História Trials and tribulation (Yulsic Version) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Tags Girls'generation, Jessica, Yulsic, Yuri
Visualizações 69
Palavras 4.951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


mais um capitulo espero que gostem boa leitura

Capítulo 16 - A


Yuri e Jessica fizeram o seu caminho ao longo do corredor deserto de volta para sala juntas com as mãos entrelaçadas e balançando livremente entre as duas. Jessica parou por um instante na porta da sala de aula indecisa, a lembrança de sua saída não aprovada e melodramática de repente voltando.

“Você sabe” Jessica disse calmamente virando-se para Yuri, Jessica soltou a mão de Yuri para esfregar a testa “Talvez devêssemos esperar o resto do Coreano terminar e ir direto para a nossa próxima aula.”

Yuri deu um olhar a Jessica dizendo que ela sinceramente não concordava com a sugestão.

“Eu não penso assim” Yuri respondeu simplesmente “Além do mais a senhorita Song queria  você de volta para que ela pudesse falar com você.”

“É disso que tenho medo” Jessica disse virando-se para olhar pela janela na porta da sala de aula e mordendo o lábio inferior preocupada.

“Ela não está brava” Yuri tranquilizou Jessica colocando uma mão reconfortante em seu braço “Eu acho que ela estava apenas preocupada com você, isso é tudo.”

Jessica sorriu agradecida por suas palavras, mas Yuri poderia dizer que ela não estava levando a sério.

“Ok, bem qual é a pior coisa que ela poderia fazer?” Yuri perguntou “Você já tem um período de estudo extra com ela todos os dias depois da escola. Não é como se ela pudesse te dar mais detenções…. exceto, talvez num sábado….” Yuri disse.

Jessica gemeu quando se virou para abrir a porta da sala de aula e timidamente entrou. Assim que ela tinha feito isso, cada par de olhos na sala se viraram em sua direção observando-a com interesse antes de olhar de volta para senhorita Song a frente da classe, à espera de sua resposta para a chegada de Jessica.

“Meninas tomem seus lugares, por favor” senhorita Song disse com a voz neutra e Jessica sentiu-se estremecer internamente com o pensamento de como ela provavelmente desapontou sua professora favorita com seus atos anteriores.

Elas rapidamente foram em direção a seus assentos, Yuri fechando a porta atrás de si. Sentaram-se mantendo-se em silêncio durante o resto da classe enquanto outros alunos eram selecionados para apresentarem seus trabalhos. Jessica, sentindo-se abatida, inclinou-se e cruzou os braços sobre a mesa apoiando o queixo em cima de seus braços enquanto observava  as apresentações com atenção. Ela sentiu uma pontada inesperada de ciúmes enquanto observava cada novo aluno se levantar e quase sem esforço entregar suas apresentações. Logo, Jessica tinha sentido a familiar  auto-aversão e frustração que ela tantas vezes sentia desde o acidente, seu aborrecimento que não era assim tão fácil para ela se manifestar em sua forma usual, começou a roer as unhas da mão direita. Yuri, que estava observando Jessica de perto desde que elas voltaram para os seus lugares, estendeu a mão e pegou a da namorada firmemente fazendo com que Jessica se virasse e olhasse para Yuri surpresa.

Yuri sacudiu a cabeça deliberadamente enquanto ela segurava a mão de Jessica recusando-se a abandoná-la de volta para sofrer mais abusos e silenciosamente reprovando Jessica sobre seus sentimentos perdidos de auto-desprezo.

Jessica voltou sua atenção para a frente da classe e encontrou senhorita Song estudando-a de onde ela estava em sua mesa. Seus olhos não ajudando seus pensamentos e contemplações pessoais e Jessica sentiu-se baixar os olhos de volta para a mesa em frente a ela, envergonhada por seu comportamento anterior.

Finalmente a campainha tocou sinalizando o final da aula e quando os outros alunos se levantaram para recolher suas coisas e irem embora, Jessica ouviu senhorita Song chamar de sua mesa “Jessica, por favor você pode esperar um minuto?”

Jessica permaneceu sentada, sua atenção se voltando para Yuri que estaca de pé em sua mesa, incerta.

“Yuri” senhorita Song disse agora que a sala de aula estava quase completamente vazia “Eu gostaria de falar com Jessica sozinha, tudo bem pra você?”

Yuri olhou para Jessica que assentiu com a cabeça sinalizando para ela sair.

“Vejo você na hora do almoço” Yuri disse a ela pegando sua bolsa do chão e colocando-a no ombro.

“Ok” Jessica respondeu.

Yuri fez uma pausa por um momento olhando entre senhorita Song e Jessica mais uma vez antes de finalmente sair para sua aula de química.

Senhorita Song contornou sua mesa e caminhou até a porta da sala a fechando para dar a si mesma e Jessica um pouco de privacidade para conversar. Ela segurou algumas folhas de papel na mão e tomou o assento que Yuri  tinha desocupado. Senhorita Song os colocou na mesa em frente a Jessica: era seu trabalho.

Jessica baixou o olhar para a mesa para evitar o contato visual com a senhorita Song, uma vez que olhou para o trabalho viu um rabiscado em caneta vermelha brilhante antes de apressadamente olhar para a professora que estava examinando seu silêncio.

“Você me deu um A?” Jessica perguntou incrédula.

“Eu tomei a liberdade de ler o resto de seu trabalho enquanto os outros estavam apresentando o deles” senhorita Song informou quando ela se inclinou para perto de Jessica. Ela estendeu a mão e tocou a carta vermelha que tinha escrito no canto do trabalho de Jessica enfaticamente “Eu quase te dei um A+.”

Senhorita Song esperou Jessica voltar sua atenção para ela antes de continuar.

“Sua escrita é muito perspicaz Jessica” senhorita Song disse “Ela é muito articulada e seu trabalho é bem estruturado e atende totalmente aos parâmetros que foram estabelecidos. Seus argumentos e seu resumo são claros e concisos, mas acima de tudo, seu trabalho é honesto e faz comparações de sua própria vida para validar os pontos que você está apresentando.”

Senhorita Song colocou a mão em cima da de Jessica  a fim de garantir que ela estava ouvindo o que diria em seguida.

“Este é realmente um grande trabalho, Jessica” senhorita Song elogiou “Você deve se orgulhar dele.”

Jessica sentou-se em silêncio por um momento, sem saber como responder a amáveis palavras de senhorita Song.

“Eu não o apresentei para a classe corretamente, porém” Jessica finalmente, protestou “Como você pode me dar uma boa nota?”

“A nota do trabalho não é determinado pela apresentação oral” senhorita Song informou “E sim  sobre o seu conteúdo.”

“Então por que apresentá-los afinal?” Jessica perguntou.

“Você não é a única pessoa que precisa de prática para falar em público Jessica” senhorita Song respondeu honestamente “É bom para as pessoas aprenderem como se apresentar, ajuda a incentivá-los a ter confiança em seus argumentos e pontos de vista. O componente oral do trabalho era um exercício, nada mais.”

Senhorita Song sorriu para Jessica.

“Além disso” ela começou “Se você se lembra, eu estava disposta a deixar você de fora, mas você me disse que queria tentar.”

“Eu sei” disse Jessica “Minha fonoaudióloga pensou que seria uma boa prática para mim. Agora acho que talvez tenha sido um erro…”

“Eu não acho” senhorita Song interrompeu.

“Não?” Jessica perguntou.

“Não” respondeu senhorita Song “Jessica o início de sua apresentação, apesar de ser um pouco lento e proposital, foi bom” senhorita Song a tranquilizou “Eu acho que você só agarrou no final. Você parecia que estava preocupada com o que todo mundo estava pensando e isso afetou a sua confiança. Você precisa ter mais fé em si mesma, isso é tudo.”

“Você soa como Yuri” Jessica riu "Ela está sempre dizendo isso.”

“Sim, bem” senhorita Song riu “Não diga isso a Yuri, mas ela é uma das mais inteligentes alunas da minha classe. Você provavelmente devia ouvi-la mais.”

“Eu definitivamente não vou dizer a ela esta última parte” Jessica disse levemente em resposta.

“Entre nós duas, Jessica” senhorita Song disse, sua voz assumindo um tom sério “Ela não é a aluna mais inteligente da minha classe.”

“Eu não sou…” Jessica disse rapidamente.

Senhorita Song apontou para o trabalho sobre a mesa.

“Eu discordo Jessica” ela interrompeu “Você é uma grande escritora e você sempre foi. Eu ainda me lembro de ler alguns de seus trabalhos no ano passado. Você tem um talento Jessica que seria uma pena desperdiçá-lo por causa de alguns desafios. Você não acha?”

“Eu não sei o que dizer” Jessica respondeu honestamente “Obrigada, eu acho.”

“Não me agradeça” senhorita Song disse a ela “Só me prometa que você vai continuar trabalhando duro e praticando sua escrita, seja à mão ou digitando. Leia para se divertir e não porque você tem obrigação ou porque o seu fonoaudiólogo pediu. Você ficará surpresa com o quanto vai ficar mais fácil se você gostar do que lê. Me lembro ano passado você me dizendo o quanto gostava de ler. Qual foi o último livro que leu sem ser pra escola?”

“Eu não li nada desde o acidente” Jessica disse a ela com sinceridade “Não é algo que eu escolhi de qualquer maneira.”

“Ok, bem na nossa sessão depois da escola na próxima segunda-feira que tenha começado um novo livro” disse senhorita Song.

“Tudo bem” respondeu Jessica com um pequeno sorriso enfeitando os seus lábios com o pensamento.

“Você deve ir para sua próxima aula” senhorita Song disse tirando uma folha de papel e rabiscando uma nota rápida para o próximo professor de Jessica.

Jessica pegou a nota, mas não fez nenhum movimento para se levantar.

“Eu sinto muito por sair de sala” Jessica se desculpou sinceramente “Eu não deveria ter feito isso. Foi rude. Eu estava frustrada e…”

“Desculpas aceitas” senhorita Song a parou rapidamente “Não vamos dizer mais nada sobre isso. Eu posso entender completamente, eu poderia fazer o mesmo se estivesse no seu lugar.”

“Obrigado” disse Jessica apreciação “Por tudo” ela esclareceu “Você tem sido ótima desde que voltei para a escola. Eu não sei onde eu estaria se não estivesse fazendo tanto por mim.”

“É um prazer” senhorita Song disse colocando a mão no ombro dela “Então considere seriamente Inglês como uma opção para a faculdade. Eu adoraria ler a sua história um dia, Jessica.”

“Talvez eu te faça uma dedicação” brincou Jessica.

“É melhor que faça” senhorita Song disse levantando-se de seu assento.

Jessica seguiu o exemplo, pegando seu trabalho e colocando em sua bolsa.

“Eu te vejo depois da escola” Jessica disse colocando a bolsa no ombro.

“Como sempre” senhorita Song disse antes de Jessica deixar a sala de aula e fazer seu caminho pelo corredor para a aula de História.

Ela olhou pela porta e viu que o resto dos alunos estavam envolvidos em discussões entre si, o Sr. Heechul sentado lendo um livro. Jessica abriu a porta e entrou quase sem percebida, exceto pelo professor e Taeyeon que estava sentada em sua cadeira de costume, um olhar de alívio no rosto com sua chegada, obviamente preocupada quando ela não tinha aparecido no início da aula.

Jessica entregou ao Sr. Heechul a nota da senhorita Song e pediu desculpas por seu atraso. Sr Heechul sorriu gentilmente e perguntou se estava tudo bem. Jessica assegurou que estava e ele disse a ela que a classe atualmente estava trabalhando antes de gesticular para ela tomar seu lugar ao lado de Taeyeon.

“Hey” Taeyeon cumprimentou “Eu estava começando a me preocupar com você. Está tudo bem?”

“Sim” disse Jessica “Eu estava conversando com a senhorita Song sobre algo, só isso.”

"Como foi a apresentação?” Taeyeon perguntou interessada “Foi tudo bem?”

“Na verdade, não” Jessica disse com sinceridade “Quero dizer, reavaliando não foi horrível, mas  definitivamente poderia ter sido melhor.”

“Você perdeu a sua voz?” Taeyeon perguntou fazendo um rosto simpático.

“Sim” Jessica disse simplesmente.

“Sinto muito” Taeyeon respondeu acariciando a mão de Jessica confortavelmente “Eu sei o quanto você queria ir bem.”

“Está tudo bem” contou Jessica “Haverá outras apresentações. Eu vou fazer melhor da próxima vez.”

“Uau” Taeyeon disse em resposta “Isso é muito racional. O que aconteceu? Você estava quase à beira de um colapso nervoso quando eu saí mais cedo.”

“Eu não sei” respondeu Jessica, mas ela sentia que tinha muito a ver com o elogio de senhorita Song e palavras de encorajamento de Yuri “Eu acho que só percebi que talvez eu não deveria ser tão dura comigo mesma.”

“Bem, já era tempo se quer saber” Taeyeon riu “Tenho certeza que estamos te dizendo isso há muito tempo.”

“Você têm sim” Jessica concordou “Mas às vezes é preciso tempo para criar raízes em mim.”

“A repetição é a chave” Taeyeon brincou.

“Então” Jessica começou finalmente retirando seu livro e abrindo-o “Você quer ouvir o que mais aconteceu no último período?”

“Claro, adoro fofoca” Taeyeon respondeu sorrindo com sua adorável covinha no queixo aparecendo.

“Eu e Yuri podemos ter nos tornado oficial” comentou Jessica observando a reação de Taeyeon.

“Espere você está falando sério?” Taeyeon perguntou vertiginosamente “Então vocês são namoradas agora?”

“Sim” disse Jessica e ela não pôde evitar o sorriso que se espalhou, o coração palpitando no peito.

“omo, isso é maravilhosol!” Taeyeon disse batendo palmas e causando alguns olhares em sua direção.

“Taeyeon” Jessica ralhou de brincadeira antes de ficar séria “Vocês são literalmente hilárias quando se trata de quanto vocês apoiam nós duas juntas. Especialmente porque você pensou que era apenas uma paixão e Yuri iria superar isso.”

Taeyeon fez uma cara de surpresa com as palavras de Jessica.

“Oh, ela te falou sobre isso né?” Taeyeon perguntou “Em minha defesa, no momento, eu pensei que ela superaria. Quero dizer, ela nem conhecia você. Então todas nós começamos a sair juntas e para ser sincera, eu acho que você meio que teve uma queda por ela.”

Jessica bateu levemente no braço.

“Cala a boca” ela riu .

“Não, eu estou falando sério” Taeyeon disse “Eu estou contente que nós somos amigas. É estranho pensar que não éramos antes.”

“Eu sei” Jessica concordou “Eu nem me lembro como era antes. Parece que eu as conheço desde sempre.”

“Bem sua memória é meio ruim desde o acidente” Taeyeon provocou. Jessica sorriu ao ouvir as palavras da menina menor, não se ofendendo. Era bom saber que estavam tão próximas ao ponto de se ridicularizarem sem ficarem bravas.

“Pelo menos eu não sou pequena” Jessica respondeu rindo, o conhecimento de que ela era apenas um pouco mais alta que Jessica fazendo-a rir ainda mais.

“Que seja” Taeyeon disse acenando a mão em desdém “Honestamente eu estou muito feliz por você e Yuri” Taeyeon disse a ela “Vocês duas são tão bonitas juntas. Como Hyoyeon diria, vocês nos passam todo os tipos de sensações” Taeyeon riu.

“Ela passa muito tempo em redes sociais” Jessica respondeu “Eu finalmente decidi que precisava cortá-la quando começou a escrever hash tags sobre mim e Yuri no meu caderno. Ela até fez uma junção dos nossos nomes.”

“Oh” Taeyeon disse “Isso é o que #Yulsic significa. Passei muito tempo tentando descobrir isso.”

Jessica riu.

“Estou muito feliz que vocês tenham se encontrado” Taeyeon continuou “É possível ver o quanto fazem bem uma a outra.”

Jessica sorriu ao ouvir as palavras de Taeyeon.

“Eu acho que a minha próxima pergunta é” Taeyeon continuou “O que você vai fazer com tudo o que você planejou? Estou assumindo que meio que fui colocada de lado já que se tornaram oficiais hoje.”

“Ugh” Jessica gemeu “Eu sei, é só que aconteceu hoje, entre todos os lugares, no banheiro. Dá para acreditar?”

“Romântico” Taeyeon riu.

“Yuri faz tanto por mim e eu queria que tudo fosse especial quando eu perguntasse a ela” disse Jessica “Eu queria fazer algo de bom para ela pra mudar isso.”

“Eu sei” Taeyeon respondeu “Você estava planejando isso há muito tempo. É tudo que eu e Sooyoung falávamos, é tão bonito.”

Jessica revirou os olhos para Taeyeon usando a palavra bonito.

“É sim” Taeyeon disse a ela “Você é muito adorável, Jessica. Você tem que aceitar isso e seguir em frente.”

“Sim, bem você é pequena” disse Jessica porque não conseguia pensar em mais nada para dizer em resposta.

“Você já disse isso ” Taeyeon disse rindo mais uma vez.

“Bem, isso ainda é verdade” disse Jessica dando a língua.

“Então, você vai continuar com o plano?” Taeyeon perguntou.

“Sim” respondeu Jessica “Quer dizer, eu ainda quero fazer algo de bom para Yuri, eu deveria né?”

“Sim” Taeyeon praticamente gritou “Você definitivamente deveria.”

“Ok, então” Jessica disse balançando a cabeça como se tomasse uma decisão “Eu vou então.”

Taeyeon sorriu quando o Sr. Heechul se levantou de sua mesa e chamou a sua atenção de volta para a frente da sala. Elas não tiveram a chance de falar mais durante o resto da classe, mas quando o sino tocou para o almoço Taeyeon agarrou sua bolsa envolvendo-a  contra o peito enquanto ela esperava  Jessica reunir suas próprias coisas.

“Então você vai dizer a Lauren?” Taeyeon lhe perguntou enquanto Jessica lutava com o zip de sua bolsa.

“Não” respondeu Jessica “Não é uma surpresa se ela souber, não é? ”

“Eu realmente não posso esperar para ver a cara dela” Taeyeon comentou enquanto saiam da classe “Se ela não cair morta de surpresa, ela provavelmente vai desatar a chorar. Será incrível.”

“Tudo bem, fica quieta taeyeon” Jessica riu “Não é tão emocionante.”

“Você está brincando?” Taeyeon perguntou olhando para Jessica “É extremamente emocionante. Quando foi a última vez que você…”

Jessica parou Taeyeon rapidamente com o cotovelo dando uma pancada nas costelas da menina menor quando viram Yuri e Sooyoung saindo da aula de Química em direção a elas.

“AI” Taeyeon reclamou.

“Desculpe” Jessica se desculpou quando Sooyoung e Yuri pararam na frente delas.

“Ei” Sooyoung cumprimentou erguendo a mão em saudação.

“Oi” Taeyeon respondeu quando Yuri se aproximou de Jessica e a beijou em saudação.

“Como foi com a senhorita Song?” Yuri perguntou.

“Foi tudo bem” Jessica disse a ela “Acontece que ela não estava tão chateada por eu ter saído da aula.”

“O que ela queria falar então?” Yuri perguntou.

Jessica abriu a bolsa e tirou sua tarefa entregando o papel a Yuri. Sooyoung olhou por cima do ombro de Yuri.

“Você tirou um A+?” Yuri perguntou extasiada lendo a nota momentaneamente antes de atirar os braços ao redor dos ombros de Jessica e puxando-a para um abraço de felicitações.

“Sim” Jessica disse alegremente “Incrível não é?”

“Quase tão incrível quanto você” Yuri disse a liberando do abraço, mas mantendo um braço em volta da cintura de Jessica.

“Oh meu Deus” disse Sooyoung quando Hyoyeon surgiu ao lado do grupo “Isso foi… wow… tão…. Eu não posso nem formular uma frase de tão insuportavelmente fofo que foi.”

“Cale a boca” Yuri disse enquanto se encaminhavam para o refeitório.

“Você ouviu  que elas duas agora são oficialmente um casal agora?” Sooyoung questionou Hyoyeon enquanto se sentavam.

“O quê?” Hyoyeon perguntou enquanto tirava seu almoço da mochila “ Yulsic?”

“Quer parar de nos chamar disso?” Yuri riu.

“Sim” Sooyoung confirmou a Hyoyeon, ignorando o comentário de Yuri “Yulsic são agora oficialmente namoradas.”

“Espere, quer dizer…” Hyoyeon começou, mas parou quando Jessica a chutou por debaixo da mesa “Ai porra, o que foi isso?” Hyoyeon perguntou descendo a mão para esfregar sua perna, encontrando o olhar aguçado de Jessica.

“Espasmo” Jessica disse quando percebeu Yuri olhando para ela de forma estranha e ela fingiu esfregar sua própria perna.

“Você nunca teve espasmos antes” Yuri disse estreitando os olhos, desconfiada.

“Primeira vez para tudo, eu acho” Jessica disse encolhendo os ombros e balbuciando um pedido de desculpas a Hyoyeon enquanto Yuri tirava seu almoço da mochila.

Hyoyeon levantou a sobrancelha interrogativamente para Jessica que segurou seu dedo sobre os lábios em um gesto silencioso pedia que Hyoyeon mantivesse silêncio sobre o que ela tinha planejado.

“Então….” Hyoyeon disse dando uma mordida em seu sanduíche “O que aconteceu? Conte-me tudo.”

Yuri contou a Hyoyeon o que tinha acontecido quando ela tinha seguido Jessica ao banheiro durante a aula de coreano levando Hyoyeon a perguntar levantando a sobrancelha sugestivamente “Você tem certeza que é tudo que fizeram no banheiro?”

Ela xingou novamente quando Jessica a chutou debaixo da mesa, mais uma vez, Yuri corando profusamente com a insinuação como sempre.

“Outro espasmo?” Yuri perguntou rindo um pouco com o rosto vermelho brilhante.

“Não” respondeu Jessica sorrindo e Hyoyeon fez uma careta para ela por um momento antes de rir.

“Eu esqueci que você é mais astuta agora” Hyoyeon disse ainda rindo “Mas não é tão divertido quando sou chutada por causa disso.”

“Bem, talvez você possa parar de ser chata agora” Disse Jessica.

“Eu preferiria que você voltasse a ser completamente alheia a tudo isso” Hyoyeon brincou.

“Para o quê?” Jessica disse brincando.

“Veja isso é mais parecido com o que eu quero” Hyoyeon e Jessica sorriram.

“Hey Jj… Jj…. Jessica” ouviram alguém dizer atrás delas, Jessica e o resto das meninas viraram-se para encarar Colins, o armador do time de basquete. Ele estava acompanhado por dois de seus amigos, uma das líderes de torcida do time e sua amiga, Yuri percebeu que era Hyomin, sua ex-namorada “Ótima apresentação mais cedo. Pena que você em… emp… ac… empacou.”

Jessica levantou-se quando o grupo de amigos de colins riram, Yuri colocando uma mão em seu braço.

“Só os ignore” Yuri disse a ela.

“Sim, escute y… Yu… Yuri” Colins zombou “Ela precisa de tempo para cumprir seu serviço comunitário não é mesmo? Quanto tempo você é babá da retardada, Yuri?”

Jessica tentou levantar-se novamente, mas Yuri agarrou o braço com firmeza mantendo-a no lugar.

“Você sabe que é irônico chamar Jessica disso considerando que a nota dela ainda é melhor que a sua, Colins” Yuri disse intencionalmente recebendo um olhar furiosos do menino.

“Até parece, Yuri” Ele rejeitou acintosamente “Essa idiota não consegue nem amarrar a porra dos próprios cadarços corretamente” Ele terminou apontando para Jessica cujos olhos se estreitaram perigosamente quando o grupo do garoto riu ruidosamente.

Yuri percebeu os punhos cerrados de Jessica sob a mesa com a cabeça baixa e de costas para Colins. Os nós dos dedos estavam brancos e Yuri podia sentir a raiva e mágoa que irradiava dela.

“Ela não pode nem escrever” Colins continuou ignorando a mudança rápida de humor de Jessica “Meu irmão mais novo tem melhor escrita do que ela. Eu nem sei por que eles a deixaram voltar para a escola. Ela estaria melhor em uma escola especial com outras pessoas como ela.”

“Ei, idiota” disse Hyoyeon de pé indo em direção do garoto que era bem mais alto que ela “Cale a boca antes que eu faça por você, você não é dois e por ser alto não me assusta nenhum pouco”

“Como se eu tivesse medo de você” disse Colins voltando o olhar para Jessica “Além disso, seu cérebro é provavelmente tão fodido que ela ainda não entende o que estou dizendo. Não é verdade J… Je… Jessica?”

Antes que Yuri pudesse detê-la Jessica tinha levantado do assento, raspando a cadeira para trás ruidosamente para jogar um soco na direção de Colins. Yuri fechou os olhos aguardando o som de seu punho se conectar com seu rosto, mas os abriu rapidamente quando nada aconteceu, agradavelmente surpresa por descobrir que Jessica estava sendo contida por uma Hyoyeon pensando rapidamente que tinha os dois braços envolvidos em torno do pequeno corpo da menina. 

Yuri ouviu Colins e o resto do seu grupo de amigos rirem enquanto caminhavam deixando Jessica lutando furiosamente com Hyoyeon a segurando, evidentemente irritada.

“Jesus, Jessica” disse Hyoyeon lutando para manter seu controle sobre a menina “Se acalma, porra. Ignore-os.”

“Dd… não… me… diga… p… p… p… p… acalmar….” Jessica cuspiu ainda torcendo em uma tentativa de escapar dos braços de Hyoyeon “Me… deixe… deixe… xe… xe…. ir!” Jessica gritou tentando se virar para enfrentar Hyoyeon e empurrando os punhos no peito da outra menina.

“Jessica”Yuri disse levantando-se e colocando a mão no ombro dela quando notou alguns dos professores no refeitório olhando curiosamente em sua direção incluindo senhorita Song e o Sr. Heechul que estavam tendo uma discussão sobre alimentos.

“Hh … Hyoyeon!” Jessica quase gritou, mas Hyoyeon não a soltou.

“Não até que você se acalme” Hyoyeon disse consciente de todos os olhos de repente estavam em seu grupo.

“Ppp… po… porra… me… dei… xe…. ir” Jessica disse teimosamente empurrando Hyoyeon mais forte, mas ainda assim a menina maior não relaxando seu aperto.

“Jessica” Yuri tentou novamente quando senhorita Song e o Sr. Heechul se aproximaram preocupados com a cena diante deles “Pare. Por favor.”

“O que está acontecendo?” Sr. Heechul perguntou notando Hyoyeon segurando Jessica e sua angústia óbvia.

“Nada” Yuri tentou tranquilizá-los olhando para Jessica com olhos suplicantes, mas ela podia dizer que era inútil, Jessica visivelmente perdendo o controle.

“Não se parece com nada” Sr. Heechul observou assistindo Jessica ainda se contorcendo nas mãos de Hyoyeon.

“Colins veio ate aqui e a irritou por causa de sua fala” Sooyoung disse preocupada com o comportamento de Jessica “Ele estava “brincando” com ela, chamando-a de estúpida, ela tentou bater nele.”

“Porém ela não conseguiu” Yuri esclareceu rapidamente vendo a sobrancelha levantada da senhorita Song “Hyoyeon a agarrou e então… isso aconteceu…”

Sr. Heechul e senhorita Song compartilharam uma olhada antes da última dar passo à frente para colocar a mão em um dos ombros de Jessica.

“Jessica” disse com a voz calma e ponderada "Olhe para mim” ela ordenou, mas Jessica ainda estava muito ocupada tentando se libertar para prestar atenção.

“Jjj… Jee… Jjjesus” Jessica murmurou com lágrimas nos olhos “Hhyooooooyeeon… ppporr faaavorrrr….” ela implorou e Yuri podia ver a determinação de Hyoyeon quebrando um pouco e relaxando seu aperto ao redor do tronco de Jessica.

Quando ela fez isso, Jessica estava tentou levantar seu braço esquerdo para fora de onde estava confinado entre seus corpos e agora tendo mais espaço para manobra-lo e arremessando-o de volta descontroladamente batendo no rosto de senhorita Song.

“Meerrrdaaaa” Jessica disse segurando em sua mão esquerda a direita e fazendo uma careta de dor, seus sentidos aparentemente voltando rapidamente. Ela imediatamente deu olhar de desculpas quando percebeu a mão de senhorita Song em seu rosto, toda a luta de segundos atrás completamente esquecida agora que ela podia ver o que tinha feito.

“Ok” Sr. Heechul disse segurando os pulsos de Jessica em suas mãos quase que imediatamente para impedi-la de golpear novamente.

“ai” Jessica gemeu, o rosto se contorcendo de dor quando ele apertou sua mão esquerda com força “Merrrdaaa” ela soluçou.

“Pare com isso” Yuri ordenou enquanto senhorita Song dizia “Não.”

Sr. Heechul relaxou seu controle, imediatamente liberando o pulso de Jessica.

“Desculpe” ele disse enquanto Jessica se inclinava pegando o braço esquerdo e segurando o direito enquanto abaixava a cabeça. Depois de um minuto ela segurou seu braço esquerdo em seu estômago protetoramente levantando a mão direita na testa que se manteve abaixada. Ela bateu com parte de sua mão suavemente contra sua cabeça murmurando palavras inaudíveis e senhorita Song foi em sua direção.

“Jessica” disse ela calmamente quando Jessica levantou a outra mão para a cabeça e balançou levemente para a frente “Jessica olha para mim, está tudo bem, ok?”

Jessica não olhou para cima, nem sequer parecia registrar que alguém estava falando com ela e Yuri se aproximou para tentar.

“Jess” Yuri disse gentilmente “Amor, por favor, olha para mim.”

Jessica levantou a cabeça para encontrar os olhos de Yuri e ela parecia tão miserável que dificílimo para Yuri não chorar vendo-a desse jeito.

“Está tudo bem” Yuri disse estendendo a mão para a mão direita de Jessica, mas ela recuou um pouco com tinha medo de machucar Yuri “Tá tudo bem…” Yuri tentou novamente, mas Jessica parecia mais triste e desconfiada como Yuri nunca tinha visto.

“Jessica Jung” alguém disse com uma voz profunda atrás de Yuri e ela se virou para ver o diretor se aproximar do grupo.

“Sr. Soo man” senhorita Song disse levantando a mão em sinal de protesto “Está tudo bem, sério.”

“Está?” Sr. Soo man perguntou claramente não sabendo do que acabara de acontecer.

“Jessica me bateu, mas foi um acidente” senhorita Song informou “Eu estou lidando com ela, tudo bem?”

“Senhorita Jung você pode, por favor, vir comigo?” Sr. Soo man disse apontando para Jessica para seguí-lo.

Jessica olhou desanimada para Yuri e o resto de suas amigas antes de pegar a mochila com a mão direita e lutar para colocá-la por cima do ombro.

“Sr. Soo man, realmente está tudo bem. Eu posso lidar com isso” senhorita Song disse a ele.

“Eu tenho certeza que você pode senhorita Song” o diretor disse a ela com sinceridade “Mas isso não é sobre o que aconteceu.”

“Não é?” senhorita Song disse surpresa e os olhos de Jessica o encarou com curiosidade.

“Não” o Sr. Soo man disse virando-se para Jessica novamente “Senhorita Jung” ele disse novamente.

“Eu não…. eu… nn… não … entendo” disse Jessica, imóvel.

“Sua mãe está a caminho para buscá-la” o Sr. Soo man disse.

“Porrrr quêêê?” perguntou Jessica permanecendo no local, uma súbita sensação de pavor tomando conta dela.

“Eu acho que é melhor que ela explique isso para você” o Sr. Soo Man disse gentilmente levantando o braço para guia-la ao seu escritório.

Jessica olhou incerta ao seu redor e sacudiu a cabeça “Não” ela disse ansiosamente.

Ele suspirou com tristeza.

“Ela está te levando até a delegacia de polícia” o Sr. Soo Man informou “Eles acham que finalmente encontraram o motorista que te atropelou.”

“Oo… quêêê?” Jessica disse dando um passo para trás horrorizada, toda a cor sendo drenada de seu rosto, sua expressão de choque puro.

“Por favor, senhorita Jung” Sr. Soo Man disse “Eu preciso que você venha comigo.”

No entanto, em vez de se mover para segui-lo, Jessica procurou a mão de yuri sem olhar, finalmente encontrando-a e segurando-a com firmeza. O corpo dela estava completamente paralisado e Yuri não podia ajudar, mas achava que ela era a única coisa que mantinha Jessica em pé. Jessica parecia que ia desmaiar ou vomitar, mas na realidade ela provavelmente faria as duas coisas.


Notas Finais


comentem favoritem divulgem e tambem deem uma olhada na outra fic que estou adaptando
https://spiritfanfics.com/historia/dancing-in-the-dark-taeny-10787137


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...