História The Elemental Journey - Interativa - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Interativa
Visualizações 27
Palavras 1.534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ooi meus amores, voltei antes do previsto kkkk
A menina da capa é a Diana.

Capítulo 6 - Let This Begin


Fanfic / Fanfiction The Elemental Journey - Interativa - Capítulo 6 - Let This Begin

O Rei Cumhur andava impaciente pelo seu salão.
-Já vai fazer uma semana desde aquela reunião, creio que foi tempo suficiente para eles encontrarem os jovens - falava enquanto andava de um lado para o outro - Alexander mande uma carta para eles os convidando para vir em um jantar e trazerem seus escolhidos.
- Ótima ideia meu senhor, farei isso agora mesmo - Alexander saiu apressado para mandar todas as cartas.

Um dia depois...

Reino Ignis

-Peter mande nossos convidados vestirem roupas formais porque temos um evento importante - O rei se admirava no espelho.
-Sim milorde - com uma reverencia o criado se retirou.
O criado descia as grandes escadas do castelo até o calabouço onde se encontravam os dois escolhidos.
-O rei ordena que se vistam apropriadamente para um jantar no reino Neutrum.
-Manda ele enfiar as ordens no cu dele - Héstia dizia com raiva.
-Fique tranquilo Peter nós iremos nos trocar, mas onde estão as roupas? - Víctor perguntava procurando a sua volta. 
-Aqui estão - Peter entregava as roupas para Víctor - Daqui 30 minutos volto para buscar vocês.
Assim o criado se retirou deixando os dois sozinhos.
-Tome seu vestido - Víctor jogou na cama de Héstia.
-Ficou louco? Acha mesmo que eu vou obedecer aquele lunático???
-Você podia facilitar as coisas para a gente, mas não você só sabe falar merda toda hora!
-Tudo bem então senhor sabe tudo, mas como vou me trocar aqui nesta cela??
-Se o problema é se trocar na minha frente “querida” fique tranquila porque você não tem nada demais - Víctor dizia enquanto se trocava deixando Héstia encabulada com o que ele dizia.
 30 minutos depois
O criado surgiu na pequena porta acompanhado de dois guardas, os guardas abriram a cela deixando somente Víctor sair.
-Ei e eu??? Vão me largar aqui - Héstia perguntava desacreditada.
-Nós temos ordens de levarmos você algemada senhorita.
-Só o que me faltava, eu não vou deixar ninguém me algemar - Héstia gritava enquanto Víctor chacoalhava sua cabeça desaprovando seu comportamento. 
Alguns minutos depois Víctor, o rei e Héstia (que se encontrava com o vestido, algemada e na sua boca havia uma fita colada) estavam em uma carruagem feita com um metal de cor negra e os bancos eram de um tom vermelho vivo.
-Que coisa maravilhosa, nossa viagem será tranquila não é verdade querida Héstia? -O rei dizia com seu sorriso sacana.
Héstia se encontrava com os olhos pegando fogo, mas não conseguia dizer nada por causa da fita.
-Realmente ela fica bem melhor assim -Víctor concordava com o rei.
Assim seguiram viagem rumo ao jantar.


      Reino Terra

Mazhar terminava de se arrumar para o jantar e logo em seguida foi em busca de seu filho.
-Já está pronto meu menino? - o rei perguntava olhando seu filho com carinho.
-Sim meu pai, estou com um pouco de medo e ao mesmo tempo animado… não sei o que me aguarda nessa missão - Adam dizia com um semblante calmo.
-Meu filho tenho certeza que tudo dará certo, sei o quão forte você é aqui - o rei tocava a cabeça de Adam - e aqui - colocou sua mão no coração de seu filho.
Adam se emocionou e abraçou seu pai, não sabia quanto tempo ainda teria para ficar ao seu lado.
-Eu irei te orgulhar meu pai, salvarei todas aquelas pessoas.
-Tenho certeza disso.
Os dois se soltaram e foram para a carruagem, iam buscar Follem e depois seguiriam rumo ao reino Neutrum. A carruagem parou no caminho de terra.
-Pai eu vou ir procurá-lo.
-Só tome cuidado filho.
Assim Adam adentrou a densa floresta.
-FOLLEN! - Adam gritava o chamando, de repente sentiu uma mão grande tampando sua boca.
-Fique quieto! Quer atrair predadores?? - Follem dizia com seu semblante sério.
-Perdão, eu não sabia, só estava te procurando -Adam dizia sem graça.
-Tudo bem, vamos pequeno príncipe se não nos atrazaremos - Follem virou e seguiu o caminho rumo a carruagem sendo seguido por Adam.
O rei logo viu os dois se aproximando.
-Ótimo, fico feliz que realmente você irá Follem - o rei dizia educamente.
-Eu não conseguiria viver sabendo que neguei ajuda a inocentes.
-Fico feliz em ter você como parceiro de meu filho - o rei sorriu e deu passagem para os jovens adentrarem a carruagem - Agora rumo ao jantar.

Reino Aqua

Meltem conferia sua maquiagem e suas roupas pela vigésima vez, ela estava deslumbrante como sempre.
-Bom já está na hora… - Meltem dizia triste para si mesma.
Seguiu em busca de seu filho, ainda não conseguia acreditar que poderia perdê-lo a qualquer instante. O encontrou se despedindo de algumas pessoas, até que ele a viu.
-Olá minha senhora, está muito bonita hoje - Kai dizia enquanto beijava a mão da rainha.
-Olá Kai, obrigada. Está pronto para irmos?
-Com toda certeza alteza, vamos buscar Gabriel para não deixar nossos anfitriões esperando.
-Claro.
Os dois seguiram até a carruagem feita de ouro maciço e foram até a casa de Gabriel. Kai desceu da carruagem e bateu em sua porta, Gabriel atendeu já vestido e com sua mala.
-Ótimo, a tortura começa agora? - Gabriel dizia com uma voz cansada.
-A rainha nos aguarda na carruagem - Kai ignorava o que Gabe disse.
Os dois entraram na carruagem e seguiram rumo ao grande jantar.

Reino Caeli

Esen já estava pronta para o evento, estava arrumando os últimos detalhes para ir buscar os dois jovens.
-Acho que está tudo pronto Dina.
-Eu te acompanho até a carruagem minha senhora.
- Então vamos.
As duas foram para a carruagem de prata.
-Cuide de tudo enquanto eu estiver ausente.
-Pode deixar minha senhora - Dina fez uma reverência para Esen.
A rainha entrou na carruagem e foi em sua primeira parada a casa de Fujin. Quando chegou desceu calmamente e bateu em sua porta.
-Já estou indo - escutava a voz do menino do outro lado da porta.
Fujin apareceu logo em seguida com um lindo vestido.
-Nossa você está encantador com esse vestido - a rainha sorria ao dizer.
-Muito obrigado alteza - seus olhos brilhavam em admiração.
Os dois foram para a carruagem buscar Luna, quando chegaram a menina já estava pronta na porta de sua casa. 
-Está muito bonita Luna, entre - a rainha dizia pela janela da carruagem.
-Muito obrigada senhora - respondia sem graça por ter recebido um elogio da rainha.
Luna entrou e os três seguiram viagem para o grande evento.
  
Reino Neutrum 

O rei havia caprichado para seus convidados, o salão estava impecável, havia uma mesa farta de comidas e com uma decoração exuberante, o rei sabia como era difícil agradar os elementais. Todos os convidados chegaram e se sentaram na grande mesa.
-Por quê a menina está algemada e com uma fita na boca? - Mazhar perguntava assustado.
-Verdade esqueci que ela estava sem poder falar - Kadir puxou a fita de Héstia a machucando.
-Seu filho da puta, desgraçado!!! Eu vou te matar -Héstia gritava com os olhos em chamas e tentava acertar Kadir com suas mãos presas.
-Se comporte pelo amor de deus - Víctor revirava os olhos para a menina.
-Você está bem menina? - Esen dizia.
-Claro estou ótima, sou obrigada a vir até aqui, passo horas algemada e sem poder falar e você ainda pergunta se estou bem ?????? 
-Aparentemente educação passou longe dessa menina - Kai dizia com um sorriso discreto.
-Não entendo, porque prendê-la - Adam questionava o ato de Kadir.
-Ela é uma peste, sempre me deu trabalho, se eu deixasse ela solta era capaz de matar todos nós - Kadir dizia calmamente.
-Ei eu não sou um monstro, você é o monstro aqui !! - Héstia estava irada.
-Kadir com medo de uma menininha, é bem sua cara mesmo - Meltem dizia com ar de superioridade e Kadir a fuzilava com o olhar.
-Que tal nos acalmarmos? -Fujin sugeria assustado.
-Isso escutem a menina - Adam dizia.
-Eu não sou uma menina!!! - Fujin fuzilava Adam com o olhar.
-Pelo amor de deus vocês não calam a boca - Gabe dizia de saco cheio.
-Essa discussão não vai nos levar a nada, nós vamos ter que conviver juntos por um longo tempo - Luna dizia tentando colocar ordem.
-A garota está certa, vamos nos acalmar - Follem concordava. 
-Por favor vamos nos acalmar e jantar - o rei Cumhur dizia.
-Trouxemos os jovens como você pediu, mas vejo que você não indicou ninguém para acompanhá-los - Esen dizia desafiadora.
- Verdade mande alguém, nós demos nossos melhores jovens - Kadir dizia.
Meltem viu os dois filhos de Cumhur e disse:
-Que tal seu filho ? Ele parece grandinho o suficiente.
O menino ficou em estado de choque, mas sua irmã foi em sua defesa.
-Não, por favor ele só tem 15 anos, eu vou no lugar dele - a menina dizia protegendo seu irmão.
-Diana...- Cumhur dizia assustado.
-Ótimo, então a menina vai junto - Meltem dizia sorrindo cínica. 
-Fique tranquilo pai, vai dar tudo certo - Diana tentava acalma-lo. 
-Então já temos todos, amanhã eles seguirão viagem - Cumhur falava tristemente.
E assim mais uma se junta para essa incrível aventura.


Notas Finais


Pessoal me falem o que acharam por favor ❤️
Espero que estejam gostando,
Beijinhooos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...