História Tell Me You Love Me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Demi Lovato, Fifth Harmony, Grey's Anatomy, Joe Jonas
Personagens Demi Lovato, Personagens Originais
Tags Anorexia, Bulimia, Mutilação
Visualizações 18
Palavras 1.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi Genteeeee
Essa é minha primeira historia,espero que gostem <3

Capítulo 1 - One


Meu celular tocava desesperadamente em cima do meu criado mudo, o peguei com muita dificuldade e atendi. 

-Alo? Sofia? -a voz da minha mãe estava apressada e o barulho ao fundo era de gritos, sirenes e burburinhos. 

-Pode falar-eu disse tentando me levantar e ver que horas eram. Sem sucesso, pois tudo começou a rodar. 

-Não vou conseguir chegar a tempo de jantar com você, acabou de chegar vários traumas e a Bailey quer todos os cirurgiões aqui para ajudar. 

-Está tudo bem mãe-eu disse desanimada. 

-Peça uma pizza para você, tenho que ir. 

  Logo o telefone ficou mudo, ela havia desligado sem ao menos se despedir, tentei não ficar triste. Tirei meu cobertor de cima de mim e tentei me sentar, olhei para a janela e estava escuro. 

  -Merda!!-disse quando vi o horário no meu celular, eram quase oito da noite e eu tinha esquecido da festa de aniversário de Lauren, minha melhor amiga.

Levantei rapidamente e minha visão ficou escura, fazia dois dias que eu não me alimentava.Me recuperei rapidamente e fui tomar um banho gelado pra acordar,me despi e olhei meu reflexo nu no enorme espelho. 

GORDA 

Desviei os meus olhos cheios de lagrimas da minha imagem e seguir para o chuveiro, a agua gelada caiu em minha pele quente e não liguei. Atualmente não ligo pra mais nada em minha volta,não ligo para mim mesma.Escovei meus dentes ali mesmo e lavei meu cabelo.Me enrolei em uma toalha e fui em direção ao meu quarto. 

Meu celular vibrava freneticamente em minha cama com a imagem de Lauren estampada na tela. 

  -Oi-falei cuidadosamente. 

-Sofia sua piranha,a festa está rolando faz horas e nada de você chegar. Onde você está?-Falou com raiva, dava pra ouvir uma música super alta ao fundo. 

-Eu estou me arrumando e logo vou estar ai,relaxa. 

-Acho bom-falou convencida-hoje é dia de festejar querida, já avise sua mãe que você vai dormi aqui. 

-Ela está muito ocupada agora para me atender-ri nasalmente. 

-Não fique triste Sofi,eu te amo okay? 

-Eu tambem,logo estarei ai-falei e desliguei. 

  

Me vesti com um shorts jeans e um cropped bem larguinho para não mostrar minhas banhas, calcei meu adidas peguei meu celular e desci.Chegando na sala deixei um bilhete para minha mãe falando que eu ia dormi fora,olhei em minha volta e meu olhar ficou preso em uma foto de Penny.Penny era a namorada da minha mãe e á deixou faz um ano e meio, minha mãe não diz diretamente, mas no fundo me culpa. 

  

FLASHBACK ON 

  Hoje é domingo,primeiro domingo do mês e isso significa que minha mãe vem me ver. Levantei e fui em direção ao banheiro fiz minhas higienes matinais. Olhei pela janela e estava um dia maravilhosamente ensolarado. Desci as escadas e me sentei com minha mãe e Penny na mesa para tomar café da manhâ,peguei apenas um café sem açúcar e comecei a tomar. 

  -Só vai tomar isso querida? -Perguntou Penny. 

-Acordei meio enjoada-menti. 

  O clima estava pesado, era hoje que Arizona chegaria. Sempre quando ela vem o clima fica assim,a relação de de Callie e Penny não estava andando muito bem e para melhorar Penny era extremamente ciumenta quando minhas mães se encontravam. Minha mãe logo desce e me dá um beijo na testa. 

  -Bom dia-diz enquanto passava direto por Penny. 

-Bom dia-falamos juntas. 

-Filha pode tratar de comer algo, você está muito magra.-me olhou preocupada. 

-Não me sinto bem mãe-sorri tentando acalmar ela. 

  Logo a campainha toca e saio correndo. E Arizona, lá estava minha mãe loira e com seu docê sorriso, a abraço e sinto seu cheiro, meu deus aquilo era tão bom. 

  -Oi docinho-ela afaga meu cabelo. 

-Mãe como eu estava com saudades-falo enquanto saiu dos seus braços. 

-Eu também-ela sorri para mim. 

  Entramos em casa e todas as cumprementam.Por mais que eu gostasse de Penny eu preferia minhas mães juntas novamente, é obvio que ambas se amam e tenho certeza que Penny já tenha percebido.O dia passou tão rapido,Arizona era incrivel,fomos assistir filme no cinema, depois fomos em uma feira de artes no centro e lá ela me fez comer algo pois disse que eu estava muito magra,eu ri quando ouvi pois sou horrivelmente gorda.Fui pra casa de táxi pois mamãe iria para seu hotel, da última vez que ela dormiu lá em casa não foi muito legal. 

Paguei o taxista e subi até meu apartamento. Conseguir ouvir gritos mesmo sem entrar em casa,eram de minha mãe e Penny.Entrei e elas não perceberam minha presença,Penny estava com malas prontas. 

  

-Eu sei que você ama ela Callie,você me usou todo esse tempo-falava. 

-Eu te amo Penny,não faça isso com nós-minha mãe pedia. 

-Faz tempo que nós não damos certo Calliope,só não torne isso mais difícil-falou saindo pela porta.Ela me olhou e beijou minha testa e saiu de nossas vidas. 

-Minha mãe estava sentada no sofà soluçando, fui até ela. 

-Mãe eu sinto muito-a abracei.Logo ela se soltou de mim violentamente. 

-A CULPA É TODA SUA-me assustei pois ela estava gritando-SE NÃO FOSSE VOCÊ ARIZONA NÃO PRECISARIA VIR AQUI, MAS VOCÊ SEMPRE TEVE QUE ESTRAGAR TUDO, DESDE QUANDO VOCÊ NASCEU EU NÃO TIVE PAZ POIS TUDO É SOBRE VOCÊ,SEMPRE COM PROBLEMAS NA ESCOLA,PROBLEMAS COM PENNY,PROBLEMAS E MAIS PROBLEMAS.EU SEMPRE TIVE QUE VIVER POR VOCÊ E OLHA OQUE VOCÊ FAZ POR MIM! DESTRUIU OQUE RESTAVA DE UMA NAMORO. -Ela falava, estava bêbada mas aquilo me machucou de uma forma,ela nunca tinha falado ada parecido pra mim. 

  

Subi correndo para meu quarto, e joguei na cama e chorei.Sabia que tudo que ela tinha falado era verdade,eu era só um fardo que ela carregava,eu só atrapalhava. Eu não deveria existir.A dor era tão grande e eu só queria me aliviar. Segui em direção a minha gaveta e peguei minha lamina,abaxei uma calça e fiz o primeiro corte,não senti nada,fiz o segundo com mais força. Cada corte que eu fazia um pouco da dor ia embora e meu corpo era tomado pelo alivio,era nesse momento que eu esquecia tudo,eu só focava naquela sensação de paz. 

  

FLASHBACK OF 

  Logo acordei de meus pensamentos e segui em direção a porta. Como a própria Lauren disse hoje é dia de festejar, fecho a porta e chamo um taxi e lhe passo o endereço da casa da minha melhor amiga. No caminho eu olhava a cidade, como New York pode ser tão linda seja de noite ou a luz do dia? Vários bares abertos, o público invadia a calçada e um pouco da rua, pessoas felizes, pessoas tristes, pessoas bêbadas. 

-Chegamos. - O taxista me olhou, eu logo o paguei e sai do carro. 

Olhei para a grande casa de Lauren.Meus ouvidos já doíam só de ouvir a música alta da rua mesmo. 

-È Sofia, tente aproveitar-disse para mim mesma enquanto eu ia em direção a casa. 


Notas Finais


Desculpe-me qualquer erro de gramatica amizades,até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...