História The Guard - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin & Ally
Personagens Ally Dawson, Austin Moon, Dez, Patricia "Trish" Maria De La Rosa, Personagens Originais
Tags Ally, Ally Dawson, Austin, Austin & Ally, Austin Moon, Dez, Laura Marano, Ross Lynch, Trish
Visualizações 55
Palavras 2.474
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey! Mesmo de braço quebrado , aqui estou euuuuuuu . Tá doendo um pouco!
Enfim! Obrigada pelos comentários 💜 me fizeram muito bem!
Boa leitura ❤️
Apenas relevem se tiver algum erro ...

Capítulo 17 - Capítulo 17


Fanfic / Fanfiction The Guard - Capítulo 17 - Capítulo 17

"Você quer meu amor, quer meu coração. E nós nunca , nunca , nunca estaremos separados " - Justin Bieber, Baby

Pov's Austin

Não aproveitei o resto da festa , porque estava muito sem graça. O Dez já tinha ido dormir quando eu voltei e a Trish não parava quieta , ficava indo para lá e para cá tentando convencer os outros a contratarem-a para algum emprego . Sendo assim , eu não tinha ninguém para conversar. Enfim….Isso não é o que importa! E sim , que no final da festa , aquele mesmo homem que conversava com Lester , o Jimmy , veio falar comigo. Ele é o dono da Star records ( Uma produtora musical , muito famosa!) e queria saber se eu não gostaria de assinar um contrato com ele. Eu não aceitei ainda , pois quero falar com a Ally antes , então disse para ele que o retornaria. 

Eu quero muito aceitar , finalmente vou poder realizar meu sonho de me tornar um cantor famoso.

Agora , estou indo até o quarto da Ally para irmos juntos até a sala do Lester.

Chegando no andar do quarto dela consigo ver Gavin parado na porta da garota. Suspiro , já com raiva dele , e me aproximo.

- Opa , Austin! Não pode entrar no quarto dela ,muito menos conversar com ela - Gavin diz me barrando na porta da Ally

- Tenho permissão para isso. - Digo , me segurando para não socar a cara dele - Agora se me dá licença ! - O tiro de frente da porta , e entro no quarto da garota .

Vejo que ela não está dormindo. Deve estar tomando banho , então me sento na cama dela , esperando.

- O que você quer ? - Diz Gavin entrando no quarto , bravo

- Não é da sua conta - Falo

- Ah! É sim …- Ele diz irônico

- Cara , me deixa em paz ! - Falo me levantando , estressado , prestes a bater nele

- Me and You , uh uh uh…- Ouço a voz dela , e quando me viro vejo Ally de toalha , que ao me ver cora

- Austin?! Gavin?! - Ela diz envergonhada - O que estão fazendo aqui?

- Ally! - Falo sorrindo - Seu pai quer falar com a gente ! - Digo e vejo Gavin cruzar os braços , irritado. 

- O que? Agora ? - ela pergunta , se escondendo atrás da porta do banheiro

- Sim! - Me levanto da cama - Te espero lá fora. - Falo isso e empurro Gavin para fora do quarto. Eu percebi na hora em que a Ally saiu do banheiro de toalha , que o Gavin ficou olhando para ela meio boquiaberto…Esse cara vai apanhar tanto de mim , um dia…

- Você tem problema é? Pensa que eu não vi a maneira que você olhava para ela?! - Falo após fechar a porta , irritado

- Ei , relaxa. Só estava olhando para ela. - Gavin diz com um ar irônico

- Não faça mais isso !- Digo

- Eu faço o que me der vontade , fechou? E aliás , tá tão irritadinho porque? Ela só é sua amiga , nada mais - Gavin diz rindo e se posicionando de um lado da porta

- Você que pensa..- Sussuro , cruzando os braços e indo para a janela

- O que?? - Gavin pergunta , mas o ignoro , me sentando na janela. Eu queria pedir a Ally amanhã. Mas hoje vou fazer isso! Não aguento mais esperar

Pov's Ally

O Austin e o Gavin me pegaram de surpresa…Acho que nunca senti tanta vergonha na minha vida! Só queria sumir naquela hora!

Enfim! Coloquei um short jeans e uma blusa preta , de girassóis e com botões (N/A: link nas notas finais) , e minha botinha preta. Prendi o cabelo , fazendo um rabo de cavalo e passei uma maquiagem básica. Comi meu café da manhã que estava em uma bandeja , em cima da minha escrivaninha e escovei os dentes . Quando saí do quarto vi Austin na janela e Gavin apoiado na parede

- Oi , Ally - Gavin fala se ajeitando e sorrindo

- Oi , Gavin! - Falo sorrindo de volta - Vou , falar com o Austin - Falo e ele assente , fechando a cara.

Me aproximo do loiro , que está de costas para mim , e abraço seu pescoço , quase o enforcando

- Ai! - Ele diz tentando tirar meus braços . Dou risada e abraço seu pescoço direito , deixando ele respirar

- Bom dia , insuportável - Digo sussurando e fazendo um carinho na sua mão , que estava segurando meu braço

- Bom dia , Marrentinha…- Ele diz sorrindo. O solto e me sento do seu lado

- O que quer? - Falo , olhando para o lado de fora

- Seu pai quer falar com a gente.. Vamos? - Austin diz .

- Será que é bom? - falo , com medo de acontecer alguma discussão

- Não é bom.. - Austin diz chateado , suspiro

- Vamos ! - Digo , Austin se levanta e estende a mão para me ajudar a levantar. Seguro e ele me puxa com toda a força , quase me derrubando

- Ainda te derrubo hoje , como vingança do que você fez no meu pescoço - Ele diz rindo

- Aí , que vingativo - Falo brincando e ele ri. Descemos as escadas conversando , Austin conseguiu me derrubar no último degrau , mas depois ele me ajudou a levantar e fomos abraçados até a sala do meu pai.

- Está nervosa? - Ele pergunta

- Não - Minto. Eu estou nervosa , não quero brigar com meu pai e não quero ficar irritada.

- Vamos , vai dar tudo certo! - Ele diz confiante. Confiante até demais …Ele não estava nervoso?!

- Austin , você não estava nervoso? Porque...- Ele me interrompe , batendo na porta do escritório

- Pode entrar ! - Diz uma voz meio abafada do outro lado da porta. Austin olha pra mim e sorri animado , me puxando para dentro da sala.

- Senhor Lester - Austin o cumprimenta com um sorriso e um aperto de mão

- Austin - Meu pai retribui , olhando para mim depois - Bom dia , filha. - Ele diz . Assinto com a cabeça e me sento na cadeira , tentando evitar olhar para meu pai.

- Austin , sente-se - Meu pai diz sorrindo ainda. Estranho , meu pai nunca pede para os guardas se sentarem

- Lester , não contei nada para ela…- Austin diz , olho para ele , irritada. Como assim , meu pai e o Austin viraram cúmplices?!

- Ally…- Olho para meu pai - Andei pensando muito e resolvi colocar o Austin de volta a seu antigo posto , na sua porta . - Meu pai diz e fico boquiaberta , em choque. Olho para o Austin e ele sorria animado

- Sério? - Pergunto , olhando fixamente para meu pai

- Sim - Meu pai diz . Sorrio e Austin segura em minha mão por baixo da mesa , entrelaçando nossos dedos , o que me faz sorrir mais ainda

- É só isso mesmo... Podem ir - Meu pai diz , meio grosso . Austin solta minha mão e saí da sala na frente

- Obrigada…- Digo antes de me levantar - Obrigada mesmo. - Ele sorri e eu também

Me levanto e saio correndo da sala , mas não acho o Austin .

- Austin? - O chamo no salão , mas não obtenho resposta

Começo a ouvir um barulho e vejo Dez saindo de um quarto , com uma rosa na mão…

Pov's Austin

Quando eu estava esperando a Ally se arrumar , mandei mensagem para o Dez , dizendo para ele arrumar as coisas do pedido de namoro.

Depois , sai correndo da sala do presidente na frente da Ally e fui para o lago a cavalo. Já estava tudo pronto , agora só faltava a Ally.

Pov's Ally

Dez tinha me levado até o estábulo . Princess já estava com sela e bem arrumada

- O que aconteceu, Dez ? - Pergunto para o ruivo , que andava de um lado para o outro

- Sobe nessa égua , segue umas placas e pronto - Ele diz sorrindo e parando de andar

- Mas..- O ruivo me interrompe colocando seu dedo na minha boca

- Shhhhh.….- Ele diz - Vai logo! - Dez diz sorrindo emocionado com alguma coisa

- Ok , ok…- Falo montando na Princess - Volto daqui a pouco…- Meu primo acenava para mim , com um sorriso e os olhos marejados

Saio no galope , adentrando a floresta. Conforme o caminho se passava eu ouvia uma música , e percebia que eu estava indo ao lago. Tinha umas setas indicando para onde eu devia ir.

(….)

Quando cheguei no lago , vi umas pétalas em forma de um coração com uma cesta no meio. Desci da égua e comecei a me aproximar.

Está claro , o que significa isso tudo e é óbvio que foi o Austin , talvez por essa razão meu coração batia tão rápido.

Austin surgiu do meio dos arbustos com um violão e começou a cantar uma música que eu não conhecia , devia ser nova.

Timeless (tradução , link notas finais)

Every day-day-day

I fall for you a little more-ore-ore

And every night-night-night

I dream of you so beautiful-uh-uh

Yeah eh

Everytime we laugh

I see sparks flying 

And everytime you blush 

I feel those butterflies

Baby , How we feel 

Will always be in style

Forever and ever 

This love is never gonna fade

We are timeless

We are timeless

My Heart will never ever change

We are timeless

We are timeless 

And we're gonna last 

Our love Will always feel this Way

We are timeless

We are timeless....

- Nós somos eternos , Ally…- Austin diz soltando seu violão e sorrindo - Marrentinha…Nos conhecemos desde pequenos , e posso dizer que te amo dês de aquela época. Eu te amo e muito , você sabe que daria minha vida por você. - Começo a chorar - Ally , não vejo uma vida sem você ao meu lado , você é parte de mim. Eu quero te proteger , te fazer sorrir , te ter comigo sempre. Enfim , depois dessa parte clichê - Ele diz rindo e corando.- Você gostaria de ser minha namorada?

Me aproximo dele e olho nos seus olhos. Ele provavelmente estava tenso com minha resposta.O abraço e ele retribui

- É claro que sim.…- Digo sussurando , e Austin me abraça mais forte ainda - Obrigada por isso , loirinho. Você não sabe o quão feliz estou - Falo , deixando outra lágrima escapar. Austin me solta , ele sorria.

Dou um beijo demorado nele e depois ele me puxa para perto da cesta. Achei que era comida , mas quando a abri ela estava vazia

- Austin? Era pra estar vazia? - Pergunto e ele ri

- Sim. Tem uma outra cesta ali , perto daquelas rosas - Ele diz apontando para perto de uma árvore

- Então , pra que serve essa cesta? - Pergunto e Austin me abraça de lado

- Sabe , eu sinto que isso que nós temos não vai acabar…- Ele diz e sorrio - E eu quero ter lembranças do começo de tudo. Por isso , peguei essa cesta e vou deixar ela aqui , em algum lugar seguro. Sempre que acontecer algo entre nós que eu queira me lembrar , vou colocar um objeto marcante aqui. - Ele diz

- É sério? - Pergunto olhando para ele que assente com um sorriso

- Olha a cesta novamente , com atenção- Ele diz e puxo a cesta rapidamente para meu colo. Austin me puxa para mais perto dele

Dentro da caixa havia um pedaço do meu vestido vermelho , que devia ter caído em algum momento na festa e também tinha o pote de açúcar (sem nada dentro) . O vestido , marcou o baile ou seja nosso beijo e o pote de açúcar , o dia em que tomamos ou tentamos tomar café juntos, que foi quando voltamos a nos aproximar. Sorri para ele

- Você é incrível…- Digo o abraçando . Pego um pouco das pétalas e ponho na cesta . - Vai murchar , mas é só repormos com outras pétalas de rosas.

- Sim…- Ele volta a me abraçar. Não precisamos de palavras , só os toques e os carinhos dizem milhares de coisas.

Eu estou extremamente feliz!O Austin significa muito , mas MUITO para mim. E saber que agora somos Namorada e Namorado é incrível.

Depois disso , comemos , trocamos carinho e quando o sol começou a se pôr , subimos para um ponto mais alto da floresta , para ver melhor o sol. O rosto do loiro era iluminado pela luz ,e eu estava deitada em seu colo

- Ally , você lembra de nosso primeiro beijo ? - Ele diz rindo , o acompanho

- Sim! - Digo , me lembrando da cena .Austin olha para mim sorrindo

Nós tínhamos uns 6 anos , quando isso aconteceu

- Você me bateu tanto aquele dia - Ele fala acariciando meu rosto

- É claro , eu já estava brava pelo fato de você me empurrar na fonte , depois você ainda me beija! - Digo e ele ri

- Sempre uma Marrentinha! - Ele fala , voltando a olhar para a paisagem

- Sempre um insuportável - Falo , olhando para o sol

- An…Ally? - ele me chama , e olho para ele

- Sim? - Pergunto

- Ontem na festa , um produtor musical veio falar comigo. - Austin diz. Sorrio feliz e me sento o abraçando

- Eu sabia que você conseguiria! Você aceitou né? - Pergunto animada

- Não , queria conversar com você antes…- ele diz , ficando chateado - Eu teria que ir para Miami…- Meu sorriso desaparece

- Sério? - Volto à o abraçar

- Sim…Se você quiser eu não vou- Austin fala , e a tristeza em sua voz estava clara

Eu não quero que ele vá , mas é o sonho do Austin. Seria muito egoísmo pedir para ele ficar

- Aceita.… Vai ser difícil , mas vamos nos ver…E Austin é o seu sonho , você pode nunca mais ter uma chance dessas

- Não quero te deixar aqui sozinha! Tem pessoas falsas na mansão… E se eu te perder , nunca mais vou ter uma chance de te ter de volta

- Vamos conversar sobre isso depois - Falo e ele assente

- Ok. Preparada para a nossa apresentação no show de talentos da escola?! - Austin pergunta

- Sim! Vamos arrasar , e finalmente vou esfregar na cara daquela Bruke que você me conhece! Depois eu bato nela …- Falo e ele cai na gargalhada

- Agressiva!

- Sou…- Falo rindo - Me magoa pra você ver , tu nunca mais vai conseguir andar , palhaço..- O ameaço

- Não seria capaz disso.- Ele diz rindo

- Ótimo…- Falo carinhosa. - Também não seria capaz…- Falo , me deitando novamente em seu colo


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...