História Um mundo alternativo - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Aspen Leger, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Maxon Calix Schreave, May Singer, Rainha Amberly, Rei Clarkson, Shalom Singer
Tags Brigas, Discussões, Romance
Visualizações 61
Palavras 772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Esporte, Famí­lia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii, espero que gostem, nao deixem de comentar ♥

Capítulo 10 - Um fofo ciúmento...


Acordei de manhã o despertador marcava 6:30 levantei sem precisar da muleta meu pé ja estava recuperado, fui tomar bonho quando voltei para o quarto vesti uma roupa esportiva pois hoje tinha aula de educação física peguei minha mochila e desci até a cozinha a onde tomei meu café da manhã, olhei para o relógio que marcava 7:00 horas então fui para escola. Quando cheguei lá fui barrada por Aspen.

- Ames se te fiz alguma coisa me desculpa, se fiz não foi por mal. Enquanto falava pensava que ja estava na hora de perdoar e voltar a falar com ele.

- Eu te desculpo Aspen, estava morrendo de saudade.

- Eu também Ames. Nós nos abraçamos. Maxon passa na hora com a sua cara de ciúmes ele fica tão lindo assim mas era melhor parar me soltei de Aspen e entramos para sala após bater o sinal a primeira era a aula do Maxon ou seja prova me sentei no meu lugar, esperando o mesmo entregar a minha prova quando chegou em mim ele me entrega duas folhas uma a prova e a outra o gabarito eu o olho e o mesmo sorri descretamente me fazendo fazer o mesmo. Depois de algum tempo bate o sinal para segunda aula e Maxon me chama digo a Aspen para me esperar na quadra ele assenti ficando assim apenas nós dois.

- Que aula tem agora?

- Educação física por que?

- Só pra saber, por que estava abraçando aquele garoto?

- Eu desculpei ele então nos abraçamos foi isso.

- Só isso?

- Ciúmes Maxon?

- Não nunca, só estava estranho...

-Esta com ciúmes sim Maxon! só você se importou, mas fica tranquilo ele é apenas meu amigo.

- Ok agora vai lá pra aula. me deu um beijo e eu sai.

Quando eu cheguei na quadra o professor Carter tinha dado queimada para nós jogarmos ele disse que tinha que sair um pouco e que era para nós separarmos os times então foi Aspen e Lucy a escolherem enquanto escolhiam olhei para as escadas e lá estava Maxon me observando foi quando lembrei que não teria a segunda aula eu sorri para ele o mesmo retribuiu quando sinto um puxão na cintura olhei assustada era Aspen havia me escolhido para seu time ele continuou com as mãos na minha cintura até o jogo começar mas parecia que não desgrudava de mim até eu estar destraida de novo, a bola estava vindo em minha direção então Aspen me agarra novamente pela cintura num tipo de abraço e me vira para o lado deixando a bola cair no chão em alguns segundo o mesmo continuava me abraçando então jogaram a bola em nós dois tirando agente do jogo mas tinhamos ficado por ultimo e como "morremos" havia acabado o jogo e iriamos jogar de novo quando Maxon chega pedindo para jogar.

- Posso jogar com vocês?

- Claro por que não, fica no time da Lucy. disse um dos meu colegas ele havia ficado no time adiversario e estava com a sua cara de ciúmes de novo. Jogo vai jogo vem Maxon sempre tentava matar Aspen e isso estava nitido pois havia sobrado apenas eu, Aspen e Maxon no campo quando a bola veio para mim e eu consegui agarrar sem deixar cair no chão não queria tacar então dei para Aspen jogar o mesmo joga mas Maxon consegue pegar ele devolve a bola mas quando Aspen vai desviar o mesmo me esbarra me deixando cair com tudo no chão e Aspen  por cima Maxon corre até mim empurra de leve para o lado.

- Mari... quer dizer America você esta bem? não consegui falar pelo choque.

- Deixa que eu a levo para a infermaria. Disse Aspen.

- Não! eu levo, volta para sua aula. Ele me pegou nos braços e andou comigo pelo extenso corredor até chegar na indermaria mas não havia ninguem ele me pos na cama sentada.

- Mari você esta bem querida?

- Estou sim.

- Ai que bom...ele me beijou. - Quero matar aquele idiota ele não te olhos?

- Maxon deixa pra la foi um acidente não foi por querer tá? não fica brabo tabom?

- Não tem como America, ele ficava te agarrando durante o jogo e agora te derruba como não ficar brabo?

- Assim... O puxei para um longo beijo e o mesmo pega na minha cintura colando nossos corpos minha mão subiu para o seu cabelo bagunçando os mesmos, Maxon segurava minha cabeça intencificando o beijo cada vez mais queriamos um ao outro quando bateu o sinal.

- Maxon vamos parar antes que alguem entre.

- Tem razão pequena.

- M-Maxon! 

- Que foi querida? Apontei para tras dele o mesmo se virou e paralizou no mesmo momento.

XXXX: - Maxon?

Continua...


Notas Finais


Oiiie Desculpem qualquer erro, espero que tenham gostado.
Até o proximo ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...