História Um lugar só nosso - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Boys, Fanfic, Kpop, Romance, Yaoi
Visualizações 1
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Devido a alguns ocorridos, demorei a postar esse capítulos,
Agora está tudo bem.
Espero que gostem.

Capítulo 3 - O primeiro impacto


[Quarto de Kiuhyun e Kai.]

Kai estava olhando para kihyun q estava olhando para ele também, após o dito de Kai, kihyun se levantou e disse- Quem falou que o marido da relação seria você?

Então kai sorrindo e segurando seu joelho com a mão disse- Porque somente a esposa da relação diria algo assim.

Kihyun empurra Kai que o puxa para cima de si, os dois ficam colados, e se encaram por exatamente 10 segundos, então kihyun se levanta falando alguns palavrões.

[ 11:35 a.m]

Kai havia saido, kihyun estava deitado de barriga para cima pensando " como assim marido? De onde ele tirou isso? Será que ele quer… casar comigo?" de repente começou a gargalha.

A porta sr abriu, Kai entrou gargalhando e dizendo- Posso saber do que está rindo?

Kihyun pondo o travesseiro na frente de sua boca respondeu - Não é da sua conta.

Kai o olhou seriamente e foi em direção a o banheiro, chegando lá disse - bye senhor chatonildo. Então fechou a porta e começou a cantarolar.

Kihyun se levantou, pós seu chinelo preto e foi até a geladeira, pegou um suco de morango e ligou a TV, estava passando o noticiário, ele revirou os olhos e desligou a TV, pegou seu celular e sentou na cama.

Mandou para Minhyuk uma mensagem de voz "hey, eu estava pensando em sairmos hoje, o que acha?".

Minhyuk instantaneamente o respondeu em texto " Certo, não aguento ficar trancado nesse quarto, irei me arrumar e já já vou aí, okay? "

Kihyun respondeu em texto "OK"

[11:59 a.m]

Kai estava saindo do banheiro, viu Kihyun se arrumando e perguntou- Vai sair?

Kihyun balançou a cabeça como um sim

Kai - Com quem?

Kihyun- Minhyuk

Kai- Onde?

Kihyun se virou perguntando- Você é minha mãe?.

Kai pondo as mãos em seu rosto disse- Não, sou seu marido, esqueceu?

Kihyun sorriu ironicamente e disse- Ah sim, pff enfim… não importa.

A campainha tocou.

Kai abriu rapidamente a porta, Minhyuk deu um pulo e o abraçou (estava de olhos fechados), apalpou o peito de Kai e pensou " hum esse peito está muito duro, Kihyun cresceu!". Quando parou para olhar quem rlr estava abraçando se deparou com Kai sorrindo.

Minhyuk ficou vermelho de vergonha, kihyun começou a rir, deixando ele mais desconfortável ainda.

Kai o analisando disse- Onde vocês vão vestidos de góticos uma hora dessas?

Os dois estavam usando somente preto, parecia que tinham combinado.

Kihyun se levantou e pulou na direção de minhyuk gritando - Gêmeos de roupa.

Kai parou de sorrir, olhou para kihyun e disse - Você nem me convidou?.

Kihyun olhou para Kai e sem pensar disse- Ué, você quer ir?.

Kai fez um gesto de não com as mãos e disse - Não estou muito a fim de sair hoje.

Kihyun então disse - Oras, me fez perguntar a toa? Por que não quer ir?.

Kai o olhou e disse - Porque eu… comprei algumas coisas pra podermos passar o dia vendo TV.

Minhyuk parecia estar apreciando o momento, então disse- Hey, vocês parecem casados.

Kai levantou seu dedo indicador e estava prestes a dizer algo mas Kihyun fechou sua boca com as mãos e disse rindo - hahaha, nada a declarar.

Minhyuk deu três passos a frente e disse- Bom, essa cena de amor me fez perder o ânimo, não tenho ninguém pra fazer isso comigo.

Kihyun olhando para Kai com olhar de insolência disse - Ah, pode levar pra você.

Kai tirou as mãos de kihyun de sua boca e disse- Você sabe que eu nunca te deixaria não sabe?

Kihyun tampando a boca dele novamente te disse- Oh que lindo e profundo, agora fique quieto por favor.

Minhyuk indo até a cama se sentou e disse- Bom, eu estou desanimado para sair, mas um filme em casa cairia bem.

Kai sorrindo disse- Ótimo, sua casa é… .

Kihyun havia tampado novamente sua boca.

Minhyuk gargalhando disse- Viu, vocês precisam se casar, vocês são hilários.

[13h p.m]

Eles assistiram dois filmes, parecia que um dia inteiro tinha passado, mas ainda era dia e eles estavam morrendo de sono.

Minhyuk se levantou e foi para casa, ka estava sentado encostado na parede e kihyun havia ido ao banheiro.

Quando voltou, se sentou ao lado de Kai, que o olhava com um olhar penetrante.

Kai- Você não me chamou para sair contigo e chamou ele.

Kihyun se sentando na cama disse- Ele é meu melhor amigo, eu te conheci ontem!.

Kai pós a mão no rosto e disse- Mas eu me sinto bem com você, mesmo tendo te conhecido a pouco tempo já tenho um vínculo e isso me deixou meio triste.

Kihyun abaixou a cabeça e disse- Eu não sabia que isso poderia magoá-lo, pensei que não se importasse, então decidi respeitar seu espaço.

Kai pegando a mão de Kihyun com suas duas mãos disse- Tudo que eu menos quero é que você respeite meu espaço.

Kihyun achou isso estranho, parecia que Kai estava com olhos de apaixonado. Mas foi um pensamento momentâneo e ele descartou a idéia. Imagine, um homem tão lindo interessado nele, pff só poderia ser alucinação.

Então ele se sentou ao lado de Kai e os dois decidiram ver desenhos antigos.

[19:35 p.m]

Kihyun se levanta, estava escuro lá fora, os dois viram desenhos a tarde inteira, ele estava cansado de ver desenhos, Kai estava cochilando com um pote de sorvete de creme em seu colo, kihyun tirou o pote das mãos de Kai e comeu o resto que ali havia.

Kai se levantou e puxou o pode das mãos de kihyun dizendo- Quem deixou ein?.

Kihyun deu un pequeno pulo para trás e pos o pote em sua boca, kai puxou o pote fazendo com que kihyun caísse por cima dele e acidentalmente o beijando.

Kihyun estava super vermelho, os dois se encaravam mas ninguém se movia, quando kihyun voltou a si tentou se levantar, mas Kai o envolveu com seus braços puxando-o de volta e aprofundando o beijo, kihyun sentiu a língua de seu companheiro forçando entrada em sua boca, então sem pensar muito bem, ele abriu a boca fazendo suas línguas se tocarem, kihyun fechou seus olhos e apertou o edredom com suas mãos, Kai estava ofegante e aprofundando o beijo.

Kai afastou o rosto de kihyun do seu, os rostos de ambos estavam vermelhos.

Kai- Eu queria fazer isso a algumas horas, mas estava com medo de você me bater.

Kihyun estava muito envergonhado para dizer algo.

Kai percebeu e o puxou de volta para si, mas agora era um abraço.

Kai- Eu quero te proteger.

Kihyun ficou mais vermelho ainda, mas não iria deixar de lutar, então disse- Ei, a gente só se beijou, não precisa virar meu guarda costas por isso.

Kai acariciando a cabeça dele disse- Eu só quero garantir oque é meu.

Kihyun levantando perguntou- O que é seu no caso?

Kai sorrindo e passando a mão no rosto de Kihyun disse- Você!.

Kihyun gargando apoiou suas mãos em suas pernas e disse- Você é louco?

Kai também gargalhando pos a mão nos ombros de kihyun e disse- Você não sabe o quanto.


Notas Finais


Obrigado por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...