História The Wolf Girl — Imagine Jeon Jungkook. - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jungkook
Visualizações 60
Palavras 722
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu achei que essa capítulo tão fofo, eu farei algumas mudanças nos capítulos já postados, mas serão poucas mudanças. Espero que gostem do resultado, Bye ❤

Capítulo 6 - Capítulo 6; Fraqueza.


Fanfic / Fanfiction The Wolf Girl — Imagine Jeon Jungkook. - Capítulo 6 - Capítulo 6; Fraqueza.

— Coma, é carne. — Falou com um pouco de medo do lobo, estendo a mão e acariciando as orelhas do logo com a outra. — Eu ainda tenho medo de você, apesar de não me atacarem, eu queria poder entender isso. 


Suspirou, dando outro pedaço de carne ao lobo, e acariciando o pelo acinzentado do mesmo. Segurei o filhotinho em meus braços, sentando em seu lado. 


— Você vai se acustumar, tanto com ele quanto com nós, e espero que com nosso novo lar também. 


— Como assim? 


— Jungkook, nós não vamos permanecer aqui, iremos para bem longe, já conversamos sobre isso. 


— Eu não consigo entender o porque, ___. 


— Estamos em perigo perto deles, eles mataram alguns dos meus lobos quando era jovem, por envenenamento, machucaram você e eu, não quero que isso ocorra novamente, com nenhum de nós. Já falamos sobre isso diversas vezes, não se lembra do desespero e da raiva de Namjoon? Dos meus ferimentos e do dia em que te achei sangrando cheio de cortes profundos por causa deles. 


— Maldade por maldade. ___, você não tem coragem de machuca-los, não é? 


— Por mais que tenham feito tudo de ruim, comigo, meus pais, meus amigos, e, até mesmo animais tão indefesos, eu não consigo. 


— Para oque eles falam, você é boa demais para eles, se eu estivesse no seu lugar, já teria matado um por um. — Rimos. 


— E porque não fez isso ainda? 


— Eu não tenho o controle que você tem, a força psicológica ou até a física, eles me machucaram, e acima de tudo machucaram você, e agora, podem machucar seus amigos, mas, me sinto tão fraco. — Sorri, observando o mesmo falar.


— Eu não o acho fraco, você, apenas, foi afastado de tais treinamentos que tivemos. Não lhe deram liberdade para aprender, oque me surpreendeu. Mas agora, você é um de nós, e com o tempo, ira aprender tudo que não lhe deram oportunidade. Começando com, se levantar e me seguir, tem algo para lhe mostrar. 


— Sério, oque seria? 


— Você não quer aprender a ser como nós? Terá que começar logo. — Assentiu. — Muito bem, começaremos hoje, lembre-se que, não pararemos tão cedo. — Peguei em sua mão, o puxando até a casa, sendo seguida pelos lobos. — Lídia! Pode pegar alguma arma dos garotos para mim? — Gritei, me aproximando da casa e logo adentrando-a vendo a mesma parando em minha frente com um arco e flecha. 


— Foi a primeira coisa que achei, aliás, oque vai fazer com isso. — Olhou para Jungkook, sorrindo e voltando a olhar novamente para mim. — Ele não foi treinado no lugar onde vivia. 


— Foi afastado do treinamento, isso me surpreendeu, todos os jovens passam por treinamento, mas seus pais o mantinham longe de tudo e todos. 


— Ele é um garoto interessante, sugiro que vá com calma, e você, Jungkook, tome cuidado, nem sempre ela pega leve em treinamentos que nem hoje mais cedo. 


Todos os garotos seguraram sua risada, recebendo um olhar mortal nosso. 


— Garotos, já que se consideram tão superiores a ele, eu posso ensinar bons modos a vocês, assim como posso treina-lo, vão continuar a debochar? — Todos se calaram, sérios olhando um para o outro. — Ele não tem culpa pelo que fizeram a ele. A essa altura já deviam saber que nessa casa, ninguém é superior a ninguém. 


Saímos dali, indo até um lugar um pouquinho longe, paramos em frente a uma árvore. 


— Não entendo o porque você me defende, e se ekrs tiverem razão em que eu sou fraco, diferente de vocês. 


— Jeon Jungkook, eu já falei que você não é fraco, as pessoas só são fracas quando querem. — Suspirei, erguendo o arco e flecha. — Eu sei que a Lídia falou que sou um pouquinho rigorosa, mas para o começo é muito simples. Mira. — A flecha atingiu a árvore, dando uma noção do que teria que fazer. — Sua vez. — Entreguei o arco e flecha em sua mão, e o mesmo levantou-o. — Erga um pouco mais o seu braço, o deixe reto, e mire. — O ajudei, ditando os movimentos em seu braço, o mesmo atingiu um pouco abaixo do objetivo. — Concentre-se, tente atirar um pouco mais para cima. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...