História The new girl - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias It: A Coisa
Personagens Personagens Originais
Tags It: A Coisa
Visualizações 85
Palavras 459
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E o Pennywise, querem que ele apareça para dar sustinhos nos garotos?
Welcome to Loser's Club.

Capítulo 8 - Eight


Quando Stanley virou a esquina e seguiu para a rua de trás da minha casa, me perguntei se a história que ele havia contado era verdade. Quero dizer, um palhaço assassino que faz as pessoas flutuarem e deixa balões vermelhos por aí não é fácil de engolir, não.

Mas depois de entrar em meu quarto e deitar, fiquei olhando o teto e pensando em Billy. Se aquilo fosse verdade, e esse palhaço realmente existisse, ele teria matado o irmão de Bill e, possivelmente, minha irmã.

Depois de ficar tendo minhas neuroses malucas consegui dormir, por fim.

[✓]

Tive um sonho incrivelmente bom, o que não era comum desde que Vanessa morreu. E, bom, na minha percepção, ouvir que um palhaço assassino aterrorizou a cidade em que você mora em consecutivos períodos de vinte e sete anos, não faria você dormir melhor.

Depois de sair para a escola e caminhar sozinha até minha aula, fiquei me perguntando se os garotos me ignorariam pelo o que eu falei ontem. 

Quando o primeiro período acabou (e eu tive que agradecer a Deus por aquilo. Ninguém merece a Sra. Shapiro dando aula de espanhol), caminhei até meu armário e fingi não reparar que as pessoas olhavam descaradamente para mim. Talvez por que eu era parte do Loser's Club.

— Olá, Miranda — falou um trombolho à minha frente, e logo mais tarde descobri que esse trombolho era na verdade uma menina.

— Hum... Oi? — falei olhando para cima, quando consegui finalmente olhar nos olhos dela. — Posso te ajudar?

— Fiquei sabendo de algumas coisas... — disse ela.

— E quais seriam essas coisas?

— Você saiu com o Stanley ontem?

— Hum... Não. Eu fui em um encontro com o Loser's Club.

— Eu te aviso, menina, eu sou bem mais forte do que você.

— Você não me conhece.

— MIRANDA A GENTE TEM QUE... — gritou Ben enquanto virava o corredor e dava de cara com uma garota gigante olhando para mim como se quisesse me matar. — Tarde demais.

— Você quer briga, então você vai ter briga.

A garota que por algum motivo veio tirar satisfações comigo, puxou o meu cabelo e me encostou no armário. Enquanto algumas pessoas se juntavam para assistir o meu suposto "massacre", eu peguei no pulso em que ela prendia meu cabelo e apertei. Ela urrou de dor e me soltou. Virei seu pulso e a prensei contra a outra parede. Todos começaram a me aplaudir, ninguém esperava que eu fizesse isso.

— Eu falei que você não me conhece — falei e atravessei a multidão de alunos gritando antes que alguém da diretoria fosse lá conferir o que estava acontecendo.

— Como você fez aquilo? — Eddie perguntou assim que me viu.

— O que? 

— Você bateu na Jessyca Juniors!

— Interessante.

— Eu tenho medo de você agora.

— Que bom.


Notas Finais


Gente, esse capítulo não tá completo pq eu tô na casa da minha amiga, daí fica meio difícil de atualizar. Provavelmente mais tarde eu atualizo.
Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...