História The louvre - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boyfriend
Personagens Donghyun, Jeongmin, Kwangmin, Minwoo
Tags boyfriend jeongkwang
Visualizações 4
Palavras 1.166
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ok eu tenho uns warnings pra fazer porque esse site infelizmente nao quis colaborar comigo e não tem a categoria que eu queria colocar lol. Assim,não contem isso como um spoiler mas futuramente quem sabe....haverão uns breves sinais de relacionamento abusivo na historia porque eu acho que é importante abordar sobre isso (não se preocupem, tentarei tratar disso da forma mais honesta e clara possível,sem romantização até porque: não tem nada pra romantizar nisso,mas independente disso estou aberta pra puxões de orelha.) entao eu peço aqui de antemão ja que o site não faz por mim: se você passou por algum tipo de relacionamento abusivo e possuí algum trauma por favor não ler a historia,não se preocupe não ficarei chateada certo? sua saude em primeiro lugar e eh nois demais manossss.
de resto eh so isso boa leitura a todos <3

Capítulo 4 - I know you're feeling it too,can we keep up with the ruse?


Jeongmin's pov

Ele me mandou uma mensagem,me perguntava se eu estava preparado para vê-lo novamente hoje. Soa idiota, eu não me importo,não é mesmo?

Ok,quem eu queria enganar,as vezes eu sou um grande jogador, mas eu também possuo sentimentos, mas vezes eles também não correspondem.

Bem,era mais um desses dias de sempre, a diferença é que meus pais estavam organizando a festa para comemorar o aniversário de casamento. A unica coisa que me interessava nesse momento era saber que eu já posso beber a quantidade de champanhe que eu quiser. Agora,eu sou um grande homem independente. Ok, talvez não tao grande assim...

As luzes da casa dos meus pais já estavam todas acesas,grandes luminárias e mesinhas, uma organização impecável, mas a festa mal começaria agora, e os convidados nem se quer haviam chegado..

No meu sub consciente me perguntava se era correto convidar o outro para cá,eu tinha acabado de conhece-lo,minha mãe dizia que não é correto levar estranhos para casa, mas ele me parece inocente demais, como um ser incapaz de fazer mal á alguém. Então,porque não?

De qualquer maneira, segui meu caminho para o museu, hoje ficaria por pouco tempo, isso é ótimo,vamos fechar mais cedo e assim nenhuma criança ou adolescente chato iriam me incomodar não é mesmo? Errado. Ah, eu já podia ouvir o barulho das buzinas novamente, será outro dia estressante...

...

-Eu estou dizendo, ele não é de todo mal...-ria Kwangmin enquanto explicava sobre Jeongmin á Donghyun  e Minwoo.

-Você acha que é correto se envolver com o instrutor de um museu? Ele deve ser uma mumia...-dizia Donghyun em espanto.

-Pior,ele pode nem se quer existir...Ser um espirito que fica rondando esse museu fedido.-dizia Minwoo com a maior cara de desgosto possível.

-Ah,vocês estão vendo ficções demais, é obvio que ele é real, e esse museu esta em ótima condição.-disse  Kwangmin descendo as escadas do ônibus escolar.

Kwangmin's pov.

Nós nos retirávamos do ônibus,e eu podia vê-lo abrindo o portão, bem, o meu coração estava palpitante. 

Eu apenas resolvi dizer oi,eu não podia ser tão fácil assim...poderia? Não,eu nem sei o que é que esta acontecendo.

-Hm...olha as bochechas vermelhas dele.-sussurrava Minwoo á donghyun fazendo com que rissem.

-Ah,parem de ser idiotas.-resmunguei correndo ao lado oposto,um pouco chateado,e me sentando ao chão para prestar finalmente algum tipo de atenção nesta aula.

Porque eu estou agindo diferente você deve se perguntar..Bem, quando parei pra refletir da primeira vez que nos vimos,eu quase destruí o museu por total nervosismo, então eu prefiro ficar calmo desta vez e me concentrar em mim mesmo. Aquilo foi uma péssima impressão...

...

"Bem,mas eu gosto" Jeongmin pensava consigo referente ao outro. Estava surpreso que apenas acabará de receber um "Oi", excepcionalmente hoje,o outro aparentava muito bonito em seus olhos. Desta vez estava de franja, o vermelho de seu cabelo parecia brilhar com a luz do sol que invadia o meio daquele museu.

As roupas,bem...ainda eram o uniforme do colégio, mas até isso aparentava bonito. "Ah, o que eu poderia estar pensando..." dizia Jeongmin que interrompia seus pensamentos conforme mordia os lábios confuso. 

Aquela aula havia sido muito cumprida, mas por alguns instantes os alunos podiam respirar e admirar as obras enquanto paravam de anotar inúmeras coisas,sendo assim Jeongmin aproveitava para se aproximar do outro..

-....Você não vai atrapalhar o meu trabalho hoje,mocinho? - sussurava Jeongmin agachado atras do outro que se via sentado com as pernas jogadas ao outro lado.

-Que susto.- resmungava Kwangmin irritado.

-O que houve?Está em um mal dia? 

-Não...Só não queria atrapalhar você...quero dizer, foi uma péssima imagem de mim. 

-Ah, eu achei engraçado na verdade..-dizia Jeongmin se acomodando ao lado do outro e se apresentado a Donghyun e Minwoo.

-Bem..nós...mmm....temos que ir né Minwoo...-dizia Donghyun rindo um tanto nervoso.

-Ah porque,me deixe ficar aqui está confortável e deveras interessante...-ria Minwoo ao olhar para Kwangmin que cerrava  os olhos para si irritado.-Ih,o que estou indo...

-Me desculpe por isso. 

-Ah,tudo bem...Mas porque disse sobre ter uma má imagem? Sabe do que mais...não importa tenho que te dizer algo importante. -dizia Jeongmin animado e a tocar suas mãos a do outro o fazendo fita-lo em seus olhos curiosamente e assustado.

-A....Agora? 

-Sim...Eu queria te convidar pra uma festa que vai ter na minha casa,alias você pode convidar aqueles seus amigos "engraçadões"

-Você tem certeza?

-Sim,total certeza. -dizia Jeongmin a rir e a fitar o outro nos olhos. Em sua cabeça,honestamente,não sabia que diabos estava fazendo.

-Ah...Tudo bem...é depois daqui?

-Claro. Se você quiser te levo pra minha casa,quero dizer...te dou uma carona.-dizia Jeongmin a envergonhar-se.

-Não. De jeito nenhum.

-Não tem problema pra mim,é serio.

-Bem, vemos isso depois. Preciso voltar pra aula. -dizia Kwangmin arrumando seus cadernos novamente assim que via sua professora voltar.

-Tudo bem...eu estou no local de sempre,você sabe onde me encontrar.-dizia Jeongmin levantando-se e sorrindo atrapalhado ao outro a se retirar.

-E então,garanhão...-dizia Donghyun cutucando o outro com seu cotovelo e voltando ao seu lugar.

-Não aconteceu nada.

-Como assim nada,vocês conversaram por um bom tempo....Parece que ele tá afim de você mesmo. - dizia Minwoo rindo.

-Ah fala serio...Ele só me convidou pra ir na casa dele ok?

-Ih olha lá, conheceu ontem e já quer...-dizia Donghyun rindo.

-Ei cala a boca.-dizia Kwangmin irritado e dando um chute ao outro o fazendo não terminar sua frase.

-Ei,esta tudo bem ai atras? - perguntava a professora.

-S...Sim...-dizia Kwangmin suando frio por ter sido chamado atenção.

-Olha,conta pra gente e a gente não vai te zoar. - dizia Minwoo animado.

-...Esta bem.-Kwangmin respirava fundo.-Eu vou ir pra casa dele porque vai ter uma festa e ele quis me convidar como qualquer pessoa gentil...

-Sei...-dizia Minwoo curiosamente.-Esperava mais,achei que ele tinha..sei lá...se declarado.

-Ah fala serio, não tem nada pra declarar, eu hein...sabe do que mais, eu vou ir no banheiro vou deixar vocês ai,espero que essas esculturas virem de verdade e matem vocês.-dizia Kwangmin irritado e se retirando.

-Era pra ser ofensivo? Ele continua parecendo que tem 4 anos...-dizia Donghyun rindo a minwoo enquanto o mesmo apenas balançava a cabeça negativamente e ria.

Do outro lado do grande museu, ficava o banheiro,onde Jeongmin por um acaso estava parado vigiando-o. Via o outro passar e sorria um tanto sem jeito, quando o mesmo subia um degrau pequeno da porta daquele banheiro,deixava cair uma simples caneta, e sem perceber a deixava seguindo seu caminho...

Kwangmin passava uma breve quantidade de água em seu rosto e se olhava no espelho por 5 minutos, estava confuso e seus amigos não lhe ajudavam tanto. Aquela futura festa,parecia perigosa, e se ficasse bêbado? E se Jeongmin fosse alguém não confiável? E se estivesse se metendo na maior furada de sua vida? Bem, ainda queria continuar com toda essa fraude.

Se retirava do local,e ao pisar fora dava de cara com o outro, o que o fez levar um susto ao vê-lo parado em sua frente, o olhando dos pés a cabeça, e sorrindo. Isso era desconfortável.

-Ei,você deixou cair essa caneta... Ela é sua,certo?

....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...