História The Slime Of My Dreams - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Caroline Forbes, Stefan Salvatore
Tags Steroline
Visualizações 13
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - P r i m e i r o


☆Caroline On☆

-EMMA! ENTRA LOGO NESSE BANHEIRO! -Era segunda novamente. Eu estava em meu quarto dormindo igual um anjinho quando...

-Tiaaaa,me escodee -Fui acordada por um pequeno corpinho sendo jogado  em cima de mim.

-Emma,deixa a tia dormir

-Não não,a mamãe quer que eu va tomar banho! -Segurei meu riso me sentando com delicadeza e a puxando pela cintura.
Emma ia para escola de tarde junto a seu irmão,eles entravam as 13:30 e saia as 17:50.
Dei uma espiada no meu celular para ver o horário enquanto Emma se enfiava de baixo do edredom rosa. Era 12:30 e eu ainda não  havia levantado.

-EMMA,SE EU SUBIR AI EM CIMA E VOCÊ TIVER ACORDADO SUA TIA....

Ariana parecia nervosa afinal,quem não  fica nervoso tento a Emma como parente? Tadinha eu amo essa pequena.

-Carol?eu te acordei? -Ela abaixou o tom de voz  ao abrir  a porta do meu quarto e espiar para ver se eu estava acordada. A resposta era sim,ela havia.

-Não -Menti rindo -Emma não quer tomar banho?

-Outra vez -Ela revirou os olhos rindo. Ariana ia dar meia volta  e sair do meu quarto  se a garotinha de rosto estreito,cabelo castanho e cumprido igual a mãe,não  tivesse soltado uma risada e deixado seus pezinhos serem vistos no fim da cama.

-Vou contar até  três para você sair daí e ir logo para o banheiro!

-Aff mommy,a senhora nem sable bincar! -Emma bufou saindo da cama com  os braços  cruzados e uma careta.

Eu amo essa menina. Igualzinha  a mom quando criança.
Ari a pegou no colo e as duas sairam do meu quarto.

☆Stefan On☆

Era segunda e as meninas não  tinham aula. Angel e Agnes comiam seus cereais em suas tigelas;Branca e rosa. Vitória estava no carrinho ao lado de minha cadeira,a mesma acabava de mamar.

-E o pequeno celeal rosa ultrapassa o celeal azul e plim! -Agnes bateu sua colher de unicórnio no leite derramando na mesa -E pliiiiim,o celeal rosa ganhooouuu -Ela gritou e enfiou a colher na boca.

-Agnes! Não  derrame leite em mim! -Angel bufou a olhando

-Meninas,não  briguem -Suspirei continuando  a ler meu jornal.

-Pluuuum! -Agnes bateu novamente no leite

Eu não aguentava  mais. Não  aguentava aquilo tudo sozinho...fazia dois meses que minha mulher havia morrido,mas era a primeira semana que fiquei sozinho. Sempre tive ajuda,ou de minha irmã ou de minha mãe...mas eu sabia que uma hora ou outra teria que cuida-las sozinho.

-Agnes,quantas vezes ja disse para você não  brincar com o café  da manhã?

-Nem com o almoço,nem com o jantar! -Angel a olhou revoltada

-Angel,deixa que eu cuido disso.

-Se a mommy estivesse aqui,Agnes não  estaria chamando atenção -Ela empurrou  a cadeira,largou  a colher e a tigela em cima da pia e subiu as escadas indo para seu quarto.

Droga,como fui deixar isso acontecer?!

-Eu vlol subir tamblem -Agnes me olhou com cara de choro,pulou da cadeira e correu para cima.

-O que eu faço,Kiara? -Encarei para um retrado da família sobre a mesa. Kiara,minha esposa segurava Agnes com menos de dois anos,Eu estava ao lado segurando a pequena Angel. Essa foto estava perfeita. Eu havia deixado o retrato dentro de minha gaveta do escritório,ainda não  entendo como foi parar ai.

Peguei Vitória nos braços  e a deixei no bercinho que tinha na sala ao lado do sofá,desliguei  a TV e subi para o quarto delas.

☆Caroline On☆

Vesti uma calça legging preta rasgada no joelho,uma blusa branca básica  e joguei uma jaqueta jeans por cima.
Peguei  minha bolsa e fui andar por NY procurando algum trabalho.

☆🔯☆

"Claro senhorita Campbell,te ligaremos quando o senhor Thompson chegar de viagem" Já vi que não  consegui o emprego. Só porque queria voltar para casa com cheirinho  de pão...lanchonete idiota.

-Olha o algodão  docee -Na porta do Central Park,havia um homem aparentimente da terceira  idade vendendo algodão  doce. Ele apertava uma buzina enquanto segurava sua bicicleta para  não  cair.
Retirei um dinheirinho do bolso e fui até  ele.
-Me da rosa por favor-Sorri entregando o dinheiro.

-Bom dia,moça -Ele em entregou dando um sorriso largo e voltou  a buzinar.

Talvez eu venda algodão  doce como ele também. Quem sabe?

Entrei no CP e fui logo me sentando em um banco vazio,observei as criancinhas nos brinquedos  a minha frente e lembrei de quando Emma empurrava o pequeno Tyler daquela casinha de madeira.

Deixando me levar pelas minhas lembranças,não  reparei um jornal ao meu lado sendo empurrado para meu colo com o vento. Agarrei ele com uma mão  e abri com dificuldade para o jornal não  entrar em contato com o algodão  doce.

-"Estamos contratando" -Li em voz  alta alguns  anúncios  de emprego  estampado na segunda página.

"Meu dia de sorte?! Talvez."

Retirei minha caneta roxa de dentro da bolsa que estava meio aberta e   risquei algumas coisas que me interessavam.

☆🔯☆

☆Stefan On☆
-Certo meninas,não quero que vão  muito longe. -Me sentei em um banco e olhei Vitória no carrinho.

-Certo,Daddy -Agnes e Angel correram para o escorregador rindo.

Como eu amo essas duas...três, na verdade kk. Fico pensando...foi doloroso perder Kiara,mas se ela ainda estivesse viva seria pior,mas não para mim...e sim para elas. Kiara e eu na estaríamos separados e isso seria mais doloroso na minha visão.

Mas...cade elas? Droga Stefan! Você  não  faz nada direito! Nem cuidar das duas próprias filhas!

Me levantei rapidamente olhando tudo ao redor,nenhum sinal delas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...