História Tudo por você, Daryl. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Lizzie Samuels, Maggie Greene, Michonne, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Pete Anderson, Rick Grimes, Ron Anderson
Tags Daryl
Visualizações 56
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


P.O.V do Daryl
Vamos saber o que ele sentiu naquela hora.

Capítulo 15 - - Irei voltar, Mel.


Fanfic / Fanfiction Tudo por você, Daryl. - Capítulo 15 - - Irei voltar, Mel.

P.O.V Daryl

Flashback on

Não conseguia imaginar o que Negan poderia fazer com eles. Estava tão possesso só em saber que ele podia tá tocando nela, só eu posso toca-la. 

Entrei sem ser despercebido mais acabei tendo que matar uns 6 salvadores. Demorei muito para acha-la quando Escutei a voz de Negan dizendo se ela gostava dele. E escutei a coisa mais dolorosa do mundo, um "sim" da moça que tanto amava. Poderia ser desespero dela, mais ela saberia que ia voltar para busca-la, em seu caso não há justificativa. 

O-o que? - Gaguejei, estava com certa dificuldadede falar. Melanie me olhou vi a sua tranquilidade de ter me visto e ao mesmo tempo estava assustada.

- Oi Daryl. Veio me matar e salvar a Mel? - Ele ri. Minha vontade era de matar ele, cortar ele em pedaços. Mais se estava com dificuldade pra falar imagine matar ele.

- Não, pode ficar com ela. Não quero ela, é apenas mais outra puta. - Disse. Vi seus olhinhos encherem de lágrimas. Mel chorando me faz querer chorar junto com ela. Pra que fui falar aquilo? Mais não era hora de voltar atrás, preciso manter minha pose de durão. Mesmo que isso custe um dia inteiro de seu choro.

- D-daryl. - vejo o esforço de Malanie em sair do seu colo daquele imbecil mais ele impede que ela levante - Me larga! - ela da um empurrão nele pra sair do mesmo e acaba caindo no chão.  Melanie se levanta indo em minha direção me abraçando. Queria retribuir, e não soltar nunca mais. Ainda estava zangado admito. Mais vou ouvir a sua grande explicação - Eu pensei que você estava

- Não se aproxima de mim! - eu a interrompi empurrando ela, vejo o seu olhar de frustração. - Não se aproxima de mim. - repito. - Vocês se merecem, sabe. Dois monstros, pensei mesmo que daria certo Melanie, que,que que... poderiamos fazer uma família e por mais que esse bebê seja meu 

- Nem em seus sonhos. - Negan diz rindo lá atrás apenas assistindo. Dou um olhar de matador pra Negan e continuo a minha fala interrompida.

- Ele continuará sendo meu filho e se puder cuida-lo eu cuido mais você não quero ver nunca mais. Pode ficar com ela. - diz saindo dali. 

- Não Daryl! Volta! Eu, eu te amo. - ela disse baixinho que deu pra escutar. parei, parei de andar. a Melanie me ama? Ah palavra que deixa você mais feliz ? Amor correspondido? Também te amo Mel mais você vai ficar sem ouvir palavra sair da minha boca.  Continuou a andar. 

Não sai pelo mesmo lugar de onde cheguei pois já deveriam tá me procurando. Saí por uma janela próxima da mata. Olhei para trás. 

- Iri voltar, Mel. - Saí. Voltando pro meu carro . 

- Você tá louco Daryl ?! Sabe o risco que colocou todos nós ? Ele poderia te matar ou te fazer de refém e você ia acabar com toda a operação. - Escutei vários sermões de Rick, Maggie, Michone, até o Carl. Todos se encontrava em Hilltop, sai dali me sentando em um lugar qualquer do lado de fora(imagem de capa). 

- Viu a Mel? - era Michone , que se sentou ao meu lado.  

- Vi. - Disse simples e curto. 

- Por que ela não veio com você ? - Michone era a segunda uma das pessoas que podia contar tudo. Era a psicóloga que sempre me dava conselhos, então , contei tudo a ela. Cada detalhe. 

- Daryl... - Ela suspira -  Não sei qual é a de vocês dois. São dois infantis, mais você me surpreendeu. Você tá na casa dos 40 Daryl tá na hora de agir como homem sério por mais que você superou ela ter deitado com ele, você entendeu que não foi culpa dela. Ela não tem culpa dele ter criado uma obsessão por ela, ou tem? - neguei - se ela disse aquilo eu não sei. Ela pode ta errada, mais não há nada que uma boa conversa não resolva. 

- Eu não trouxe ela porque além de tá zangado não podia matar o Daryl sendo que ele podia fazer ela de refém - disse baixinho envergonhado por ter a deixado lá e ainda mais naquele estado. 

- Pode estar certo mas não deixa de estar errado. - ela da um beijo em minha testa. - vamos entrar que temos que saber os detalhes do plano. - Assenti. 

(...) 

Saímos para o ataque. Os grupos foram divididos e ia cuidar da explosão chamando a atenção dos zumbis para levar ao Santuário. 

- Olha aquele zumbi ele vai estragar todo o plano. - Disse Carol. Havíamos colocado bombas amarrados em dois veículos que ficaram no meio da rua. Pois estava vindo alguns salvadores que iríamos explodi todos de uma vez. 

- Deixa comigo. - Disse Morgan. Que foi um pouco depressa para mata-lo e não demorou muito para os salvadores virem e todos explodirem. Logo peguei a minha moto e vários zumbis começaram a me seguir. Comecei a explodir atirar nos lugares marcados pra explodir até chegar no Santuário. Não via a hora de vela, ela tomou conta de dos meus pensamentos , não conseguia tira-la deles por nem sequer um segundo. 

Foco Daryl.

Cheguei já tinha acontecido todo o massacre. Comecei a atirar em uns idiotas qualquer e vi Negan que estava escorado em alguma coisa é Rick o atirava. 

- Espera Rick! Preciso saber aonde tá a Mel. - Rick me olhou com um olhar de "cuida que quero logo mata-lo". Fui até lá com a arma em sua cabeça. - Se você reagir, primeiro saiba que tem várias pessoas mirando em cada parte de seu corpo, pois querem que sinta todas as dores então, cadê a Mel? - ele ri, não vejo a graça. 

- Ela foi embora. - Afrouxei a arma. 

- Quê? Como assim? 

- Foi o que você ouviu, ela fugiu. - Não pode ser, do jeito que ela saiu, corro risco de nunca mais a ver. 

- Tudo culpa sua! - dou um soco no seu nariz que sangrou. 

- Você vai me pagar. - Ele põe a mão no nariz para impedindo de sair os sangramentos . 

- Duvido. Seu tempo de vida é curto. - Saí de perto dele indo em direção a minha moto. Preciso procura-la. 




Notas Finais


Gostou? Não esqueça de favoritar/comentar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...