História Sweet Dreams - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ian Somerhalder, Nina Dobrev
Personagens Emeraude Toubia, Ian Somerhalder, Joseph Morgan, Nina Dobrev
Tags Drama, Ian Somerhalder, Nina Dobrev, Romance, Violencia
Visualizações 9
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


→ Olá meus amores, essa é minha primeira fanfic e eu espero de coração que vocês gostem não esqueçam de curtir e deixar nos comentários sua opinião.
→ Não se esqueçam que plágio é crime!

Capítulo 3 - Capítulo 2: Naughty Girl.


Menina Levada.

Katherina Woods.

–  Você realmente acha que eu devo fazer isso? - Perguntei para Damon o olhando atenta.
   Olhei rapidamente a loura em minha mesma havia pegado meu ursinho e estava rindo de mim junto há duas garotas, elas faziam caretas para mim e caçoavam do meu pequeno ursinho, aquela situação me deixava com raiva mas também triste, eu queria fazer amizade com elas mas elas eram tão cruéis comigo.
     – Sim! Vá Katherine, chute as pernas da garota loura e pegue seu feupudo de volta! - Disse Damon animado e com uma manipulação nítida em sua voz.
       Meu mais novo amigo, Damon, dizia isso e seus olhos brilhavam enquanto ele parecia imaginar a cena ou algo assim. Eu não sei se aquilo era o certo a se fazer e se mamãe ficaria se eu o fizesse, mas mamãe estava conversando com algumas moças de igreja e eu realmente não queria atrapalhar, então talvez fosse melhor seguir o conselho de Damon e chutar a menina, afinal ela fora muito mal educada comigo e merecia isso. Sem muito tempo me aproximei da garota sentindo uma certa raiva dominar meu corpo assim que ela jogou totó no chão, assim que estava perto de seu corpo frágil e pequeno chutei suas pernas com uma certa força, vendo a expressão da garota mudar e em um movimento rápido ela deixar meu urso cair no chão colocando suas mãos em suas pernas, ela estava com os olhos marejados e suas amiguinhas a olhavam com preocupação.
     – Nunca mais mexa com meu ursinho, nem comigo! - Falei de uma forma grossa com a garota em minha frente.
    Peguei meu ursinho no chão, dei de ombros e deixei a garota atrás de mim em prantos, talvez fosse a dor mas isso era o que menos me importava, ela mereceu aquilo. Ouço um riso atrás de mim e já sabia que era Damon provavelmente se divertindo com a situação, mas não era divertido, eu fiz o que ele mandou e deu certo.
   – Você é uma garotinha levada! Gostei disso pequena Kath. - Damon falou e soltou um leve riso irônico.
   Damon acabou ficando na minha frente, fazendo com que meus olhos castanhos se encontrassem com o seu de uma forma rápida e intensa, sem poder segurar deixei um sorriso amarelo transparecer em meus lábios junto há um pequeno risinho fofo, abracei meu ursinho e corri até mamãe assim que ela me chamou para ir embora.

                                                                                                             °°°

Ouvi mamãe me chamar para jantar, suspirei e deixei da lado minhas bonecas logo me levantando caminhando para a porta, porém alguém me interrompeu.
   – Você vai jantar agora? Eu sei que você não quer jantar, diga que não quer! - Damon falou como se fosse uma ordem e não uma simples frase.
     Era verdade, eu não queria jantar mas caso eu falasse o contrário talvez fosse muito rude, ou não. Eu realmente não estava com fome, gostaria de ficar em meu quarto brincando com minhas bonecas e apreciando a presença de Damon.
    – Eu vou falar com ela... - Falei de modo baixo olhando para Damon.
     Coloquei meu corpo para fora do quarto e caminhei em passos rápidos até a escada.
    – Mamãe, eu não vou jantar hoje! Falei de um modo alto fazendo que ela me escutasse, logo ouvi a panela ser tampada e os passos de minha mãe até a escada onde eu me encontrava.
    – Como é? E por que não? - Mamãe falou de uma forma calma e seus olhos castanhos me olharam com preocupação. Ela vestia um avental branco e estaca com suas mãos lambuzadas de molho, era nojento.
  – Eu não estou com fome, então não vou comer... - Falei de forma simples mordendo o canto de minha bochecha num ato de nervosismo. 
   Vi minha mãe semi cerrar os olhos para mim como se estivesse tentando entender o que eu disse, o que foi estúpido pois dava claramente para entender.
   – Mas Katherine... Minha mãe tentou falar me fazendo interromper a mesma de imediato a fazendo arregalar os olhos.
  – Já disse que eu não quero e não vou comer!
     Minha voz agora estava de uma forma alta o que me fez me assustar comigo mesma, rapidamente corri até meu quarto e fechei a enorme porta atrás de mim. Estava com medo que mamãe me batesse ou contasse para papai que fui rude, o conselho de Damon não funcionou, eu estava me sentindo péssima mas por que era tão errado? Eu somente disse que não queria comer, não foi tão errado assim, eu não preciso me sentir mal educada, eu só falei a verdade, apenas.


Notas Finais


Olá meus amores, oque vocês acham desse capítulo? parece que a influência do Damon na nossa pequena Kath já está fazendo efeito, continuo ou não? Não esqueçam de curtir e comentar a opinião de vocês, beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...