História Um estilo steampunk de ser! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Gakupo Kamui, Gumi Megpoid, Kaito, Len Kagamine, Luka Megurine, Meiko, Miku Hatsune, Rin Kagamine
Tags Len X Miku, Miku X Gakupo, Miku X Kaito
Visualizações 11
Palavras 707
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


MAIS UMAAA FANFICCC SOCORRROOO

Capítulo 1 - Cap-01


Sou Hatsune Miku, uma máquina humana, ou um tipo de ciborgue. Eu vivo em uma cidade bem cheia de parafusos e relógios, no meio de umas das florestas, se encontra uma mansão, bem escondida, e é lá que eu vivo. Essa mansão foi construída pelo meu pai, antes de ele...na verdade eu nem sei o que aconteceu com ele, ele apenas deixou um bilhete explicando sobre minha pessoa. 

Bem, simplificando eu sou uma arma terrorista que não deu tempo de ser ativada, era o que dizia no bilhete....Mas por que no final das contas eu deveria explodir? Por que meu pai nunca apareceu? Onde ele está ?!?Eu não consigo viver com apenas fotos e arquivos velhos! Ugh. Melhor eu sair um pouco dessa mansão, e visitar a cidade.

Desci aquelas escada gigantes que se encontravam na frente de meu quarto, e cheguei até a recepção, ou sala . Lá estava empoeirado, e tudo estava em tons cinzentos e já haviam várias teias de aranha. Eu já estava acostumada com isso, não era muita novidade, eu encostei minha mão naquela porta que já estava tudo destruída, fazendo ela se abrir, apesar de ter feito um barulho bem estranho e incomodador. 

Na minha frente se encontrava um sol bem alaranjado, e céu bem aberto e sem nuvens, iria ser uma noite bem calma e estrelada. Eu conseguia ver muitas árvores e vários galhos caídos por conta da tempestade que ocorreu ontem, fui descendo a ladeira até enxergar a cidade, que parecia bem menos movimentada, sem muito barulho e carros. Essa era minha hora favorita para comprar livros! 

Cheguei até o centro da cidade, conseguia ver vários relógios escancarados em todos os lugares, algumas lojas já estavam se fechando, eu fui correr até a livraria e...

A única coisa que eu consegui ouvir foi pingos de chuva, que escorriam pelos relógios, várias nuvens taparam aquela linda paisagem que havia no céu, parecia que tudo iria dar errado, bem para mim, não era coisa perigosa, pois só feita de parafusos, e não tem nenhuma tecnologia envolvida comigo, sou apenas uma humana, que vive graças ao seu coração de parafuso. 

Meu coração, aparenta ter uma bomba, por isso não posso ficar muito emocionada ou...Simplificando, eu não posso ter fortes sentimentos. 

A chuva já molhava minha roupa, e meu cabelo, era um sensação um pouco estranha. Já que apenas tomava banho de vez em quando no lago, e nem precisava comer. Até que eu vejo alguém me chamar, aquela voz ecoava dentro de uma relojoaria,era uma voz feminina. Quando eu fui olhar, era umas das moças que eu via na livraria.

-Ei!  Moça!  Entre aqui! Você vai ficar gripada! -

Obedecendo ela, eu acabei entrando naquela loja, que era coberta de relógios, eu ficava olhando para os ponteiros, enquanto ela pegava uma toalha para mim.Ela tinha voltado com uma toalha branca, eu aproveitei eu fui secando meu cabelo, eenquanto ela explicava quem era:

-Sou Meiko!  Uma dona de uma relojoaria! No caso, sou uma relojeira!  Hehe- Ela era bem animada, eu queria ser como ela, poder sorrir...e não ter que se segurar, logo em seguida ela perguntou

-E você?  Como se chama? -

-Miku Hatsune, prazer- Acabei abaixando minha cabeça, e logo em seguida a agradeci pela a toalha, e a devolvi. 

-Eu sempre te vejo na livraria, você sempre fica sentada lá lendo, e depois volta para casa sem mesmo comprar algo, não que eu esteja dizendo que você é pobre!-Eu olhei um pouco curiosa, eu tenho que comprar as coisas? Eu tenho dinheiro mas, eu sempre gosto de economizar

-Eu gosto de apenas ler os livros, eu não posso fazer uma bagunça gigante em casa. -Disse um pouco chateada

-Tendi! Bem isso esclareceu uma dúvida minha- Ela me deu um cafuné, e deu um longo sorriso

-Eu fiz café? Quer? -Concordei, e em seguida ela subiu as escadas, provavelmente levava para a cozinha...

Eu dei uma olhada na casa, eu gosto de explorar coisas, mas não mexi em nada! Isso me lembrou uma foto que havia visto da rainha, ela era uma mulher cheia de relógios,mas...Será que esses relógios vieram daqui? Acho que não, a rainha era bem madura, se não me engano ela se chamava Luka megurine.

Quando eu ficava olhando para a escada, eu vejo um adolescente de cabelos loiros

Quem era? 


Notas Finais


Acho que vocês já sabem quem é...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...