História The Power Of Love - Season 1 - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adelaide Kane, Reign
Personagens Aylee, Catherine de Medici, Clarissa, Francis II of France, Greer of Kinross, Henry II of France, Kenna, Lola, Mary, Queen of Scots, Olivia D'Amencourt, Personagens Originais, Sebastian "Bash"
Tags Frary
Visualizações 20
Palavras 1.601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee!
Aqui vai mais um capítulo. Espero que gostem.


Boa leitura!!

Capítulo 2 - Hot Water


Pov's Francis 

Eu não podia estar mais feliz. Mary me fazia feliz, e estar ao seu lado era incrível. Hoje era um novo dia e eu planejava passar cada minuto dele com ela. Levantei da minha cama e fui tomar um banho relaxante. Ao terminar fui ao salão real para tomar café. Assim que cheguei lá, vi Mary e meu pai discutindo.

- Majestade, o que você está pedindo custará a minha vida e meu país! - falou Mary chorando - Por favor, não me faça começar uma guerra com Elizabeth. Ela não irá parar até me eliminar completamente.

- Mary, o Vaticano não quer uma rainha protestante no poder. - falou o meu pai seriamente - A única opção é você.

- Lamento lhe desapontar majestade, mas eu não te darei o que deseja. - falou Mary saindo do salão irritada

Ao vê-la no corredor, a peguei pelo braço, impedindo que ela se afastasse de mim. Ela direcionou seu olhar para mim e eu pude ver seus olhos inchados de tanto chorar.

- Mary, eu sinto muito pelo meu pai! - falei a abraçando - Ele apenas deseja ter mais poder.

- Ele quer ter mais poder às minhas custas! - falou Mary irritada - Francis, eu preciso que você fique do meu lado durante essa decisão.

- É claro que eu vou ficar, Mary! - falei

- Com licença majestades! - falou um dos meus guardas - Sua mãe exige sua presença na sala do trono.

- Eu chegarei lá em alguns minutos. - falei e meu guarda assentiu. Me virei para Mary e beijei sua testa - Me encontre perto do lago hoje ao por do sol. Quero fazer algo especial com você.

Pov's Mary

Eu não aguentava mais. Minha vida era rodeada de problemas, eu nunca tinha um momento de tranquilidade. Fiquei horas em meu quarto pensando no que seria de mim aqui na França, Henry estava me colocando em uma corda bamba. Quando chegou o final da tarde, decidi caminhar até o lago, espairecer um pouco. Me sentei na grama e fiquei olhando a bela vista que estava diante dos meus olhos.

Respirei fundo, o ar puro me fazia bem. Decidi esperar por Francis, ele estava demorando demais. Talvez o rei Henry esteja convencendo seu filho a me usar para conseguir o trono da Inglaterra. Enquanto eu esperava meu noivo aparecer, avistei Bash, o irmão bastardo de Francis vindo em minha direção.

- O que você está fazendo aqui sozinha, Mary? - perguntou Bash se sentando ao meu lado - Parece preocupada.

- Bom, o seu irmão está demorando muito. Marcamos de nos encontrarmos aqui ao por do sol e ele ainda não apareceu. - falei seriamente - Ele disse que queria fazer algo especial comigo, mas acho que seu pai o está mantendo na sala do trono planejando uma estratégia para me fazer declarar o meu trono na Inglaterra.

- Meu pai é um homem cheio de ambições. - comentou Bash - Sinto muito que ele esteja forçando você a fazer algo bastante perigoso. 

- Pensei que uma aliança com a França me manteria segura. - falei desviando meu olhar de Bash - Mas a cada dia que passa me sinto em mais perigo do que nunca.

- Francis não deixará que nada lhe aconteça. - falou Bash e eu dei um pequeno sorriso

- Mary! - ouvi a voz de Francis e me virei para vê-lo parado atrás de mim - Vejo que meu irmão Bash lhe fez companhia enquanto esperava por mim. Mas eu estou aqui agora.

- Bom, foi um prazer conversar com você Mary. - falou Bash se levantando e indo embora

- Não precisava ter sido tão rude com o seu irmão! - falei - Ele só estava me fazendo companhia.

Me aproximei de Francis e o beijei. Não importava nada naquele momento, estar nos braços do homem que eu amo faz qualquer coisa parecer sem importância. Eu continuava a beijar Francis, mas ele logo se distanciou de mim.

- Venha comigo! - falou Francis pegando em minha mão e me guiando para o outro lado do lago. Chegando lá vi uma cesta no chão, algumas velas e  um lindo buquê de rosas - Eu queria ter um encontro com você.

- Francis, você planejou tudo isso? - perguntei com meus olhos cheios de lágrima 

- Bom, suas amigas me ajudaram falando de tudo que você gosta.  Venha vamos nos sentar! - falou Francis me sentando no chão ao lado dele - Preciso dizer uma coisa.

Olhei para ele curiosa. Poderia ser algo bom ou ruim, e eu não sei se aguentaria outra notícia ruim no momento. Francis segurou minha mão e à acariciou. Não pude deixar de sorrir, ele me fazia tão feliz.

- O que é? - perguntei curiosa

- Meu pai está planejando nosso casamento para daqui duas semanas. - falou 

- Bom, pelo menos é uma notícia boa! - falei aliviada - Eu não vejo a hora de começar a viver ao seu lado. Depois de tanto tempo separados, finalmente teremos o nosso final feliz.

- Mas Mary, pensei que você não quisesse apressar as coisas. - falou Francis confuso

- Eu pensei no assunto e decidi que eu quero ficar com você o mais rápido possível! - falei o beijando. Nos deitamos no chão e continuamos a nos beijar. Francis acariciava meu rosto e ele tomava o maior cuidado para não ser desrespeitoso. Afinal, eu precisava ser virgem até o dia do nosso casamento - É uma tortura pra mim não poder ceder a você.

- Acredite, eu também gostaria de tê-la inteirinha para mim. - falou Francis beijando meu pescoço - Mas só podemos depois do casamento.

Continuamos a nos beijar. Era tão bom não me sentir preocupada. Mas eu tinha um pressentimento que essa tranquilidade acabaria logo. Algo me dizia  que algo estava para acontecer.

Pov's Francis 

Mary e eu ficamos um bom tempo conversando no lago. O nosso beijo seria algo bastante memorável. Eu nunca havia me sentido tão apaixonado com outra mulher. Mary ganhou o meu coração. Voltamos para dentro do castelo e nos deparamos com os meus pais. Eles não pareciam muito satisfeitos.

- Pai, mãe, em que podemos ajudá-los? - perguntei um pouco nervoso

- Receio que temos más notícias. - falou meu pai em tom seco - Elizabeth pediu por um encontro com Mary pessoalmente.

- Quando? - perguntei preocupado

- Daqui a três dias. - falou minha mãe - Elizabeth está vindo para a França se encontrar com Mary.

- O que ela quer comigo? - perguntou Mary nervosa 

- Ao que parece, pedir para que desista da Inglaterra e deixar o trono para ela. - falou o meu pai seriamente 

- Ela irá vir sozinha? - perguntei segurando a mão de Mary e acariciando a mesma

- Sim, ela deixou isso bem claro na carta que mandou. - falou minha mãe entregando a carta à Mary - Mas ela quer ter encontro à sós com você,querida.

Olhei para Mary, que parecia bastante pensativa. Eu não fazia ideia do quão difícil a vida dela era, sempre em perigo. Mas agora estou começando a ver e farei de tudo para protegê-la. 

Mary respirou fundo e logo saiu do salão, sem nem ao menos dar uma resposta aos meus pais. Corri atrás dela e logo vi que ela tinha ido conversar com as amigas. Kenna veio até mim e disse que Mary precisava de um tempo sozinha, mas eu não podia deixar ela sofrer sozinha.

- Kenna, por favor, me deixe falar com ela! - implorei 

- Sinto muito Francis, mas ela é minha rainha. - falou Kenna seriamente - Ela precisa tomar sua própria decisão, ela não precisa que você interfira em nada.

Kenna saiu e foi atrás de Mary e das outras damas. Eu comecei a sentir a raiva tomando conta de mim. Mary pensava que ela poderia lidar com Elizabeth sozinha, mas eu não irei deixar que ela faça isso. Ela só acabaria se machucando ou pior, morrendo.

Eu não podia deixar nada acontecer com ela. Respirei fundo e finalmente tomei minha decisão. Quando Elizabeth chegasse na França, eu iria com Mary ao encontro. Ela querendo ou não. 

Já estava ficando tarde e eu estava indo para meus aposentos. Abri a porta do meu quarto e quando entrei, vi Mary sentada na beirada de minha cama. Ela estava chorando. Andei até ela e a abracei.

- Me desculpe ter saído daquela maneira hoje mais cedo. - falou Mary ainda me abraçando - Eu estava nervosa, precisava pensar.

- Não se preocupe, eu entendo completamente. - falei acariciando seus cabelos

Guiei Mary para meus aposentos e ficamos conversando por um bom tempo. Ela precisava de um ombro amigo no momento. Meu pai não deixaria ela desistir da Inglaterra de forma alguma.

- Eu fui tola em pensar que minha vida seria tranquila aqui! - falou Mary tomando um gole do vinho que eu a havia servido - Me prometa que você na vai me pressionar na minha decisão sobre a Inglaterra.

- Eu irei pressioná-la, irei escuta-la, irei argumentar com você , vou desafiar você e vou amá-la! - falei beijando sua testa - Até o meu último dia na terra.

- Você é tão bom pra mim, Francis! - falou Mary - Eu estaria perdida sem você.

Continuamos a conversar até tarde e acabamos pegando no sono. Mary foi para o seu quarto e eu fiquei no meu. Amanhã seria um novo dia e eu gostaria que fosse melhor do que o dia de hoje.

 

Continua...


Notas Finais


Aí está o novo capítulo, espero que tenham gostado.

1x03:
Mary está cada vez mais preocupada com a chegada de Elizabeth. Francis pede a Lola um favor, mesmo sabendo que Mary não concordava com sua decisão.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...