História Sweet, But So Bad - NamJin - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster, V
Tags Bangtan Boys, Boyxboy, Bts, Jikook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Namjin, Vjae, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 20
Palavras 223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura '3'

Capítulo 9 - Medos


De alguma forma, aquela lágrima me preocupou de um jeito que não me preocupava há tempos. Parte de mim se sentia mais humana, porém outra se sentia traída. O que poderia estar acontecendo comigo? Como uma pequena partícula líquida poderia provocar todos esses sentimentos estranhos em mim?

Depois de me perder no meu próprio mundo de pensamentos, observei a face de Taehyung, podendo notar várias lágrimas correndo em suas bochechas. Eu não me lembrava da sensação de proteção que sempre tive com os seis meninos que me acompanhavam desde minha infância. Como eu era o mais velho, sempre que vinham chorando em minha direção, eu cuidava de cada pedaço de seus corpos, querendo saber o motivo de suas lágrimas e tentando achar uma solução ou apenas um aconchego. Eu cuidava deles como queria que minha omma cuidasse de mim, porém não pôde com minha perda.

Sem nem mesmo saber o motivo de suas salgadas lágrimas, o abracei como se nunca tivesse sido corrompido pelo meu destino. Como se eu tivesse um pouco de humanidade. Talvez eu até poderia ter um lado sentimental e humano como antes, mas ele estaria escondido nos meus mais profundos sentimentos que restaram. Talvez isso poderia ter sido criado apenas como um escudo contra o medo.

Poderia eu ser apenas um garoto confuso e perdido no meio da escuridão?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...