História The beginning and the supposed end - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Dave, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Golden Freddy, Jeremy Fitzgerald, Mangle, Marionette, Mike Schmidt, Personagens Originais, Phone Guy, Purple Guy, Shadow Bonnie, Shadow Freddy, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Amor Doce, Jeremike, Shadow Fronnie, Toy Fronnie
Visualizações 17
Palavras 1.711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente, rs
Que tal não me matarem? Ou esfaquearem, estrangularem
Eu sei que mereço
Mas não é possível que 4 meses passaram tão rápido :v
Quem me fez tomar vergonha na cara, mais uma vez, foi a tia Emy.
Aí vendo a fic dela, eu vejo o quanto que tenho que correr com a minha, muita coisa vai mudar mais para frente
Acho que serão mais dois capítulos normais, até essas mudanças chegarem, depois conversamos
Enjoy, bae

Capítulo 7 - What?


Mais um dia maravilhoso na vida de nossas queridas protagonistas, Isabella e Catherine.

E onde tínhamos parado, uh? Claro, Catherine fez uma trégua com Freddy, resultado de uma breve manipulação da parte de Puppet, super normal, não acham?

Bem, se passou uma semana. Semana corrida, diriam elas, os professores começaram a apertar e passar diversos trabalhos, um atrás do outro, e onde sobra o tempo para respirar? Onde acha a plaquinha de “não sou um robô”?

Enfim, chegamos aos sábados, dia sagrado, como também pode ser chamado.

E ao invés de descansarem, as duas garotas seguem[A1]  às dez da manhã para a pizzaria, como se as noites deixassem de ser suficientes.

-Isabella?

-Na cozinha.-A garota gritou em resposta, um exagero, já que a cozinha era americana e era logo em frente para a sala, onde Catherine já passava e rodeava o balcão em direção da geladeira.

-Você tá tentando cozinhar?-A platinada afirmou-Volto depois que controlarem o incêndio.-A morena sorriu forçado e pegou seu toddynho na prateleira, antes de fechar o refrigerador e seguir de volta para a sala, especificamente, para a televisão.

-Isso é cruel comigo, viu? Minha comida não é ruim!-Isa fechou sua expressão em um bico.

-Ata, e seu espaguete conservado em barris de carvalho deve ser maravilhoso.-A outra ironizou enquanto Isabella desligava as chamas do fogão e ia para seu quarto de braços cruzados.-Ah Isa, para de birra.-Catherine desligou a televisão pelo controle e seguiu para o quarto da emburrada.

-Sai daqui, seu embuste.-A mais alta lhe atirou um travesseiro, desviado com sucesso.

-Ish, tá brava, anjo?-Sorriu cínica e se sentou na cama, perto da platinada que estava de pernas cruzadas em posição de índio.

-Tu é bem chata, viu, embuste.-A garota se levantou revirando os olhos e apontou para a porta.

-Tá me expulsando?

-Tô. -Sorriu forçado.

-Quando aparecer uma barata no seu quarto, não me chama pra matar, viu, ingrata. -Catherine saiu e seguiu para seu próprio quarto. -E se arruma, nós vamos a pizzaria. -Gritou para que a outra ouvisse.

Alguns minutos mais tarde, a morena estava na sala novamente, de frente para televisão. Estava vestindo uma saia de pregas na cor preta, e uma camisa de botões branca, algo bem simples. Calçava suas botas 7/8 que tanto amava, da cor da saia. Seus cabelos estavam bagunçados, mas bonitos, tinha dormido com eles molhados, o que deixava um ondulado natural.

Isabella logo apareceu, ainda parecia emburrada, pois estava com seus braços cruzados. Vestia shorts jeans de cós alto, uma camisa lisa branca e um moletom do estilo futebol americano nas cores cinza e azul por cima, calçava simples all-star vermelhos. Seus cabelos estavam em coque, com alguns fios soltos.

-Pronta, bebezinha? -Catherine copiou o bico feito por Isa, que bufou e seguiu para a porta. -Okay... então vamos, né. -A seguiu e trancou a porta logo após saírem.

O caminho se seguiu em silencio, mas não era desconfortável, Isabella não era capaz de ficar de mal de Cath por tanto tempo, então nem se esforçava.

Logo chegaram a porta do estabelecimento, que foi empurrada facilmente. Entrando, já puderam ver Sr. Afton com Beatriz nos braços, Isa se aproximou para ver a pequenina, que sorria pouco ultimamente.

-Olá, Sr. Afton.-Ambas o cumprimentaram, o mais velho respondeu sorrindo para as garotas, que não se demoraram muito e foram para o interior da pizzaria.

-Vai para onde? -Catherine se virou para a platinada que seguia pela Diners Room.

-Longe de você. -Disse com uma expressão adorável e foi para a Show Stage.

-Osh... agressiva ela... -E foi para a Kids Cove.

Não demorou a se sentar ali e tirar um bloco de notas do bolso da blusa de frio que tinha levado, a caneta atrás da orelha destampada e já começou a desenhar.

-Já aqui, Cath? -A voz mais doce e fofa que a garota já ouviu falou.

-Hanna? -Ergueu o olhar e sorriu ao ver a pandinha se sentando ao seu lado. Não era de costume dos humanatronic saírem de seus postos durante o dia, mas pelo visto a albina estava bem tranquila com seu ato.

-Sim, sim. -Riu baixinho e se inclinou para ver o bloquinho de papeis na mão da morena. -Gosta de desenhar, uh?

-Yep, o tédio me consome, então eu geralmente carrego papel e caneta, distração fácil..

-Entendi...

-Hanny?

-Hm?

-Posso te fazer uma pergunta?

-Já está fazendo.. -Sorriu docemente. -Mas vamos lá, diga.

-Bem, eu não sei como dizer... É que...

-HEY! -Isabella entrou no cômodo gritando, por consequência, interrompendo Catherine.

-Isa? Olá. -A panda sorriu.

-Hanna! Que bom te ver, como está? Eu vou ter que roubar a Cath rapidinho, tudo bem? -E sem chances de resposta, puxou a morena, fazendo-a derrubar seu bloco de notas no chão, Hanna o recolheu e anotou mentalmente que deveria entrega-lo para a garota.

 

-Isabella! O que é tão urgente, pelos deuses? -A morena se soltou do aperto em seu pulso e parou de andar, fazendo a platinada parar também.

-Uh... Sei lá... É que...

-Hello. -Uma figura baixinha surgiu de repente, fazendo ambas irmãs gritarem e pularem pelo susto.

-Mano do céu... Balloon, sua mãe não lhe ensinou que é feio assustar/enfartar os amiguinhos? -Isabella o repreendeu.

-Hahaha... Desculpa “amiguinhas”... hahaha... -E ele se foi para a Game Area.

-Eles tem noção de que está de dia né-Catherine ergueu a sombrancelha.

-Acho que sim... está na programação. -A outra respondeu.

-E o que você estava me dizendo mesmo?

-Hm... nada demais, deixa pra outra hora. -Sorriu forçado.

 

E fazer o que, ela deixaria para outra hora.

 

Após almoçarem uma pizza, ali mesmo, como convite do Sr. Afton, e elas não recusariam um convite para pizza, afinal, quem recusaria? Então, como eu dizia, após almoçarem, elas foram embora, já que ainda voltariam pela noite para o turno.

Quando chegaram em casa, ambas apenas dormiram, e o que mais elas fazem? São uma Beatriz da vida (N/A: :v).

 

15:11p.m

 

Isabella foi a primeira a acordar, vendo o horário, se lamentou por não conseguir pegar no sono novamente, então pegou seu notebook e foi para o balcão da divisória cozinha/sala. Deixou o aparelho sobre a bancada e encheu um copo com agua, colocando bem ao seu lado. Alguns biscoitos de pimenta ficaram bem do outro lado.

E o que ela faria? Já tinha adiantado todos seus trabalhos da semana que vem, e não tinha nenhum aplicativo que a entretece realmente. Por fim, baixou um jogo do qual tinha ouvido falar, Undertale.

Empolgada pelo download ter sido rápido, logo abriu o jogo e nomeou seu personagem. Nunca tinha visto uma gameplay daquele assunto, então seria algo completamente novo.

Rosé, como se chamava sua criança, seria exatamente um espelho dela, quando ela viu que seria possível machucar alguns dos monstros no Underground, ela decidiu que não o faria, custe o que custasse.

 

20:17p.m

 

Não percebeu o quanto as horas passavam, apenas se deu conta quando ouviu o barulho do chuveiro em um dos quartos, significando que sua irmã tinha acordado.

Salvou seu jogo no final de Waterfall, onde se encontrava com Undyne, e fechou o notebook, indo rapidamente para seu banheiro, afinal, não demoraria para ambas saírem para trabalhar.

 

Catherine saiu do banheiro e foi em direção de seu armário, já tendo em mente que ficaria pronta e esperaria dar a hora enquanto assistia Netflix.

Colocou a camisa de uniforme, que tinha sido lavada recentemente, junto uma saia parecida com a de mais cedo, porém na cor branco gelo, sim, existem tons de branco diferentes. Ao invés de colocar suas botas cano alto novamente, calçou sapatilhas pretas, que muitas vezes eram esquecidas num canto.

Não se deu trabalho em desfazer o coque que tinha feito para tomar banho, apenas olhou-se no espelho ajeitando alguns fios que estavam mais bagunçados.

Passou seu perfume doce e seguiu para a sala, cumprindo seu plano de ficar de frente para a TV.

Isabella, por sua vez, colocou a blusa de uniforme assim como sua irmã e vestiu sua calça que continha rasgos desde as coxas até seus tornozelos, dos dois lados. Logo calçou os mesmos all-star vermelhos de mais cedo.

 

21:44p.m.

 

Ambas estavam entediadas no sofá da sala, na TV, a série era monótona, mas como era apenas um episódio ruim, aguentaram aquele sacrifício.

 

22:50p.m

 

Agora, podemos ver ambas adormecidas sobre o sofá, um tanto desajeitadas pela maneira em que pegaram no sono, cena engraçada, Isabella estava quase por cima de Catherine, que tinha a cabeça tombada para o lado, quase babando.

Alguém tira foto disso, meu deus.

 

23:30p.m.

 

Acordaram assustadas com o som do alarme no máximo tocando uma música que pode-se dizer bem irritante.

Rapidamente, se colocaram sentadas, arrumando os fios embaraçados.

-Pronta? -Catherine se virou para sua irmã, sua voz estava rouca de sono, não demoraram a levantar pegando celulares e chaves para saírem.

 

Quando chegaram, já avistaram Mike apagando as luzes do palco.

-Hey meninas, demoraram, hein-Ele seguiu de encontro a elas, por um segundo, Catherine avistou Freddy logo atrás do garoto balançando a cabeça.

-Ahn, demoramos não, na verdade, é que a gente dormiu demais. -Soltou uma risada.

-Entendo bem, então, tenham uma boa noite, viu? -Dito isso, se retirou, deixando as duas no lugar sombrio, tenebroso, escuro, empoeirado, Dark, e já entendemos, obrigada.

-E agora? -Se virou para sua irmã.

-Agora, vamos saltar nas campinas de unicórnios. -Freddy saiu de sua posição de palco, se sentando ali no mesmo lugar. Isso levou Chica e Bonnie a copiarem o ato.

-Adoro unicórnios. -A morena ironizou.

-Imaginei, é bem de menininha mesmo. -O acastanhado provocou.

-Ei, ei, ei, cadê a trégua?­-Golden apareceu ali, assustando provavelmente a todos. -Ish, parecem que viram fantasma, credo. -Se manteve flutuando, e ele sabe andar? Mistérios.

-Que trégua? Você sabe de alguma trégua, Gummy?­-A morena se fez de desentendida.

-Não tô sabendo de nada, path. -Ele franziu o cenho, copiando o desentendimento de Catherine.

-OPOHA, SE ELE VIER ME COBRAR DINHEIRO DE VOLTA, EU VOU FAZER OS DOIS SE ENGOLIREM EM ABRAÇOS. -Não demorou muito, e o dono da voz apareceu ali, que gracinha a marionete com raiva, gente, vocês precisam ver.

-Calma. -O líder fodão ali se pronunciou, soltando um riso nasalado.

-Tô calmo, osh, onde já se viu, eu estressado?

-A T A. - Todos ali em conjunto disseram ao mesmo tempo.


Notas Finais


Bem, beijinhos :v sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...