos com desgosto.

- Queria estar no lugar dele, meu amorzinho? - Falei com toda ironia que conseguia.

- Não, obrigado. Prefiro não transar com uma vadia que come qualquer um em um banheiro de um ambiente público. - Falou ele.

- Ah! Então você ouviu? Que bom para você, não é mesmo? Teve um pornô auditivo de graça. E aí? Como foi a nova experiência? - Falei usando meu sorriso mais irônico, ainda olhando em seus olhos, notando um claro desconforto de quem ouvia.

- Gente! Querem parar com essa idiotice? - Tae falou aparentemente no rumo de perder sua paciência, estacionando o carro em um estacionamento do lado do tal lugar da festa. - Namjoon, nunca chame alguém assim! Você sabe muito bem o peso de suas palavras. E, sinceramente, foda-se com quem o Seokjin tenha algum relacionamento, porque não importa para você e para ninguém mais que não seja ele. O Jin já tem idade suficiente para cuidar de si mesmo. Quando ele quiser sua opinião, ele vai pedir, porém até agora ninguém pediu, então, vê se cala a porra da tua boca. - Ele falou irritando olhando nos olhos de Namjoon. Já podem avisar o mundo, porque eu amo o Taehyung. Tenho certeza que nunca poderia ter tido um melhor amigo melhor que ele.

- Eu agradeço a preocupação, TaeTae. Não precisa se preocupar comigo, porque eu posso ser chamado de vadia mesmo. Quer uma prova disso, Namjoon? Olhos servem para ver. - Falei saindo do carro e entrando na casa com luzes coloridas e pessoas espalhadas por todos os lados.

Dei uma olhada no ambiente, avistando um garoto moreno virado de costas. De alguma forma, aquele corpo me parecia familiar, porém tratei de ignorar essa sensação.

- Olá, aceita um drink? - Perguntei ao garoto. Ele se virou em minha direção, fazendo uma feição surpresa, assim como a minha.

- Kim SeokJin? Que surpresa te ver por aqui. Saiba que beber com você seria um prazer. - Ele fala com aquele sorriso, causando outro em mim.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...