História True Love - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens Adele Station, America Singer, Aspen Leger, Celeste Newsome, Kriss Ambers, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Personagens Originais
Tags América, Amexon, Maxon, Romance, Universo Alternativo
Visualizações 121
Palavras 1.435
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olaaa AMORECOXXX *acenos* como estão? Eu estou bem, mais aliviada com o fim do Enem e por finalmente está de volta com vocês agora mais regularmente.
Espero que gostem do cap!
Boa leitura😘😘

Capítulo 14 - Fofocas


               [America P.O.V]

Cheguei na empresa para mais um dia de trabalho, sentei a minha mesa e peguei o meu caderninho para checar a agenda do dia de Maxon, antes que pudesse ver qualquer compromisso ele me chamou para a sala dele.

_ Bom dia - disse entrando na sala.

_ Bom dia - ele sorriu mas notei algo diferente nele.

_ Você está bem? - indaguei olhando diretamente nos olhos dele.

_ Sim - ele sorriu estranho mais uma vez.

Alguma havia acontecido e ele estava me escondendo. Será que Carmem tinha errado outro orçamento? Se fosse isso ele deveria demitir ela logo.

_ Eu tenho alguma reunião hoje? - ele indagou.

Olhei rapidamente no caderno para checar.

_ Sim, as três com o Sr. Yamaguchi - respondi - E mais uma as seis com os irmãos Bartoline.

_ Obrigada - disse ele.

Me aproximei mais dele ano analisei, não estava bem, tinha algo mas se ele não queria me contar talvez não fosse da minha conta.

_ O que foi? - ele indagou sorrindo de canto para mim.

_ Nada - disse sorrindo.

_ Depois da minha última reunião, podíamos sair - disse ele.

_ Claro - sorri de volta.

_ Passo na sua mesa - ele deu una piscadela.

_ Estarei esperando - disse me curvando para beijar a bochecha dele.

Saí da sala sorrindo, Maxon me fazia bem e isso era fato.

Sentei em minha mesa e comecei a checar e-mails e mensagens, atender ligações e anotar recados.

Carmem estava na mesa dela conversando com outra secretária.

Suzane, ela era uma mulher morena tinha os olhos azuis fortes, os traços eram marcantes era bonita mas tinha algo nela que não me agradava.

Mamãe sempre diz para não julgar as pessoas pela primeira impressão, mas Suzane não era uma funcionaria amada, a segunda impressão dela não era boa, a fama de vadia dela era conhecida por todos "Não confie nela" foi o que me disseram.

Elas falavam alto, e eu podia ouvir acho que elas não se tocaram que eu estava ali.

_ Pois é, fiquei feliz que ela voltou - comentou Suzane sorrindo.

_ Ela veio aqui e passou horas na sala do patrão - disse Carmem sorrindo.

Patrão? Maxon? Quem tinha passado horas na sala dele?

A curiosidade bateu, eu não podia evitar, olhei para elas de canto de olho e ví elas sorrindo desviei os olhos para o papel como se estivesse lendo algo importante.

_ Ela estava linda, como sempre - disse Suzane - Aposto que patrão não resistiu.

Resistir?

_ Dou três dias para eles reatarem o noivado - disse Carmem.

Maxon já foi noivo, mas ela deixou ele.

_ Parece que vamos mesmo ter o casamento mais esperando de todos os tempos - sorriu Suzane.

_ Maxon e Kriss felizes para sempre - disse Carmem.

Quase cai da cadeira quando ouvi aquilo, o que estava acontecendo?

Até onde sabia Kriss havia deixando o país e ido para o quinto doa infernos ou sei lá o que.

Ela voltou... E procurou Maxon...

Agora eu entendi o porquê da estranheza dele, reataram...

Espera se eles realmente tivesse reatado ele tinha me falado, Maxon sempre foi muito sincero não faz o tipo canalha, mas por que ele não me falou sobre a volta dessa... Dessa... Kriss?

           🌼🌼🌼

     [Marlee P.O.V]

Eu não podia acreditar na mensagem que Maxon me mandou, quer dizer eu já imaginava que se por acaso Kriss voltasse ela iria atrás dele mas tentar reatar era muito utópico até para a cabeça desequilibrada dela.

"Contou para a America?" indaguei.

"Não" ele respondeu "Talvez eu comente algo sobre isso hoje a noite, mas não tem importância só quero que ela fique ciente disso".

Realmente a Kriss não era importante para a gente, graças ao meu bom Deus Maxon havia esquecido tudo com relação a ela.

"Tudo bem, mas fala é melhor ela saber por você do que por outra pessoa".

"Tudo bem".

Minha cabeça trabalhava arduamente para saber o que dei errado na vida da Kriss para ela querer voltar, primeiro qual era o real motivo dela ter terminado com Maxon? Apesar de não gostar dela sabia que Maxon fazia ela feliz e dava tudo para ela, então por que deixar ele?

Eu sabia, pelas fotos postada nas redes sociais por ela, que ela tinha ido morar na Itália, sempre aparecia de costa em todas as paisagens, era estranho. Ela poderia estar grávida? Não, ela não deixaria o Maxon por isso, a não ser que fosse de outra pessoa e parando para pensar fazia mais de nove meses que ela foi embora...

Não ela diria que o filho era do Maxon, golpista sempre uma desculpa para tudo.

Sai da cama em um pulo, Carter já havia saído para trabalhar então não me incomodei com a delicadeza de que saí da cama.

Entrei no quarto de Celeste e pulei em cima dela para acordar-la.

_ Acorda - disse.

_ Me deixa dormir Marlee que droga - ela disse se cobrindo com o edredom.

_ Nem vem, tenho um babado para te contar - disse - Vamos acorda - balancei ela sem parar.

_ Tudo bem, você venceu Marlee eu to acordada - ela sentou na cama com a cara de poucos amigos e me olhou - Fala - disse gesticulando com as mãos.

_ Advinha quem voltou mesmo para a cidade.

_ Acabei de acordar Marlee, não quero adivinhar nada, fala logo - ela bateu as mãos em sinal de pressa.

_ Ah tudo bem, a Kriss - disse.

_ Aquela Vaca - disse Celeste parecendo derrepente muito acordada.

_ Sim, e tem mais ela foi procurar o Maxon - disse.

_ Aquela cobra fez o que? - indagou Celeste.

_ Pediu para voltar e tudo - disse.

_ Eu não to acreditando, em que mundo ela vive?

_ Não sei, na verdade fico me perguntando por que ela voltou?

_ Acho que o programa dela decaiu - disse Celeste com veneno - Podia ter ficado lá na baixa da égua que não ia fazer falta - ela rolou os olhos - America sabe?

_ Não, ainda - respondi - Maxon vai contar para ela hoje a noite, mas segundo ele Kriss é tão insignificante que não fede nem cheira - disse.

_ Verdade, ela viva ou morta não faz diferença - disse Celeste.

_ Temos que tomar banho e ir ver o decorador - disse.

_ Ah sim verdade vamos - disse Celeste levantando.

            🌼🌼🌼

        [Maxon P.O.V]

_ Mandarei todos os orçamentos para seus advogados - disse apertando a mão de Mateu Bartoline.

_ Esperaremos - disse ele.

Saí junto a eles da sala de reunião e Marck conduziu eles até a saída enquanto eu segui para a minha sala.

America já deveria esta me esperando, tirei meu terno e a gravata e fui em direção a mesa dela.

_ Podemos ir? - indaguei.

Ela me olhou por breves segundos, não era o mesmo olhar que America costumava a lançar a mim, o que tinha acontecido?

_ Eu... - ela limpou a garganta - Não posso ir, preciso ir para casa outro dia - ela não era muito boa com mentiras.

_ Quer que eu te leve em casa então? - indaguei.

_ Não precisa, já chamei o taxi - disse ela juntando as coisas e seguindo para o elevador.

A todo momento tentava puxar na memória o que havia feito de errado, nada! O que tinha acontecido?

Segui atrás de America no elevador, e quando passei pela mesa de Carmem pude perceber que ela se controlava para não sorri e algo naquilo me fez ficar com a pulga atrás da orelha, já estaba passando da hora de demitir Carmem.

_ America - disse pondo a mão entre as portas do elevador para impedir que fechasse.

_ Eu já disse que preciso ir para casa - ela desviou o olhar.

_ Tem alguma outra coisa? - insisti.

_ Não, não quero falar sobre isso agora - disse ela.

_ Mas precisamos, vem jantar comigo preciso conversar com você sobre algo - disse tentando tocar no rosto dela mas ela se esquivou.

_ Outro dia - ela disse e saiu praticamente correndo quando as portas do elevador se abriram.

Tentei ir atrás dela mas parece que ela simplesmente sumiu, bufei chateado.

_ Senhor Schreave - disse o porteiro do prédio - Uma moça para entregar isso para o senhor.

_ Obrigado - disse pegando o envelope azul da mão dele.

Abri e tomei um susto com o conteúdo, dentro tinha uma foto minha e de Kriss, estavamos sorrindo em um parque, essa foto havia sido tirada em uma das nossas viagens, virei a foto e atrás estava escrito pela caligrafia de Kriss:

"Sei que lembra onde essa foto foi tirada, assim como todos os nossos momentos em Paris, não jogue isso fora volte para mim.

Sempre sua Kriss ❤"

Rolei os olhos quando terminei de ler, procurei a primária lata de lixo e joguei lá dentro.

Saí do prédio bufando, se America estava agindo estranho comigo por causa de Kriss eu ia tomar minhas providências.


Notas Finais


As três embustes tramando juntas🙄🙄🙄 afff!!
Eu não sei se vocês gostam de ler mas eu amo escrever as partes da Celeste e da Marlee, são ótimas kkjkkk!
Me digam o que acharam do cap, vocês sabem que eu amo saber a opinião se vocês😍😍😍
No próximo cap tem o baile de máscaras da Celeste e mais armação a Tríplice Embuste!
Nos vemos nos próximo cap e/ou nos comentários!
Kisss amorecos lindos do meu coração 😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...