História The Rejected Ômega - Capítulo 13


Escrita por: ~ e ~amoojimin

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Drama, Jikook, Jimin!top, Kook!bottom, Rejeição, Taeyoonseok
Visualizações 770
Palavras 2.296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulozinho maroto pra vocês, bem bonitinho (spoiler: e com interação Jikook)
Espero que gostem ^^
E ah, quem está lendo essas notas: Coletinho pra vocês. Kissus
(é quase que um presente pra Heh também dhsaudha)

Capítulo 13 - Décimo Terceiro


Yoongi e Taehyung se encontravam estáticos. Ouviram certo? Hoseok fizera mesmo esta proposta? Um namoro a três? Certo... não estavam nada bem. Taehyung saiu de seu transe e sorriu assustado, perguntando se era realmente aquilo que Hoseok propusera, o ômega apenas assentiu sorridente. Ok... Taehyung estava pirando ou o que? Se aquilo era realmente sério... Poderia ter dois namorados? Ah... Aquele seria seu sonho se realizando?

- Hobi, isso é realmente sério? – o alfa estava desacreditado. Hoseok novamente assentiu – Uou... Então... Eu, com certeza, aceito. Se um já é bom, imagine dois. – sorriu malicioso, ouvindo uma risada de Hoseok e vendo o beta corar.

- Certo... Eu não precisava ouvir isso – Jimin se pronunciou atrás do trio, junto a Jungkook que se encontrava ainda perplexo. – Ah... Eu não quero imaginar isso...

- Ah não... – Jungkook resmungou com um semblante enojado – Ah não pensa nisso Jeon Jungkook! – o ômega choramingou passando as mãos pelos fios castanhos. Arrancando uma risada do trio.

- Não temos culpa se os dois são uns pervertidos. – Hoseok cruzou os braços.

- Quem sugeriu um namoro a três? – Jungkook indagou o mais velho.

- Está bem, chega! – Yoongi interrompeu a conversa – Vamos jogar algo.

- Que tal vôlei? – Yugyeom, que até então se mantinha calado, se pronunciou. – Eu, Yoon e Kook contra Jimin, Taehyung e Hoseok.

- Eu aceito – Hoseok levantou o braço.

Todos então decidiram jogar vôlei. Jimin puxou o ômega para um canto, enquanto Taehyung procurava a bola de vôlei. Jungkook estava curioso para saber o que o Park queria consigo, sentiu os braços do mais velho rodearem sua cintura e seu corpo ser puxando para perto do alfa e logo seus corpos se encontravam colados.

- Então Jungkookie, que tal continuarmos a aposta? – sorriu ladino o alfa, apertando o corpo do mais novo contra o seu. Jungkook retribuiu o sorriso e passou os braços sobre os ombros musculosos do loiro, concordando com o mesmo. – Então você me diz o que quer, que eu digo o que eu quero.

- Certo – o ômega riu, levando uma de suas mãos aos fios loiros e molhados do Park. – Se eu ganhar você será meu empregado por um mês.

- Nah, Ok – o alfa riu – Então, se eu ganhar... Você e eu começaremos uma amizade colorida. – sorriu malicioso, apertando a cintura do mais novo.

Jungkook riu e assentiu, se afastando de Jimin. Estava ciente de que ganharia, não perderia para Park Jimin. Taehyung logo voltou com a bola e a rede de vôlei. Arrumaram tudo e logo o jogo começava. Taehyung, Jimin e Hoseok estavam na frente com um ponto, porém Jungkook conseguiu marcar mais um, assim empatando com os rivais. O ômega sentiu ser abraçado por trás e a voz de Yugyeom.

- Kook, você é demais – Yugyeom riu e Jungkook corou, abaixando sua cabeça e sorrindo fraco.

O mais novo, ao levantar o olhar, se deparou com o Park o encarando enciumado, mordeu o lábio inferior e sorriu cínico para o alfa, deixando-o ainda mais irritado. Era agora que Jimin venceria esse jogo e mostraria para Yugyeom a quem Jungkook pertencia. O jogo continuou, demorou até um dos trios marcar um ponto, este sendo o de Jimin. Jungkook arregalou os olhos ao ver o alfa comemorando, era o ultimo ponto, e logo se desesperou. Não, não, não... Isto não podia estar acontecendo. Jimin encarou o mais novo e sorriu se aproximando do ômega até prensa-lo contra a beirada da piscina.

- Jungkookie... – Jimin sussurrou no ouvido do mais novo. – Parece que eu venci. – riu o mais velho, beijando o pescoço do ômega e ignorando os protestos do Jeon mais velho atrás de si.

.

.

Não era tão ruim aquela amizade colorida com o Park, Jungkook tinha que admitir. Gostava dos beijos do mais velho, das carícias do mesmo, até mesmo dos momentos mais quentes que tinham, mesmo sendo sempre interrompidos. Já quase chegaram a fazer sexo, porém Taehyung interrompera o momento dos dois. Jungkook agradecera pelo mesmo ter feito aquilo, não estava preparado para fazer algo do tipo, fora apenas o momento, já Jimin, mesmo ficando um pouco irritado, aceitou. Também não estava na hora daquilo, ainda era muito cedo para os dois. Então, desde aquele dia, sempre que o ômega percebia que estavam passando dos limites, impedia que seguissem a diante.

- Jungkookie, vamos fazer uma brincadeira? – Jimin sugeriu ao mais novo, que estava em sua casa, este apenas o encarou confuso. – Que tal... Jo Ken Pô? – o alfa sorriu e Jungkook se sentou na cama do mais velho.

- Boa ideia – Jungkook sorriu – Mas... Vamos fazer algo um pouco diferente – o ômega sorriu. Fazia um bom tempo que não batia em Jimin. – Que tal, se você perder eu dou um tapa em seu lindo rostinho – Jungkook sugeriu rindo.

- Aigo... – um bico se formou nos lábios cheios do alfa – Mas e se eu ganhar? – indagou o loiro.

- Você me dá um beijo – o mais novo respondeu sem pensar, porém ao ver o sorriso malicioso do loiro. – Não, espera!

- Ah não Jungkookie, nem pense em mudar de ideia – Jimin riu – Vamos começar? Você não vai trocar. Se eu perder, um tapa em meu rosto, se ganhar, eu beijo você. – sorriu – Vamos!

Jungkook bufou e logo começaram. Bem, Jimin começou mal, já que na primeira o ômega ganhara, assim podendo dar um tapa não tão forte no rosto do mais velho. Já na terceira, Jimin ganhou, podendo dar um selinho em Jungkook. A brincadeira prosseguiu assim, alguns estalos, tanto de tapas quanto de beijos, ecoavam pelo quarto, até chegarem à última rodada. Jimin ganhara novamente e Jungkook escondeu o rosto, rindo, o Park puxou as mãos do ômega e logo depositou um selar nos lábios finos e avermelhados do mesmo, depositando uma série de beijos logo depois.

Jungkook caiu de costas no colchão macio, rindo e retribuindo os selares do alfa, este que se encontrava sobre si. Levou os braços ao pescoço do loiro, agora aprofundando o ósculo, suas línguas se entrelaçavam e iniciavam uma guerra sem fim, Jimin levou uma de suas mãos para a cintura do mais novo, apertando a mesma com possessão, enquanto o ômega levava suas duas mãos para dentro da camiseta do Park, arranhando o abdômen definido do menor. As coisas começavam a esquentar, contudo, nenhuns dos dois queriam se separar, mesmo sabendo aonde aquilo poderia levar.

Os dois se separaram rapidamente assim que a porta fora aberta, revelando um garoto desconhecido para Jungkook. O mesmo tinha fios negros e lisos, seu rosto era pálido, os lábios finos, esboçando um sorriso ladino e pelo seu cheiro, era um alfa. O ômega abaixou a cabeça e prendeu seu lábio inferior entre os dentinhos avantajados, seu rosto começava a esquentar e sua vergonha apenas aumentou ao ouvir a risada abafada do garoto ao ver o Park puxar um travesseiro e colocar em seu colo. Ah merda, por que isto tinha que acontecer com ele?

- J-Jiminie, eu v-vou... Ligar para o Yoonie – o mais novo se levantou cambaleando, porém fora puxado pelo alfa novamente.

- Ah não Kook-ah, fique comigo, por favor – o alfa segurou a cintura do mesmo – Omma quer que você jante conosco, e você não vai querer ligar para o Yoongi... Não quando ele está sozinho com o Tae e o Hobi...

- Ah droga, Jimin! – o ômega repreendeu o mais velho, sua mente começava a formar a cena de seu irmão... – Não, não, não! Eu não vou imaginar isso de novo. – o Park soltou uma risada por conta do desespero do mais novo, pareciam ter esquecido totalmente a presença do outro alfa.

- Ahn... Gente, eu ainda estou aqui – o garoto se pronunciou ao ver que os dois garotos a sua frente voltavam a se beijar. – Eu não quero ver vocês dois transando.

Jungkook se afastou rapidamente do Park, seu rosto se encontrava vermelho novamente. O alfa que se encontrava parado em frente a porta, soltou uma risada fraca ao ver o acastanhado envergonhado. Jimin bufou e pediu para que o ômega fosse até a cozinha, onde seu patriarca estaria com sua tia. O ômega apenas assentiu e se levantou, curvando-se em frente ao garoto desconhecido, que agora já se encontrava perto da cama, e andando rápido até a cozinha. Jimin viu o moreno acompanhando seu ômega com o olhar e vendo o mesmo parar nas coxas e nádegas fartas e bem marcadas pela calça apertada que o mesmo usava.

- Tira o olho – o Park rosnou.

- Se acalma priminho, não vou roubar seu ômega não – riu o moreno, sentando-se na cama do mais velho – Mas tem um ômega bem bonito – sorriu malicioso – Como é ter ele na cama?

- Dá para você calar a porra da boca, Chanyeol? – o alfa rosnou. Odiava quando falavam assim de Jungkook, o que acham que ele é? – Nós nunca fizemos algo, e mesmo que tivéssemos feito, não seria de sua conta.

- Opa... Desculpa Jimin, não sabia que você ficava tão irritado com isso. – o outro alfa engoliu em seco – Você nunca foi assim, nem mesmo com o Taemin.

- Ele não é o Taemin – o mais velho bufou. – Agora o que você quer aqui?

- Omma me mandou vir aqui com você – o outro Park deu de ombros – E então peguei vocês dois aos beijos na cama.

Jimin nada respondeu, apenas revirou os olhos e retirou o travesseiro de seu colo. Não estava mais como antes. Já Jungkook, o ômega entrara na cozinha, onde estava Jin e mais uma mulher que o mais novo não conhecia. Esta dissera se chamar Jihyun e era tia do loiro, Jungkook se surpreendeu com tal revelação, se apresentou e logo se aproximou. Jin aprontava a janta da família, o ômega não deixara Jungkook sair da cozinha, queria ensinar seu futuro genro a cozinhar. Bem, Jungkook sabia muito bem cozinhar, aprendera com uma das cozinheiras de sua casa, ajudara Jin em tudo. Com tudo cozinhando, Seokjin deu descanso aos seus “ajudantes”. Sentaram-se a mesa e logo o Park iniciava uma conversa com seu futuro genro.

- Então Jungkook-ah, vocês já estão namorando? – o ômega soltou após um tempo conversando com o mais novo. Jungkook corou e negou. – Oh, não? Ainda? Vocês estão tão próximos e parecem tão apaixonados. – riu o Park mais velho. Jungkook apenas arregalou os olhos e corou mais ainda. – Ah não... Não fique assim – Jin riu nervoso – Jihyun, pegue um copo de água para ele. – e assim a outra ômega fez.

- Ahn... E-eu... N-Nós... – Jungkook gaguejava, mordeu o lábio inferior e virou o rosto. Estava corado, deveras corado, disto tinha certeza.

Jin riu do nervosismo do garoto e logo Jihyun voltava com um copo de água. O ômega entregou para o acastanhado, este que apenas pegou e tomou um gole, abaixando o rosto, tentando esconder sua vergonha.

- Yah, não fique assim – riu o mais velho novamente – Bom, você quer ver uma coisinha? – Jungkook levantou o rosto e encarou o mais velho – O álbum de fotos do Jiminie. - Jungkook sentiu seus olhos brilharem, Jimin estava ferrado em suas mãos.

- Eu adoraria – riu o mais novo, abrindo um sorriso de orelha para orelha.

.

.

Jungkook ria com as fotos e as histórias que Seokjin o contava sobre o Park. Havia uma foto do alfa vestido de vaquinha, que fora a que Jungkook riu mais e até mesmo tirara foto. Jimin, ao entrar na sala de jantar, onde se encontravam Jungkook, sua tia e seu Omma rindo. Olhou o álbum nas mãos do ômega e arregalou os olhos, seu Omma estava querendo acabar com sua reputação? Engoliu em seco e correu, tomando o álbum da mão do ômega mais novo, Jungkook encarou o alfa e gargalhou.

- Ai Jiminie, você era tão fofinho – o acastanhado apertou a bochecha do alfa. – Principalmente vestido de vaquinha – gargalhou novamente o ômega.

- Jeon Jungkook! – Jimin sentiu seu rosto esquentar. – Omma, não acredito que mostrou isso para ele. Podia mostrar para qualquer pessoa, menos para ele – apontou para o ômega a sua frente.

- Ah Jiminie, mas ele disse que queria ver. – riu o mais velho – Os olhos dele brilharam quando perguntei.

- Ah Omma... Você não conhece Jeon Jungkook... – Jimin choramingou e olhou o ômega, que segurava o riso.

- Ah Minnie, deixe de ser chato – o mais novo riu e empurrou o alfa. – Prometo não mostrar isso para as pessoas – riu novamente o mais novo.

- Hm... Certo – o loiro encarou suspeito o mais novo – Eu espero muito que não faça isso. – Jungkook apenas riu e abraçou o alfa. Havia pegado esse costume após começar a sair com Jimin. Se separando logo em seguida por lembrar que tinham mais pessoas presentes. – Omma, vamos voltar para o quarto. – Jimin pegou a mão do mais novo e puxou o mesmo.

- Está bem – Jin riu e acenou para o filho – Usem camisinha.

Jungkook se engasgou com sua própria saliva, enquanto Jimin segurava o riso, recebendo um tapa em seu braço. O alfa apenas riu fraco e puxou o mais novo mais rápido para o seu quarto, porém agora era apenas para assistirem a algum filme, sem malícias.

.

.

Jungkook andava calmamente pela praça, havia combinado de encontrar Jimin. Contudo, fora barrado por um homem aparecendo afoito em sua frente, era alto, tinha fios negros e vestia uma roupa social. O homem tinha traços finos e másculos, os olhos redondos e grandes assim como os seus, os lábios finos e vermelhos e seu rosto era pálido. Jungkook não estava acreditando que aquele homem estava a sua frente novamente, aquele homem que o jogara no lixo quando criança, aquele homem que o tratava com desdém, que o odiava. Não estava acreditando que seu pai biológico estava agora, exatamente em sua frente.

- Oi meu filho, quanto tempo, não?


Notas Finais


Gente, uma coisinha, se estão achando que tudo está rolando rápido demais.
Primeiro, essa fanfic não vai ter taantos capítulos, vão ter pelo menos uns 30, ou até menos, bem, acho que vai dá uns 20 e pouco. Segundo, já se passaram meses após eles se conhecerem, Jimin já praticamente quebrou a barreira que Jungkook construiu em volta de si e agora está doidinho pelo Jimin. Mas ele não mudou totalmente o jeitinho dele.
Mas bem, espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...