História The Other Side of Jungkook - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Brigas, Hoseok, Investigação, Jimin, Jungkook, Namjin, Romances, Taehyung, Vhope, Yoongi, Yoonkook
Visualizações 19
Palavras 2.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello povo mio
Tão gostando?

Capítulo 4 - O jantar e o encontro


Fanfic / Fanfiction The Other Side of Jungkook - Capítulo 4 - O jantar e o encontro

Min Yoongi

Depois de desejar boa sorte a Namjoon, eu saio da casa dele e pego um ônibus de volta pra casa, o ônibus para perto da minha casa, dou alguns passos curtos e em três minutos eu chego no portão, abro e entro em casa e olho as horas.

"17:40. Vou começar a me arrumar".

Subo as escadas indo para o meu quarto. Procuro uma roupa, como estava frio, eu escolhi uma blusa cinza, uma calça preta e uma jaqueta de couro marrom.

 https://goo.gl/images/qdgPTf

Tiro a peruca e as maquiagens do meu rosto, me olho no espelho e sorrio. "Até eu me pegaria com essa roupa". Rio do meu pensamento.

Bom, agora a segunda etapa do plano, preciso dar em cima de Jungkook, se ele achar que eu gosto dele, vai pensar que é mais uma vantagem pra ele, sendo que ele não vai precisar bolar um plano muito complexo.

Paro de pensar assim que ouço meu celular tocar, eram 18:30 agora, hora de buscar Jungkook, ou deveria dizer, pegar o coelho. 

" Vamos ver quem é mais esperto Kook"

Me levanto e desço até a garagem onde estava meu carro, pego a chave e entro no mesmo. Saio de casa e coloco o endereço no GPS do meu carro. 

Após meia hora, exatamente às 19:00 eu chego em uma mansão que era quase do mesmo tamanho que a minha, era um pouco maior.

Olho para o papel confirmando se era a casa certa. Me aproximo do portão e toco a campainha e depois de algumas perguntas o recepcionista me deixa entrar. 

Chegando a porta, um mordomo me acompanha até a sala, onde havia um homem parecido com Jungkook, mas bem mais velho, deve ser o pai dele, ele estava lendo um jornal e assim que o mordomo me anuncia o homem abaixa o jornal, se levanta e vem até mim dispensando o mordomo.

- Qual o seu nome, meu jovem?

Meu corpo estremeceu ao ouvir a voz grossa e rouca do homem. Certo que minha voz era grossa, mas não chegava aos pés dele.

- Min Yoongi, senhor

Ele pede pra que eu me sente ao seu lado e me olha por um tempo, me deixando desconfortável.

- Cuide bem do meu filho, e não chegue tarde com ele, entendeu?

Engulo seco.

- Sim, senhor.

Ele olha o relógio.

- Jungkook já está descendo, eu já vou indo. E não se esqueça do que eu falei, até às dez eu quero ele aqui

Afirmo com a cabeça e ele vai embora. Depois de alguns minutos ouço alguém descer as escadas vindo até a sala e quase deixo meu queixo cair com aquela visão.

Tenho que admitir, Jungkook é muito bonito, pena que estamos em lados opostos. Mas, acho que posso me divertir mais do que eu estava pensando.

Jungkook usava uma jaqueta de couro preta, calça preta e uma camiseta preta por baixo.

https://goo.gl/images/e8ASVw

Jungkook 

Eu estava muito ansioso para o meu encontro com Yoongi, apesar dele ter me irritado com sua falta de respeito mais cedo, ele é bem gostoso, ou seja, vai ser muito divertido brincar com ele.

Como a escola havia liberado todos mais cedo, eu fui para a casa e fiquei pensando no que fazer. O rapaz era bonito, queria ficar um tempo com o rapaz antes de fazê lo de sua vítima. Queria conhecer cada pedaço da sua vida, afinal esse era outro hobby que Jungkook tinha com as suas vítimas, descobrir tudo sobre eles. E Yoongi seria mais difícil, já que ele era misterioso, mas é isso que eu gostava, quanto mais difícil melhor.

Se bem que pessoas assim sempre escondem algo grande, assim como eu. O que será que você esconde Hyung!? 

Estava tão perdido em meus pensamentos que quando eu olho para o relógio era 18:50, eu já estava atrasado prae arrumar.

Levanto rapidamente da cama, tomo um banho e visto uma das minhas melhores roupas. Desço as escadas e vejo Yoongi no sofá. Ele já era bonito no uniforme da escola, mas aquilo ali era um Deus.

Vou até o mesmo e cumprimento-o.

- Vamos?

Ele afirma e saímos da minha casa até seu carro e uma duvida surgi em minha cabeça.

"Como ele pode ter um carro? Ele não é maior ainda"

- Esse carro é seu?

Yoongi

Congelo com a pergunta. O que eu ia falar agora?

Na casa de Namjoon

Jin

Começo a fazer a comida favorita de Namjoon.

"Por que eu estou fazendo isso? Aigoo"

Volto minha atenção para a comida me distraindo até que sinto um corpo encostar no meu. Respiro fundo.

- O que está fazendo Nam?

Ele segura em minha cintura e fala perto do meu ouvido.

- Esse cheiro é tão bom

Arrepio e coro um pouco por ele estar tão próximo.

- É a carne e Korean knife noodles 

Ele da uma pequena risada e diz.

- A comida também está com cheiro bom

Coro mais e me Afasto um pouco.

- Não me atrapalhe Namjoon

Vejo seu sorriso sexy virar um sorriso forçado.

- Quer que eu ajude em alguma coisa?

Me senti mal por isso.

- V-Você pode arrumar a mesa, por favor? A comida está quase pronta

Ele afirma com a cabeça e começa a arrumar. Termino a comida quando vou colocar na mesa eu fico surpreso, a mesa estava com uma toalha rosa, os pratos eram rosa, as cadeiras também, e havia pétalas de rosa na mesa e duas velas.

Coloco a comida na mesa e olho para Namjoon.

- Por que está tudo rosa? E pra que essas pétalas e as velas?

Ele coloca a comida nos pratos.

- Você gosta de rosa

Puxo seu braço.

- Isso não responde minhas perguntas

Ele pega minha mão e me leva até a cadeira.

- Não se preocupe, no final do jantar você não terá mais dúvidas

Estranho sua fala mas concordo e me sento pegando meu prato.

Namjoon

Assim que Suga vai embora ele vai embora eu tomo coragem e vou até a cozinha, abracei Jin e elogiei ele, levando mais um fora.

Não tenho certeza se ele gosta de mim como Suga fala, mas eu vou arriscar. 

Jin me pede para arrumar a mesa e eu faço uma surpresa deixando tudo rosa e com aspecto romântico, peço para ele se sentar e me sento também. Começamos a comer e Jin estava me olhando, o que me deixava maia nervoso e com vontade de desistir, mas me contive.

Coloco vinho para nós dois, tomo um gole e me levanto.

- Vamos para a sala

Me viro e vou em direção a sala com meu copo de vinho, e pelo barulho de passos, Jin estava me acompanhando. Nos sentamos perto um do outro.

- O que foi Namjoon? Você está agindo estranho

Na frente da casa de Jungkook

Yoongi

Penso em algo.

- É do meu pai, ele está viajando e disse que eu podia usar o carro quando eu precisar

Ele acena a cabeça, acreditando no que eu tinha falado. Entramos no carro e no caminho Jungkook começa a me fazer perguntas.

"Então ele quer saber sobre mim, isso não vai rolar, não sou burro".

- Onde você mora?

Sou um profissional em mentir Jungkook.

- Estou morando com 5 amigos, é bem longe daqui

Falo um endereço de uma rua distante da minha.

Depois de alguns minutos chegamos ao restaurante e sentamos em uma mesa de frente para a janela, onde tinha uma vista muito linda.

Faço os pedidos e eu fico pensando no que fazer primeiro, enquanto isso Jungkook se aproxima se sentando ao meu lado e coloca seu queixo em minha cabeça.

- Você é bem baixinho Hyung

Me seguro para não bater nele, odeio que me chamem de pequeno.

- Não sou baixo

Ele da uma risada.

- É claro que é Hyung, você é pequeno, mas é bonito

Sorrio e Puxo sua cabeça deixando nossos rostos próximos.

- Duvido que você seja maior que eu, seu pirralho

Vejo sua bochecha corar e solto seu cabelo voltando minha atenção para o garçom que estava trazendo os pedidos.

Jungkook

Enquanto os pedidos não chegavam eu começo a provocar Yoongi, o chamando de pequeno, só não esperava que ele faria mesmo, me puxando e me falando que eu era menor do que ele, fico confuso mas coro ao entender do que ele estava falando. Era difícil pensar com seu rosto tão perto, ele tinha uma aura de predador maior que a minha. Ele se afasta e eu fico um tempo paralisado. Parecia que eu estava sendo domado, isso não pode acontecer, sou eu que vou fazer você virar um cachorrinho assustado Yoongi.

Os pedidos chegam e começamos a comer.

Fico olhando disfarçadamente para os lábios de Yoongi, eu queria tanto provar.

- Jungkook, você tem alguma coleção?

Desvio o olhar da sua boca para seus olhos estranhando a pergunta.

- Não... Por que?

Ele sorri.

- Por nada

Esse pequeno, acha mesmo que é esperto. Enquanto estamos jantando eu mandei Taehyung descobrir seu endereço, acha mesmo que eu não saberia que você estava mentindo sobre seu endereço? 

Acabamos de jantar e Yoongi pede a conta.

- Eu vou usar o banheiro Hyung

Vou até o banheiro e pego meu celular e mando uma mensagem para Tae.

Tae, conseguiu achar alguma coisa?
Tae escrevendo...
Sim, aqui tem uma peruca, roupas femininas e maquiagem
Kook escrevendo...
Uma mulher deve morar com ele
Tae escrevendo...
Aqui tem uma foto de uma garota parecida com ele e sabe quem está ao lado dela?
Kook escrevendo...
O Yoongi?
Tae escrevendo...
Não, quem está do lado dela é o professor novo de inglês, Namjoon
Kook escrevendo...
Que estranho, isso parece muito suspeito. Falando nisso, Yoongi e o professor entram na escola no mesmo dia, eles devem ser parentes
Tae escrevendo...
Deve ser, mas é estranho ter uma mulher morando com ele, eu olhei a casa toda e só tem um quarto com uma cama de solteiro, e tem várias portas com alarmes, tive sorte que algumas estão desligadas
Kook escrevendo...
Muito estranho, tire foto do quadro da garota e me manda depois, agora não porque não é muito seguro
Tae escrevendo...
Certo. Kook, você não vai acreditar, sabe a carteira que você disse que tinha perdido? Está bem aqui na cama dele
Kook escrevendo...
Como minha carteira está ai? Isso está parecendo perigoso. Tire foto das coisas e deixe tudo no lugar e saia daí
Tae escrevendo...
Enrola ele mais um pouco, eu fiz uma bagunça aqui, vai demorar pra arrumar
Kook escrevendo...
Aish kkk, tinha que ser você. Ok. Tenho que ir agora.

Apago as mensagens e saio do banheiro indo até o Hyung. Ele paga a conta e a gente sai do restaurante, olho ao redor tentando pensar em alguma coisa para tomar seu tempo.

- Yoongi, podemos tomar sorvete ali na praça?

Ele para e olha para a praça e depois para o relógio.

- Ok, mas você toma dentro do carro, tenho que te levar pra casa

Ele compra dois sorvetes e entramos no carro.

"Droga, tenho que pensar em alguma coisa"

Ele para o carro em frente a minha casa.

- Chegamos

Termino o sorvete.

- Yoongi, você pode ficar mais um pouco? Podemos assistir um filme no meu quarto, está tão bom sair com você

Ele me olha.

- Seu pai-

Interrompo.

- Ele só volta amanhã

Ele acena e eu Puxo ele para dentro da minha casa, fomos até meu quarto e ligo a TV que tinha lá.

- Que filme você quer assistir?

Ele da de ombros.

- Qualquer um

Coloco um filme aleatório.

- Você bebê Yoongi? Vou pegar umas cervejas pra gente

Ele afirma.

- Sim, e pode me chamar de Suga

Desço e pego as bebidas e entrego uma pra ele e sento na cama ao seu lado.

O filme termina e Suga me olha.

- É melhor eu ir

Antes dele se levantar e puxo ele e roubo um beijo, sendo retribuído depois.

Yoongi

Estava quase indo embora até que Jungkook me beija, seus lábios tinham um gosto de morango misturado com cerveja. Acabo Retribuindo e puxando sua cabeça para mais perto.

Meu corpo já estava começando a ficar quente com os toques do rapaz. Deito ele na cama e prendo seus braços com as minhas mãos e ele tenta se soltar.

- Suga..eu quero ficar por cima

Nego com a cabeça. Aposto que ele detesta estar sob o comando de outra pessoa, ele gosta de mandar.

- Para de se mexer

Ele para de tentar se soltar e fica me olhando. Começo a tirar os botões de sua camiseta.

- Você já fez isso Kook?

Vejo ele se arrepiar com o apelido.

- S-Sim, mas não desse jeito, eu sempre fico no comando

Sabia.

- Sempre há a primeira vez

Ele cora. Deve estar muito bêbado. Assim que Termino de abrir os botões ele desmaia e eu sorrio, a droga que eu coloquei no copo dele funcionou.

Me levanto e começo a vasculhar seu quarto, procuro, procuro e nada, até que eu vejo pela janela um garoto entrando na casa, era o mesmo rapaz que estava com Jungkook, Taehyung, aquele garoto é muito suspeito.

Saio do quarto e desço as escadas dando de cara com Taehyung.

- Yoongi né!? O que faz aqui?

Sorrio para o mesmo.

- O que os jovens fazem depois de um encontro

Ele me olha surpreso entendendo o recado.

- Onde ele está agora?

Penso em algo.

- Ele está dormindo. Preciso falar uma coisa pra você sobre Jungkook

Ele me olha preocupado.

- O que é?

Pego seu braço e Puxo ele até meu carro.

- Preciso te mostrar uma coisa

Vou para a casa de um amigo, Hoseok, ele era um rapaz gentil que era agente, mas se aposentou, agora ele trabalhava em uma floricultura.

Saio do carro e entamos na casa de Hoseok, ele não tinha chegado ainda.

- Yoongi, acho melhor eu ir embora

Empurro o garoto no chão e puxo uma arma da minha cintura.

- Você não vai a lugar nenhum até eu provar que você e Jungkook são psicopatas

Ele me olha assustado.

- Do que você está falando?

Casa de Namjoon

Namjoon

Tomo o vinho em um último gole e coloco o copo na mesinha. Levanto e beijo Jin. Ele fique paralisado e eu me Afasto um pouco.

- Jin...eu estou apaixonado por você, sem brincadeiras agora. Quer namorar comigo?

Jin me olha assustado e assim que abre a boca o celular toca.....


Notas Finais


O que vai acontecer com Taehyung?
Jin vai atender o celular? Ele vai aceitar o pedido de Namjoon?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...