História The Reality (Camren) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Allyson Brooke, Camila Cabello, Camren, Camren Fanfic, Dinah Jane, Fanfic, Fifth Harmony, Girl On Girl, Laucy, Lauren Jauregui, Lesbian, Lésbica, Lgbt, Lucy Vives, Normani Kordei, Norminah, Shawn Mendes, Vero Iglesias
Visualizações 127
Palavras 986
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mas um capítulo 😊
Espero que gostem.
Boa Leitura 🤗

Capítulo 7 - The Hotel


As 14:50 eu já estava em frente ao nosso prédio juntamente com Dinah e Ally, eu estava uma pilha de nervos e quanto mais as duas tentavam me acalmar mais nervosa eu me sentia. Minhas pernas não paravam, eu trocava o peso do meu corpo de uma para a outra, do meu lado direito tinha uma mala de rodinhas e do outro uma mochila pequena. Adivinhe a cor das minhas malas...pretas é claro.

Estávamos conversando sobre alguma coisa aleatória, até que lembrei do que aconteceu entre mim e Lucy no trabalho.

- Meninas, tem uma coisa que preciso falar para vocês... – eu disse me encolhendo, não queria nem pensar no que Di faria comigo quando eu contasse – Então... É que... Eu e a Lucy... – Dinah não me deixou terminar.

- Lauren Michelle Jauregui não me diga que você ficou de amassos com aquele esqueleto sem personalidade de novo! – fiquei com medo só de ver sua cara.

- Não... É claro que não... – ri envergonhada – Nós meio que... Transamos no estoque da livraria – falei tudo rápido.

- O que? – Dinah me perguntou quase gritando – Porque diabos você fez isso Lauren?

- Não sei... Aconteceu – respondi tentando me defender – Foi só coisa de momento... no calor do momento.

- Então trate de andar com um ar-condicionado para acalmar esse seu fogo no rabo Lauren! – Dinah falou enquanto Ally apenas ria e concordava com ela – Meus futuros sobrinhos não vão ser filhos dela. Eu não deixo.

- Concordo com ela Laur – Ally falou – Ela não é para você. Você ainda vai encontrar uma pessoa incrível, mas com certeza não vai ser ela.

- Tudo bem, tudo bem – tentei acalma-las – Isso não vai se repetir... Eu acho.

O carro que estava esperando para me levar para o aeroporto parou em nossa frente no exato momento.

Dei um abraço e um beijo no rosto das meninas, elas já haviam se despedido de mim mais cedo, o que resultou em muitas lágrimas.

- Sua sorte é que você vai sair daqui agora Michelle – DJ falou enquanto eu entrava no carro me olhando com uma cara da assassina.

Assim que o motorista terminou de pôr minhas coisas no porta-malas ele entrou no carro e me entregou minha passagem junto com algumas instruções. Assim que chegasse no aeroporto eu deveria fazer o check-in e embarcar no avião. Quando chegasse em Miami um outro motorista estaria à minha espera e me levaria direto para o hotel, o quarto já estava reservado em meu nome e era onde eu deveria dormir, eu não poderia sair dele para ir a lugar nenhum e se fosse uma emergência deveria comunicar o motorista do carro para que este pudesse me levar e trazer em segurança. No outro dia as oito da manhã o mesmo motorista, ele era minha babá pelo jeito, iria me levar, vendada, até o local onde o reality aconteceria e, é logico, reforçaram mais uma vez que eu não deveria falar que era uma das participantes a ninguém.

A viagem de carro demorou trinta minutos, cheguei ao aeroporto as três e meia da tarde, meu voo seria as quatro, por isso ainda tinha algum tempo antes do embarque, mas como minha Babá Número 1 estava no meu pé não pude sair por aí, então fiquei apenas mexendo no celular. Com alguns minutos fiz meu check-in e meu voo foi anunciado. Tudo aconteceu sem problema algum, despachei minhas malas, entrei no avião e me preparei para cinco horas de voo.

Eu sabia que mesmo que escolhessem um outro Youtuber de Los Angeles ele não estaria no mesmo avião que eu, mas isso não fez com que eu me acalmasse, passei uns vinte minutos olhando para o rosto de todos naquele avião, pensando se um deles seria um outro participante do The Reality, mas não lembrava de já ter visto o rosto de nenhuma daquelas pessoas, então imaginei que não.

Durante a viagem eu apenas assisti um filme e fiquei imaginando quais seriam os outros participantes do The Reality, tomara que pessoas legais como a Halsey, nossa o canal dela é incrível, com certeza seriamos ótimas amigas se nos conhecêssemos e tomara que não pessoas como Camila Cabello. Eu enlouqueceria se tivesse que passar duas semanas inteiras em uma em uma casa junto com ela.

A viagem acabou passando bem mais rápido do que imaginei, minha cabeça estava cheia de coisas. Quem seriam os participantes? Quais seriam os desafios? Eu estava tão animada e nervosa quem não conseguia nem pensar direito, queria que as meninas estivessem aqui comigo, elas sempre sabem o que fazer para me acalmar.

Finalmente cheguei no aeroporto de Miami, era meio estranho pensar que estava tão perto de casa, mas não poderia visitar meus irmãos ou meus pais, isso me partia o coração, mas eu estava fazendo tudo aquilo não só por mim, mas por eles também.

Peguei minhas malas, o que foi estranhamente rápido e fui para a área de entrasa do aeroporto, lá vi um homem com um terno preto segurando uma plaquinha com meu nome, que legal Minha Babá Número 2.

Fui até ele, que me levou até o carro e fomos direto para o hotel, na recepção dei meu nome e me entregaram a chave do meu quarto, que inesperadamente era ao lado do quarto da minha Babá Número 2.

Entrei em meu quarto, tomei um banho, troquei de roupa e dormi. Estava muito cansada e amanhã o dia iria ser corrido.

Acordei às sete da manhã, me arrumei e as oito estava saindo hotel direto para onde o The Reality seria filmado. Entrei no carro e esperei o motorista sentar em seu banco, mas ele veio até mim e me entregou uma venda.

- Preciso mesmo usar isso? – perguntei segurando a venda.

- São as regras – ele respondeu de forma curta.

Pus a venda no rosto e finalmente senti meu o carro em movimento. Estava indo direto para meu futuro.


Notas Finais


Prometo que logo logo as coisas vão começar a melhorar por aqui, a história vai começar a ficar mais animada...🤗
Obrigada por lerem 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...