História The man of dreams!! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin
Tags Imagine Jin
Visualizações 14
Palavras 1.298
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, cá estou eu com mais uma fic, espero que gostem e deem muito amor a ela!!!💜

Dsclp pelos erros!!!
Boa leitura!!💜

Capítulo 1 - I- revelations!


Fanfic / Fanfiction The man of dreams!! - Capítulo 1 - I- revelations!

Hoje faz exatos 2 anos que me casei com Kim Seokjin, mas se eu falar que estou contente com meu casamento é mentira, Jin anda distante, quase não tem tempo pra mim, pra ele tudo é apenas trabalho, quando me toca sinto que tem algo de errado, sinto como se fosse tudo por obrigação da parte dele.                Além de tudo isso, ele tem passado mais tempo em seus telefonemas , quando peço para conversarmos sempre aparece um imprevisto na empresa.

O pior de tudo isso é que eu o amo , amo incondicionalmente, mais do que a mim mesmo, e saber que ele está tão distante é como uma facada em meu peito, sinto que tem algo acontecendo, mas temo oq pode ser! 

-Onde está?- pergunto assim que Jin atende uma das milhares de chamadas que fiz a ele- viu que horas São?.......exatamente, são 21:30, já era pra você estar em casa a 1hr, vai ter que dobrar?.........de novo- escuto uma voz feminina no fundo é meu coração quase para apenas de pensar, imediatamente Jin desliga, sem ao menos me dar um tchau- sinto que vai me doer, mais preciso saber oq está acontecendo.- falo a mim mesma, pego as chaves do carro e saio indo em direção a empresa.


          Jin on


Hoje faz 2 anos que estou com a (S/N), a cerca de 6 meses eu venho traindo minha mulher, estou distante e fora de ser seu porto seguro para conversar, eu ainda continuo a amando como nunca, eu simplesmente acabei cedendo e agora não sei como sair desse rolo todo, me sinto mal toda vez que a toco, pois penso no quanto sou infiel sendo que tenho tudo oq preciso em apenas uma mulher.

É cá estou eu traindo novamente minha mulher.


Meise- desliga logo esse celular e vamos continuar de onde paramos- reclama quando meu celular toca, eu atendo e revira os olhos e coloca no viva voz.

Ligação on

(S/N)- onde está?- sua voz estava alterada.

- na empresa oras, onde mais estaria.

(S/N)- viu que horas São?

- 21:30- falo simplista

(S/N)- exatamente, são 21:30, já era pra você estar em casa a 1hr!- fala sem paciência.

- terei de dobrar novamente.

(S/N)- vai ter que dobrar?

- sim, chego em casa as 22:00.

(S/N)- de novo. 

Meise- Jinnie- diz manhosa e a respiração de (S/N) falha, imediatamente desligo o celular sem dizer tchau.

Ligação off

- Ficou louca?- pergunto e ela vem até mim- vamos acabar logo com isso- falo sem paciência e a puxo para mim, como estávamos nus facilitava muito.

Jin off

Assim que cheguei na empresa subi sem avisar ou pedir permissão. Sai do elevador e o setor do jin estava vazio, assim que fui me aproximando da sua sala eu escuto gemidos? Isso não pode tá acontecendo! Não, não, não.

Abri com tudo a porta e vi a pior cena da minha vida, se eu estivesse com uma arma agora me matava, Kim Seokjin, a pessoa que eu mais me dediquei e amei estava comendo a puta da sua secretária, assim que abri a porta os dois pararam.

-Não!- sussurro e meus olhos marejam, mas não ia chorar, não aqui na febre deles, não mesmo- isso explica tudo, suas ausências, seu desprezo por mim- não aguento e uma lágrima cai.

Jin- (S/N) não....- o interrompo, sua voz estava ofegante fazendo meu coração quase parar.

- oq Seokjin, vai falar que não é isso que eu tô vendo? Que pode me explicar?- olho para a aliança e a retiro de meu dedo, caminho até sua mesa e a coloco lá, sem mais nenhuma palavra me viro e sai não ligando para os berros de Jin.

Jin-  (S/N) ESPERA!!- grita e eu corro até o elevador. 

O elevador se abre e eu corro já aos plantos no carro, dou a partida e vou a caminho de casa arrumar minhas coisas, derrapente eu só escuro uma buzina e tudo fica escuro.


                           [.........]

???- ela tá acordando! Mantenham os aparelhos ligados, moça qui seu nome?

- Jin eu te amo tanto, queria que tudo fosse diferente- sussurro repetidamente e escuto meus próprios batimentos parando até tudo fica escuro novamente.


Jin on 

- Droga, Droga, Droga- falo repetidamente enquanto me vestia.

Meise- para  com isso Jinnie- diz manhosa e vem até mim- você já ia largar dela mesmo- fala massageando meus ombros.

- Eu nunca, nunca largaria a pessoa que eu amo escutou? NUNCA- grito- você foi apenas um passatempo que eu nem sei o pq me meti nisso tudo.

Meise- você me ama.- sussurra e me larga lentamente.

- Eu nunca amei você, eu amo minha mulher, apenas Ela, mas que tudo no mundo, com você foi apenas prazer sexual, mas nunca passou disso!- término de me vesti e saio deixando meise para trás gritando.

O elevador se abre e eu corro até meu caro, dou a partida e corro até em casa, no caminho vejo um carro parecido com o da (S/N) atravessado por uma árvore  e bem do lado do motorista tem outro carro colidido, nesse momento me vem um aperto no coração, meu celular toca, pego e vejo que é (S/N).

Ligação on 

- Alô? (S/n) meu amor.

(S/n)- o senhor e Jin?- fala uma voz que eu nunca ouvi na vida. 

- Sou siim, oq fax com o celular da....- me interrompi. 

(S/N)- sinto muito, mas a srta. (S/N) teve um acidente muito feio e acabou vindo a obto, meus pêsames, seu corpo está no hospital ****

Ligação off

Assim que ele termina de fala eu desligo não acreditando, corro até o hospital mas nenhuma lágrima cai durante todo o caminho, apenas desligo o carro e corro as pressas para dentro do hospital.

- cade a (S/N)? Cadê minha mulher?- pergunto com angústia para a recepcionista. 

Recepcionista- sala 503, meus pesames- me olha triste e eu corro até a sala a mim indicada, assim que abri a porta vejo (S/N) com roupa de hospital, pálida e meu mundo cai. 

- não, não, não- corro ao seu lado- meu amor me perdoa, por favor acorda e fala que é só uma brincadeira- choro mais- eu fui um trouxa que não soube valorizar seu amor e dedicação, me perdoe por isso- soluço- acorda e vamos superar isso juntos- pego em suas mãos e lhe dou um selar, sinto seus lábios que antes eram quentes e viciantes agora estavam frios e sem vida mas ainda sim minha ficha não cai.

Medico- sinto muito pela sua perda, em seus últimos momentos ela disse seus e disse tbm que te amava e queria muito que fosse diferente.- choro mais.

- não doutor, minha mulher é forte, ela é forte.

Médico- mais ela não aguentou, seus ferimentos eram muito profundos.



       [...........]            

Coveiro- 5min- caminho aos plantos ao corpo de minha amada.

- (S/N) Eu sei que oq fiz com você não tem perdão, eu tirei sua vida e isso eu jamais esquecerei, carregarei esse fardo em minhas costas até meu último suspiro, 5min não é o suficiente para dizer o quão amada você foi por mim, mesmo eu não demonstrando e eu a amava e ainda amo mais que tudo no mundo, você me chamava de seu herói por apenas eu matar uma barata, mas eu nunca te chamei de minha heroínapelo simples fato de ter passado em minha vida, sinto muito muito pelo que fiz, mas sei que não tem perdão! Assim como foi em pessoa, será o anjo mais lindo que já existiu, só peço para que de onde estiver sorria, seu sorriso sempre foi o motivo de eu conseguir levantar todos os dias!!!- desabou em lágrimas.

Coveiro- Acabou o tempo, meus pêsames.

[.....]

Me sento ao lado do túmulo da (S/N) e e nele estava escrito.

" aqui jas Kim (S/N), a pessoa e o anjo mais lindo já visto


 - pode parecer egoísta- olho para o ceu- olhe por mim meu amor!


"Desculpe pelo que te fiz

Mas palavras agora já não fazem mais sentidos 

Tudo oq eu queria agora lhe mostrar

É o quanto estou arrependido"


Notas Finais


Espero que tenham gostado da minha fic.
Bjs da unnie💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...