História The Friendship And True Love - Capítulo 76


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dylan O'Brien, Forever In Your Mind, Jorge Blanco, Martina Stoessel, R5, Violetta
Personagens Andrés Calixto, Angeles "Angie" Saramego, Broduey, Camila "Cami" Torres, Diego, Dylan O'Brien, Esmeralda Di Pietro, Federico, Francesca Cauviglia, Germán Castillo, León Vargas, Liam Attridge, Lisandro Ramallo, Ludmila Ferro, Maxi Pontes, Olga Peña, Pablo Galindo, Ross Lynch, Violetta Castillo
Tags Leonetta, Revelaçoes, Romance, Violetta
Visualizações 138
Palavras 1.463
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura!!
Até as N.F.

Capítulo 76 - Será Que Rola?


Pov Violetta

Depois que eu tomei meu banho e me troquei peguei minhas malas levando até meu quarto que era bem espaçoso, se brincar é até maior do que eu tinha em Buenos Aires. Arrumei minhas roupas enquanto esperava a pizza chegar, como já tinha anoitecido aquela seria a minha janta.
Estava terminando de arrumar umas coisas quando meu celular tocou, era Fran eu até iria atender, mas decidi fazer o que o Ross falou e deixar aquela vida que eu tinha um pouco de lado e isso incluía meus amigos.

V: Pelo visto cheguei na hora certa. - disse assim que terminei de descer as escadas vendo Dylan com a caixa de pizza nas mãos.

R: Já íamos te chamar.

V: Do jeito que eu conheço vocês era capaz de comerem tudo e nem me chamar. - digo fazendo bico e eles riem.

DY: Chega de papo e vamos comer. - disse colocando a caixa em cima da mesa de centro, eu fui até a cozinha pegar os pratos e Ross me acompanhou pegando os copos e talheres.

Enquanto pegava as coisas sentia seu olhar sobre mim e eu sabia que ele queria conversar sobre aquilo que quase aconteceu.

R: Vilu...

V: Ross depois a gente conversa, vamos aproveitar ta bom?- ele assente e voltamos para a sala.

Comemos quase todas as fatias, tinha sobrado apenas duas, a pizza daqui era deliciosa, acho que se eu pudesse passaria a vida comendo apenas isso. Enquanto comíamos assistíamos a um filme de ação. Já estava tarde quando Dylan se levantou dizendo que iria dormir.

DY: Galera adorei nossa noite mas eu to cansado.

V: Ah mas já? - ele assente. - Boa noite então...

DY: Calma que ainda tem muito tempo pra você me aturar. - disse sorrindo e eu ri. - Boa noite gatinha. - falou dando um beijo na minha bochecha e eu dei outro. - Boa noite Ross.

R: Boa noite. - ele subiu deixando Ross e eu sozinhos, continuamos assistindo o filme, mas esse silêncio estava me matando tanto que chegava a ser constrangedor. - Eu sei que você não aguenta mais esse silêncio. - disse adivinhando meu pensamento.

V: É. Você tem razão, eu só não sei como conversar sobre isso com você. - digo abaixando a cabeça, eu estava um pouquinho envergonhada por isso.

R: Eu só quero saber o que você está sentindo. - disse mais perto de mim.

V: A verdade é que nem eu sei o que eu sinto, mas se o Dy não tivesse nos atrapalhado eu com certeza teria beijado você. - falei ainda de cabeça baixa sentindo minhas bochechas queimarem.

R: Ah é? Então não vai se importar com isso. - disse levantando minha cabeça e encostando seus lábios nos meus. Era algo simples até ele pedir passagem com a língua, eu cedi me entregando ao que estava sentindo, aos poucos fui passando minhas mãos envolta do seu pescoço enquanto ele descias mãos até minha cintura.

V: Ross... - digo quase num sussurro assim que terminamos o beijo. - É melhor irmos com calma, não quero te machucar.

R: É eu sei que não. Mas se quiser começar uma amizade colorida comigo não vou me importar. - disse engraçado me fazendo rir e empurrá-lo de leve.

V: Palhaço. Mas eu to falando sério. Eu posso estar chateada com o Leon mas eu ainda amo ele.

R: Mas não pode negar que sentiu algo de especial agora, sei que é cedo para isso mas talvez seja a hora de você esquecer ele começar do zero.

V: Como se fosse fácil... - digo revirando os olhos, por mais que eu quisesse acho que é impossível tirar ele do meu coração. - Não quero te iludir e nem que fique chateado comigo.

R: Tudo bem você tem razão mas... é que eu gosto de você sabe, quero te ver feliz.

V: Eu sei e agradeço por isso, você é uma das pessoas mais importantes para mim e sabe disso né? - ele assente. - Então vamos com calma.

R: Ok, eu te adoro. - disse me abraçando.

V: Eu também. - falei retribuindo. - Vamos dormir?

R: Vamos. - pegamos a louça levando até a cozinha e deixando-a dentro da pia, arrumamos a sala e subimos.

V: Boa noite loiro.

R: Boa noite. - ele se aproximou da minha bochecha mas em vez de dar me um beijo ali ele rapidamente se esquivou para minha boca roubando me um selinho.

V: Ross. - o repreendi enquanto estapeava-lo, e o mesmo correu para seu quarto rindo. - Ai Deus, mereço hein. - disse enquanto entrava no quarto, arrumei minha cama e assim que deitei, dormi.

[...]

~~Dias Depois~~

Pov Leon

Esses dias estavam melhores que os outros de certa maneira, ainda senti muito a falta dela mas estou fazendo o possível para que meu plano dê certo. Vocês devem se perguntar como está a Lara no meio de tudo isso, a mesma ainda continua dando em cima de mim por mais que eu já tenha perdido as contas de quantos foras eu já tenha dado nela, ela está insuportável. As meninas estão me tratando melhor que das outras vezes apesar de não terem me perdoado completamente mas elas estão me ajudando o que é ótimo.

Quanto a Violetta não tenho mais notícia dela há dias, o pessoal também está preocupado já que nenhum deles consegue falar com ela ou com os amigos, e falando neles estou começando a odiar o Ross de novo, sei que ele está fazendo isso de propósito, só sabemos alguma coisa ou outra dela através do German, mas ele também diz que nem sempre ela atende as ligações e isso está estranho.

Passou um mês desde que tudo tinha acontecido e agora estava com o pessoal aqui no Stúdio, era a festa de comemoração do encerramento de final de semestre e ano.

B: Só eu, ou vocês também não viam a hora das aulas acabarem?

A: Eu também não aguentava mais. Obrigado férias! Finalmente chegaram! - ele comemorou e nós rimos.

Lu: Agora é só esperar para o dia da viagem. - disse animada.

Fran: Será que ela vai gostar?

C: Acredito que sim, somos amigas dela.

N: Mesmo que ela não esteja falando conosco acredito que ela sinta saudades.

Lu: Quando eu chegar lá eu vou matar ela, ela prometeu que ia me ligar e mandar mensagens. - disse brava.

F: Calma Ludmi, talvez ela esteja ocupada.

Lu: O tempo todo? 

F: Talvez né...

Lu: Federico você está me escondendo algo? - ela pergunta notando algo estranho no Fede.

F: Não... - disse olhando para o lado.

Lu: Pode me falar agora o que você sabe.

F: Mas não tenho nada para falar.

Lu: Federico... - disse num ameaçador fazendo ele se assustar.

F: Ela pediu para guardar segredo. - Ludmi manteve o olha  e ele se rendeu. - Ta, eu andei conversando com ela esses dias.

L: Como é?

C: Por que não nos contou?

Lu: Aliás por que escondeu isso?

F: Ela disse que não queria conversar com ninguém, só estava ligando para dar notícias e além do mais ela queria dar um tempo da vida e das pessoas.

M: É tempo muito longo.

F: Mas ela sempre perguntava de vocês, se estavam bem e tals.

Lu: Que vaca. Ah mas quando eu chegar lá ela vai me escutar.

F: Ludmi calma, ela não está bem. Da um tempo pra ela.

Lu: Ok, você tem razão. Mas mesmo assim quando eu encontrar com ela ainda vou brigar.

M: Mudando para o assunto viagem, vamos mesmo daqui a dois dias certo?

Todos: Certo.

D: E aí Leon já sabe o que vai fazer quando chegar lá?

L: Saber eu até sei, só não sei se vai dar certo.

Lu: Espero que quando vocês voltarem o senhor não a faça sofrer novamente.

L: Eu prometo! Além do mais se estou indo pra lá é porque quero concertar as coisas. - digo e olho a hora. - Gente preciso ir, tenho que resolver umas coisas.

A: Espera! Vou com você.

Todos: Tchau.

Andrés e eu fomos embora e no caminho fomos conversando sobre a viagem e sobre a Violetta.

A: Você está mesmo disposto a fazer isso né?

L: Se eu não fizer vou ficar louco. Pode até não parecer mas está complicado aguentar a saudade e toda essa distância.

A: Mas e se não der certo?

L: Terei que correr o risco. Além do mais eu disse a ela que assim que eu pudesse iria visitá-la, e é isso que eu farei. Você vai me ajudar certo?

A: Certo. Você a ama mesmo né?

L: Mas do que qualquer outra pessoa. - digo sorrindo me lembrando dela.

[...]

Dia Da Viagem...
 


Notas Finais


Desculpa a demora...
Será que finalmente teremos o tão esperado reencontro Leonetta?
E o Ross e a Violetta? Será que rola?
Comentem aí...
Até a próxima...
Beijos Da Kath!! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...