História The wizard and the human cat - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~Narinnyw

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Bruxo, Gato, Magia, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 41
Palavras 883
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Narin: Ah, nos perdoem, sério!
É um pouquinho mais complicado do que imaginamos, mas caímos no famoso "bloqueio mental". Este que passou nessa tarde, em que nos reunimos e cuidamos especialmente de cada linha que seria escrita. Esperamos que possa compensar a demora. Vamos nos esforçar para sermos rápidas, okay?
Boa leitura 😄

Mandy: Demoramos? Demais, mil perdões, sério. Estive viajando por uma semana e fiquei totalmente sem idéia assim como a Senpai, mas finalmente aqui está!
Detalhe que, minhas partes foram resumidas em You Are (GOT7), já que essa música não saía da minha cabeça enquanto escrevia então... recomendo 😂💙
Beijo no kokoro, espero que gostem :3

Capítulo 5 - Borboleta traiçoeira


Fanfic / Fanfiction The wizard and the human cat - Capítulo 5 - Borboleta traiçoeira

No dia seguinte, estava me sentindo desconfortável... era como se tivesse 250kg em cima de mim. Meu corpo estava dolorido, e eu acordei com a pior cara que tinha. Ao olhar ao redor, preferi nunca ter acordado...

_MAS QUE PORRA, SERÁ QUE EU NUNCA VOU PODER DORMIR EM PAZ? -gritei ao ver todos os três deitados sobre mim em MINHA cama.

_"Meeow" (Meus ouvidos!)

Olhei desacreditado com a audácia daquele gato ao ralhar para mim. Fiquei com a mesma expressão idiota até perceber que Jimin ainda estava todo vagabundo e dormindo com seu melhor sono.

O empurrei para fora da cama sem nenhuma hesitação. Ora, ele devia estar na sala!

_Ai! VOCÊ FICOU MALUCO?!

_AAH, EU É QUEM SOU O MALUCO? - me revoltei, passei a gritar com ele também, que já se levantava e amparava o coelho humano.

_Claro! Qual é o seu problema?

Dei um longo suspiro. Eu via o rapaz bem jovem tentar se esconder por conta da nossa gritaria. Respondi entre dentes o mais educadamente possível.

_Era para vocês estarem na sala, minha cama não dá para os quatro. Eu... argh, estou quebrado. Vocês são pesados!

_Olha aqui, gordo é você!

Jimin deu um grito e partiu para cima de mim. Apanhei com dignidade.

O coelho, recebeu o nome "Kook", pois Jimin claramente não tinha uma ideia original como eu, um grande gênio e mestre.

Horas se passaram, as poucas perguntas de Kook eram respondidas, e ele facilmente aprendia as palavras-chave de algumas frases, inclusive, toda vez que Hobi dizia alguma das suas poucas palavras bem desenvolvidas, o menino ia lá e repetia, como um papagaio.

_Kook, diz "Ji-min"...Vamos lá, "Ji-min".. - o loiro soletrou para o coelhinho que o olhava sem expressão.

_Hobi! - foi a resposta e o rapaz se agarrou ao amigo-gato.

_Jimin! - o bichano se animou, e comemorou por finalmente ter decorado o nome do amigo loiro, que era próximo de seu dono.

Então, foi aí que Kook pôde dizer "Jimin".

_Será que eu estou atrapalhando os amiguinhos, aí?

~~~

Por causa de seu instinto felino, Hobi queria voltar com suas saídas matinais e Kook não hesitou, queria voltar a pular entre os arbustos mesmo que ainda andasse com dificuldade.

_Ta bem, só não iremos muito longe porque por culpa de dois filhotes preguiçosos e um marmanjo folgado, estou cheio de dores.

_De quem você está falando mesmo? -o loiro reclama antes de ver duas crianças desengonçadas correrem pra fora do pequeno chalé.

Nos colocamos a correr depressa para os alcançar antes que se perdessem.

Haha, mal sabíamos o que nos esperava...

Quando conseguimos chegar perto o suficiente para ficar de olho neles, percebemos que coisas pequenas como borboletas eram o bastante para distraí-los instantaneamente.

_ Então Yoongi, já que seu gato se transformou em um humano, por que não aproveita tenta algo com ele, já que continua um gato?

O olhei estupefato e reagi com um tapa em sua nuca. Ora essa, Hobi era como um filho para mim!

Não entendo o porquê, mas senti meu rosto esquentar com as palavras do loiro.

_O que está dizendo?! Ele continua sendo macho, oras!

_Esse seu papo de ser "macho", não funciona desde que o Drácula morreu!

_Estou pouco me fodendo para o Drácula, para você e suas palavras.

_Além de mal educado, é grosso!

O silêncio reinou, esperamos ouvir a palavra "pau" mas não aconteceu, não ouvimos nada. Então olhamos diretamente para onde os dois animaizinhos estavam da última vez que os deixamos, e, carambolas! Eles não estavam lá.

De início, não sabia se me sentia aliviado por me livrar do tal gato preguiçoso ou me sentia culpado por deixá-lo sozinho, no escuro, com fome, sujeito a virar comida de animais selvagens junto do pobre coelho que era ainda mais indefeso do que ele.

_Kook?! Coelhinho?! KOOK!

Jimin estava com uma expressão que eu nunca tinha visto antes e isso me fez pensar: se Jimin, conhecendo Kook apenas por um dia, já estava preocupado, por que eu não iria me preocupar com o Hobi também, já que o tenho a anos?

_HOBI!!!

A mata fez eco e tudo que eu mais queria era que eles simplesmente aparecessem de trás de um arbusto.

~~~

(Narrador)

_H-Ho-bi...medo...medo, medo...

_Meeeow!

O gato não conseguia falar seu novo idioma humano de tanto que tremia. Os humanos recentes ficavam um agarrado ao outro, arfando, completamente aflitos e inquietos com medo de qualquer coisa que poderia se aproximar.

Aos poucos, o crepúsculo ia tomando o veu vasto do céu e a floresta ficava cada vez mais escura e perigosa, o que deixava os dois bruxos ainda mais preocupados.

Houve uma movimentação estranha e os animais em corpo de homens adultos se colocaram a correr horrorizados, só parando em uma árvore onde se sentaram agarrado um ao outro, assustados e a gritar por seus Hyungs.

Uma luz divina refletiu sobre as pequenas criaturas e, antes que Hobi se desse conta de que suas preces foram atendidas, o bruxo mais velho o abraçou fortemente deixando o lampião ali, no chão.

Yoongi não prestava atenção em mais nada... só queria abraçar o pequeno sem entender o porquê. Quanto a Kook, assim que viu seu mestre, correu até ele pulando em seus braços e contando como fora terrível aquela sua nova experiência como humano. Ele recebia seu carinho nos cabelos enquanto Hobi estranhava o comportamento de seu dono, que agora apertava sua camisa, num silêncio totalmente desconhecido e, que demonstrava tamanho afeto sem nem perceber.


Notas Finais


Desculpem caso hajam erros, pretendemos não demorar muito para voltar :)
Nos digam o que estão achando e até o próximo, doces! 😙💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...