História The Eve ( EXO ) - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Kai, Kokobop, Kris, Kyungsoo, Lay, Luhan, Romance, Romance Exo, Sehun, Suho, Tao, The Eve, Xiumin
Visualizações 452
Palavras 1.162
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi!

Esperei muito muito tempo para poder usar esse Gif lindo aaaaaaaa

Madrugada sempre será o melhor horário! Por isso aproveitando irei postar dois hoje 👯

Boa leitura amorecosssss
E se preparem porque esse capítulo é um tanto... AAAAAAAA

Capítulo 45 - Capítulo 45


Fanfic / Fanfiction The Eve ( EXO ) - Capítulo 45 - Capítulo 45

Bemmi

- Bom dia. – falo sorrindo vendo alguns dos garotos na cozinha.

- Bom dia. – eles me respondem e eu me sento ao lado de Tao e Lena. O belo casal conversava, e eu admirava os carinhos que eles trocavam com as mãos e os sorrisos tão brilhante que o Tao dava com ela, ele sorria com os outros, mas realmente era diferente quando ele estava com ela. Olho para minhas mãos e penso se poderia sorrir e tocar a mão daquele que gosto de forma especial.

- Está melhor? – ouço Kyungsoo falar. Viro meu rosto e vejo ele colocar um prato cheio de comida na minha frente.

- Sim. – respondo. Ele e o Chanyeol passaram a noite toda comigo no quarto, e por eu estar me sentindo mal, acabei dormindo nele ao invés da sala. – Como vocês dormiram?

- Bem. – diz Kyungsoo. – Ficamos conversando.

- Foi divertido Bemmi, deveríamos sempre acampar na sala.- diz Chanyeol sorrindo e eu concordo.

- Da próxima vez prometo ficar até tarde! – falo decidida e Kyungsoo sorri.

- Sim, ainda teremos muitas vezes. – pinguinzinho fala.

Minha atenção da conversa é roubada quando vejo Kai entrar na cozinha, ele abre a geladeira e depois fica colocando sua comida no prato. Jongin parecia não ter dormindo muito bem, o mesmo não se senta na mesa, mas vai direto para o sofá e se deita nele, ocupando todo o espaço.

Pego meu copo de suco, e meu prato, e caminho até o Kai. Me sento no chão de frente para o sofá, e o observo.

- Bom dia. – falo e ele sorri fraco enquanto coça os olhos.

- Bom dia, bonequinha. – Kai me responde. – Como foi a noite? Dormiu bem cedo.

- Sim. E você e o Suho? Dormiram juntos? – pergunto curiosa e ele nega enquanto come.

- Conversamos mas eu dormi aqui na sala junto com todo mundo. Bemmi… Eu seria muito antecipado se perguntasse se você pensou naquilo que te falei? Sobre nós... – Kai fala e eu me lembro dele conversando comigo no dia do jantar.

- Você sempre fala que é adiantado ou antecipado... Porque diz isso, Oppa? – pergunto curiosa. – A nossa noite te deixa triste? Aquela em que a gente dormiu juntos.

- Não! Pelo contrário, eu fiquei muito feliz. Mas… - Kai suspira e depois se senta e para de comer. – Eu fui antecipado porque deveria ter te dado mais tempo, e isso me causou problemas.

- Que problemas? Não quero que eu te cause problemas. – digo e depois como mais um pouco. – Kai, não se sinta mal. Aconteceu, e foi ótimo. – digo e ele sorri.

- Então estamos juntos?

- Eu e você? Como o Tao e a Lena? – pergunto e olho para o casal que estava rindo e se abraçando. – Eu quero sorrir e me abraçar com você.

- Eu também. – ele diz sorrindo.

- Mas não como namorados. – falo e Kai franze o cenho.

- O quê? – Kai parece não ter entendido.

- Eu andei pensando muito, muito, muito! E acabei tendo muitas muitas dúvidas. – falo e paro de comer. Me sento melhor e encaro o Kai, precisava explicar tudo direitinho para ele. – Eu pesquisei sobre amor, mas eu entendi melhor quando o Tao me explicou. E o amor… É lindo! Eu sinto muito amor, e é tão bom. – digo sorrindo e mexendo em minhas mãos. – Mas são amores diferentes.

- E qual amor você sente por mim?

- Eu não sei o nome desse amor, cada amor tem um nome?

- Bemmi, é amor como? Me explica. – diz Kai e se senta ao meu lado no chão e segura minhas mãos. Ele parecia preocupado.

- Um amor grandão! Você me deixou pintar você, você me ensinou coisas, e… - falo sorrindo e suspiro. – Nós fizemos sexo!

- Fala baixo.- diz Kai sorrindo.

- Desculpa. – digo contendo o riso. – Eu sinto um amor único por você Kai, você me ajudou a saber que estou apaixonada.

Kai

Arregalo meus olhos. Bemmi esta apaixonada? Ela parecia certa do que estava falando, e meu coração disparava ouvindo isso, estava tão animado por vê-la… Crescer? Seria essa a palavra certa? Não sei, mas sei que eu estava ajudando.

- Continua.- peço.

- Estou apaixonada, Kai. – diz Bemmi. – Pelo Suho.

Meu sorriso se desfaz e minha boca fica boqueaberta.

- Ai… - falo enquanto toco meu peito, que doía. – Bemmi… - como falar a ela que isso tinha acabado comigo? Seria justo? – Você tem certeza?

- Sim. – ela responde. – Pensei bastante, e tudo faz sentido.

- Então é com ele que você quer ficar? Beijar? Deitar? Porque… Quando você está apaixonada, você só faz isso com uma pessoa.

- Não posso mais beijar você como beijei o Lay, eu sei. – ela fala. Como ela sabe disso? Certo que…

- Você aprende rápido. – digo e sorrio forçado enquanto vejo nossas mãos juntas. – Mas… Porque o Suho?

Pergunto e o silêncio se faz presente. Enquanto eu ainda via nossas mãos juntas. Quando conversei ontem com o Suho eu e ele dissemos um para o outro que tentaríamos não mudar nossa amizade por causa da Bemmi, e eu falei confiante como se soubesse que era de mim que ela gostava, mas não… Era dele.

- Não precisa responder. – digo e a olho.

- Você esta triste, Oppa? – pergunta Bemmi preocupada.

- Metade sim, metade não.

- Parece que mais da sua metade esta. – diz Bemmi passando a mão sobre meu rosto. Era lindo vê-la preocupada comigo.

- Exteriormente pareço triste, mas a palavra certa é desapontado.

- Mas… - Bemmi diz franzindo o cenho. – Eu tinha que ser honesta, não? O Tao me disse que não seria bom se não gostássemos da mesma forma. Eu nem sei se o Suho gosta de mim como eu gosto dele. E eu gosto de você de uma forma diferente da qual você gosta de mim. E se ficarmos juntos isso não será bom.

Fico observando-a. Ela era realmente inocente, ou via as coisas mais claras? Bemmi era tão inteligente, e acho que por isso eu me apaixonei por ela, não posso ser egoista agora e só pensar em mim.

- Você esta certa, bonequinha.- digo e sorrio. Sorrio por ela, e não por nós.

- Não foi nada do que você falou, e nossa noite juntos me ajudou a saber dos meus sentimos por cada um de vocês, por favor não fique triste, Jongin. Eu te amo tanto… - diz Bemmi alisando meu rosto.

- Também te amo, muito. – confesso. – Por isso, interiormente eu estou feliz porque você… Você aprendeu tanta coisa, cresceu tão rápido que entende mais de amor do que eu. – digo e rio fazendo ela sorrir.

Bemmi sorri e concorda com a cabeça, ela aproxima seu rosto do meu e eu sabia exatamente o que ela iria fazer. Ela me beija, mas não um beijo como o que eu dei nela. E sim o beijo que eu deveria ter deixado ela dar em mim, um selinho, um selinho rápido mas significativo.


Notas Finais


Corações quebrados entre meus leitores?
Bemmi e Kai foram incríveis. Quem dera todo mundo soubesse se resolver assim... Talvez tenha sido porque apesar de tudo, eles se amam ❤️



Aposto que o todo mundo vai entender tudo errado desses carinhoso e selinhos 🤦
ADORO HAUSHSUSHS ❤️

Tô rindo mais tô quase chorando :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...