História Todos os meus "eus" - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Amor, Drama, Gay, Lgbt, Mente, Psíquico, Romance, Vida Adolescente, Yaoi
Visualizações 22
Palavras 812
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Sci-Fi, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hi! Escrevi mais um capítulo e...

ALERTA DE SPOILER: vai ser muito legal kkkkkkk

Espero que gostem <3

Capítulo 8 - Capítulo 7


Já era hora do intervalo, fazia dois dias que eu tive aquela conversa com a Andressa e até agora não falei com o Daniel.

Se eu não o chamar agora, não terei o que fazer...

- D-daniel... - cheguei perto do grupo de amigos dele e o chamei - posso falar com você... em particular?

- Claro! - avisou os amigos dele e me seguiu.

Fomos até o terraço da escola, onde ninguém nos interromperia ou ouviria nada do que diremos.

- Então...? - murmurei.

- Eu entendo sua reação do outro dia. Sei que te deixei surpreso, mas peço desculpas por... aquilo.

- A-ah... ok, tudo bem. Te chamei justamente pra dizer que não teve problema - fiquei envergonhado. Dizer isso não é como se eu estivesse dizendo que por mim tudo bem ele me beijar quando quiser?! - Quero dizer... Não fiquei bravo, mas... Não faça mais isso, tudo bem? - corrigi.

- Tudo bem por mim. Mas ainda estou me martirizando por aquilo. Que tal se fossemos ao parque de diversões no fim de semana? Como pedido de desculpas?

- O-ok... acho que dá pra mim...

- Sábado, às 18:30?

- Sim.

- Te vejo lá então! - falou animado e se despediu.

Aaahhh meu Deus, Buda, Zeus, Izanagi e Izanami do Olimpo! Onde eu fui me meter?!

- Você está saindo com o cão?! - ouvi uma voz conhecida perguntar, ou gritar...

- A-andressa?! V-você ouviu tudo?!

- Mas é claro! Espionagem é um dos meus pontos fortes!

- Só é um ponto forte por quê você é baixinha, então ninguém te percebe! - falei brincando, mas ela me deu um tapa um tanto forte pra uma garota. Ou eu que era fraco demais pra um garoto...?

- Ai! Por que fez isso?! - reclamei.

- Pra aprender a não me chamar de baixinha! Você também é baixinho pra um garoto da mesma idade que eu!

< -Agora você não pode discordar Alexander! > - riu.

< - Eu acho nosso tamanho normal... >

< - Pra um bebezinho como você é normal! >

< - Fique quieto Alex! >

< - Por que mandou só eu ficar quieto, dessa vez?! >

< - Porque é você que está sendo chato! >

< - Sempre sou eu! >

- Não conte para ninguém, por favor Andressa!

- Calma! Eu sou amiga do Daniel, não faria isso com ele!

- Obrigado, Andressa!

- Claro, claro. Se eu contasse pra todos, meu shipp não ia dar certo de qualquer jeito!

- Q-que "shipp"?! - fiquei perplexo e muito envergonhado.

- Olha só! O sinal já tocou! - falou tentando disfarçar e saiu correndo - Vá para a aula logo! Se não você vai de atrasar! - avisou.

Voltei para a minha sala. Agora eu me sentia melhor por resolver as coisas com o Daniel, mas ao mesmo tempo eu estava nervoso e ansioso para sábado chegar logo!

...

(Sábado 05:50 da manhã)

Eu não consigo dormir. O que eu faço?! Eu estou muito nervoso!

< - Que tal irmos dar um passeio? A essa hora ainda deve ter alguma festa rolando... >

< - Mas nem pensar! >

< - Se tiver comida ou doce, eu quero ir! >

< - Deve ter brisadeiro...>

< - Você é louco?! >

< - Não se fala "brigadeiro"? >

< - Existe dois tipos Alexandre. Tem o "brigadeiro" que é o doce e o "brisadeiro", que nunca se deve comer! >

< - Por que não pode? >

< - Faz mal pra saúde! >

< - Brigadeiro também! Dá 'besidade>

< - Se fala "obesidade", pirralho! >

< - Olha... e não é que o Alex estuda? > - ri irônico.

< - Idiota! Você não deveria ir dormir?! >

< - S-sim. É melhor eu me concentrar em fazer isso! >

Adormeci.

...

Acordei e já era hora do almoço. Me arrumei, escovei os dentes e desci para almoçar.
Minha mãe, como sempre, ficou preocupada com o jeito que eu estava me alimentando, ou melhor, com o jeito que o Alex ficava pulando as refeições e não bebia nada além de vodka, whisky e cerveja. O Alexandre só come salgadinhos e doces, e eu quase não tenho tempo pra comer direito.
Admito que isso está errado e que se u não me cuidar melhor vou ser afetado e não só na questão da aparência física, mas também minha saúde será afetada.

Eu estava tão ansioso para mais tarde que em plena tarde, eu já estava escolhendo a roupa que eu iria usar a noite. Eu estava muito indeciso e nervoso, não sei por quê... só vamos sair como amigos (?).

< - Tive uma ideia >

< - Ah, não Alex! Nem pense nisso! >

< - Pare de ser tão chato... admita que sempre quis fazer isso! >

< - Não! Por favor Alex, não faça isso comigo! >

< - É hora de mudar o visual! >















Notas Finais


Capítulo curto, mas de matar qualquer um de curiosidade...

O próximo capítulo promete e eu juro irei postar bem rápido!

Beijos doces da Candy! 🍭🍬


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...