História The girl made of thorns - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Jessica, Taeyeon, Tiffany
Tags Drama, Girls' Generation, Romance, Snsd, Taeny, Taeyeon, Tiffany
Visualizações 163
Palavras 1.391
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Leiam as notas finais.


Boa leitura ♥

Capítulo 16 - Que diabos?!?


“Eu me apaixonei pelo seu orgulho
 

Como um ladrão, eu senti retalhação
 

Com apenas a minha consciência que está cheia de
 

Sonolentos olhos e sonhos que me deixam em transe
 

Eu apaixonei por seus encantos explosivos
 

E minha meta é apenas você
 

Mesmo que doa, meu amor que parece uma flor
 

É minha razão, e mesmo que você não goste, você irá se cortar

 

Meus olhos imóveis de repente se abrem
 

Eu estou com medo de que você seja tirada de mim
 

Eu não consigo aguentar, eu não consigo controlar
 

Em algum lugar durante o caminho, você me destruiu
 

Nas suas mãos, não há final”

 

- Calm Down, Monsta X







 

Como eu não estava aguentando comer nada naquele momento, as meninas acabaram por perceber e tentaram arrumar algum assunto comigo, então Jessica começou a contar histórias de quando éramos crianças para Tiffany que ria a cada palavra de Jessica, enquanto eu quase cavava um buraco ali mesmo e me escondia de tanto vergonha.

 

Foi quando Jessica perguntou para Tiffany o que ela fazia de sua vida.

 

Tiffany respirou fundo e acabou por começar a falar enquanto mexia suas mãos de forma inquieta.

 

- Eu trabalho como gerente na indústria do meu pai na cidade de Ulsan que é próximo daqui. Não gosto muito de ficar por lá, me deixa muito estressada. Então sempre estou vindo para cá. - ela suspirou - meu pai mesmo sabendo disso insiste que eu devo continuar trabalhando lá.

 

- E a insdústria de seu pai é de que? - Jessica perguntou.

 

- Meu pai tem uma indústria automobilística.

 

- Uau - Jessica disse surpresa - interessante… Quando Taeyeon foi embora o que você fez?

 

- Eu continuei por aqui até os meus quatorze anos, logo após me mudei com meus pai para Ulsan porque meu pai queria acompanhar sua indústria de perto. Logo após eu fui para Califórnia com minha irmã mais velha por três anos, depois voltei para Ulsan para ajudar meu pai na indústria. - ela me encarou - no tempo que eu fiquei fora do país foi bem difícil para mim. Raramente eu podia vir para cá esperar por Taeyeon… eu fiquei com medo que ela voltasse. Então assim que voltei para Coréia passei a passar parte do meu tempo aqui.

 

- Patético… - Jessica disse baixo, porém todas nós ouvimos. - digo… Que legal! Deve ter sido uma grande experiência para você ter ido fora do país.

 

- Poderia ter sido, se eu não estivesse esperando por alguém. - ela me encarou, enquanto eu desviava meu olhar do seu.

 

- Bom, não é melhor darmos mais uma volta? - Jessica disse desviando o assunto.

 

- Mas nós ainda estamos molhadas! - finalmente me pronunciei.

 

Nós podemos nos secar e por roupas novas e depois voltarmos a caminhar o que acham? - Tiffany disse se levantando e pegando suas roupas.

 

Eu e Jessica concordamos e colocamos nossas roupas de volta e começamos a caminhar de volta ao chalé e Tiffany à sua barraca.

 

Fomos em silêncio, enquanto eu prestava cada atenção naquele lugar.

 

Eu realmente amo estar ali

 

Sempre amei.

 

E eu me sentia prestigiada por estar aproveitando um lugar tão magnífico como aquele.

 

Quando chegamos na barraca de Tiffany combinamos de nos encontrar ali em alguns minutos.

Eu e Jessica saímos correndo em direção ao chalé para sermos rápidas.

 

Quando chegamos lá, o chalé estava vazio.

 

Provavelmente meu pai tinha saído para falar com algum dos nossos velhos vizinhos.

 

Nos secamos e colocamos uma nova roupa rapidamente, e saímos do chalé novamente.

 

Adentramos na mata e quando chegamos lá, Tiffany estava dentro de sua barraca. Decidimos a esperar, porém não avisamos nossa chegada.

 

Ouvimos o barulho do zíper se abrir e vimos Tiffany já arrumada, ela não havia percebido nossa presença e quando se virou para sair, ela tinha algo em suas mãos parecido com um…

 

Maço de cigarros?

 

Assim que ela nos viu, se assustou e guardou o tal objeto rapidamente, não poderia ser um maço de cigarros, eu deveria ter visto errado. Bati levemente minha cabeça por achar que aquilo era um maço e sorri.

 

- Para onde você quer ir agora Jessica? - Tiffany disse saindo de sua barraca acompanhada por uma bolsa de lado.

 

- Hm… - ela pensou por alguns segundos - já sei! Me levem ao roseiral!

 

 Como eu ainda não tinha lembrado de levar Jessica no roseiral?

 

- Claro! - eu disse animada - vamos logo!

 

Peguei no pulso de cada uma com as minhas duas mão e as arrastei praticamente em direção ao roseiral sorridente.



 

Quando passamos pelo grande portão, Jessica ficou admirada com o roseiral, pude até ouvir um “oh my god” sair de sua boca, Tiffany começou a mostrar cada canto daquele lugar para Jessica, enquanto eu estava distraída olhando cada rosa dali.

 

Eu nunca vou me cansar daquele lugar.

 

Até que eu percebi que estava sozinha.

 

Merda!

 

Eu havia me perdido delas!

“Eu preciso achar aquelas duas logo, vai que elas se matam enquanto estão longe de minha presença?” pensei começando a correr, dando pequenos pulos tentando ver se tinha alguém do lado da outra fileira de rosas.

 

Então esbarrei em algo, e pude ouvir um grunhido.

 

- Aí! Você praticamente me chutou! - disse uma pessoa sentada na terra, tirando seu chapéu para acariciar a cabeça.

 

- Meu deus, me desculpa! Você se machucou? - eu disse me agachando, então a pessoa me encarou.

 

Era uma garota.

 

Muito bonita aliás.

 

Ela possuía uma pele mais escura que a minha.

 

E tinha seu rosto um pouco sujo de terra.

 

Seu cabelo estava preso por duas tranças de cada lado.

 

- Não eu não me machuquei. Você tinha que ter visto sua cara de assustada ao me ver no chão - ela disse rindo se levantando. - porque tanta pressa?

 

- Eu me perdi da minha namorada e de uma amiga minha.

 

- Ah sim, eu posso te ajudar a achá-las o que acha?

 

- Pode ser - sorri.

 

Então a garota pegou uma tesoura de podar planta que estava no chão e começou a caminhar comigo, olhando para cada lado dali.

 

- Posso saber seu nome? - ela me perguntou olhando de canto.

 

- Me chamo Taeyeon e você?

 

- Sou Yuri, de vez em quando eu venho aqui cuidar das rosas.

 

- Agora sim posso entender essa roupa de jardineira que você está - eu ri.

 

- Você sempre vem aqui Taeyeon?

 

- Quando eu era criança sim. Eu voltei a vir aqui faz alguns dias, mas nunca te vi.

 

- Entendi. Eu cuido do roseiral da minha mãe sempre que eu posso. Temos uma fazendo não tão longe daqui. - ela explicou.

 

Continuei conversando com Yuri e descobri que ela tinha a mesma idade que eu.

 

Depois de um tempo, encontramos Jessica e Tiffany sentadas na grama se abanando com a própria mão, porém em lados opostos.

 

Quando Jessica me viu com Yuri veio em minha direção.

 

- Vamos embora. - ela disse parando em minha frente.

 

- Mas mal chegamos aqui…

 

- Vamos logo! - ela gritou

 

Olhei rápido para Tiffany e ela permanecia ali sentada, me encarando com um olhar vazio sem ao menos tentar impedir Jessica de me levar para longe dali.

 

Antes que eu respondesse Jessica saiu batendo o pé dali, me deixando com cara de confusa e Yuri também.

 

- Foi um prazer te conhecer Yuri, espero que possamos nos ver em breve! - eu virei para Yuri que deu um lindo sorriso.

 

- Nos vejamos por aí Taeyeon! - ela acenou.

 

- Tiffany, você não vem? - gritei para Tiffany que me encarava sem expressão alguma. Que por algum motivo eu poderia desvendar tristeza nele.

 

- Vá Taeyeon. - ela disse com firmeza.

 

Eu achei estranho aquilo tudo e decidi correr atrás de Jessica, que já estava bem longe dali.

 

Corri o mais rápido que pude atrás dela, até alcançá-la e bloquear seu caminho me posicionando em sua frente.

 

- Jessica, o que aconteceu? Porque está assim? - eu disse colocando as mãos em seu peito.

 

- Escuta Taeyeon. - ela tirou minha mão de seu peito bruscamente - eu não quero você perto daquela garota, ela não é quem você pensa sua idiota! - ela apontou seu dedo em meu rosto, me fazendo encolher.









 

O que diabos havia rolado entre aquelas duas?

 


Notas Finais


Próximo capítulo tem a narração da Jessica viu galerinha hehe

Agora as coisas vão ficar.... interessantes. **risos maléficos**

Até o próximo capítulo meus chuchus ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...