História Treinamento Papai - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Chanbaek, Chelsea&jesper, Chenmin, Cute, Exo, Hunhan, Kaisoo, Kristao, Lauren, Lemon, Leo, Ot12, Sulay, We Are One, Xiuchen, Ziyu
Visualizações 243
Palavras 5.844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei flores...!

Capítulo 18 - Últimas viagens... Ops, estourou!


Fanfic / Fanfiction Treinamento Papai - Capítulo 18 - Últimas viagens... Ops, estourou!




- E finalmente foi definido pra onde vocês vão!- Myung-Ok sorriu animada. EXO tinha acabado de finalizar mais um episodio de Treinamento Papai, havia se passado dois meses dês do chá de bebê dos gêmeos, ou seja, era o ultimo mês de T.P. Devido a este fato a empresa estava planejando uma viagem para os meninos, para fechar com chave de ouro a primeira temporada de Treinamento Papai! Há um tempo Myung-Ok pediu aos meninos uma lista de lugares que eles queriam visitar, lista esta que foi longa, mas modesta- Depois de muito discutir a empresa conversou com nossos patrocinadores e os de vocês, com o dinheiro “doado” por eles e com um desconto considerável da “empresa” do lugar aonde vocês vão conseguimos juntas um farto "bolo" de dinheiro, por vocês serem os primeiros a participarem do T.P vão ganhar um passeio muito legal!- Sorriu- Com essas informações para onde vocês acham que vão?- Sentou-se no sofá sendo fitada pelos olhos curiosos:


- Japão- Suho chutou e Myung- Ok negou sorrindo:


- Paris?- Baekhyun olhou para a menina e mais uma vez ela negou:


- Veneza?- Errado:


- Estados Unidos?- Não!:


- Para casa da vó do Baekhyun?- Os olhares se dirigiram para pronunciados da frase- O que? Não posso mais sonhar?- Lay formou um biquinho e escondeu seu rosto no vão do pescoço de Suho, oque causou risadas nos ali presentes:


- Europa?- Tao olhou para a menina e essa sorriu e balançou o dedo indicador de um lado para o outro:


- Disney!- Lauren pulou no sofá:


- Filha, os papais já falaram que a Disney é muito car... :


- AÊÊÊH! Toca aqui princesa!- Myung estendeu a mão para a pequena que riu e devolveu o cumprimento:


- DISNEY?!- Falaram juntos:


- Não é bem a Disney...- Fez suspense- É um cruzeiro da Disney- Sorriu abertamente:


- Como assim?!- Suho exclamou- É muito caro!- Arregalou os olhos:


- Está tudo pago!- Falou- T-U-D-I-N-H-O!- Riu:


- Mas... Como?- Indagou Tao:


- Nossa gente, como vocês prestam atenção no que eu falo né?! Acabei de dizer que conseguimos a grana por patrocinadores e uma super promoção por parte da Disney- Sorriu- Animem-se, serão sete noites em um hiper navio da Disney no caribe!- Riu da cara de abobado dos membros e ligou seu celular na TV da sala através do cabo USB colocando na galeria de fotos- Eu apresento a vocês o Disney Fantasy! O maior navio da Disney, possui 1 250 cabines e suporta mais de quatro mil pessoas!- Falou a menina mostrando as fotos do gigantesco navio- Ele sairá de uma cidade próxima a Orlando terça-feira da semana que vem, no horário de onze horas ás quinze e quarenta e cinco- Olhou os meninos que estavam paralisados:


- Mas... Hoje é sábado, Myung- Luhan murmurou com os olhos esbugalhados:


- EXATO! É por isso que vocês saem daqui... - Olhou no calendário de seu celular- Oras vejam só! Amanhã de noite!- Sorriu:


- OQUE?!- Exclamaram juntos:


- Amanhã às sete horas de noite, de avião, sabe?- Riu:


- M- mas e nossos compromissos?- Sehun indagou confuso:


- Estão de mini ferias- Respondeu ao maknae com entusiasmo- Agora eu tenho que ir, eu sugiro que os papais arrumem uma mala bem reforçada para os pestinhas! Vou mandar a lista que veio com a compra dos lugares!- Sorriu pegando sua mala, dando um beijo em cada pestinha e saindo- Beijo, beijinho, beijão!- Gritou ao passar pela porta.


Os membros ficaram um bom tempo se olhando ainda sem cair a ficha, mas quando caiu começaram a rir animados:


- Nós vamos para um grande barco da Disney, filha- Jongin falou olhando para Lauren que soltou um gritinho animado:


- Disney!- Exclamou a garota feliz, os olhos da pequena brilhavam denunciando sua extrema alegria ao ouvir a palavra.



*baby*



- Eu não vou- Baekhyun falou olhando para Chanyeol que estava brincando com Leo o jogando para cima:


- Eu já imaginava- Sorriu- Nós vamos ficar aqui com a Taeyeon, ela já esta com nove meses e eles estão previstos para nascer semana que vem... Não podemos arriscar- Sentou-se ao lado do vocalista deixando que Leo corresse até a pilha de brinquedos que ficava na sala:


- Você pode ir, Chan. Eu fico aqui, você curte o passeio e quando voltar conhece os gêmeos- Mordeu o lábio inferior nervoso, não queria que Park fosse, mas não diria isso em voz alta:


- Baek- Riu- Acha mesmo que eu vou perder o nascimento dos nossos filhos?- Indagou puxando o menor para se deitar em seu peito- Eu quero estar aqui quando eles nascerem, quero te ajudar na primeira semana deles, quero sentir os mesmos medos e as mesmas alegrias que você- Selou a testa do mais velho que sorriu aliviado abraçando o rapper:


- Eu te amo- Roubou os lábios alheios para si em uma caricia intima e gostosa:


- Eu também te amo- Falou ainda de olhos fechados:


- Mas se está tudo pago... Oque faremos com nossos lugares?- Baekhyun lançou a pergunta se acomodando no tórax de Chanyeol:


- Acho que eu tenho uma ideia... -Sorriu largo para o menor:


- Oque você vai aprontar Park Chanyeol- Conhecia aquele sorriso do namorado, ele estava com algo muito louco em sua mente...



*baby*


"Eu acho uma ótima ideia! E o diretor concordou de bom grado, bem como o dono da empresa"- A voz de Myung- Ok ecoou do telefone de Chanyeol- "Que pena que não poderão ir, mas eu entendo o motivo. Falei com o patrão e ele disse que se levarem aquelas pessoas vai ter uma audiência muito boa no programa..."- Falou simplista- "Vocês já conversaram com ele?"- Indagou:


- Já sim- Chanyeol sorriu abertamente- Ele disse que vai espremer a agenda e vai ir de qualquer jeito!- Falou- Ambos ficaram muito animados!- Riu- Afinal é um cruzeiro com tudo pago!- Exclamou:


"Avisou eles de que o que quiserem comprar á mais será da conta deles?"- Indagou:


- Avisei sim!- O rapper sorriu :


"Ótimo, Chanyeol- Oppa! Fico feliz com a decisão de vocês, como vou ficar pra cá, quando os gêmeos nascerem dê um toque que eu corro ai tirar umas fotinhos com a Brenda!"- A garota riu, Myung-Ok tinha como passatempo tirar fotos e Brenda era sua câmera profissional:


- Pode deixar que eu aviso!- Sorriu:


- Então até oppa!- Despediu-se:


- Até mais, Myung!- Encerrou a ligação e olhou animado para Baekhyun- DEU CERTO!- Jogou-se em cima do menor e abraçou-o:


- Que bom amor! Os meninos vão ficar tão felizes!- Selou os lábios do maior com ternura.



*baby*



-Toalhas, shampoo, condicionador, creme, sabonete-liquido, varias trocas de roupas, documentos, fantasias, roupas de piscina, toalha de praia, protetor solar, boné, tênis, sandália, chinelo, escova de dente, perfume, roupa de gala, escova de cabelo... -Luhan olhava para a mala de Chris e apontava as coisas enquanto falava- Oque falta?- Murmurou coçando a nuca. Olhou em volta e suspirou:


- Anjo- Sehun adentrou o quarto- Eu estava arrumando nossa mala e vim perguntar quantas boxers eu pego- Abraçou o menor por trás:


- Haaaa!- Correu até o guarda-roupa de Ziyu e pegou algumas roupas intimas para o pequeno- Quase me esqueci!- Riu colocando o item importante na mala- Sei lá, Hunnie... Coloca umas nove para cada um- Selou os lábios do mais novo:


- Como anda a mala do nenê?- Olhou sobre a cama do pequeno:


- Cheia! Transbordando, na verdade!- Riu- Mas acho que agora eu terminei!- Olhou para a mala e suspirou- Tenho a sensação de que estou esquecendo algo!- Murmurou frustrado:


- No cruzeiro descobrimos isso- Sorriu Sehun saindo do quarto.




*baby*



- Soo... -Jongin estava sentado sobre a cama de Lauren vendo D.O tentar fechar a mala da menina, falhando visivelmente- Tem certeza que ela precisa disso tudo?- Riu baixinho- Isso ai parece que vai explodir- Olhou para a mala rosa que não queria fechar de jeito algum:


- Por incrível que pareça só tem o que ela precisa aqui- Suspirou se sentando no colo do namorado- É uma criança de quatro anos e ela vai passar oito dias longe de casa!- Passou os braços em torno do pescoço do dançarino:


- Exato. Ela vai passar oito dias, não um mês- Puxou o menor para mais perto rindo baixinho do biquinho que o mais velho fazia, o moreno passou a fazer caricias nos ombros de Kyungsoo que fechou os olhos ronronando como um gatinho, a mão atrevida foi descendo até que se espalmar na nádega macia do menor que mordeu o lábio inferior e se remexeu passando uma perna de cada lado do corpo do moreno, sorriu malicioso para o maior e guiou as mãos deste para seus glúteos- Carência?- Perguntou rouco apertando a carne que transbordava de suas mãos:


- De você?- Ofegou- S- sempre... -Puxou o mais novo para si tomando os lábios gostosos para si, as línguas se encontraram trazendo a tona o gostinho único de cada um, misturando-os e os tornando a definição perfeita para oque as fãs costumavam chamar de KaiSoo:


- Papys... Oque estão fazendo?- A voz de Lauren invadiu o ouvido do casal, no meio do susto Kyungsoo acabou por morder o lábio do moreno que soltou um resmungo dolorido e jogou o menor para o lado:


- A- arrumando a sua mala, amorzinho- Kyungsoo pigarreou olhando irritado para Jongin dizendo pelo olhar oque o moreno entendeu como "Eu não acredito que não encostou a porta!":


- Hun- A menina murmurou em tom desconfiado- Pegou minha ropa di princesa?- Indagou sentando-se do lado da mala:


- Todas elas!- Sorriu para a menina:


-EBA!- Bateu palmas:


- Senta em cima da mala para o papai fechar ela!- Jongin pegou a menina a jogando para cima antes de senta-la sobre a mala ouvindo a gargalhada gostosa a menina e finalmente D.O conseguiu fechar a mala.



*baby*



Chen sorriu ao adentrar a casa EXO, estivera fora durante duas horas e não havia contado a ninguém o motivo. O vocalista caminhou sorridente até o quarto de Leo e Minseok com um embrulho de presente em mãos, sorriu mais abertamente ao ver Xiumin cantarolar Lucky enquanto arrumava a mala de Leo, por falar no menino este estava sentadinho em seu berço brincando com alguns ursinhos:


- Oi meus amores!- Adentrou o cômodo e deixou o presente em cima da cômoda antes de pegar Leo no colo e fazer um bico nos lábios, bico este que o pequeno selou. Caminhou até Xiumin e roubou-lhe um selo demorado para depois sentar Leo na cama e pegar o embrulho- Eu saí hoje para comprar uma coisinha para você, meu amor- Entregou o presente para Leo e os olhinhos do pequeno brilharam:


- Pesenti pa mim?- Riu feliz:


- É sim bebê- Xiumin riu da euforia do pequeno e abraçou Chen- Quem que deu esse presente para você?- Ele queria ouvir o menor falar...:


- Papai Dae- Sorriu rasgando o embrulho de papel e puxando algumas roupas de dentro dela:


- Você me disse que ele só tinha a fantasia de Pequeno Príncipe, então eu saí e comprei mais algumas- Sorriu ao ver o menino falar o nome dos três personagens das fantasias- Não queria que ele se sentisse triste por Lauren e Chris terem mais de uma e ele não- Virou-se para o mais velho e passou a mão na cintura acentuada do menor:


- Você é um pai muito coruja... Sabia?- Sorriu se aproximando do mais novo ameaçando lhe dar um beijo, mas se afastando logo em seguida, repetiu o gesto algumas vezes antes de finalmente selar os lábios em um beijo calmo e amoroso.




*Baby*




- Tem certeza que vocês vão ficar bem sozinhos?- Suho indagou pela milésima vez olhando para Baekhyun e Chanyeol que estavam sentados no sofá da sala:


- Certeza absoluta, mamãe- Baekhyun riu- Não vamos colocar fogo na casa nem morrer afogados na pizza de queijo!- Brincou fazendo os membros rirem:


- Na pizza não... Mas na Coca-Cola não digo nada- Luhan riu olhando para os dois:


- Fiquem tranquilos, eu cuido dele!- Chanyeol falou abraçando o vocalista:


- Ficaríamos mais tranquilos se o Leo falasse isso- Foi a vez de Tao rir:


- Engraçadinhos- Baekhyun mostrou a língua- Vocês não estão atrasados não?- Fingiu chateação:


- É, estamos- Suho murmurou olhando para o relógio- Se cuidem seus dois cabeça de geleia! Não façam nada que eu não faria, tomem conta da casa e da Taeyeon! Se os gêmeos nascerem avisem de alguma maneira... Vamos sentir saudades da bagunça e barulheira que a vocês fazem... E... Eu amo vocês- Abraçou Baekhyun depois Chanyeol:


- Também amamos você, mãe- Chanyeol riu, não em um tom de brincadeira, mas de carinho- Cadê o super-abraço do tio Dumbo?- Abaixou e viu os três pestinhas se agarrarem á si- Eu vou sentir tanta, mais tanta, saudade de vocês- Deixou um beijo na testa de cada um e viu Baekhyun fazer o mesmo- Brinquem bastante e joguem bastante agua fria em todos os titios por mim, hu?- Sorriu e viu os pequenos assentirem:


- Boa viagem, família!- Baekhyun falou e todos sorriram cumplices. Mais nenhuma palavra foi trocada, apenas abraços e sorrisos... Quando a casa ficou vazia o casal se entreolhou e sorriram um para o outro:


- A casa é todinha nossa... -Sussurrou entrelaçando os dedos nos de Baekhyun:


- Sabe... Eu sempre achei super excitante a ideia de fazer sexo na cozinha... Na banheira do quarto do Suho... No banheiro com a porta aberta... - Passou seus braços em torno do pescoço de Chanyeol- De gemer seu nome alto, sem precisar me importar se vão ouvir... Enquanto você me fode forte na escada... E depois no sofá...- Sorriu mordendo o lábio inferior:


- Você aguenta tudo isso, gracinha?- Apalpou as nádegas do menor:


- Eu nasci para isso, Park Chanyeol...



*baby*


- Ei!- Sehun levantou o braço da poltrona que o separava de Luhan- Fica calmo, uh?- Abraçou-o e selou sua testa:


- E- eu estou calmo... -Sussurrou pousando sua mão tremula sobre a do maknae:


- Eu te conheço e você não está calmo- Acariciou o rosto do mais velho- Quer seu calmante?-Indagou preocupado, sabia que o remédio o faria dormir muito:


- M- mas e o Ziyu?- Gaguejou nervoso:


- Ele esta com a Lauren e com o Leo se ele precisar de algo os meninos vão acudi-los, Chris vai ficar bem... E eu vou ficar aqui, com você- Selou rapidamente os lábios de Luhan que sorriu:


- Mesmo assim... Não quero o calmante, vou ficar bem- O suor frio escorria da tez do chinês:


- Então me deixe te acalmar- Pediu, mas o vocalista retesou o corpo- Ou me deixa te acalmar, ou eu coloco o calmante na sua bebida- Ameaçou e viu Luhan relaxar o corpo junto ao seu. Em menos de uma hora o chinês já dormia de modo pesado. Faziam apenas três horas que o avião tinha partido de Seul, ou seja, ainda faltavam dezenove horas e meia de viagem até Orlando e Sehun estava preocupado com o chinês que respirava pesado sobre seu tórax devido a aerofobia do menor, mas sabia que Luhan era forte e que aguentaria aquilo.


Cinco horas de viagem- Três horas da manhã


-A Lauren está dormindo?- Jongin indagou baixinho ao ver Kyungsoo se sentar ao seu lado:


- Sim... -Sorriu o mais velho:


- Ainda acho que ela deveria ter sentado aqui com a gente- Formou um biquinho que foi brevemente capturado por D.O:


- Acha mesmo que seria legal para ela ficar sentada aqui com nós dois enquanto Leo e Chris fazem a festa com Tao e Lay?- Arqueou uma sobrancelha sorrindo divertido para o moreno:


- Não... Mas seria mais seguro para ela estar aqui conosco- Murmurou:


- Seria mais tranquilizador para você se ela estivesse aqui, mas são vinte e uma horas de viagem, ela não ia gostar de ficar esse tempo todo aqui- Explicou pela milésima vez enquanto se acomodava na poltrona:


- O Leo está na mesma fileira de cadeiras que o Chen e o Xiumin- Resmungou cruzando os braços como uma criancinha emburrada:


- O Leo é um ano mais novo que a Lauren e o Ziyu- Riu da birra do maior- E, além disso, a Lauren está com o Tao... Ela vai ficar bem- Acomodou-se:


- Não vai deitar mais perto?- Emburrou-se mais- Hun! Sem filha e sem namorado também? Quero voltar para Seul- Fez drama:


- Credo que carente essa minha criança- Riu baixo e tombou seu corpo um pouco mais para o lado aninhando-se ao moreno- Pronto seu mimado?- Murmurou. Jongin se virou um pouco para a direção do menor e envolveu-o com os braços, colando-se ao mais velho:


- Agora sim eu vou conseguir dormir... -Sorriu levantando o queixo do menor e unindo os lábios:


- Jongin! Alguém pode ver!- Repreendeu-o:


- Estão todos dormindo hyung!- Puxou o lábio inferior do menor entre os dentes- Você não me beija á oito horas- Riu colando seus lábios nos do vocalista que resistiu por alguns segundos, mas logo rendeu-se. As línguas se encontraram saudosas roçando-se uma a outra trazendo a tona aquele gostinho que ambos gostavam tanto, os músculos molhados moviam-se redescobrindo as cavidades sempre tão gostosas enquanto bailavam em plena sintonia, encaixando-se e moldando-se uma á outra. Quando o ar faltou Kyungsoo sugou a língua alheia mantendo vivo aquele contato que sentira tanta falta durante aquele tempo- Estava com saudades disso- Confessou quando suas bocas de soltaram:


- Eu também- Sorriu aninhando-se ao maior novamente- Vamos dormir... Por favor... -Pediu choroso sentindo seus olhos pesarem:


- Boa noite, eu te amo... -Sussurrou:


- Eu te amo, seu preto- Bocejou logo pegando no sono junto ao corpo de seu amado. Jongin sorriu e se acomodou melhor não demorando para adormecer curtindo o cheirinho embriagante de amora que exalava dos cabelos negros de Kyungsoo.



*baby*



Algumas poltronas atrás Suho se remexia em meio a um sonho, arfava e debatia-se. Lay acordou em meio aos movimentos do outro e o olhou sonolento:


- Oque foi Myeon?- Bocejou olhando para o menor:


- Hunnn... -Foi tudo oque ouviu, Yixing contorceu-se e pegou seu celular acendeu-o e iluminou o assustando-se quando viu que este dormia:


- Esta tendo um sonho?- Indagou baixo abraçando o menor tentando acalma-lo, no entanto quando o fez sentiu algo duro roçar-se a si- O que é isso?... -Murmurou tocando a região e ouvindo um gemido baixo do mais velho, Lay riu divertido ao perceber que seu namorado tinha uma bela ereção e gemia febril devido a algum sonho- Com oque esta sonhando, hyung?- Sussurrou rouco no ouvido do vocalista e tocou a região protuberante por cima da calça de Jonmyeon, Suho se remexeu em busca de mais contato- Precisamos dar um jeito nisso, uh?- Levantou-se e olhou as demais pessoas da primeira classe, todos estavam dormindo tranquilamente coisa que despertou um sorriso malicioso que exibiu as covinhas do dançarino.

Lay abaixou-se entre as pernas de Suho e abaixou sua calça de moletom tocando a ereção pulsante por cima da boxer preta:


- Acorde- Murmurou liberando a ereção alheia que bateu dura contra o abdômen coberto do líder, no mesmo momento os olhos sonolentos do menor se abriram tendo tempo apenas de tapar a boca abafando o gemido que lhe escapou os lábios ao ter a boca do mais novo acolhendo-o por completo. Os olhos do casal não se desgrudavam, a cabeça do dançarino subia e descia pela extensão do menor que tentava ao máximo abafar seus gemidos e arfares mordendo sua mão, Lay sugava com vontade todo membro de seu namorado, indo até a base e subindo até a glande aonde sugava como o melhor dos pirulitos. Tirou o membro de Suho de sua boca apenas para passear com sua língua por cada veia saltada do pênis do mais velho que revirou os olhos em delírio- Goze para mim, hyung- Falou rouco e baixo antes de engolir totalmente o membro gotejante a sua frente.


Jonmyeon sentia-se nas nuvens ao ter aquela boca aveludada em seu ponto mais sensível, sentia a língua arteira esfregar-se em sua glande inchada, arqueou as costas abrindo a boca em um gemido mudo e prendendo as mãos em seus próprios fios castanhos em um sinal de desespero enquanto jorrava seu sêmen dentro da boca quente de seu namorado que engoliu tudo sem reclamar. O líder estava ofegante e sentia seu corpo dormente, viu Lay limpar seus lábios e subir suas roupas antes de sentar-se ao seu lado exibindo suas covinhas, as mesmas que deixavam Suho louco e que o haviam levado a um sonho nada santo:


- Com oque estava sonhando?- Lay indagou enquanto acomodava-se junto ao mais velho:


- Com você- Riu enquanto acariciava os fios do namorado:


- Acho bom- Murmurou enquanto roubava um selo do amado para depois respirar fundo e fechar os olhos- Estou com sono... -Bocejou:


- Dorme, anjo- Selou a testa alva- Se você sonhar... Eu vou te acudir também... -Sorriu de lado ouvindo um risinho do maior que agarrou sua cintura e em pouco tempo mergulhou no mundo dos sonhos sendo prontamente acompanhado pelo mais velho.


Dez horas de viagem


- Papy!- Lauren andava pelo corredor enquanto se espreguiçava- Papy Jong! Papy Soo!- Parou na cadeira onde o casal dormia e suspirou- Tão dormindo?- Ajoelhou próximo a perna de Kyungsoo- Peguiçosos!- Murmurou colocando as mãozinhas sobre o mais velho e balançou-o- Papy! Acorde por favor, eu preciso faze xixi!- Choramingou pressionando uma perna na outra, Kyungsoo murmurou algo e acomodou-se mais á Jongin-PAPY!- Deu um gritinho agudo que fez os dois dorminhocos pularem assustados acordando na marra:


- Lauren! Não grita, filha!- Kyungsoo chamou a atenção da pequena, esta que começou a ficar vermelha:


- Papy- Choramingou fazendo cara de choro- Eu acho que fiz xixi na ropa- Começou a chorar, o vocalista olhou para o moreno e levantou-se fazendo a menina ficar de pé e vendo uma parte do macacão da pequena molhado- Eu quero ir no baneiro!- Fungou:


- Oh, meu amor!- Kyungsoo segurou a mão da menina- Não chora... Não tem problema fazer xixi na calça, você estava chamando os papais e nós não ouvimos. Eu vou trocar você e vai ficar tudo bem, combinado?- Indagou guiando a menina até o banheiro e vendo esta assentir- Kai, na bolsa ai em cima tem uma troca de roupa dela, pega pra mim, por favor?- Falou adentrando o banheiro, tirando a roupa suja de Lauren e colocando a menina sentada sobre o vaso rindo baixo ao ver a carinha de alivio que esta esboçou.


Jongin entregou a roupa para D.O e voltou para seu assento já que o banheiro era pequeno de mais para aguentar três pessoas, logo o vocalista chegou com a pequena limpa e sentou-a no meio dos dois:


- Tô com fomi- Lauren murmurou- Quero mamá- Pediu deitando a cabeça no braço de Jongin:


- Oque os papais falaram antes de sair de casa?- Kyungsoo indagou olhando para a menina:


- Qui eu e o Chris não vamos mamá nem chupa chupeta- Murmurou emburrada:


- Isso, se quiser o papai pede leite no copo para você, mas a mamadeira ficou lá com o tio Baek e com o tio Chan- Kai falou abraçando a menina que formou um biquinho:


- Posso come bolo de chocolate, então?- Indagou sorrindo:


- Pode, se comer pão primeiro- O vocalista sorriu para Lauren:


- Pode ser só metadinha?- Indagou sorrindo travessa:


- Pode!- Kyungsoo riu.



Quinze horas de viagem


Luhan tentou abrir os olhos, mas sentia suas pálpebras pesarem, seu corpo doía como se ele tivesse carregado muito peso e sua boca estava seca, remexeu-se em busca de Sehun e percebeu que este não estava abraçado a si, sabia que havia dormido muito, mas sentia que precisava dormir mais:


- Então o Peter Pan seguiu de volta para terra do nunca e Wendy o seguiu com os olhos até que ele virasse apenas um pontinho no céu, "Adeus Peter!" ela gritou sorrindo "se cuide Sininho!". Wendy entrou em seu quarto e começou a chorar, ela sentiria muita falta de todos os meninos perdidos, das fadas e sereias, de Peter e Sininho, até mesmo do velho e malvado Capitão Gancho, mas agora ela estava pronta para crescer. Pois sabia que virando a esquerda na primeira estrela... -Ouviu a voz de Sehun e abriu minimamente os olhos sorrindo ao ver Ziyu sentado no colo do maknae, o pequeno estava com um prato de macarrão em mãos e o comia sozinho enquanto Sehun segurava de frente para o menino o grande livro de historias pertencente aos três pestinhas:


- E seguindo em frenti entre as nuvens ela poderia sempre encontrar a Terra do Nunca, os meninos perdidos e seu amado Peter!- Chris completou a fala do maknae dizendo o fim da historia e sorrindo:


- Isso!- Sehun sorriu limpando com o guardanapo a boca do menino- E fim!- Concluiu fechando o livro:


- Leia Toy Toy, papai!- O menino pediu com a boca cheia:


- Não fale com a boca cheia, filho!- Riu- É Toy Story, fala, Toy Story- Corrigiu-o:


- Toy Toy- Falou simplista bebendo um pouco do suco. Luhan riu baixo e esforçou-se para se sentar e olhar para os dois- Bom dia papai Han!- Ziyu deixou o prato com Sehun e jogou-se no colo do chinês que sorriu e selou a cabeça do menino- Qué come comidinha?- Indagou apontando para o prato:


- Hunnnn- Murmurou em um suspiro- Quero sim... Mas vai com o papai Hun comer seu papá, depois o papai Han come. Agora eu vou escovar meus dentes- Sorriu deixando o menino com o maknae que o olhou preocupado e caminhou meio zonzo para o banheiro, lavou o rosto, fez xixi e sua higiene matinal. Quando voltou cumprimentou os membros do EXO e sentou-se ao lado de Sehun e Chris:


- Está tudo bem, amor?- Sehun olhou para o chinês que sorriu pálido e assentiu enquanto se curvava e selava os lábios do maknae disfarçadamente- Com fome?- Indagou sugando o próprio lábio inferior e sentindo o gosto do vocalista ali:


- Sim, mas quero algo leve... -Murmurou- Quantas horas de viagem ainda?- Indagou cansado:


- Seis horas- Sehun sorriu sem graça para o namorado:


- Tudo isso?!- Arfou- Pede uma sopa pra mim... De preferencia sem carne... -Pediu aninhando Chris em seu colo, o pequeno lhe sorriu e acariciou seu rosto:


- Vai ficar tudo bem, papai- Ziyu falou carinhoso e Luhan selou os lábios cheinhos do menino:


- Eu sei meu amor- Sorriu tranquilizando o pequeno.


Dezessete horas de viagem


-Shhhhi- Chen murmurava enquanto balançava Leo que chorava alto:


- Qué i pa casa!- O menino falava entre o choro sentido:


- Calma meu amor- Minseok se levantou e começou a acariciar a costa do pequeno- Nós vamos chegar daqui a pouco- Murmurou tentando fazer o pequeno se acalmar, o vocalista sabia que o menino estava chatinho porque a viagem era longa e não tinha oque as crianças fazerem, entendia Leo. Demorou um tempo para que o menino se acalmasse e adormecesse no colo de Chen...



*baby*



- Porra Baek!- Chanyeol gemeu ao ter sua próstata atingida pelo mais velho. As estocadas continuaram rápidas e certeiras até que ambos gozassem ao mesmo tempo, Chanyeol na mão do vocalista e Baekhyun no interior quente do rapper:


- Haaaa... -Murmurou se jogando no tapete ao lado do maior- Isso foi ótimo... Mas eu prefiro dar pra você- Sorriu sugando o lóbulo da orelha do mais novo- Vai mais uma rodada?- Indagou mordendo o lábio inferior:


- Mais uma?...- Chanyeol indagou sôfrego- Baekhyun, foram três rodadas comigo por cima e duas com você, esta insaciável hoje! Meu amiguinho não consegue mais acordar não- Falou virando-se de barriga para cima:


- Mas já?- Indagou manhoso subindo sobre o maior e rebolando em seu membro mole- Será que não consegue mesmo?- Indagou provocante sentindo o membro do maior começar a ganhar vida. Os lábios conectados, os pênis turgidos esfregando-se um ao outro, as mãos do Park massageando e batendo nas nádegas alheias, as unhas ralas de Baekhyun molestando os ombros largos e os gemidos se perdendo nas cavidades bucais, tudo indo as mil maravilhas até que o celular do Byun começa a tocar alto- Merda!- Resmungou pegando o celular- Alô- Atendeu contragosto:



"Baekhyun! Para qualquer merda que você estiver fazendo e vai para o médico agora! A bolsa da Taey estourou, os bebês estão nascendo"- A voz de Yoona soou causando em Baekhyun um desespero que fez sua excitação sumir:


- T- Tá!- Foi tudo oque disse antes da ligação ser encerrada. O mais velho pulou de cima do namorado e olhou pálido- Os gêmeos estão nascendo!- Avisou assustado:


- OQUE?!- Chanyeol se levantou e segurou na mão de Baekhyun o puxando para o andar de cima- Precisamos ser rápidos!- Falou afobado se limpando em uma toalha qualquer e vestindo a calça jeans- Se troca e pega uma camisa para mim, estou indo até o quarto dos gêmeos pegar a mala deles e ligar o carro!- Selou rapidamente o lábio do menor e correu porta á fora. Baekhyun respirou fundo algumas vezes antes de fazer oque o mais novo tinha mandado, limpou-se rapidamente, colocou sua roupa e pegou uma camisa para Chanyeol. Byun ouviu o barulho do carro sendo ligado, desceu as escadas correndo e trancou a porta antes de entrar no carro e olhar para o rapper que entrelaçou a mão livre na sua:


- Vai dar tudo certo, Baek!- Falou serio soltando a mão, engatando a ré e rumando ao hospital.


Demorou cerca de vinte minutos para chegarem no hospital que haviam reservado para o nascimento dos gêmeos, desceram do carro e começaram a correr como loucos, chegaram na recepção ofegantes e um tanto suados:


- Senhores?- A recepcionista indagou confusa:


- T- Taeyeon, maternidade, s- sala de parto- Baekhyun falou entre ofegos:


- É o pai?- Indagou digitando algo no computador:


- Os pais- Murmurou, sem se importar em dar explicações pegou a mão de Chanyeol e correu até a maternidade, local aonde receberam a roupa que usariam por cima da que estavam junto com a touca, trombaram com Yoona e Jessica que estavam impacientes na área de espera e puderam finalmente adentrar o quarto a onde estava Taeyeon. A vocalista respirava fundo e grunhia de dor:


- Seus filhos da puta!- Murmurou entre lufadas de ar- Isso dói pra caralho!- Rosnou, Baekhyun sentou-se de um lado da maca e Chanyeol do outro, ambos se entreolharam e deram a mão para a mulher segurar:


- Calminha, a dilatação está quase no auge! Daqui a pouco terá seus filhos nos braços!- Sorriu a parteira:


- Doutora! Só t- tira essas coisinhas de mim!- Choramingou apertando a mão dos dois ali presentes:


- Calma!- Pediu abrindo e flexionando as pernas de Taeyeon- Olha que coisa boa, você já esta pronta! Olhe para mim mãe, respire fundo e faça força- Falou mostrando o movimento vendo Taeyeon fazer oque foi pedido:


- Respire Taey- Baekhyun falava baixo- Cuidado- Pedia olhando a doutora abaixada no meio das pernas da coreana:


- Se pedir p- para eu ter cuidado mais uma vez eu soco sua cara, Byun Baekhyun- Rosnou antes de soltar um murmúrio de dor e fazer mais força. Baekhyun e Chanyeol sentiam sua coluna gelar a cada rosnado e grunhido que Taeyeon soltava conforme fazia a força pedida, estavam extasiados a ficha do que estava acontecendo ainda não havia caído:


- OH! Estou vendo a cabecinha de um deles, mamãe- A parteira sorriu- Vamos, agora é mais fácil, empurre com vontade!- Incentivou, Taeyeon inspirou fundo e fez a maior força que pode apertando com vontade as mãos entre as suas, uma, duas três, quatro vezes e o quarto foi preenchido por um chorinho agudo e alto, outra mulher que até então tinha ficado parada no canto da sala correu até a doutora e pegou o recém-nascido- Agora falta apenas um, vamos lá! Empurre!- Abriu mais as pernas de Taeyeon. As lagrimas escorriam pelo rosto da vocalista enquanto esta fazia o máximo de força que conseguia- Está quase lá, mãe. Estou vendo a cabecinha cabeluda!- Sorriu, Taeyeon murmurou alguns palavrões antes de novamente forçar e mais um choro ecoar pelo local. O aperto na mão de Baekhyun e Chanyeol cessou e a vocalista respirou aliviada ao deixar suas mãos caírem sobre seu corpo- Ótimo trabalho, mãe! Você foi muito bem!- Sorriu a parteira- E os papais? Não vão ver os bebês, não?- Indagou sorrindo meiga, Chanyeol se levantou meio zonzo, caminhou até a moça que lavava os bebês e ao se aproximar não pode evitar emocionar-se. Os gêmeos eram banhados juntos em uma agua quente que escorria de uma torneira, enquanto banhados os bracinhos se uniam e uma agarrava-se ao outro em um abraço desajeitado, uma lagrima escorreu dos olhos de Chanyeol e este cobriu a boca com uma das mãos enquanto sentia a mão livre ser entrelaçada pela de Baekhyun:


- Pessoas grandes tem muitas lagrimas... -Sussurrou enquanto enxugava as próprias:


- Pessoas pequenas também- Selou a testa do mais velho. A parteira que até então estava com Taeyeon pegou um dos bebês e deitou-o em um trocador ali:


- Algum papai quer fazer a honra?- Indagou apontando para o menininho que chorava alto, o casal se entreolhou e se aproximaram da doutora, esta sorriu e pegou a mala que Chanyeol tinha levado, tirou um macacão e uma fralda- Não estão prontos para isso? Não tem problema, muitos pais não se sentem seguros na primeira vez- Sorriu compreensiva trocando o pequeno, enquanto a outra mulher fazia o mesmo com a menina. Depois de trocados e calminhos, dos pais tirarem a roupa de proteção e acalmarem o coração e estarem em uma sala separada de Taeyeon, Baekhyun e Chanyeol puderam finalmente segurar os pequenos.


E novamente o rapper se viu chorando como uma mocinha ao abrigar Chelsea em seus braços pela primeira vez, dessa vez ele não tentou conter as lagrimas que puderam escorrer livremente por seu rosto, olhou para o lado e viu Baekhyun com Jesper em seu colo e o vocalista estava no mesmo estado que si:


- Eles são tão lindos... - Baekhyun sorriu olhando para a menina no colo do Park:


- Não- Sorriu- Eles são perfeitos... -Falou olhando para o rostinho do bebê em seus braços- São tão pequenos, Baek- Riu baixinho- Pequenos e perfeitos- Arrumou Chelsea em seus braços e sorriu mais abertamente- Os amores dos papais, nossos filhos Baek!- A ficha pareceu cair finalmente e ambos se olharam radiantes e emocionados- Eu te amo, Byun Baekhyun- Sussurrou:


- Eu também te amo, Park Chanyeol- Sorriu para o maior. Chanyeol guiou-se até o bercinho de e deitou Chelsea ali, pegou Jesper do colo de Baekhyun e fez o mesmo com o menino. O rapper respirou fundo e foi até a mala dos gêmeos, tirou dela algo e escondeu atrás das costas e caminhou até Baekhyun:


-Eu estava guardando isso para semana que vem... Mas esses pequeninos foram muito apresados, então não me julgue porque não sei direito o que dizer... Byun Baekhyun, muitos podem achar isto precipitado, no entanto eu acho o correto... - Colocou um de seus joelhos no chão e ergueu uma caixinha de veludo vermelho- Você me faz o homem mais feliz do mundo, com você minha vida é perfeita. Você é meu porto-seguro, meu ar, minha agua, sem você eu não passo de mais um perdido no mundo. Você é o amor da minha vida e o pai dos meus filhos- Sorriu ao falar a ultima frase- E é com você que eu quero passar o resto de minha vida!- Falou abrindo a caixinha e revelando duas alianças douradas- Aceita se casar comigo?- Indagou nervoso vendo o menor cobrir a boca com as mãos e os olhinhos marejarem...



O navio se atraca no porto, a correnteza pode ser forte, mas se tu fores um marinheiro corajoso a maré ira a teu favor! Seja bravo e valente e crie tua própria corrente. Lute contra correnteza que poderás chegar aonde deseja...




Notas Finais


Nasceu!
https://i.pinimg.com/236x/e9/74/0f/e9740f45d44e8a1692699b15e8ff93be--naomi-chelsea.jpg

Nossos bebês chegaram!!

E os meninos estão indo para o Disney Fantasy... Quem será que vai no lugar o Baek e do Yeol??
Por falar neles... Teve pedido de casamento ChanBaek :3... O que será que o Baek vai falar, UH?


É isso filhotes... Um beijo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...