História The Babysitter. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Sádico, Sadismo, Sadomasoquismo, Sexo, Submissão, Violencia
Visualizações 332
Palavras 1.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha só quem voltooou hehehe sou eu!!!

Desculpem pela demora, e sim, já tô com um celular novo.

Boa leitura amores♥

Obs: O restante da fic será pela visão do Jimin.

Capítulo 3 - Três.


Fanfic / Fanfiction The Babysitter. - Capítulo 3 - Três.


Park Jimin.




- Será que está bom? - Me questionava, olhando no espelho do elevador da empresa Jeon's.

Estava um pouco nervoso com o que o senhor Jeon queria comigo, também não tinha compreendido a frase que ele havia me dito ontem na hora em que estava indo embora "Foi bom ter te visto Park, e vai ser ainda melhor te ver amanhã" essa frase estava atormentando meus pensamentos. Aquele alfa bastardo, gostoso para um caralho.

Me olhei mais uma vez em frente ao espelho e me virei para a porta de metal. Em menos de segundos que eu havia virado, a porta do elevador se abriu.

Suspirei mais uma vez e sai da caixa de metal, que logo após se fechou. Avistei uma porta gigante de madeira com detalhes em prata escrito Jeon ao lado, inspirei fundo novamente enquanto caminhava até a porta.

Bati duas vezes na porta, e logo após escutei um “Pode entrar”, dito friamente pelo lado de dentro.

Pelo seu modo de tratamento, comecei a sentir pena de seus funcionários, ou melhor, pena de mim.

Girei a maçaneta da porta, e quando a mesma se abriu me vi novamente naquele ambiente desconfortável, e com uma enorme tensão perceptível, como ele pode não se incomodar? Deve ser de sua natureza.

Quando o avistei, e encarei aquele olhar sombrio, que parecia penetrar minha alma, e de lá tirar todas as informações que gostaria, seguido a um sorriso de lado, mostrando o quão adepto a situação ele se encontrava. Que filho da Puta!

-Olhe só, quem realmente compareceu, tenho que confessar, apostaria que hoje não veria você.- Ele disse, se levantando da sua cadeira e se direcionando até onde eu permanecia quieto, e calado, me cumprimentando com um aperto de mão, que retribui com bom grado. Não sei porque, mas essa ação, fez com que um arrepio percorresse por todo meu corpo, e por um estante nossos olhares se cruzaram e eu acabei sorrindo, sendo acompanhado por ele, me trazendo um alívio momentâneo.

-Pode se sentar Park. - Falou Jungkook que ainda segurava minha mão, a soltando rapidamente e me mostrando onde deveria me sentar, para que possamos começar o real motivo de estar ali.

Ele abre uma de suas gavetas e de lá tira um envelope médio, me entregando em seguida.

- Leia. - Foi a única coisa que ele disse, obedecendo seu pedido, acabo abrindo-a, em sua frente.

" De: Jeon Jungkook.

Para: Park Jimin.

Os termos a seguir são partes de um contrato vinculante entre o Dominador e o Submisso(a).

OBRIGAÇÕES:

•O dominador se responsabilizará pelo bem-estar, treinamento, orientação e disciplina adequada do Submisso(a). Ele decidirá a natureza de tais, tempo e o lugar de sua administração, sujeitos aos termos, limitações e procedimento no presente contrato ou previamente nele.

 

•De acordo com esta condição,o Submisso(a) deve servir e obedecer ao Dominador em tudo. De acordo com os termos, limitações e procedimentos de segurança de acordo, estabelecidos no presente contrato ou em forma de aditamento, ela oferecerá sem questionar ou hesitar o prazer que ele solicitar e aceitará sem interferir ao treinamento, a orientação e a disciplina do Dominador na forma que for.

DISPONIBILIDADE:

•O submisso(a) estará disponível para o Dominador nas noites de sexta-feira até as tardes de domingo, todas as semanas durante a Vigência em horas a serem especificadas pelo Dominador (“as Horas Designadas”). Mais horas podem ser mutuamente acrescentadas, se concordada por ambos.

DOMINADOR:

O Dominador aceita o submisso(a) como propriedade sua, para controlar, e disciplinar durante a Vigência. O Do- minador pode usar o corpo do Submisso(a) a qualquer momento durante as Horas Designadas, ou em quaisquer horas extras acordadas, da maneira que julgar apropriada, sexualmente ou de outra maneira qualquer.

O Dominador proporcionará ao Submisso(a) todos os treinamentos e orientações necessários de modo a permitir que ela sirva adequadamente ao Dominador.

O Dominador manterá um ambiente estável e seguro em que a Submissa possa cumprir suas obrigações no serviço do Dominador.

SUBMISSO(A):

 •O Submisso(a) aceita o Dominador como seu amo, com o entendimento de que é agora propriedade dele, para ser usado(a) como bem aprouver ao Dominador durante a Vigência em geral, mas especificamente durante as Horas Designadas e quaisquer horas extras acordadas.

• O Submisso obedecerá às regras estabelecidas no Apêndice 1 do presente.

•O Submisso servirá ao Dominador de qualquer maneira que o Dominador julgar adequada e se esforçará para agradar ao Dominador em todos os momentos, da melhor forma possível. 

[…]

CÓDIGO DE SEGURANÇA:

Dois códigos serão invocados dependendo da gravidade das exigências. 

•O Código “Amarelo” será usado para chamar a atenção do Dominador para o fato de que o Submisso chegou perto de seu limite suportável.

•O Código “Vermelho” será usado para chamar a atenção do Dominador para o fato de que o Submisso não pode tolerar mais qualquer exigência. Quando esta palavra for dita, a ação do Dominador cessará completamente com efeito imediato.

CONCLUSÃO:

Nós, abaixo assinados, lemos e entendemos plenamente as disposições do presente contrato. E por estarmos assim justos e contratados, assinamos o presente instrumento.

O Dominador: Jeon Jungkook

Data

O Submisso: Park Jimin "

O QUE?!!?

Arregalei meus olhos após ler aquilo. Não poderia ser, de novo não.

- D-desculpe-me senhor m-mas não posso fazer isso. N-não de novamente. - Abaixei minha cabeça ao me lembrar do Jay.

- Como assim "não de novo"? - Me perguntou arqueando a sobrancelha direita.

- Isso já aconteceu comigo. E não estou nem um pouco afim de tentar esses atos novamente. Desculpe. Estou indo, preciso buscar Yoongi. - me levantando em seguida.

Andei até à porta e quando estava prestes a abri-la, uma mão forte puxou-me, me virando brutalmente, não ao ponto de doer mas foi o suficiente para eu me virar assustado.

Fui empurrado contra porta. Olhei para cima encontrando as orbes escuras e viciantes do alfa a minha frente.

- Eu quero você, Park Jimin. - Disse ele, com sua voz grossa, me causando arrepios. - Eu quero sentir o gosto dessa sua boquinha linda. Quero que você me sinta. - Suspirei. - Vai dizer que não me quer huh? - Colocou uma de suas pernas entre a minha roçando nossas intimidades.

Mesmo sabendo que talvez eu iria me arrepender, a adrenalina e excitação do momento falaram mais alto.

- Eu quero. - Digo e logo sinto sua boca grudar na minha. Me fazendo soltar um gemido abafado.

Não sabia o que estava acontecendo comigo. Só sentia que eu necessitava de mais contato. Queria mais, implorava por mais.

Coloquei meus braços ao redor do pescoço do Jeon, e o puxei para mais perto.

Senti ele morder meu lábio inferior. E se separar deixando um fio de saliva entre nós, e naquele momento, arrependimento era algo que não estava presente.


Notas Finais


Gosto de suspense hehehe

Bye~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...