História Um novo começo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Chara, Frisk, Personagens Originais
Tags Chara, Charisk, Frisk, Undertale
Visualizações 56
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Escolar, Fantasia, Magia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá queridos leitores :D
Eu sou a Tia Ly e espero que gostem disso aqui
Tenham uma boa leitura queridos ♡

Capítulo 1 - Prólogo


Prólogo

Frisk atravessa a barreira, com o sol imediatamente cegando os seus olhos. Alguns minutos se passam, e consegue se acostumar com a luminosidade. Chara aparece de repente ao seu lado.

* Esse é o fim de sua jornada, não é? Conseguimos atravessar a barreira, mas e agora? O que faremos?

*...

* Gostaria de começar do zero ao meu lado, Frisk?

Frisk hesita por alguns instantes antes de dizer, confiante:

- Sim.

[CINCO ANOS DEPOIS]

O sol ameaçava aparecer entre as nuvens quando o despertador tocou pela terceira vez. Frisk, preguiçosamente, se esticou ainda deitada e desligou o despertador.

- Chara, acorde. Vamos nos atrasar. – Disse a morena balançando o garoto ao lado da cama.

O mesmo respondeu com um resmungo virando para o outro lado. A pequena fez sua higiene matinal e foi preparar o café da manhã, os dois comeram com calma e depois de devidamente vestidos com seus uniformes escolares, partiram de casa calmamente.

- Bom dia, queridos! – Acenou ao longe a senhora da casa ao lado.

- Bom dia, Sra. Watson. – Disse o jovem casal em uníssono.

O silêncio se instaurou o caminho todo até a grande escola, o garoto se despediu com um aceno com a cabeça e foi em direção aos seus amigos. Frisk foi ao encontro das amigas no corredor.

- Bom dia! – Diz a menina dos cabelos curtos.

- Bom dia, Frisk! Acredita que Lauren esqueceu o caderno novamente? Só não perde a cabeça pois está colada no corpo! – Esbravejou a mulata dos volumosos cabelos achocolatados.

- B-bom dia, Frisk. Perdão, eu acabei acordando tarde e vim correndo, fiz maratona de série novamente. – Disse Lauren um pouco envergonhada.

Diana é uma mulata alta com um grande cabelo afro, dona de lábios carnudos e belas curvas, é conhecida pelo seu bom físico. Lauren é uma menina de olhos castanhos e de cabelos loiros sempre presos em um rabo de cavalo, um pouco mais alta do que Frisk, normalmente pálida por falta de sol, constantemente vista com o celular em mãos.

- Não se preocupe, eu lhe empresto algumas coisas. – Antes que a morena pudesse dizer mais alguma coisa, o sinal estridente ressoou por toda a escola, avisando o início das aulas. – Nossa, esse sinal é realmente alto.

- Ah! Meninos bonitos passando, olhem! – Lauren diz quase babando.

- Hm, a bunda deles é maior do que a minha, isso não é justo. – Diana resmungou.

- Mas vamos admitir que é um colírio para os olhos.

- Frisk, ande logo ou vai se atrasar. – Chara apareceu de repente puxando a pequena pelo pulso, exalando mal humor.

As duas garotas apenas observavam maliciosamente os dois se afastarem.

- Ai! Chara, cuidado! Está me machucando! – Subitamente, Chara solta seu pulso e olha bem irritado para Frisk.

- Desculpe, mas você não pode ficar enrolando desse jeito no corredor. Essa aula é importante, e você precisa prestar bastante atenção. Depois fica me perguntando sobre a matéria, seja mais responsável.

- Não precisa ficar tão bravo apenas por isso, eu consigo me virar. Além de que eu estava esperando a maior parte das pessoas passarem antes de ir, até você faz isso, não entendo esse seu mal humor repentino. Você está com fome? Quer algum chocolate?

-Não. – Respondeu secamente e foi rapidamente até a sala pisando firmemente.

Frisk suspira antes de ir também.

A aula passou vagarosamente. Chara teimava em não falar com a morena mas também não saia do seu lado, deixando Diana bem irritada por não ter um momento a sós com suas amigas, na hora do almoço o expulsou furiosamente.

- Como você aguenta esse cara Frisk? Ele é totalmente insuportável! Ele não desgrudou de você nem um minuto, tem certeza de que não são namorados?

- O quê?!- Frisk levantou rapidamente da cadeira chamando a atenção, sentou novamente e disse mais baixo - Pela milésima vez Diana, ele não é o meu namorado! Somos amigos e só isso! – Frisk sente seu rosto esquentar.

- Mas vocês parecem bastante, Frisk. V-vocês dividem a mesma casa, tem corte de cabelo parecido e até moletons do mesmo estilo! Vocês parecem conhecer um ao outro de uma maneira bem profunda, chega a ser assustador. – Lauren comentou.

- Falando em assustador, ele me assusta bastante. É um cara bonito e tem vantagens, porém ainda assustador. – Diana reforçou deixando a menor do grupo ainda mais envergonhada. – Continuando sobre o Eric, aquele idiota, acreditam que ele depois de tudo o que fez veio pedir para voltar?!

---------\\----------

O sinal toca pela última vez, fazendo muitos alunos suspirarem de alívio. Frisk se despede de suas amigas e caminha lentamente ao lado de Chara, este já mais calmo.

- Faz um bom tempo não, é? Desde que reconheçamos. – O mais alto falou.

-... Sim.- Frisk respirou fundo- Sinto falta de nossos amigos, me arrependo do que fui obrigada a fazer. O que será que aconteceu depois de que saímos? Será que Toriel continua sozinha nas ruínas? Papyrus conseguiu se tornar um guarda real? Eu não consigo parar de pensar nisso. Porém, não me arrependo do que começamos, apesar de tudo, estou feliz aqui com você.

- Eu também gostaria de revê-los, tenho certeza de que todos estão bem, Frisk. Me dê a sua mão, antes de ir para casa vamos para um lugar.

Quando chegaram Frisk imediatamente reconheceu o lugar: Monte Ebott. Estivera ali, anos atrás após lutar com Asgore e Ômega Flowey. A vista era espetacular, não importava quantas vezes vinha visitar, sempre era bonito e único. O frio vento anunciava a chegada da noite, Chara aperta o pequeno corpo de Frisk contra si, por um momento ele parece diferente. Talvez seja a expressão serena no rosto e os cabelos balançando suavemente, os olhos de Frisk e Chara se encontram por alguns segundos que parecem durar uma eternidade. Mas logo Chara desvia o olhar se afastando.

- Vamos para casa, está começando a ficar escuro demais, prefiro não arriscar. – Ele estende sua mão.

- Certo, vamos. – Frisk segura firmemente a mão do outro.


Notas Finais


Welp, foi isso por enquanto até a próxima~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...