História The day that cancer ended everything - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~ThaySrGama

Postado
Categorias Originais
Visualizações 16
Palavras 632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olha quem esta aqui novamenteee... É, vocês já sabem quem....
Boa leitura....

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction The day that cancer ended everything - Capítulo 3 - Capítulo 3

Até que eu olhei paara o lado e ele tava rindo. Eu simplesmente falei para ele escolher, ou elas ou eu. Ele não falou nada e eu sabia oque aquilo queria dizer....

Que ele queria elas.... Eu sai de lá e fui para a sala. Fiquei lá o intervalo todo chorando, com a cabeça entre os braços que estavam na mesa. No fim das aulas, na hora de ir pra casa, ele me mandou um bilhete. (pois nenhum dos dois tinha celular e na época era de botão) No bilhete dizia "perdão, as minhas amigas não sabem oque falam e eu não quero perde nem você e nem elas."

Quando terminei de ler ele estava na minha frente, esperando eu fazer o que sempre fazia, correr até ele e pular em seu colo. Mais não foi isso que aconteceu, eu fiz uma bolinha de papel com o bilhete e joguei nele, como se ele fosse um lixo, e fui pra casa. Ele simplesmente fico lá, parado olhando com uma cara de tipo: "sério isso?" Eu tentei, mas era impossível perdoar ele naquela hora. Oque ele fez lá acabou comigo.

No outro dia ele veio tentar de novo fazer as pazes, ele chegou com um anel é uma flor, e pediu perdão e falou que por mim largava as amiguinhas... Eu perdoei, e continuei  a usar  todo dia o anel, a flor ficava dentro de um caderno meu porque minha vó sempre dizia que colocar uma rosa que você ganha, dentro de um caderno ou livro trazia sorte ao casal, então fazia questão de fazer tudo para chamar a felicidade pra nós dois

Continuamos a estudar na mesma escola, e no mesmo período até a 7° série e no final da mesma,  ele estava mega estranho comigo e eu não fazia ideia do que estava acontecendo. Ele dizia que era porque um amigo dele queria ficar comigo,  mas eu sempre falei pra ele que poderia vir o papa que eu não ficaria porque eu o amava. Ele brigou feio comigo, sendo que eu não tinha culpa. Decidimos  dar um tempo pra pensar, na verdade ele pediu eu não queria, eu o amava!

No meio da 8° série num passeio de escola, onde eu não o vi, uma amiga em comum nossa me disse que ele estava no hospital, e que pediu para falar comigo, que era pra eu ir vê-lo. Eu pedi para ir, e minha mãe foi comigo ( já que o sonho da minha mãe era eu e ele juntos), quando cheguei no hospital a mãe dele, que não gostava de mim não deixou eu entrar. Depois de uma semana ele faleceu,  e a mãe dele foi na escola dar a notícia para os amigos e falar comigo, porém eu não tinha ido a escola, estava doente e o meu vizinho que desde pequeno estudou com nós dois, veio dar a notícia e falar oque e  porque a mãe dele queria falar comigo. Ele chegou meio estranho, eu  estava deitada na cama com as cobertas e ele pediu pra minha mãe me chamar,  eu fui até lá. Quando ele me falou que o meu príncipe, o meu primeiro e único amor teria falecido, eu caí  no chão e pedia para que Deus não o levasse, porque eu precisava dele, e eu chorei tanto mais tanto, que acabei dormindo no colo do meu vizinho, que tinha me tirado do chão e me levado até a cama, quando eu acordei ele falou que a mãe dele queria falar comigo, e como eu não estava lá, pediu para eu falar pra vc que a últimas coisas que ele falon  foi para mãe dele que me amava e que nunca,  nada e nem ninguém iria mudar isso,eu  simplesmente morri nesse dia, a minha alma morreu. Porém não por completo....


Notas Finais


Eu nem preciso falar que estou na bad certo?
Thay escreveu este cap.
Beijos amores ♥♥,


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...