História Teach me, senpai! - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Gay, Hard, Lemon, Senpai, Yaoi
Visualizações 40
Palavras 832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiiiii genteeeee, sou eu de novoooooo! Prometi postar mais e aqui está! Quero agradecer ao novo favorito e aos comentarios de apoio que me fazem nunca desistir. Vos amo muito. Desculpem os erros de ortografia e espero que gostem!

Capítulo 17 - Aceito se comer!


Fanfic / Fanfiction Teach me, senpai! - Capítulo 17 - Aceito se comer!

Pov's Sara, hora do almoço

-Amor! - exclamo ao ver Thiago e Laito rindo e caminhando em minha direção. Corro para seus braços e o encaro séria.- É o Ethan...- a sua expressão feliz fecha.

-O que se passou ele conversou contigo? - perguntou-me.

-Não, ele faltou às aulas...-respondi.

Os dois à minha frente ficam espantados e o meu namorado vê o telemóvel:

-Uma mensagem... dele! - eu e Laito nos apróximamos.

De:mano

      Eu saí correndo pois tinha algo a fazer. Faltei às aulas pois estou a ficar doente. Não te preocupes e não andarei mais contigo e com os outros na presença do Siho? Porquê? Bem... não gosto muito dele! Até logo, maninho.

-Desculpa Thiago, mas o teu irmão passou-se!- exclama Laito

-Pois... é o que parece... -Thiago responde

-O que será que ele tem contra o Siho? Ele não lhe fez nada! - digo matutando.

-Verdade, onde ele e o Miu estão?- Laito questiona.

-Não vieram! - sorrio de lado vendo os outros fazendo o mesmo! -Tudo tarado aqui!-Rimos e fomos para a cantina almoçar.


Pov's ????

-Vês bebé... eles nem se preocuparam! - digo vestindo o casaco.- Eles, ao contrário de mim, não se preocupam contigo! 

-Obrigada por me fazeres entender linda! -ele me dá um selinho- e já agora a tua língua é demais... fizeste aqui um trabalho, em baixo- sorrio.

-Já devias saber... E-chan... eu não brinco em serviço...- apalpo o membro dele e saiu da sua casa. Pedo o telemóvel e ligo para o mestre:

-Mestre... consegui... mas fizemos uma coisa má! -conto manhosa.

-E o que foi? -ele pergunta rouco.

-Eu chupei-o mestre... -arfo

-Que vádia má... quero-te aqui na escola já e em minha casa às 18:15... terás punição! 

-mmm... sim daddy! -gemo, me derigindo ao colégio.


Pov's Miu

Sinto algo se mecher em meu membro, abro os olhos e me deparo com Siho, dormindo na posição em que adormeceramos, com um biquinho fofo nos lábios derigido para mim. 

-Lindo...-susurro e beijo aquele biquinho. 

Pela minha cabeça passam flashes do que fizeramos e sorriu ainda mais. Tinha que sair de dentro dele, ainda, mas não queria magoá-lo. Devagar, tentei sair. Mas parei ao ouvir:

-Aww...- escapar dos lábios do ser pequeno em cima do meu peito. Sinto o meu membro dar sinal e pequenas risadas:

-Estás acordado seu desgraçado?- pergunto.

Ele me olha ensonado mas com cara de mau:

-Desgraçado é você- ele boceja-ficando a me olhar, me dando beijos e endurecendo seu membro, seu tarado! 

Riu.

-Isso tudo porquê? Você sabe?

-Não e não quero saber, estou com sono e dorido... e com meia tesão! 

-Quer ajuda?

-Não seu tarado. Me deixa domir! -ele resmunga baixinho com voz de criança

-Não... não antes de eu fazer uma coisa... 

-Faz e me deixa!

-Credo, como tu fica quando acorda! -eu o olho incrédulo

-Ainda não viste nada... enfim... o que tens que fazer antes que eu durma?

Saio um pouco de dentro dele e o estoco. Ele, arregala os olhos e geme:

-Ahhhhh! 

Mordo o seu pescoço e ele morde o meu.  Chupamos os dois. Retiro o meu membro dentro dele, quando o sinto enrijecer. Siho para o chupão e põe a mão em sua entrada:

-Ahhhh daddy... não tira.... agora da vazio...

-Para isso tu acorda! E sou eu o tarado! - ele cora e eu lhe dou um selinho.-Eu já trato dessa ereção! -ele fecha as pernas.

Vou até a sala, na minha mochila, mesmo nu e tiro a caixinha. Vou até Siho, este está deitado com os olhos fechados, se mansturbando e com dois dedos dentro de si.

-Que visão! 

Ele pára e se tapa com o lençol. 

-P-P-Pensei que ias d-d-demora-a-ar.

Vou até ele, me ponho de joelhos e ponho a caixa em suas mãos. O vejo arregalar os olhos e lágrimas se formar.

-É piada!-ele diz trémulo.

-Eu sei que só nos conhecemos ontem... mas... eu apaixonei-me por todos os teus promenores... quero ficar contigo pro que der e vier, ser o teu abrigo quando as coisas estiverem mal, ser o único a te comer como fiz ainda agora- eu pisco para ele, e ele sorri abrindo a boca para me xingar-Eu sei, sou um tarado... mas contando que estejas comigo tudo bem, serei tarado só para ti! Eu tirei-te a virginidade... e quero que por favor, não penses que foi só desejo carnal, pois não foi... apesar dessa bundona e coxa aí... então... Siho- eu ponho a mao por cima da dele abrindo a caixa, mostrando um anel de ouro com pequenos diamantes, lágrimas grossas escorrem pela face do meu amado- fazes-me o rapaz mais feliz do universo e ficas oficialmente meu namorado e não, um simples amigo colorido? 

Ele ri e eu o puxo mais para perto de mim, ele enrola as suas pernas na minha cintura e susurra me arrepiado e me levando à loucura:

-Só se me foderes de novo... mais selvagem e duro daddy! 

Ataco os seus lábios mas ele se afasta:

-Eu tava a brincar, eu tou com fome... só aceito se comer.

-Tá... podes me comer. - Eu o jogo na cama e ele bufa.

-Eu quero mesmo comer...

-E eu quero ser comido- apalpo o seu membro de força, eu sorrio de lado, e ele....



CONTINUA







Notas Finais


Quem está odiando a tonta da rapariga que anda a meter coisas na cabeça do nosso querido Ethan? Sim... eu sou má! E agora será que há lemon, ou será que não? Se eu tiver tempo... saberão ainda hoje... se não... só amanhã! Até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...