História Um Novo Começo em Beacon Hills - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Breaden, Chris Argent, Cora Hale, Corey Bryant, Derek Hale, Ethan, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jordan Parrish, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Natalie Martin, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Theo Raeken
Tags Revelaçoes, Romance, Teen Wolof
Visualizações 6
Palavras 1.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O Doce inicio de uma nova história
Será que algo poderia estragar a lua de mel dos pombinhos?

Capítulo 13 - A Lua De Mel... (Paris)!


Fanfic / Fanfiction Um Novo Começo em Beacon Hills - Capítulo 13 - A Lua De Mel... (Paris)!

O restante da noite foi tranquilo, todos aproveitaram a festa, e Lydia conversou com o pai por horas, contando a ele tudo oque havia acontecido em Beacon Hills nos últimos anos, ele ficou perplexo com tanta informação.

         _Mas, filha oque eu sou? Porque demorei tanto a apresentar poderes e coisas do gênero?

         _Você é um cão do inferno, protetor do sobrenatural, você pode detectar a morte assim como eu, por isso temos uma ligação, provavelmente seus poderes foram ativados pela raiva, com a tortura do Caleb seus poderes foram florescendo até atingir o ápice, que foi quando você queimou suas roupas ao se transformar por completo.

         _Mas porque eu não me lembro disso? Porque não me lembro dessa transformação.

         _Isso eu não sei, eu também demorei a descobrir oque eu era, eu tinha muito medo e não sabia o quão forte eu poderia ser, mas quando descobri me dediquei e busquei me aperfeiçoar para salvar meus amigos.

         _Fico feliz que tenha conseguido evoluir e viver a sua avó...

         _Pai, não vamos falar disso, hoje é um dia feliz, e não de lembranças tristes.

         Uma hora depois de muita conversa, os noivos se despediram dos amigos e entraram nos carros, agora tudo seria diferente, agora eles eram casados e construiriam suas próprias famílias.

         Os motoristas deixaram os pombinhos no hotel, e partiram, no dia seguinte mais ou menos por umas 11 horas eles voltariam para leva-los até o aeroporto, mas por hora eles iam curtir a noite de núpcias no hotel, chegando lá cada casal foi para seu quarto para aproveitar a noite.

Quarto 125 (Stilinski)

         Entrando no quarto Lydia dirigiu-se ao banheiro com sua mala para se trocar, Stiles abriu a mala tirou seu pijama e colocou na cama, tirou os sapatos o terno a gravata e desabotoou a camisa, sentou-se na cama e esperou pela sua amada, quando ela finalmente saiu do banheiro ele ficou de queixo caído ao vê-la, ela estava linda, usando uma camisola curta e um hobby fino por cima, ele se levantou se aproximou a envolveu em seus braços e disse:

         _Você nunca esteve tão linda como agora Srª Stilinski.

         _Te amo Stiles.

         Depois dessas breves palavras ele a beijou, delicadamente e a abraçou, quando distanciaram os rostos eles sorriram um para outro e se beijaram novamente, mas dessa vez eles andaram até a cama, ainda focados no beijo, Stiles se afastou e Lydia se deitou, ele apenas a acompanhou e a beijou, beijos longos e apaixonados que renderam uma noite amor maravilhosa para ambos, não era apenas sexo, não era apenas mais uma transa, era amor o mais doce e puro amor, eles se amaram intensamente, agora eles eram um só, ele era dela e ela era dele.

Quarto 130 (McCall)

         Ao entrarem no quarto, Malia e Scott abriram as malas e retiraram seus pijamas, ambos foram em direção ao banheiro juntos.

         _Vamos tomar banho juntos novamente Scott?

         _Se você quiser, podemos ir.

         Os dois riram, e se beijaram por um longo tempo, depois de um tempo juntos eles se olharam e a Malia novamente perguntou.

         _Então Scott, vamos para o banho? Juntos economizamos tempo.

         _Podemos economizar em muitas coisas, e não apenas tempo.

         Os dois se olharam e sorriram silenciosamente um para o outro, depois disso entraram juntos no banheiro, se despiram e ligaram o chuveiro, depois de alguns minutos apenas sentindo a agua percorrer seus corpos eles se olharam, e se beijaram, e ali mesmo se amaram, depois disso eles se enrolaram em toalhas e foram até o quarto, se vestiram e se deitaram, ficaram um tempo apenas se observando até que Malia adormeceu, Scott apenas a abraçou e também adormeceu.

Na manhã seguinte.

         No dia seguinte, eles se levantaram se arrumaram, ajeitaram as malas e desceram para tomar café, tudo estava tranquilo, tudo estava bem, eles tomaram o café e quando estavam quase terminando o motorista foi falar com eles.

         _Bom dia senhores, as malas já estão no carro quando quiserem podemos ir.

         _Tudo bem, obrigada já vamos.

         _Então iremos para Paris.

         _Sempre quis ir para a França, parece uma cidade linda.

         _Soube que lá é a terra da moda, deve estar ansiosa para ir pra lá querida.

         _E estou amor, os maiores designers e estilistas são de Paris, mas estou mais ansiosa para conhecer os pontos turísticos.

         Depois de Lydia dizer isso eles finalizaram o café e foram até o carro, e logo estavam no aeroporto, a viagem foi tranquila, Stiles dormiu por um bom tempo, estava meio frio em Paris então eles desembarcaram e foram direto para um café tomar um café, e o chofer levou as malas para a casa aonde eles ficariam.

         Depois de uma tarde agradável eles voltaram para a casa, arrumaram as malas e se instalaram.

         Os dois meses que eles passaram lá foram tranquilos, eles fizeram vários passeios e compras, Lydia foi a todos os lugares que queria e fez varias pesquisas sobre tecidos e modelos de roupas, fez até um breve curso de desenho, ela queria se aprofundar mais no mundo da moda, era um ramo que ela realmente gostava.

         Todos eles falavam diariamente com seus pais e amigos para ver como estavam as coisas em Beacon, e parecia tudo normal, Deaton se aprofundou nas pesquisas sobre os metamorfos e tinha algumas novidades, e Parrish tinha ficado responsável por ajudar o pai da Lydia a se controlar e a aperfeiçoar seus poderes.

         No ultimo dia da lua de mel Lydia começou a ficar apreensiva, e Stiles percebeu e a questionou.

         _Lydia? Está tudo bem?

         ...

         _Lydia?

         _Desculpa, falou comigo?

         _Sim, falei com você, oque está acontecendo?

         _Eu não sei ao certo, a uma semana eu venho me sentindo estranha, como se algo fosse tirado de mim.

         _Como assim? Teve algum pesadelo?

         _Não, eu não tenho sonhado com nada ultimamente, apenas me sinto sei lá, meio desligada como se realmente tivesse me afastando e esquecendo algo importante.

         _Acho que não devemos nos focar nisso, hoje é o nosso ultimo dia aqui, acho que devíamos aproveitar, quer comer alguma coisa?

         _Estou sem fome, mas se quiser ir jantar eu te acompanho.

         _Na realidade estava pensando em pedir para trazerem, tem certeza que não quer nada?

         _Não estou com fome de comida sabe, prefiro um doce.

         _Ok, que doce você quer?

         _Pode ser um Créme Brûlée, e um vinho pra acompanhar.

         _Tudo bem, vou pedir.

         _Ok, eu vou no banheiro lavar o rosto, pra dar uma refrescada.

         Lydia se levantou e foi até o banheiro, enquanto Stiles pediu o jantar e as sobremesas, ela foi até a pia, abriu a torneira encheu as mãos de agua e levou ao rosto, se refrescando e aproveitando cada gota de agua em sua pele, depois de se refrescar ela pegou a toalha e assim que secou seu rosto e se olhou no espelho ela ficou espantada com oque viu, era seu reflexo mas parecia totalmente diferente, era seu rosto mas tinha um olhar vazio e um sorriso maléfico, depois de um tempo parada olhando ela viu seu reflexo erguer uma faca, e quando ela ia gritar o reflexo passou a faca em sua própria garganta e sua voz foi silenciada, ela sentiu a dor e apenas segurou seu pescoço e suas pernas amoleceram Stiles apenas escutou o baque do corpo de Lydia tocando o chão, ele desligou o telefone e correu, ao abrir a porta viu Lydia de joelhos segurando o pescoço e chorando muito, ele a pegou no colo e a pôs na cama, tentando acalmá-la, quando viu que não conseguiria sozinho ele chamou Scott e Malia.

         _Oque houve Stiles?

         Perguntou Malia se ajoelhando ao lado da cama tentando fazer com que Lydia soltasse o pescoço.

         _Eu não sei, eu estava no telefone com o restaurante e apenas ouvi ela bater na parede ou no chão não sei, quando abri a porta ela estava deitada com as mãos assim e a torneira estava aberta e a toalha dentro da pia.

         Malia tentava acalmar Lydia, tentando a trazer de volta a realidade.

         _Lydia? Lydia? Está tudo bem, nós estamos aqui, você está bem.

         Depois de muita luta Malia conseguiu afastar as mãos de Lydia e acalma-la, depois de um tempo ela conseguiu falar.

         _Eu... eu... estava lá, eu... eu... me cortei... eu.

         _Do que você está falando? Você não tem ferimento algum, oque está acontecendo?

         Lydia respirou fundo e começou a falar.

         _Eu havia ido lavar o rosto, mas quando voltei a olhar no espelho

, eu vi meu reflexo, mas não era eu.

         _Como assim?

         _Scott, eu me vi no espelho, mas não era eu, tinha um olhar vazio e um sorriso maléfico, eu senti tanto medo, eu senti vontade de gritar.

         _E porque não gritou amor?

         _Quando eu ia gritar, o meu reflexo ergueu uma faca e passou no meu pescoço, ou no dela eu não sei dizer, só sei meu grito ficou silencioso e eu senti uma dor horrível e caí, oque está acontecendo comigo?

         _Ainda não sabemos, mas assim que voltarmos a Beacon Hills conversaremos com o Deaton sobre tudo oque aconteceu nos dias que antecederam o casamento e sobre oque aconteceu hoje, talvez ele possa ajudar, as malas já estão nos carros, só precisamos jantar e poderemos ir para o aeroporto.

         _Só tem um problema.

         _E qual é Stiles?

         _Nessa confusão toda eu acabei não pedindo o jantar.

         _Podemos ir comer no restaurante e de lá vamos direto para o aeroporto, pode ser?

         _Sim.

         Todos falaram juntos e como estava de acordo, eles fecharam a casa e foram para o restaurante, Lydia teve que ser amparada por Stiles pois estava fraca e ainda confusa, todos jantaram rapidamente para ir o quanto antes para o aeroporto e retornar para casa, Lydia dormiu quase toda a viagem, depois de algumas horas dentro de um avião eles finalmente desembarcaram em Beacon Hills, estavam novamente em casa.


Notas Finais


Finamente em casa!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...