História Talk to me tonight. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Fiz essa parte agora
Tentei em todo momento não errar nada, se tiver algum erro perdão
Aproveite a leitura ^^

Capítulo 3 - The owner of my tears


Fanfic / Fanfiction Talk to me tonight. - Capítulo 3 - The owner of my tears

Eu havia acordado um pouco mais cedo hoje, pelo menos mais cedo do que regularmente, minha mãe me grita pedindo para que eu cuide de Laura e Ana Clara, minhas duas primas, resmungo coisas desconexas e volto a dormir até minha mãe gritar novamente e eu com raiva pego meu edredom e desço pra casa da minha tia, deito no sofá como sempre faço quando se trata de eu cuidar delas, e fico escrevendo em meu caderno

As lágrimas estão caindo sem permissão nenhuma, elas nunca me perguntam se eu quero chorar, eu digo a mim mesma

"Seje forte, pare de chorar por algo tão idiota como esse seu amor unilateral", mas quando olho estou novamente em minha cama encolhida e chorando ao som de Troye Sivan...

Paro de escrever quando vejo Laura aparecer sorrindo

Fez xixi na cama de novo?- perguntei já sabendo a resposta

Fez- diz ela com medo de eu brigar com a mesma

Xixi é no banheiro Laura- Digo não alto mas firme

Ela afirma, chamo Ana Clara e faço a mesma trocar a irmã, dou uma bolacha recheada pra duas comer e deito novamente no sofá, eu queria escrever mais, só que o sono me atingiu e acabei dormindo, não por muito tempo pois ouvi Ana Clara me chamar e dizer que Laura não a deixava assistir em seu celular, brigo com Laura e minha mãe grita dizendo pra mim mandar Laura para minha casa, a mando pra lá e volto a dormir.

Acordo 11:34, ligo pra minha mãe e pergunto se posso ir tomar banho para ir ao colégio, a mesma confirma, pego as roupas das meninas e subo pra casa, chegando na mesma, tomo banho com Ana Clara, quando íamos nos trocar em meu quarto percebo que temos visitas mais específicamente masculinas na sala e eu não passaria de toalha, pedi a minha mãe que trouxesse as nossas roupas, nos trocamos, arrumei Ana Clara bem bonitinha e fomos almoçar, comi pouco dessa vez, termino e deixo o resto das pessoas sentarem para comer.

Penteio os cabelos e coloco meus colares, vou a lavanderia e pego uma troca de roupa para o ensaio do grupo hoje, mas quando vou guardar escuto a buzina de Beto

"Droga" penso comigo mesma e corro com duas bolsas e uma troca de roupa na mão.

Entro na Van e fico o caminho todo conversando com Maria, Lara não foi novamente ao colégio.

Chegando no colégio, tinhamos aula com a professora de Artes, a mesma pergunta de nosso trabalho sobre cena teatral, mas se era semana de jogos sem aulas, por que diabos ela estaria pedindo o trabalho?

Tivemos que escrever em um papel o porque de não temos trago o trabalho


Leandra Ferrari

N°: 20

1° E

Escola Estadual Bernadete

Professora: Florinda Cruz

Artes

Eu não entreguei o trabalho pois uma integrante do grupo não está na aula

Isso mesmo, Gabriela não foi a aula, nem ela e nem Fernanda, eu não sei se estava aliviada ou chateada, entreguei a folha e aquela professora não parava de falar sobre coisas aleatórias, estava quase a interrompendo e dizendo que eu precisava ir.

Depois de um longo tempo, ela me deixou ir e eu pude trocar a calça e chamar o grupo para ensaiar

Tatiane, levanta o cu daí e vamo ensaiar- digo para a líder do grupo

Tatiane me olha com uma cara de surpresa

Nossa, não precisa ser grossa Leandra- ela diz com tom de ofendida

Eu poderia ter falado pior como: Tatiane levanta a porra do cu daí e vamo ensaiar agora- digo abraçada a Mariana

Não, você poderia ter dito: Vamo ensaiar Tatiane? Leandra - ela ainda diz ofendida

Ta ta- me solto de Mariana- Vamos?

Miguel, trata de apressar todos, fomos até a coordenação e depois almoxarifado para conseguir o som, tivemos que conversar com o Diretor para que a gente podesse ensaiar em uma sala vazia, arrumamos as carteiras e eu ajeitei o som

Durante um tempo longo, tentei ensinar a coreografia para Tatiane, já que a mesma não pode ir a nenhum ensaio ainda.

Tivemos, bastante discussões, brigas, risadas, etc...

Quando eu dei a ideia de fazermos uma disputa de dança, eu contra Miguel e Valentina contra Tatiane

Eu e Miguel fizemos isso por um bom tempo, eu realmente estava bem animada

Em uma hora, perto da 3 da tarde, sentamos em uma roda, e eles pediram para que eu lesse meu caderno, envergonha, dei o mesmo para Valentina e pedi para que ela lesse, meu caderno foi passando de mão em mão, para cada um ler um pouco, quando cheguei no final todos me olhavam e eu estava com vergonha pois é diferente você escrever e alguém ler só pra ela, e alguém ler pra todos.

Eu ensaiei mais alguns passos, depois descemos para o salão nobre, vimos Miguel dançar Boy meets evil do nosso amado Jung Hoseok, e gritamos muito, teve bastante músicas, quando deu 17:01 subimos para pegar nossas mochilas na sala 14, onde havíamos deixado.

As meninas foram pra casa e eu e Mariana ficamos sentadas uma de frente pra outra conversando aleatoriamente

Se quiser conversar sobre a Gabriela, qualquer momento eu estou aqui- ela diz fazendo um sinal de "V" com a mão

Sorrio e afirmo, em meus fones tocava meu querido "The night we met" eu estava neutra, não senti muito coisa hoje, ela não estava comigo hoje...

Quando o sinal tocou, subi com Miguel e Mariana, dou um abraço em Mariana como uma forma de dizer adeus, mesmo não sendo um adeus...

Fiquei conversando e rindo com Miguel até Beto buzinar lá da outra esquina, atravessei a rua e entrei na Van, coloco meus fones e escuto minhas músicas depressivas.

Chego em casa, vou ao depósito peço a chave de casa, subo, vou ao banheiro, me troco, e deito na cama e entro nas minhas redes sociais, até eu cair no sono por um curto tempo

Converso um pouco com Gabriela e pergunto o motivo de ela ter me falado que não iria a aula, aviso sobre o trabalho e conversamos um pouco, depois não falamos de mais nada, olho sua foto de perfil, ela é tão fofa...

Acordo as 19:37 e pego meu caderno

Recebo uma notificação de que alguém havia também comentado uma foto de Gabriela, aperto na mesma e vejo


Fernanda comentou: "Ela é minha princesa mesma ela aaaa🖤🖤🖤"

Olho aquilo e logo vejo uma resposta 

Gabriela comentou: "amorzinhoo ❤❤❤❤" 

Sinto meu coração falhar, é, ela realmente ama a Fernanda, digo a mim mesma 

Olá caderno de lágrimas, hoje ela não foi, o motivo de minhas lágrimas não foi...

Mas ela me fez chorar novamente...



Notas Finais


Terminei o cap. De hoje, agora irei ouvir minhas músicas bye~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...