História The Perfect Chance - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~milli_mashita

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Tags Bangtan Boys (bts), Bts, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungguk, Jungkook, Kookie, Min Yoongi, Namjoon, Suga, Taehyung
Visualizações 11
Palavras 2.253
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Droubble, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, Aqui é a @xMinYoonna! Primeiramente eu gostaria de agradecer a minha melhor amiga Millena por me ajudar a fazer essa fic, e me incentivar a continuar escrevendo. Essa é a minha primeira fic e eu realmente quero que dê certo. Então conto com a ajuda de vocês também ><
Como eu sou nova no mundo de "escritora" eu ainda não sei de muitas coisas, e obviamente vocês irão encontrar alguns errinhos de português! Mas qualquer coisa em que eu errar gostaria que vocês falacem nos comentários, pois eu estou aceitando criticas construtivas e elogios para crescer mais e mais!

Bjs, e eu realmente espero que gostem pois eu me dediquei muito a essa fic ;-;

Capítulo 1 - Prologo


Milli on
 Acordei com a mísera do despertador tanto que taquei ele na parede , mas tudo bem.
Tomei um banho , coloquei uma calça rasgada minha blusa do link Park que é curta e meu piercing fica a mostra, penteio meus cabelos longos e lisos, passo também um rímel e um lápis de olho que exibe mais meus olhos azuis. 
Eu desço e vejo meu irmão tomando café.
 
- Bom dia suga. - Esse é o apelido que eu dei pra meu irmão mas o nome dele é Yoongi,  porém só o sorriso dele  é doce porque o resto...

- Bom dia pirralha- Diz ele dando o último gole de suco.- Estudou pra matemática? Você sabe muito bem que esta quase perdida nessa matéria. 

- Tô pouco me fodendo, ainda estamos no início do ano e eu vou recuperar por que eu sou eu, e eu sou foda.- Digo piscando para o loiro e me sentando ao seu lado.
 
- Essa é minha irmã- Diz ele e me dá um beijo na bochecha.
 
- Tá, chega de melação. - Digo limpando o lugar que ele beijou.
 
- Estressada - Diz ele e me dá um peteleco na testa.
 
- Eiii , tá doido?- o mesmo se levantou e seguiu para o banheiro me ignorando completamente. Resolvi fazer o mesmo e subi paro o meu quarto.
 
Bom deixa eu falar um pouco sobre mim :
Meu nome é Millena tenho 19 anos, faço faculdade de musica junto com o meu irmão que se chama Yoongi , sou uma menina fechada e não falo com ninguém a não ser o meu irmão e os meus pais adotivos. Eu era órfã e tinha uma amiga que foi a minha primeira e única, chamada Anna, só que ela foi adotada primeiro por uma família coreana e foi morar na Coreia. Então uns dias depois eu também fui adotada por uma família coreana, mas diferente de Anna eu não fui morar no país natal dos meus pais.

 
 (...)

Chegando na faculdade eu fui logo pra sala enquanto meu irmão ficava com os populares 
Cheguei na minha sala e sentei na minha cadeira que ficava  no fundo , coloquei meus fones e fiquei escutando angra ( banda de rock pra quem não sabe).
Estava escutando de boas até o professor de matemática chegar com todos os alunos.
 
Prof- Bom dia classe , então como vocês sabem haverá uma prova hoje, e eu espero que tenham estudado.- Diz ele olhando fixamente pra mim.
 
- Professor, se foi uma indireta pra mim fale na cara viu? porque nas costas você da massagem. - Digo e me sento na cadeira.
- Mais respeito comigo eu sou seu professor.- Ele fala ficando vermelho de raiva. Adoro.
 
- Cagueiii! - Digo e ele entrega minha prova, a qual e acabo fazendo em menos de 5 minutos. Muito fácil. 
 
- Acabei! - joguei a prova nele. Sai e fiquei esperando meu irmão.
 
(...)
 
 
Estava dentro do carro com o suga , eu estava ouvindo música e o mesmo estava observando a paisagem.
 
- você poderia ter levado uma advertência,  respondendo o professor daquele jeito - Diz olhando pra mim.
 
- Não me importo-  Digo fria.
 
- Pq você é assim em Milli, pq tenta se afastar quando eu quero te ajudar?- Diz ele com uma voz muito irritada.
 
- Suga eu tento me aproximar , mas você quer sempre ficar com os populares e me esquece!- Digo o olhando.
 


- Eu não sabia - Diz ele triste.
 
- Isso já não me importa mais. - Digo saindo do carro pois já tínhamos chegando em casa.
 
(...) 
 
 
No almoço foi tudo calmo , suga me encarava toda hora até que eu fiquei incomodada.
 
- Oque foi?- pergunto sem a mínima animação.
 
- Milli me desculpa eu não sabia como você se sentia. Eu sou seu irmão mais velho deveria cuidar de você, mas eu te deixei de lado, me desculpa eu quero ter uma amizade saudável com minha irmã.-  Diz ele com os olhos lacrimejados e eu acabei me rendendo.
 
- Tudo bem suga eu te perdoou,  mas não pense que eu vou mudar meu jeito. - Digo dando um sorriso pra ele e ele me dá um abraço.
 
 
(...)
 
 
Estava conversando com meu irmão ate nossos pais chegarem e nos olharem com um sorriso.
 
Mãe- Filhos temos uma novidade!!
 
- Qual ? - Digo pedida.
 
Pai- Eu ganhei uma promoção lá na empresa , só que a gente vai ter que se mudar pra Coreia do Sul.
 
- De boa.- meu irmão diz
 
- OQUEEEEE?!- Gritei. Como assim eu vou pra Coreia? Isso esta fora de cogitação!-Eu não vou pra Coreia!-  Digo 

-  Filha vai ser bom , vamos ter uma vida nova - Diz minha mãe com um sorriso.
 
- Eu não vou! - Digo e subo pro meu quarto.
 
Me tranco no mesmo, não acredito que serei obrigada a ir a um lugar que eu não quero. Eu sei coreano pois meu pai vem de lá, mas eu não quero! Estava na minha cama até ouvir alguém batendo na minha porta.
 
Toc toc 
 
Suga - Milli deixa eu entrar - ela fala calmo 
Nada respondi , então ele entrou. 



- O minha neném não fica assim não. - Diz ele dando carinho na minha cabeça 
- Não  quero ir suga! Eu não sou obrigada. - Digo abraçando ele.
 
- Se você for vou ficar coladinho com você! - Diz ele dando um selinho de irmão.
 
- TABOM-  Digo irritada. 
 
Desço as escadas e vejo os meus pai com as malas.
 
- Eu vou nessa merda - Digo descendo.
 
- Você ia de qualquer jeito. Agora vai! - Diz meu pai mandando eu ir pra fora.
 
- Tanto faz , vou arrumar minhas mal.. - ia continuar, mas meu pai me interrompeu.
 
- não precisa, já está tudo pronto e nosso voou é daqui a pouco 
Eu - Tá-  Digo saindo e entrando no meu quarto o suga entrou depois e assim seguimos nossos caminhos.
 
(...)
 
Já estamos dentro do avião, eu estava olhando pra janela enquanto o suga dormia no meu ombro, estava pensando até que dormir. Acordo com o suga dizendo que chegamos , eu sai do avião e vi vários olhos puxados , meu pai chamou e entramos no carro . 
 
(...)
 
Chegamos em casa e ela era linda então eu fui direto pro meu quarto que estava do jeito que eu gosto , ele era todo preto com posters das minhas bandas de rock favoritas. Olhei no meu guarda roupa e vi as roupas que eu gosto tbm , todas pretas!
 
Desço e vejo meus pais me olhando e minha mãe pergunta.
 
-  Gostou do seu quarto filha? - pergunta com um sorriso.
 
- Sim - falei fria e ela abaixou a cabeça. - Não precisa fazer está cara, tá?-  Digo e dou um beijo na bochecha dela e a mesma sorrir.
 
- Bom já matriculei vocês em uma faculdade e vocês começam amanhã,  então vão dormir já que chegamos de noite. - ele diz e me olha , eu não sou muito apegada a meu pai.
 
Eu não falei nada apenas subi , tranquei meu quarto e fui tomar banho 
Me despi,  liguei o chuveiro e tomei um bom banho demorado.
 
Sai do banheiro coloquei um short preto e uma blusa preta de renda e fui dormir.
 
 
Pvo Anna on
 
Acordo com o primeiro raio de sol entrando em minha janela. Mas que droga, porque não fechei as cortinas? Rolei-me na cama sentindo a preguiça me dominar e me fazendo querer ficar deitada mais um pouco. Olhei para o pequeno relógio em cima da cômoda e vi que o mesmo estava marcando 05:57 da manhã. Resolvi então me por de pé (já que as seis horas o relógio iria despertar para eu ir pra faculdade de Musica.) e fui direto para o banheiro fazer as minhas necessidades. Olhei-me no espelho vendo as minhas olheiras, resultado das minhas noites em claro para estudar a matéria em que estava pendente. Resolvi pasar ou pouco de base nas olheiras para tentar disfarça-las e um batom vinho em meus lábios, vesti-me com uma blusa preta curta com uma estampa de coração e uma calça rasgada da mesma co dando a visão das minha belas curvas e pele bronze (Não quero me gabar, mas eu sou gostosa pra caralho) , e penteei os meus longos cabelos cacheados na altura da minha cintura em um rabo de cavalo frouxo. E então desci para tomar café.
 
chegando na cozinha Avisto o meu irmão de costas cozinhando algo, que pelo meu olfato julgava ser... Panquecas! 
 
- Bom dia Gukkie! -digo com uma voz manhosa, e o mesmo se vira pra mim com um sorriso. Eu tenho o melhor irmão do mundo por fazer deliciosas panquecas pra mim!
 
- Bom dia joaninha!- diz me abraçando. Então eu percebo que o mesmo esta sem camisa. E acabo me distanciando rapidamente.
 
-Eca credo menino você não tem camisas não? Meu Deus estou sentindo meus olhos queimando.- Faço drama abanando meus olhos com as mãos.
 
- Hahaha como você é engraçada, estou morrendo de rir.- Diz em um tom irônico revirando os olhos.- Mas mudando de assunto, minha princesinha dormiu bem?- diz se aproximando e me dando um selar na testa.
 
-Não Gukkie, eu acabei estudando até as três horas da manhã, preciso recuperar nota em matemática se não vou ficar lindamente fodida.- Falo me sentando na cadeira e poiando minha cabeça nas mãos que estavam em cima da mesa.
 
-Anna, eu já disse pra você não dormir tão tarde! Eu sei que você tem que recuperar a nota mas a sua saúde é mais importante.-Diz apertando a minhas grandes bochechas.- Eu não quero que o diretor me ligue dizendo que você desmaiou de sono na hora da aula.
 Apenas dou risada e me sirvo com um copo de leite e as minhas deliciosas panquecas.
 
Como estávamos sem assunto acabei por ficar pensando na vida. Eu tenho uma "sorte" muito grande, tenho pais e um irmão que mesmo sendo adotivos me amam muito! Tenho ótimas condições e nada nunca me faltou nessa família. Meu pais são donos da maior empresa de moda da Coreia do Sul, o que explica o fato de nossa família ser rica. Mas nem sempre eu fui tão feliz assim! Como disse antes, eu sou adotada e perdi os meus pais com 7 anos de idade, o que foi muito sofrido pra mim que era apenas uma criança. O único lado bom de viver naquele orfanato foi uma amiguinha que tive, mas dois anos depois eu fui adotada. No início a noticia foi muito feliz pra mim, já que meu sonho era ter uma família novamente, porem teria que deixar Millena sozinha já que ela não tinha outros amigos naquele lugar. Depois que fui adotada e vim pra cá minha vida mudou muito! E claro pra melhor. Eu sempre quis ter um irmão mais velho e eu acabei ganhando um muito lindo e carinhoso, não podia ficar mais feliz!
 
Acabo de comer e olho a hora no meu celular e vejo que se demorasse mas um pouco iria me atrasar, então resolvi correr e chamar o Gukkie.
 
(...)
 
Quando finalmente chegamos na faculdade meu irmão estacionou o carro numa vaga que era especialmente nossa. Somos tipo populares ou alguma coisa parecida. Na verdade o Jungguk tem essa fama, eu só sou a irmã adotada e gostosa do menino mais perfeito da faculdade, não que eu não seja "popular" na verdade eu nem ligo pra isso, mas quem chama a atenção total é o Gukkie e a turminha de amigos tesudos dele. Que são o Namjoon o mais velho, Jin o Appa do bonde, Jimin o fofo que acha que é trevoso, Hoseok a alegria e esperança do bonde, e nosso priminho Tae.
 
Entro no colégio juntamente com o meu irmão recebendo olhares e "bom dia" dos meninos apaixonados por mim. Apenas aceno tímida e dou o meu lindo e sincero sorriso respondendo os bom dia alheios. Entro na sala de aula com o professor e os demais alunos e sento na minha carteira do fundo sendo acompanhada pelo Jungguk e os amigos dele que também se sentam. Noto que tem uma aluna nova na sala, ela me parece bem familiar! Deve ser coisa da minha cabeça.


 Milli on 

 
Acordei com meu despertador e taquei ele na parede de novo, caralho essa coisa faz muito barulho! Tomei um banho e botei uma meia calça que é cheia de furos, meu short preto,  minha blusa do angra e minha toca,  passei batom mate cor vinho, rímel e lápis de olho e desci. Quando chego no andar de baixo vejo meus pais e o suga tomando café.
 
 -  Bom dia - Digo fria.
 
- Bom dia - dizem em uníssono.
 
- Vamos maninha, temos um londo e cansativo dia pela frente. - Revira os olhos e coloca o braço no meu ombro. E então fomos andando pra faculdade, já que meu pai disse que era bem perto.
 
(...) 
 
Chegamos lá e já atraíndo vários olhares , mais especificamente o suga ( meu irmão é gostoso pra porra) fomos na diretoria e pegamos nossos horários de aula e pela sorte do destino ficamos na mesma sala.
Cheguei na sala e sentei no fundo , botei os fones e fiquei escutando música até que o professor chega junto com os alunos e meu irmão que sentou no outro lado da sala.
 


Notas Finais


E ai, gostaram? ><


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...