História There's Nothing Holdin' Me Back - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Shawn Mendes
Tags Bad Reputation, Ellie Bamber, Hot, Lights On, Shawn Mendes, Strings, Tnhmb
Visualizações 25
Palavras 1.398
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CAP NOVO ESSA HORA DA MANHÃ? SIM MEUS QUERIDOS E QUERIDAS! Demorei mas fiz, não me matem no próximo eu "termino" oq comecei eu prometo hauhaua


Nos vemos lá embaixo...

Capítulo 10 - Ruin The Friendship


Fanfic / Fanfiction There's Nothing Holdin' Me Back - Capítulo 10 - Ruin The Friendship

A medida que Shawn chupava os seios de Lauren, mais ela se remexia e deixava gemidos escaparem, alguns mais intensos que outros, Shawn continuava com seu trabalho, ele podia ver o quão 'machucados' os seios de Lauren estavam, e deixava um belíssimo sorriso cretino em seu rosto como resposta a seu ato.

Shawn queria ir além de onde estava, ele queria levar Lauren ao delírio por inteiro, depois estar em meio a suas pernas, esperar por um fim do mundo onde ele pudesse acabar ali, da maneira que desejava a um certo tempo, estar dentro de Lauren a completando, como se fossem apenas um, destinados a estarem juntos, sem que nada os tivessem segurando de volta.

Shawn mantinha seus toques doces e suaves, com o gosto de mais ao fim dos mesmos, a cada segundo que sua boca largava q pele de Lauren um vazio se instalava, como uma falta que aquele contato ansiava, a aquela altura, os seios de Lauren se encontravam anestesiados, doloridos e avermelhados, uma visão perfeita para os olhos dele.

Shawn se cansou do seio em que estava e começou a brincar com o outro, mordiscando e chupando com um pouco de força o biquinho do mesmo, Lauren tentava manter um ritmo em meio a arfadas e gemidos, ora ou outra sendo surpreendida pela língua de Shawn, a fazendo se arrepiar por inteiro, supirando alto, dando a Shawn mais provas de que seus carinhos estavam satisfazendo a mulher.

Sem poder fazer muito, Lauren tentanva se manter concentrada em algo que não fosse os toques de Shawn, já que ela sabia que se ele continuasse com aquele ritmo, sua calcinha que já estava molhada por conta da água, ficaria mais ainda molhada de excitação, mesmo que fosse tortura demais para seu corpo, Lauren desejava ter os dedos de Shawn a tocando, ela queria rebolar nos mesmos, a deixando extasiada pelos movimentos, ela queria sentir seu corpo pulsar contra os dedos de Shawn e deixar seu deleite sobressair de todos os sentimentos e escorrer por suas pernas como um belo final.

–Por mais que eu esteja gostando desses seus movimentos, eu quero, na verdade eu preciso que você me toque. –Lauren havia conseguido controlar sua voz para que saísse séria mas suave, em sinal de aprovação.

Shawn hesitou por um instante, não sabia se deveria ou não deixar acontecer e acabarem transando ali mesmo, seu membro pulsava sobe o tecido do short, tirando todo seu raciocino, mas ele ainda queria terminar sua surpresa, não faltava mais nenhum lugar para irem a não ser seu destino final, Shawn havia planejado aquele momento por bastante tempo em sua cabeça, como cada momento aconteceria agradando não somente a ele como ele esperava que agradace Lauren também. Por mais que Shawn quisesse mais que tudo ter Lauren ali, naquele carro não muito espaçoso ele não podia, ele tentava ser o mais fiel possível a sua promessa.

–Por mais louco eu esteja para te fazer minha aqui e agora, eu não posso, eu quero terminar nosso momento no destino final, eu garanto que você vai apreciar muito mais, do que uma foda dentro de um carro. –Shawn a olhou e mordeu o lábio de maneira provocante.

Por mais que Lauren não tivesse gostado muito da ideia de parar com aquilo, ela se sentia curiosa em saber a que ponto chegaria todo aquele mistério que Shawn estava fazendo desde que a tinha chamado para a passar o fim de semana com ele, a curiosidade e a ansiedade era maior que ela que acabou concordando com a cabeça.

–Eu só aceito com uma condição, que você me beije, um dos seus beijos que sempre me deixam sem ar algum. –Lauren não sabia de onde havia tirado aquilo, mas não se importou, apenas olhou com desejos para os lábios de Shawn.

Ele não precisou mais do que dois pequenos segundos para pensar e logo juntar seus lábios aos dela, o instante em que eles se tocaram já não havia mais nada envolta, existia eles e aquele beijo. Mãos passeavam por toda a nuca de Shawn puxando o cabelo do mesmo, já as de Shawn passavam por todo o corpo de Lauren, ele pedira passagem com a língua e foi dada em segundos, era um beijo quente, eles já haviam dado beijos como aquele, mas parecia que naquele momento existia algo a mais naquela mistura de sentimentos, como um pequeno botão de rosa, tão bruto mas tão presente que queimava no peito de ambos. O ar ja começava a faltar no pulmão dos mesmos, estava prazeroso demais aquele momento Lauren e Shawn ansiavam pelo que vinha depois com a tão esperada surpresa, o beijo foi se cessando aos poucos, dando-se um tempo apenas para eles repirarem por alguns segundos e logo voltarem a se beijar, outro beijo quente se iniciava, ambos sentiam o calor queimar em seus corpos, mas Shawn precisava sair o mais rápido possível daquele lugar e irem para o tão esperado destino final.

–Precisamos ir logo ou perderei a cabeça e te farei minha aqui mesmo Lauren. –Shawn cortou o beijo deixando Lauren sem uma outra reação a não ser abrir os olhos e morder firmemente o lábio inferior.

Antes de dar a partida no carro, Lauren ajeitou seu banco e vestiu a camisa de Shawn que ficou enorme, mas parecia perfeita para ela, Shawn observara cada movimento feito pela mulher não conseguindo se aguentar e a puxar mais uma vez para outro beijo, para outros beijos para ser mais preciso. Ele deu partida finalmente e seguiu a caminho de seu destino.

Sua casa no campo, mais parecida com um chalé, toda de madeira, e window sit na parte da frente, de um tom de vinho e o telhado de uma cor creme a casa não parecia ser muito grande, era mediana, na sua frente havia uma escada pequena feita de pedras assim como a pequena trilha que levava a porta de madeira pintada de branco, havia uma varanda na frente onde podia-se pendurar redes e uma cadeira de balanço, não dava-se para ver outros detalhes já que estava escuro o céu e a casa. Shawn estacionou o carro na rampa enfrente a casa, ele sorria como bobo e Lauren observava o lugar.

Ao olhar ao redor de onde a casa se encontrava, não se via nada além da natureza, haviam outras casas no condomínio, mas elas ficavam afastadas umas das outras, dando privacidade aos moradores, o som de grilos e corujas eram ouvidos, apenas os animais podiam ser ouvidos, um vento suave percorria o lugar levando as árvores a um leve balanço como um passo de dança.

Shawn descera do carro e abrira o porta malas, retirando as duas bolsas grandes de dentro e fechando em seguida, Lauren também decera do carro junto ao rapaz que caminhava na frente tateando o bolso em busca das chaves, as pegando e já indo abrir a porta, Lauren o seguia calada, apenas sentindo todo o "ar" do ambiente calmo.  Ao entrar na casa escura Lauren pode sentir o aroma de madeira no local, e ao acender as luzes pode ver a quantidade de moveis amadeirados presentes na casa, eram moveis rústicos, mas muito sofisticados, Shawn sentira um alívio e um bem estar enorme ao estar ali.

Os quartos ficavam no segundo andar da casa, Shawn se dirigiu as escadas parando ao pé da mesma esperando que Lauren viesse em sua frente, Shawn era um cavalheiro, um Mendes, por mais que ele odiasse adimitir, Shawn exercia com vigor os costumes dos Mendes. Ele podia não pensar como um, ou agir em outras situações, como sua grande e herdada reputação, mas no quiesito educação Shawn tirava de letra, como um garoto exemplar.

Lauren se apressou em seu passo, passando por Shawn, o mesmo praticamente perdeu todo o ar que guardava nos pulmões naquele instante, ele pode sentir o doce cheiro que Lauren exalava naturalmente, uma ansiedade percorria todo o corpo de Shawn, ele sentira uma vontade exorbitante em pegar Lauren no colo e leva-la ao quarto para enterra-se em meio as suas pernas ate chegar no seu máximo e finalmente acabar com suas inibições a pedindo não em namoro e sim como sua companheira para a vida, ele não queria prometer a ela uma bela vida ao seu lado, ele não podia, mas podia prometer que faria especial cada momento que eles estivessem juntos.

Shawn torcia para que Lauren aceitasse, ou pelo menos desse a chance dele tentar.


Notas Finais


Eu sei, eu sei, parei dnv...mas vai ser por uma boa causa eu prometo kkkkkkkk

Espero que tenham gostado e oq acham sobre esse "pedido" do Shawn? Rs

Sweet Kisses
Lili ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...