História Tonalidade de Todas As Cores - Jikook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Visualizações 22
Palavras 685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Drogas, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Frio


Eu teria passado a tarde bem, se não fosse por aquilo.

6:23

Escuto uma voz manhosa me chamando, eu me viro pra cama mas escuto de novamente a voz.

— Kookie... - Jimin ( que foi indentificado por mim como dono da voz ) diz.

Abro meus olhos tapando a luz forte da janela aberta.

Jimin abre um sorriso, seus fios estavam bagunçados e ainda estava só com seu pijama.

Eu normalmente acordo antes e durmo antes, por isso uso uma blusa longa e uma cueca box, então fiquei com vergonha de sair da cama.

Ele fechou seus olhos por alguns segundos, caiu uma tinta colorida em seus cílios fazendo escorrer por toda sua face.

Abriu seus olhos.

— O que houve de errado? Jungkook? Uh? - Escuto uma voz diferente.

Num piscar de olhos vejo outra pessoa.

Seus olhos eram castanhos.

Sua pele pálida.

Era ela.

...

— N-não é real... N-não é.. - Repito 3 vezes como um sussurro.

Ela sorri, seus fios azuis caiam de seu rosto, tinha sangue em sua cabeça, ela estava vestindo uma camiseta velha cinza e uma calça jeans rasgada.

Eu não sou real pra você Jungkook? Hein? EI! Eu não sou real?! Ou será que você não quer que eu seja real? JUNGKOOK! Você me matou, certo? - Ela grita diversas vezes.

Eu já me encontrava no chão encolhido.

Você é um idiota mesmo.

Ainda decidiu ficar com um colega de quarto, achei que poderia ser normal.- Penso.

Escuto a porta do banheiro se abrir.

Eu estava de cabeça baixa, só escutava passos rápidos vindo em minha direção.

— O que houve?... - Escuto Jimin falar, indo em minha direção.

Levantei minha cabeça encontrando os olhos castanhos de Jimin.

Sem perceber, deixei lágrimas teimosas caíndo.

Jimin me abraçou.

— É real? - Pergunto, ainda fungando um pouco.

— O quê?

— Você. Você é real? - Pergunto afundando minha cabeça em seu ombro.

Ele ri.

— Sim, eu sou. E eu estou aqui pra ti ajudar.

Ele sai do abraço e fita meus olhos.

Eu percebo ele olhando minha boca, mas ignoro isso.

Fecho meus olhos e suspiro, logo sinto algo molhado em meus lábios.

Fico surpreso, mas depois continuo o beijo pedindo passagem.

Jimin estava totalmente vermelho.

Eu ri de sua reação.

— Yah! Pare de rir! - Jimin disse tentando parecer sério mas logo após começou a rir.

E então nossos olhares estavam se encontrando de novo.

Jimin descansou sua cabeça em meu tronco.

Deixou um selar ali.

Senti borboletas por meu estômago.

Era incrível o modo que ele fazia eu me esquecer de tudo, de repente não havia mais sangue, culpa e a dor foi se afastando.

Meu coração batia rápido.

— K-kookie... - Jimin fala manhoso ainda naquela posição, sinto sua voz (e boca) no meu pescoço e me arrepio por inteiro. — Esse é seu ponto fraco, Jungkookie? - Diz passando a mão pelo meu pescoço e sem nem perceber eu deixei um gemido escapar de meus lábios.

— Jimin... - Falo enquanto ele começava a dar leves chupões naquela área. — Eu tenho que me arrumar... Hm? - Ele deixou mais fortes os chupões.

— Me desculpe. - Diz se levantando do meu colo.

— Não precisa se desculpar... - Me aproximo de si e sussurro "Eu quero mais depois".

Jimin P.O.V

Não sei exatamente o que houve, só sei que não consegui me controlar.

Desde o dia que pisei nessa escola, sabia que, provavelmente, algo iria dar errado em relação ao meu colega de quarto, e não é que eu estava errado? Isso mesmo, Park Jimin conseguiu conquistar o Boy que nem sabia que era seu Boy.

Apesar, de eu achar estranho ele estar chorando no canto do quarto, sabia que tinha algo errado desde que começaram a falar do tal diretor, deduzi ser o pai dele, mas achei melhor não questionar nada, sabia que não era o bom momento.

— Vou quero mais depois. - Escutei ele sussurrar perto de meu ouvido.

Quando olhei pra trás não se encontrava ninguém

Está confirmado, Jeon Jungkook me levou a loucura.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...