História The Forest Of Your Heart - V-Hope - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Otp, Vhope
Visualizações 5
Palavras 910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Lemon, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


hello

Capítulo 4 - A Saída Do "Trio da Empresa"


- Bem, então podemos descartar a possibilidade do Jackson ser um suspeito. – Hoseok falou enquanto caminhava em direção a sua mesa. – Vou fazer o meu trabalho, tenho muito que fazer.

- E eu?

- Tem um computador aí ao seu lado, faça o que quiser.

Realmente, esse trabalho está sendo mais fácil do que eu esperava. Ficar jogando meus jogos enquanto “cuido” do presidente. Agora sim, tenho uma vida fácil, estou amando isso. Simplesmente devo ficar onde Hoseok estiver, só cuidando se ninguém ligará para ameaçá-lo ou simplesmente ir matá-lo.

Pensando bem, não é um trabalho entediante. É algo legal ficar observando Hoseok enquanto o mesmo trabalha, assinando papéis, respondendo e-mails, atendendo seu telefone. Ele consegue fazer tudo parecer fácil e simples, sempre se esforçando, é claro. Ele já havia me falado que não era seu plano estar sendo o presidente dessa empresa. Seu sonho era apenas ter uma vida simples com as dificuldades do dia a dia.

- Vai continuar me olhando? – Hoseok tira-me de meus pensamentos.

- Não estava te olhando, eu hein.

Realmente, olhar ele agora não é uma boa opção, a melhor opção agora é jogar meus jogos favoritos.

***

Já eram 18:00, significando que finalmente eu poderia ir para casa. Hoseok também já havia terminado seu trabalho, estávamos apenas conversando no hall de entrada antes da empresa ser fechada. Observei cada rosto que passava por ali, mas nada me chamou a atenção. O único que ainda não havia saído era Jackson, que já estava vindo em nossa direção.

- Vocês vão fazer alguma coisa agora? – Jackson se aproxima. – Podíamos sair para beber alguma coisa! Ainda mais com você Taehyung que nunca mais falou comigo.

- Ah eu topo com certeza, vamos Hoseok! Eu nunca vi você bebendo. – balanço Hoseok, implorando o mesmo a ir conosco.

- E realmente, eu não costumo beber muito, mas... Só hoje. – eu e Jackson levantamos Hoseok da poltrona. – Calma gente eu tenho pernas para ir caminhando!

- É ali, vamos logo por que não posso chegar tarde em casa. – Jackson revira os olhos.

Já fazia anos em que não saía para beber com Jackson. Vamos dizer que desde os nossos 14 anos já fazíamos isso, todas as sextas após as aulas. Conhecendo ele, ele deve ter parado um pouco por conta do trabalho, igual a mim. Mas quem disse que devemos parar totalmente, não é mesmo?

O bar era simples, porém, havia as melhores bebidas. Acho que Hoseok não gostou muito do ambiente, pois havia muitos bêbados naquele lugar. Logo ele se acostuma com isso, não é algo que atrapalhará nossa conversa, a primeira conversa do “trio da empresa”, adorei esse nome.

- O que vão querer? – o garçom, que como dizia no seu crachá, era BamBam.

- Posso ter você? – Jackson disse, deixando o coitado do garçom vermelho. – Mentira, queremos 3 cervejas por enquanto.

Beber agora era algo que aconteceria no máximo duas vezes por semana, era como se fosse até alguma data especial. Hoseok não parece estar muito acostumado a ir para bares para beber, nem sei se ele já colocou uma gota de álcool em sua boca.

- Hoseok. – chamo sua atenção. – Você já bebeu alguma vez na sua vida?

- Já, poucas vezes. – fala enquanto pega a cerveja que acaba de chegar.

***

Já bêbados, beber não era o suficiente. Agora temos que fazer desafios que deveriam ser cumpridos, coisas que Jackson falava para nós fazermos, se não, sem cerveja. Hoseok, que havia bebido apenas três cervejas, já estava mais bêbado que eu e Jackson, que tomamos seis. Acho que entendi o motivo de Hoseok não beber muito.

- Eu DUVIDO vocês dois darem um selinho. – arregalo meus olhos enquanto olho para Hoseok, que estava no mesmo estado. – É isso ou não tem mais cerveja e todo mundo vai embora.

- Acho que vou indo pra casa sabe... Vamos Taehyung, tenho que deixar você em casa ainda. – Hoseok se levanta, indo em direção a porta. Puxo sua manga, fazendo o mesmo sentar de novo na cadeira. Dou um selinho rápido e volto a beber.

Não sei se Hoseok estava vermelho por estar bêbado ou por ter ficado com vergonha, bem, os dois eu nunca visto antes.

- AÊ CARALHO! – Jackson brinda seu copo com o de Hoseok, para logo depois brindar com o meu.

- Hoseok?! – um homem, aparentemente rico, acaba nos assustando ao gritar com Hoseok. – Meu filho está bebendo em um barzinho e ainda por cima beijou um homem, UM HOMEM! Aish, sempre quando eu te vejo você está fazendo merda!

Meu Deus! É o pai do Hoseok, aquele que Hoseok odiava e não queria vê-lo nunca mais. Como ele nos achou justo aqui? Eu acabei de ferrar a vida do meu próprio chefe! Agora, eu me pergunto desde quando ele está aqui...

- Senhor, lembra-se de mim? Trabalho no BSND Animes. Fui eu quem trouxe seu filho até aqui, então, desculpe-me. – Jackson fala parecendo totalmente sóbrio, como se não estivesse bêbado.

- Pai... Há quanto tempo. – Hoseok estava com uma voz irreconhecível, uma voz fria. – Isso nós conversamos em casa. Taehyung – direciono meu olhar até o mesmo. – Vou chamar um táxi para você, não se esqueça de seus “deveres”.

Certo, eu fodi com a vida do meu presidente, mas ainda tenho que procurar pelo suspeito, como Hoseok acabou de falar, “deveres”.

Espera... A pessoa que mais demonstra “raiva” por Hoseok é seu pai. E se, o seu próprio pai é o próprio suspeito?


Notas Finais


capítulo curto graças a bad que me persegue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...